Blog do Refribom - Capa

Carlos Refribom: Morador da cidade de Parauapebas desde 1997 iniciou sua carreira no jornalismo como representante comercial nos jornais locais, depois foi repórter de polícia e cidade por dois anos; em agosto de 2004, fundou o Carajás o Jornal e segue até os dias de hoje com esse trabalho reconhecido no sul e sudeste do Pará. Graduado em pedagogia pela FACIBRA em 2014  e pós graduado em comunicação eleitoral e marketing político, pela faculdade Estácio, Refribom coloca a disposição dos seus leitores, um Blog de referência em informação política da microrregião do Carajás.

 

Carlos Refribom

Carlos Refribom

Esse texto foi escrito para o editorial do Carajás o jornal impresso dessa semana, mas, resolvi publicar ele aqui também, tamanha sua importância aos leitores.

  

A politica muda as “velas” e o povo fica sem saber o que fazer

 

Politica parece com uma  chuva de verão, na mesma hora que o tempo está limpinho, olhando para o alto, poucas horas depois, forma um temporal de chuva e alaga as ruas e muita gente sem saber o que fazer, muitas vezes cai poste, energia cortada, muitos ventos e as pessoas perdidas e sem poder fazer muita coisa.

Assim também é a politica em todas as suas circunstancias, há quatro anos passados, bem nessa época, o ex-prefeito Darci Lermen, que colocava o candidato do PT, Coutinho para disputar a prefeitura de Parauapebas, ele (Darci), já tinha alguns meses que não aparecia em publico, já no auge de oito anos de mandato, muitos cansados do PT, tudo que Coutinho fazia e prometia nada dava certo, e as pessoas sabiam que Valmir Mariano se tornaria o prefeito de Parauapebas. Agora quatro anos depois, o cenário já é bem peculiar e favorável ao então prefeito que não poderia nem andar nas ruas da cidade, hoje ele está nadando novamente na onda, fazendo mais de dez reuniões por dia e todo mundo aceitando ele nas casas; engraçado isso.

Em Curionópolis já estamos vendo a mesma coisa, uma “chuva” apenas está mudando o caminho da politica daquela localidade, imaginamos bem, o pré-candidato a prefeito do DEM Adonei Aguiar, até o mês de abril, velejava em ondas tranquilas, embaixo de seu braço uma pesquisa de mais de 50% por cento a seu favor das intenções de votos dos eleitores, conforme pesquisa divulgada pela Doxa Comunicação. Mas um “trovão”, veio avisar que as chuvas de verão chegariam; com a condenação de primeira instancia e o afastamento das atividades políticas por 8 anos, já mostrou que as próximas chuvas não serão fáceis para ele, apesar de ter recorrido para Belém, segunda instancia, um direito dele; essa briga judicial desgasta a pré-candidatura e perde futuros investimentos, até porque a justiça ainda não julgou o processo que o pré-candidato recorreu; ou seja muitos “trovões e chuvas torrenciais do lado de Adonei Aguiar”.

Mas como as chuvas mudam de estação, já para o lado da pré-candidata Edilei Lopes, que começava sua caminhada, com pouco dinheiro, e que não pontuava muito segundo a Doxa Comunicação, os “ventos começaram a soprar de lado contrario”, imaginem o pré-candidato a prefeito do PSDB, Rui do Posto, declinou da candidatura e deixou, nas mãos da professora Amparo a Batuta, agora, ela é pré-candidata a prefeita do PSDB, mas já disse nos bastidores não apoiar o candidato do DEM, existe uma tendência maior de apoiar a amiga Edilei Lopes do PP, com quem já travou grandes batalhas em busca de fortalecer e melhorar a educação de Curionópolis. Ainda temos do outro lado o empresário, Valdeir do União do PPS, também pré-candidato a prefeito de Curionópolis, já estão conversando para que se unam em torno de apenas uma candidatura; ou seja, as mudanças do rumo da “vela”, está bem acelerado. Mas ainda não sabemos o posicionamento do atual prefeito de Curionópolis Chamonzinho, ninguém sabe se ele vai apresentar candidato a prefeito (a), pelo PMDB, pelo menos se entende que não, mas uma coisa todos já tem certeza, pelo entrevero que existe entre ele e Adonei Aguiar, ele fará de tudo e mais um pouco para não deixar Adonei assumir o município de Curionópolis. Por isso o titulo desse editorial, o povo fica meio sem saber o que fazer e pra onde ir, alguns já podem colocar “cara” a tapa, outros não, ficam aguardando para no ultimo minuto saber o que fazer por isso, muitas aguas, ainda vão passar por debaixo dessa ponte e aquilo que não parecia acontecer no passado, hoje pode ser realidade.

Podemos seguir com essa mesma linha de raciocínio, falando da cidade de Canaã dos Carajás. Há bem poucos dias passados, o grupo do atual prefeito Jeová Andrade, já estavam dispensando apoio dos partidos, diziam em alto e bom tom, que a eleição já estava ganha, muitos deles pisando de salto alto, até mesmo o prefeito Jeová, que todos sabem que era uma pessoa simples e tranquila, parece ter deixado as “vaidades”, alcançar o seu bom senso de administrar a coisa publica, seguro por uma caravana de pessoas que colocaram ele dentro de uma “urna” de vidro, começaram a chegar os trovões e os relâmpagos na direção do prédio do executivo, os que na verdade em outrora estavam sendo excomungados pelo sistema, hoje estão colocando o tapete vermelho para que eles passem. Tudo isso aconteceu com um simples gesto do atual presidente da câmara de vereadores Jean Carlos e outros, colocaram seus nomes a disposição dos eleitores indecisos e dos políticos de plantão que foram alijados do processo; achando aqueles que avacalham a coisa publica e humilham, entendendo que estão acima do bem e do mal, veja isso? Agora apareceu um salvador da pátria, trazendo pra dentro do berço, aqueles que apenas estavam no “sol escaldante” da miséria politica e da falta de oportunidade junto aos secretários e do chefe de gabinete do prefeito, vejamos, em pouco tempo,  se construiu uma grande nação de oposição, que quase não existia na cidade, provavelmente estarão juntos, Marilda Natal do PPS, contadora Orlene do PP, Tony do PSD, o próprio Jean Carlos do PDT, Junior Super, entre outros e outros. De uma coisa o atual prefeito que havia sumido da presença do povo e das lideranças, sabe, já começaram as trovoadas e para que elas não caiam dentro da sua casa “leia-se PMCC”, será preciso muito jeito e tentar arrebanhar as lideranças de volta.

 

Nesta sexta-feira 10, eu estive pessoalmente no evento do pré-candidato a prefeito Marcelo Catalão do DEM, nesse evento Marcelo mostrou sua força dentro do partido em nível de estado, o presidente estadual do partido deputado federal Hélio Leite, que veio pela primeira vez oficialmente em Parauapebas, deu um show na sua fala, apesar da trajetória belíssima de 24 anos seguidos no poder, duas vezes vereador, duas vezes prefeito de Castanhal, duas vezes deputado estadual e agora deputado federal, isso tendo inicio em 1992 e de lá pra cá, não saiu mais do poder. Entre outras coisas ele deu exemplo de vida e como fazer um mandato pensando no povo, nas causas sociais e vencer as barreiras e trabalhando em prol de uma comunidade.

O deputado federal veio no Tatersal da FAP (Feira Agropecuária de Parauapebas) e garantiu que Marcelo Catalão é pré-candidato a prefeito pela legenda e que não tinha nenhum tipo de compromisso com A ou B para que travasse a futura candidatura de Marcelo nas bases de Parauapebas. Eu mesmo já tinha pensado com meus botões, “será que esse povo do DEM, na hora H, não dará uma rasteira no Marcelo?”, mas ontem esse duvida saiu da minha cabeça; com uma linda trajetória dessas que tem Hélio Leite, não acredito que ele estaria aqui em Parauapebas, junto à imprensa e mentir para todos aqui, ainda mais em sua primeira visita oficial; trocando isso em miúdos, agora o grupo que tem no pensamento acompanhar Marcelo Catalão; já estão pelo menos com a legenda garantida, o que para um futuro candidato já é muita coisa.

         Bom agora, Marcelo Catalão tendo certeza que tem o partido nas mãos para trabalhar, ainda falta uma coisa muito importante; manter-se no cenário do mais pontuado nas pesquisas fora do eixo, (Darci Lermen e Valmir Mariano), esses dois, ele disse que não consegue mais compor, um que estava governando no passado e o outro porque não consegue governar com os parauapebense, segundo ele. Nesse sentido, Marcelo precisa urgentemente agregar um valor imenso dentro da campanha dele, os eleitores que não querem Darci Lermen e nem o Velhote, talvez isso, não sejas tarefa fácil, como disse as “vaidades politicas” são muito forte e muitos pré-candidatos estão mais pensando neles, que em Parauapebas realmente.

No discurso que Marcelo Catalão fez aos presentes, ele passou uma segurança aos lideres do estado maior, que chegou nessa cidade aos 8 anos de idade e nenhum dos pré-candidatos ama essa cidade mais que ele, mostrou um novo projeto que é ouvir o povo, ir nos bairros buscar saber onde estão os problemas? e fazer compromisso com aquela gente. Apresentou sua família e disse que se for o candidato oficial do grupo, que faz hoje, oposição ao governo e Darci Lermen, vai fazer esse trabalho com muito amor e carinho, mostrar de verdade que ama essa cidade.

Avaliação final de tudo que eu vi ali! Marcelo Catalão nesse momento está com moral no DEM e seus correligionários do partido, muito dificilmente vão ser colocados de cima pra baixo, alguma condição para ele, no sentido de entregar o partido para A ou B, até porque eles também têm força. O presidente da câmara dos deputados Marcio Miranda é do DEM; significa que, Marcelo tem que continuar trabalhando os bastidores e fazendo suas reuniões politicas e mostrando forças, com essa definição, teremos mesmo no mínimo três frentes de campanha, uma coordenada pelo grupo do atual prefeito Valmir Mariano, uma do grupo de Darci Lermem, uma do grupo de Marcelo Catalão; são na verdade os maiores números da disputa em Parauapebas; restam saber quem terá os convencimentos, para levar outros 12 pré-candidatos a prefeito, para debaixo de suas asas. Com certeza o que levar, têm grandes chances de ser o prefeito de Parauapebas; que na minha humilde avaliação, está totalmente indefinida em relação à chegada ao Morro dos Ventos.

Essa semana eu estive observando o cenário politico da nossa cidade, e pude observar o quanto à vaidade atrapalha a vida das pessoas, e isso faz com que algumas sofram muito. Já temos mais de 15 pré-candidatos a prefeito na cidade de Parauapebas, e parece que ainda tem mais para ser lançado, a exemplo do próprio candidato do PP, Adelsom Fernandes do qual faço parte da legenda. Vejamos como as coisas estão encaminhando para o efeito da máquina ganhar as eleições. Semana passada, mais precisamente no ultimo sábado, a ex vice-prefeita Meire Vaz, lançou-se pré-candidata a prefeita de Parauapebas pelo PHS, de Jonas do Parabrisa, não que eu seja contra, apenas um ponto de vista das vaidades. Meire Vaz, entregou o mandato de vice-prefeita em 2004, Darci Lermem assumiu o mandato em 2005, e de lá pra cá, eu que acompanho todos os movimentos políticos dessa cidade, nunca mais ouvi falar no nome dela em rodas politicas, uma grande imensidão de eleitores de Parauapebas, nunca ouviram falar, e olha que de 2004 pra até os dias de hoje, Parauapebas cresceu muito, muito mesmo, tanto que a explosão e crescimento de seu já no governo Darci Lermem com a chegada daqueles loteamentos, imagina onde ficou isso?, Estamos falando de 12 anos de completo sumiço na vida politica da cidade, e agora do nada, pré-candidata a prefeita de Parauapebas. Está certa, temos direito de votar e ser votado e ela, “Meire”, está exercendo esse direito.

Estou dizendo para entenderem onde quero chegar! Na eleição passada, Chico das Cortinas, disse que “Deus”, tinha mostrado para ele que seria o prefeito de Parauapebas, foram várias investidas do grupo do “Velhote”, para que ele fosse vice, mas Chico segurou dizendo que não, Deus já teria mostrado que seria prefeito, acabou perdendo as eleições e esse ano eu também já ouvi isso nos bastidores.

A maioria dos pré-candidatos diz que estão por uma causa maior, Parauapebas. Mas quando a causa maior chega aos pés deles, e atinge o umbigo eles se esquecem dessa causa maior. Prova disso é por exemplo, Marcelo Catalão que afirma não apoiar de jeito nenhum a causa da campanha de Darci Lermem, por problemas do passado, não sei o que aconteceu nos bastidores, mas sei que não se entenderam e também não se unem mais.

Já o João do Verdurão disse que apoia todo e qualquer outro pré-candidato, e se opõe ao Marcelo Catalão, fui buscar entender porque isso?, Logo me recordei que no passado bem próximo em 2014, Pedro Ribeiro e Marcelo Catalão se desentenderam no DEM e acabou ficando magoas de um lado e por isso, hoje o PDT que está nas mãos de Amiltom Ribeiro, seu tio, o João do Verdurão não apoia Marcelo Catalão. Veja como são as coisas.

Nosso pré-candidato a prefeito Adelsom Fernandes, disse que para ele tudo bem, Marcelo Catalão, João do Verdurão e outros, mas o atual prefeito ele não apoia de jeito nenhum, porque no passado, Valmir Mariano em 2010, foi candidato a deputado estadual pelo PDT, que na época era comandado pelo saudoso Evaldo da Opção e Adelsom Fernandes era vereador, deram ao “Velhote”, que não entendia nada de politica, 15 mil votos, esse o cacifou como o primeiro da escala para a prefeitura de Parauapebas, como na verdade ganhou as eleições do PT, mas foi se abrigar no PSD e ficar como presidente, numa manobra de José Rinaldo, e deixou profundas magoas em Adelsom Fernandes. Assim segue outros candidatos, que não querem nem o que passou, e muito menos o Velhote que está atualmente no poder.

Eu dei alguns exemplos aqui, mas são magoas para tudo que é lado, e Parauapebas fica completamente no plano B de todos os políticos da nossa cidade. A gente não vê uma sinceridade em dizer “vamos esquecer as magoas, vamos nos perdoar ver o que foi errado e corrigir, para o bem de Parauapebas”, ninguém observa isso, apenas vaidades aflorando e cada um querendo ser prefeito, como quiseram ser deputado, tinham treze deles aqui disputando, resultado nenhum eleito.

Agora temos novamente o mesmo problema, quase 20 pré-candidatos a prefeito em Parauapebas, pela minha leitura das vaidades e convicções daqueles que não querem dar uma passo atrás, vejo que teremos pelo menos 5 candidaturas a prefeito de Parauapebas, uma com o atual prefeito Valmir Mariano, Chico das Cortinas, Marcelo Catalão, Darci Lermem, João do Verdurão  e quem sabe ainda mais algumas, mesmo que fracas, mas divide o voto, com isso o resultado da maquina administrativa, nós já conhecemos como funciona, e pensando nisso e se não haver um entendimento da maioria da oposição digo “VELHOTE PODE COMPRAR UM PALETÓ NOVINHO”.

Logo quando disse aqui nos bastidores da noticia que no fim de semana chegaria uma bomba em Canaã dos Carajás, era porque eu já tinha conversado com o atual presidente da Câmara daquela cidade Jeam Carlos, fui saber como estava os bastidores da politica e ele disse que me contava, mas, que eu esperasse até hoje; assim eu fiz, aguardei, mas deixei todos de cabelo em pé. E porque eu digo que é uma bomba dentro da politica, Jeam Carlos além de ser presidente de Câmara de vereadores, era um bom parceiro do atual prefeito Jeová Andrade, parceria essa, que simplesmente para esse mandato chegou ao fim, daqui pra frente, cada um segue seu caminho e a disputa está lançada em Canaã dos Carajás. Tem mais um assunto pra se tornar uma bomba relógio aos integrantes do governo, Jeam sabe em detalhes todos os funcionamento da gestão do atual prefeito, onde tem os “nós” que precisam ser desatados e com certeza serão, a coisa vai esquentar como disse o próprio Jeam Carlos, e disse mais, caso apertem ele, o pau vai quebrar e ele vai apertar de volta, se tentarem passar o trator pra cima dele, será devolvido com o trator da câmara no mesmo tom.

Agora entendam porque Jeam Carlos tomou essa decisão! Um dos sentimentos que impera em Canaã dos Carajás é que o atual prefeito Jeová Andrade, tem seus olhos voltados para asfaltar a cidade, quer fazer isso em todas as ruas, apesar de trazer saúde para as pessoas; mas, estão esquecendo de um bem mais precioso que é o povo de Canaã dos Carajás, um pequeno grupo de empresários saquearam a cidade com essas obras e não tem remédios básicos na farmácia do hospital e muito menos auxilio de gestão, quando as pessoas procuram a secretaria de assistência social, as reclamações é geral e falta de tudo, o povo está esquecido e tudo foi dado para o pessoal do PT onde está a secretaria de obras com Zito e o vice-prefeito Alexandre. Esse sentimento foi que moveu e move esse grupo de oposição para ganhar forças e tomar o poder de Jeová Andrade.

Jeam Carlos nesse evento de hoje lançou-se pré-candidato a prefeito de Canaã dos Carajás, mostrou força politica dentro do PDT, estavam presentes 3 deputados estaduais do seu partido e ainda o cacique Giovani Queirós, líder nato do PDT no Pará. Jeam segue a partir de hoje sua trajetória de pré-candidato a prefeito, já disse que esse projeto não é apenas dele, esse projeto é do povo e dos políticos que estão abandonados em Canaã dos Carajás. Eu apesar de não morar em Canaã dos Carajás, mas estou constantemente naquele município, pelo menos uma vez por semana, e lá nesse evento eu vi pessoas que estavam com o pé e o coração dentro da campanha de Jeová em 2012, hoje esses lideres não querem nem cumprimentar o prefeito, segundo eles, Jeová depois que se tornou prefeito, fez um pequeno grupo de meia dúzia de empresários e secretários que hoje estão ricos financeiramente e o povo de Canaã e a maioria desses lideres abandonados à própria sorte; por isso a decisão de Jeam Carlos de chegar como o salvador da pátria desses munícipes e renovar a politica daquela cidade.

De uma coisa podemos ter certeza, a partir de hoje, muda todas as estratégias politicas em Canaã dos Carajás, a partir de agora vai aparecer as denuncias nos veículos de comunicação, onde alguns secretários detém até 9 empresas embaixo das suas asas na licitação, apenas um deles, mas tem muito para ser mostrado segundo os abandonados a própria sorte do governo de Jeová Andrade. Sabemos que esse desafio que foi colocado hoje por esse novo grupo, não será fácil, como diz meu amigo Iremar Araujo, contra quem anda de avião, contra Rio acima e contra o poder, não é muito fácil, mas temos um exemplo da luta de Davi contra Golias, esse é o melhor exemplo pra todos nós. O desafio está lançado no tempo, eu vou estar aqui acompanhando passo a passo desse desfecho e conto tudinho para vocês esse assunto no nosso “Bastidores da Noticia”. Aguardem.

Ontem eu passando o dia na cidade de Canaã dos Carajás, visitando alguns amigos que tenho por lá, e também participar da sessão da câmara municipal, além de acompanhar mais de perto os bastidores políticos e dar notoriedade a essa coluna que estou escrevendo.

Conversando com alguns lideres deu pra perceber que existe um grande grupo politico insatisfeito, com a maneira de governar do atual prefeito Jeová Andrade PMDB, alguns dizem que apesar de obras terem sido feitas na cidade, eles alegam que se o dinheiro que Canaã dos Carajás recebeu nesses últimos anos fosse aplicado corretamente, a cidade estaria bem melhor. Segundo eles, principalmente o social está de mal a pior, disseram que está um caos.

Apesar das mídias das obras construídas pelo atual governo, nos bastidores está uma bagunça geral. De acordo com um dos vereadores que eu conversei que é base de governo, e pediu pra não ser identificado, a baderna nas secretarias é visível, cada secretário faz exatamente o que quer, principalmente o atual secretário de Obras Zito Augusto Correia; com ele tem várias pessoas que afrontam outros secretários e dizem que eles mandam e pronto. A pergunta geral dos moradores é “Asfalto nas ruas, enche nossa barriga com a fome que temos?”.

Por outro lado tem outro grupo ligado mais diretamente ao prefeito Jeová que aceita as situações, mas de vez em quando o pau come nos bastidores. Com essa insatisfação dos parceiros do governo é que uma bomba vai cair na cidade nesse fim de semana. Apesar de eu já saber do que se trata, não posso revelar aqui por pedidos do grupo de oposição, mas uma das coisas que será feita é destampar a caixa preta das licitações daquela cidade, apesar de várias e várias denuncias terem sido feitas em Belém, parece que alguma coisa pode descer até as eleições.

Disseram-me também que apesar do atual prefeito Jeová Andrade pensar que está tudo bem e que os números são favoráveis à reeleição dele, com essa surpresa desse fim de semana nosso gestor passará alguns finais de semana sem dormir. A oposição que cresce a cada dia mais, já espalhou pela cidade que o grupo politico de Jeová Andrade já fala abertamente nos quatro cantos da cidade que “Já ganharam a reeleição”, e que só aguardam chegar o dia 2 de outubro para tudo isso se configurar. Nas rodas politicas se comenta que aquele Jeová do povo, que fazia tudo que podia e não podia pelo povo, enquanto não era prefeito, daquele Jeová não existe mais nada e que o povo e os lideres políticos tem saudades dele, e o que se encontra agora é um prefeito arrogante e que não tem tempo pra ninguém porque tem muitas obras pra cuidar e está fazendo a melhor gestão que Canaã dos Carajás já teve; no entanto os lideres me disseram que vão mostrar ao gestor se é realmente desse jeito que estão pensando.

Vamos aguardar esse fim de semana e na próxima segunda feira eu conto tudo pra vocês aqui nesse espaço. Em relação o destampar da caixa preta das licitações de Canaã dos Carajás que é sempre o mesmo grupo que ganha e alguns que detém até 9 empresas pra garantir as promoções das licitações, eu disse que aguardo documentos, estando em minhas mãos, a gente publica no Site e fala dos bastidores aqui. Aguardem.

 

Bem, depois fazer tantos amigos que gostam de ler aquilo que escrevo, resolvi sair da toca e trazer nosso primeiro assunto, na verdade são dois assuntos hoje.

Primeiro quero falar de uma reclamação que ouvi de alguns membros do PMDB; os pré-candidatos a vereadores estarem se sentindo meio que abandonados à própria sorte, apesar de saber que a campanha ainda não começou oficialmente nas ruas, mas sabemos que nos bastidores em busca de apoio já está em alta. Segundo informações o atual presidente do PMDB Cassio Flausino faz as reuniões na sua residência, os pré-candidatos acham que já está mais que na hora de ter um local apropriado para isso, sem que seja na casa do presidente, muitas das vezes a pressão sobe e se precisar falar algo mais forte com o presidente, não ficaria legal ser na casa dele.

Outro assunto que começou a circular fortemente é que Cassio Flausino estaria já abdicando apoio ao seu cunhado chamado Josenilsom, segundo duas fontes do PMDB ele Cassio, já estaria falando abertamente o apoio ao parente e isso não fica muito bem para um presidente de partido, tudo bem que se possa ter um candidato, mas com os devidos cuidados. No caso ainda teve mais uma reclamação, no evento que foi feito pelo PMDB no ginásio da Unisa, partidos que são menores que o PMDB, deu o tom da festa, no caso o Pros de Branco da White e PSB de Sergio da Anagrafica, o partido do candidato a prefeito, ficou pequenino diante do tamanho mostrado aos companheiros. De acordo com os integrantes da legenda o atual presidente não se atentou pra uma organização melhor das bases e o PMDB que é o maior partido do Brasil, ficou nanico diante dos parceiros que seguira na caminhada junto com o majoritário Darci Lermem, ainda de acordo com os pré-candidatos o presidente deve ter uma atenção maior com os seus soldados e arrumar um local de reuniões do PMDB que não seja na casa dele ou do pai dele.

Outro assunto que também eu vou deixar aqui nos bastidores que chegou até a mim, uma pessoa que trabalha nos prédios do morro do chapéu, me disse que as obras não serão entregues nesse ano de 2016, segundo o funcionário a empresa que está responsável pela construção, não está pagando em dias os salários dos funcionários e também não tem chegado cimento e outros itens básicos para manter o trabalho constantes daquela obra; ou seja, apesar de tanto esforço do governo; da ex-secretaria Maquivalda Aguiar, parece que vai ficar para o próximo governo inaugurar, talvez seja o próprio Valmir Mariano, caso ganhe a reeleição. Uma das fontes dos votos do atual presidente da Câmara seriam com certeza nessa entrega de casas, sempre eles fazem uma varredura e consegue votos, foi assim com a vereadora Luzinete e agora se espera acontecer com Maquivalda e seu esposo, mas as coisas podem mudar de rumo, diante dessas informações que esse funcionário me deu. Só aguardando para ver.

 

Já faz um tempo que amigos e leitores da minha coluna “Só política” no Carajás o jornal impresso, me cobram que eu faça um blog pra mim; para que eu escreva os acontecimentos mais rapidamente e expresso aquilo que eu pense e vejo na política da nossa microrregião e principalmente em Parauapebas. Com o objetivo de acelerar as noticias que eu consigo nos bastidores, resolvi criar esse blog exatamente com esse nome “Nos bastidores da noticia”, para informar aos meus leitores e amigos, o que está acontecendo nos bastidores da politica nessa região. Confesso que estava com muita ansiedade em colocar diretamente esse Blog em uma página separada do nosso portal www.carajasojornal.com.br mas, depois de conversar com algumas pessoas e minha equipe, resolvi, primeiro pegar carona no nosso portal e mais na frente, a gente quem sabe desmembra; porém nesse momento vou deixar casado o blog com o Site.
Nosso portal de noticias On line está em amplo funcionamento e as novidades estão chegando para que possamos fazer um grande portal pra você nosso fiel leitor.
Vou escrever aquilo que eu achar de relevante; trazer o máximo possível da verdade nessas poucas linhas que vou escrever e contar com todos aqueles leitores e amigos que me acompanham e juntos desenvolver esse trabalho de informação.
Espero que tenham paciência comigo e me auxiliem nessa nova jornada da minha carreira jornalística, vou deixar um numero do whatsApp e nele eu possa interagir com todos os que quiserem. (94)(99133-7819).

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2019.CORRIDA_DOS_PAIS_RODAPEgk-is-100.jpglink