Blog do Refribom - Capa

Carlos Refribom: Morador da cidade de Parauapebas desde 1997 iniciou sua carreira no jornalismo como representante comercial nos jornais locais, depois foi repórter de polícia e cidade por dois anos; em agosto de 2004, fundou o Carajás o Jornal e segue até os dias de hoje com esse trabalho reconhecido no sul e sudeste do Pará. Graduado em pedagogia pela FACIBRA em 2014  e pós graduado em comunicação eleitoral e marketing político, pela faculdade Estácio, Refribom coloca a disposição dos seus leitores, um Blog de referência em informação política da microrregião do Carajás.

 

Uma reviravolta na política de Canaã dos Carajás dificulta ainda mais a base governista

Nesse domingo, 1° de março, os grupos de whatzapp em Canaã dos Carajás, ficaram em polvorosa, o motivo era a ida de três importantes lideranças políticas do município, somar forças com o candidato Jean Carlos, que é da oposição à Jeová Andrade, atual prefeito da cidade. Para que possamos entender os bastidores desse imbróglio, Jean Carlos, atualmente é o diretor geral do Grupo Correio de Comunicação de Canaã dos Carajás, que é comandado pelo atual deputado estadual Wendersom Chamom “Chamonzinho”, esse grupo representa a oposição ao atual prefeito Jeová Andrade, mesmo estando os dois no PMDB (Jeová e Chamonzinho), essa é uma briga antiga que não vou tratar nesse post, apesar de conhecer a causa da briga.

Pois bem, como disse, nesse domingo, foi mostrado uma foto, onde apareciam juntos, Jean Carlos, pré-candidato a prefeito; Wilsom Leite, vereador e atual presidente da Câmara; vereador Walter Diniz, experiente decano da casa de leis e ex-presidente da Câmara de Canaã dos Carajás e Alexandre Pereira, atual vice-prefeito de Canaã dos Carajás, todos esses três líderes foram desembarcar nos braços de Jean Carlos, ou seja, um presente que caiu do céu ao pré-candidato a prefeito, que sempre aparece com  boas chances de vitórias nas conversas e rodas políticas da cidade.

Em um outro momento, meses atrás, o vice-prefeito Alexandre Pereira, quando foi trocado pela atual pré-candidata do governo a advogada Josemira Gadelha; Alexandre foi se abrigar nos braços de Zito Augusto, que recebeu com festas a chegada do vice-prefeito, mas nesse fim de semana as coisas tomaram outro rumo e Alexandre também foi no grupo da oposição. Uma das grandes surpresas foi a ida do decano Walter Diniz para o grupo de Jean Carlos, visto que atualmente ele é o líder de governo de Jeová Andrade, a pergunta é, como o líder de governo na câmara, tem um pré-candidato da oposição ferrenha ao governo? até onde o governo de Jeová Andrade pode segurar isso?; será que haverá retaliações? tudo isso são respostas que virão nos próximos dias.

Já Zito Augusto, que estava em conversas com os três que se afugentaram para onde Jean Carlos; ficou um pouco enfraquecido com as três perdas e Jean Carlos se fortaleceu ganhando os três líderes, que já se comprometeram a ficar do lado do candidato de Chamonzinho. Eu mesmo fiz a pergunta para o Zito Augusto, o que aconteceu, para que as lideranças fossem se abrigar onde Jean Carlos?. Zito me respondeu que houve uma reunião, que nessa reunião estavam; ele(Zito) Alexandre Pereira, Wilsom Leite, Walter Diniz e Gesiel Ribeiro, esse último também é vereador de Canaã dos Carajás e faz parte de um grupo forte do partido PODEMOS, já foi candidato a deputado estadual nas últimas eleições e bem votado, com esse gás que Gesiel Pegou na eleição, ele deu continuidade nas suas ações e também lançou seu nome pré-candidato a prefeito de Canaã dos Carajás pelo PODEMOS, esse partido hoje tem três vereadores na sua estrutura (Gesiel Ribeiro, Rael da Marcenaria e Baiano do Hospital); além do SAEE CANAA, (Sistema de Agua e Esgoto). Na reunião Zito me disse que foi perguntado aos pré-candidatos à prefeitos (dos pré-candidatos que estão aqui, para qual candidato você abriria mão e seria vice?), no caso Gesiel Ribeiro e Zito Augusto disseram que abririam mão, um para o outro, no sentido que se realmente houvesse esse momento, seria entre Gesiel e Zito,(prefeito e vice) com isso, Wilsom Leite, Walter Diniz e Alexandre se sentiram diminuídos no sistema e foram desembarcar nos braços de Jean Carlos. Essa é a versão de Zito Augusto. Já a versão do Gesiel Ribeiro é a mesma e ele disse que continua com a sua pré-candidatura à prefeito de Canaã dos Carajás; e a versão de Wilsom Leite eu não tive condições de ouvir, porque ele não atendeu a minha ligação telefônica.

Então, o que poderá vir pela frente nos próximos dias? já se comentam nos bastidores que de agora em diante, aqueles que não tiver em consonância com a pré-candidata do governo Josemira Gadelha, terão que entregar as pastas da gestão, no caso, aqueles que ocupam pastas e não se movimentaram ou ainda não aceitaram o nome de Josemira Gadelha. A advogada vem sofrendo retaliações dentro da máquina, alguns dos secretários já me disseram que ela não trabalhou em nada, para que mereça estar no lugar de pré-candidata do governo, nunca ocupou nenhuma pasta, e por isso, é injusto o que está acontecendo com os outros integrantes do governo, que trabalharam e não tiveram a chance, uma vez que Jeová falou diversas vezes que o candidato do governo, sairia do grupo que estava trabalhando, inclusive Alexandre Pereira, seria o principal deles, por isso, se desfiliou do Partido dos Trabalhadores, sua base, sua origem, para ser candidato do governo no PMDB, inclusive aceito por grande maioria dos membros da gestão, e de uma hora para outra, Jeová aponta o nome da advogada.

O resultado de todo esse imbróglio é que Jean Carlos saiu na frente dessa disputa, teremos nesse momento 4 candidaturas expressivas em Canaã dos Carajás, Jean Carlos, Gesiel Ribeiro, Zito Augusto e Josemira Gadelha, há também outras candidaturas a prefeito em Canaã dos Carajás, mas na minha avaliação e tudo que venho acompanhando, essas 4 candidaturas, ainda devem se afunilar e ficar mesmo, no máximo 3 candidatos em Canaã dos Carajás.

O prefeito Jeová Andrade, a partir desse mês de março, terá que tomar as rédeas do processo, ou então, apesar de ter feito um grande trabalho de gestão e obras na cidade, vai amargar a derrota da sua pré-candidata, ele já falou que não abriria mão da candidatura de Josemira Gadelha, um ponto forte do seu querer, então para que a candidatura dela alce voo, ele terá que entrar no cenário e resolver a rejeição da sua candidata dentro do governo, para que depois fique mais fácil nas ruas.

Ele ainda tem um grande problema para resolver, o discurso do presidente da câmara Wilsom Leite, na sessão de ontem, já iniciou com ares de oposição, ou seja, a coisa ainda pode ficar pior para o prefeito da cidade mais rica do Pará.

 

 

Avalie este item
(0 votos)
Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink