Blog do Refribom - Capa

Carlos Refribom: Morador da cidade de Parauapebas desde 1997 iniciou sua carreira no jornalismo como representante comercial nos jornais locais, depois foi repórter de polícia e cidade por dois anos; em agosto de 2004, fundou o Carajás o Jornal e segue até os dias de hoje com esse trabalho reconhecido no sul e sudeste do Pará. Graduado em pedagogia pela FACIBRA em 2014  e pós graduado em comunicação eleitoral e marketing político, pela faculdade Estácio, Refribom coloca a disposição dos seus leitores, um Blog de referência em informação política da microrregião do Carajás.

 

Por: Redação Carajás O Jornal - Carlos Refribom

O vice-governador do estado Zequinha Marinho e comitiva do PSC esteve presente nas instalações do futuro frigorifico na cidade de Canaã dos Carajás com previsão de inauguração em setembro, o local fica aproximadamente no 10 KM do centro da cidade.

Várias autoridades estiveram na comitiva do vice-governador, sua esposa e deputada federal Julia Marinho, o deputado estadual Olival Marques, líder do PSC na Alepa, vereador Dionizio Coutinho de Canaã dos Carajás, o prefeito Jeová Andrade (PMDB).

O prefeito Jeová Andrade, Adauto, deputada federal Julia Marinho e Zequinha Marinho, conhecendo as instalações

Também se fez presente o ex-prefeito de Canaã, Anuar Alves e Anuarinho, além de outras autoridades e amigos. O dono do empreendimento Adauto Jesus Rodrigues mostrou o que já estava construído e explicou o que ainda precisava pra se concluir a obra “Esse frigorifico será uma nova maneira de obter renda para Canaã dos Carajás serão 400 empregos diretos e mais de um mil indiretos, isso com certeza ajuda no crescimento de nossa cidade” disse Adauto.

O empresario Adauto e Zequinha Marinho, observando as instalações

O vereador Dionizio Coutinho que esteve a frente dessa negociação que trouxe o vice-governador no local, aproveitando uma viagem de visitas que Zequinha Marinho está fazendo na região “Nós estamos felizes, com dois meses de mandato nosso vice-governador já visitar a região e observar um empreendimento desses, no sábado 21 estaremos num encontro do PSC em São Felix do Xingu, pra traçar as diretrizes e metas do partido no estado” conclui Dionizio.

O vereador Dionisio Coutinho organizou a agenda de Zequinha pra conhecer o empreendimento

O prefeito Jeová Andrade também falou da importância daquele empreendimento e que a prefeitura daria todo apoio necessário pra que tudo funcionasse e gerasse os empregos que estavam previstos, “Quero aproveitar aqui meu vice-governador e pedir apoio na educação do estado, a gente sabe que as coisas não são fáceis, mesmo assim reitero meu pedido de um olhar cuidadoso com a educação do estado em Canaã dos Carajás” falou.

O vice-governador Zequinha Marinho também falou da importância desse empreendimento na cidade de Canaã dos Carajás e não medirá esforços pra atender algumas demandas que foram pedidas ao seu gabinete no sentido de alavancar o emprego e renda do Sul e Sudeste do Pará, “Quero aproveitar e agradecer o apoio que recebi dessa região, aqui minha esposa deputada federal Julia Marinho, também vai se juntar a esses esforços e garantir apoio a nossas bases e construir um Pará cada vez melhor” disse Zequinha

Todas as instalações foram vistas pela comitiva que acompanhava o vice-governador

Parauapebas mais uma vez perde um de seus grandes filhos num acidente automobilístico no estado do Maranhão, Evaldo da Opção era uma figura que mostrava e tratava com respeito todos que o procurava, até parecia que, quando a gente falava com ele, o mundo tinha bem menos problema que imaginávamos, pela forma de tratamento que ele dispensava as pessoas, quando foi secretario de saúde no governo de Darci Lermem, era bem visível nas suas ações que ele não estava ali pra usufruir do dinheiro publico, como a gente está cansado de ver, as vezes que precisei dele como secretario de saúde, todas elas fui atendido com muita presteza, embora sempre precisasse pra outras pessoas ligadas a mim, graças a Deus; ano passado estava em Belém fazendo um curso encontrei com ele no horário de almoço em um shopping daqueles, chamei ele e conversamos por mais de duas horas, sempre calmo e preocupado com as resoluções dos problemas de Parauapebas, embora já tivesse resolvido sua vida financeira, mas ainda queria ser prefeito da cidade e fazer algumas coisas que estava na cabeça dele, jamais ouvi nos corredores da PMP e Câmara que Evaldo teria se envolvido em qualquer maracutaia ou desvio de verbas em qualquer que seja as instancias, por isso eu fico triste com essa noticia, eu não estava na cidade fiquei sabendo através de um amigo. A família de Evaldo deixo aqui minhas condolências e a certeza que Parauapebas perde um grande filho que deixou um legado de responsabilidade com a coisa publica e exemplo de exímio cidadão Parauapebense.

O carnaval de Parauapebas mais uma vez deu um show de beleza e festa com resultados positivos, a PMP através do gabinete do prefeito (leia-se) Gilmar Mendes e Alberto, foram os responsáveis direto pela organização, claro que teve grandes participações da policia, transito, conselho tutelar e outros, mas tudo nasceu do gabinete. O que eu fiquei sabendo foi que Alberto e Gilmar disseram ao chefe (prefeito) que dariam conta do recado e a secretária de cultura apenas acompanhava, houve muita relutações do vereador Josineto e sua irmã Josélia, mas não teve como voltar atrás, as coisas ficaram por conta do gabinete e está aí o resultado. Parabéns ao Gilmar Mendes e Alberto.

Já na secretaria de Assistência Social o vereador Odilom  Rocha e Judsom receberam de porteira fechada pra fazerem o trabalho, pelo menos isso foi negociado com o prefeito Valmir Mariano, agora cabe esperar o tempo e as coisas  vão acontecer, Judsom já tem ciência que pode fazer um bom trabalho por lá, alias nesse município, não tem ninguém que conheça os tramites mais que ele, vamos acompanhar os trabalhos e saberemos do resultado.

A mesma coisa não aconteceu com Josélia e Josineto, agora depois do carnaval segundo uma fonte minha, Josineto vai pra cima do velho pra tentar copiar o que fez Odilom na sua negociação, mas para a tristeza de Josineto e Josélia, eles vão ter que trabalhar como o prefeito quer, ou seja, vigiando o dinheiro o tempo todo, caso Josineto não queira assim, tem quem queira e está do lado de fora, doido pra entrar e ficar com pelo menos isso que o prefeito está querendo dar pra Josineto, segundo minha fonte a conversa será o seguinte é pegar ou largar, como Josineto já tem certeza que não poderá se reeleger vereador, por ter abandonado suas bases eleitorais, os profissionais da política que elegem os candidatos, não querem conversa com Josineto, pois já sabem que ele não cumpre nada, por isso ele terá que aceitar a proposta do prefeito, ou seja, trabalhar amarrado e eles cuidando do dinheiro.

O atual presidente da camara Brás, no anuncio que fez da equipe de Jornalismo, e apresentou Fabio Sacramento e Valdir Silva, além das jornalistas concursadas, pediu pra não falar o nome de Josineto no café da manha, mas recebeu uma negativa e todos os que usaram a palavra baixaram a lenha no ex-presidente e a principal pergunta que ficou pra ser respondida pelo então presidente, já que agora ele tem acesso a todos os documentos da camara, onde estão os mais de um milhão de receita do ultimo ano? Josineto fez uma licitação pra imprensa e nenhum meio de comunicação de Parauapebas, viu um centavo desse dinheiro, talvez esse fosse mais um caminho para o ministério publico ver as peripécias do edil. Atenção Ministério Publico, está na hora certa de atuar nessas contas.

Carlos Refriborn

 

Por: Redação Carajás O Jornal

Berlanzinn Atrox

Muita alegria e agito no segundo dia de folia em Parauapebas, domingo (15) a população pode assistir os desfiles das escolas de samba do grupo especial: Grêmio Recreativo Mocidade Independente Primavera, Grêmio Recreativo Estação Eles e Elas, Grêmio Recreativo Sol Nascente e se divertir ao som de artistas locais e nacionais. 

E na programação a festa também iniciou na vila Palmares II, a partir das 19h, no espaço de eventos. A programação conta com a apresentação de DJ e os cantores, Beto Dy Maio, Mayara Azevedo, Arnaldo e Felipe e Diogo.

 

Por: Redação Carajás O Jornal

Berlanzinn Atrox

O carnaval de Parauapebas iniciou sábado dia 14, e para que a festa acontecesse com segurança, alegria e tranquilidade, a equipe do governo municipal, formada pelo Gabinete e as Secretarias de Cultura, Segurança, Urbanismo, Saúde, Assistência Social, Semob, CMJ, DRC e Assessoria de Comunicação, intensificou trabalhos na área que está sendo realizada a festa. O local recebeu reparos na iluminação, limpeza, montagem de palco, arquibancada, camarote, identificação visual. O esquema de segurança e a organização do trânsito já foram montados e cerca de sete vias seguem interditadas para que tudo ocorra com tranquilidade. Com o tema: Vista-se de alegria e venha pra folia, o carnaval 2015 de Parauapebas inicia neste sábado (14) a partir das 19h, na avenida Presidente Prudente, no Bairro Paraíso. A animação do primeiro dia de festa contou com atrações locais, Fernando BG, Pedro Coutinho, Leo Bruno e a banda nacional Forró do Muído, além de desfile de blocos no corredor da folia.  O carnaval segue até terça-feira (17). 

Parauapebas amanheceu triste com a notícia de falecimento do EVALDO DA OPÇÃO. EVALDO BENEVIDES, empresário em Parauapebas, um dos pioneiros no município, veio a óbito após um acidente automobilístico. Viajava em companhia de um amigo que também faleceu. EVALDO era muito presente na política de Parauapebas, liderava o PDT municipal e foi secretário de saúde no governo Darci Lermen.

Mais informações no portal do Carajás O Jornal: www.carajasojornal.com.br

Polliana Silva do Bloco Arrastão Folia, foi a mais pelo internautas para musa do Carnaval 2015 de Parauapebas.

Governo italiano é quem terá a última palavra no caso e deve anunciar seu parecer em 45 dias

Os governos do Brasil e da Itália já vêm fazendo reuniões para tratar do destino do ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado por envolvimento no mensalão, e, em Roma, ninguém esconde que a decisão sobre a extradição será tomada com base em interesses políticos.

Fontes do governo do primeiro-ministro Mateo Renzi confirmaram que, antes mesmo de a Corte de Cassação dar o sinal verde para a extradição do brasileiro, os dois governos multiplicaram os encontros para tratar do tema.

Ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, Pizzolato foi condenado a 12 anos e sete meses de prisão. Mas, há um ano e cinco meses, fugiu do País com um passaporte falso e declarou que confiava que a Justiça italiana não faria um processo político contra ele, como acusa a Justiça brasileira de ter realizado.

Justiça italiana nega extradição de Henrique Pizzolato
Após ser libertado, Pizzolato diz que tem a consciência 'limpíssima'

Em primeira instância, a Corte de Bolonha negou sua extradição argumentando que as prisões brasileiras não têm condições de recebê-lo. Nessa quinta, porém, a Corte de Cassação reverteu a decisão, autorizou a extradição e mandou prender Pizzolato.

Agora, é o governo italiano quem terá a última palavra no caso e deve anunciar seu parecer em 45 dias. Mas Roma, que já havia se preparado para a decisão favorável da Corte pela extradição, examinou a devolução do condenado com o Brasil à luz da relação entre os dois países e levando em consideração diversos pontos de interesse, inclusive a situação de Cesare Battisti, ex-ativista italiano que ganhou asilo no País.

A Itália espera que uma eventual entrega de Pizzolato significará a abertura de importantes espaços para os negócios e os interesses políticos do país.

Ao ser preso, Pizzolato tinha 15 mil euros e passaporte falso
Leia as últimas notícias de Zero Hora

Reuniões de representantes de Brasília foram realizadas em diversos ministérios italianos, principalmente na chancelaria e no Ministério da Justiça. Os encontros, segundo fontes italianas, serviram para que a posição de cada um fosse escutada e para que o Brasil tivesse a ocasião de explicar o motivo pelo qual acredita que Pizzolato deve voltar.

O Brasil considera haver dois cenários possíveis: se a Itália optar por privilegiar as relações bilaterais, vai sair em defesa da extradição. Se o governo seguir a norma de que não extradita italianos, Pizzolato ficará no País. Funcionários de alto escalão do governo de Renzi já teriam indicado que existe uma tendência dentro do Ministério da Justiça de privilegiar a primeira opção.

Mas, segundo fontes do governo italiano, Orlando não vai agir sozinho e o destino de Pizzolato será "uma decisão de Estado". Nas últimas semanas, diversos ministérios se reuniram e o caso chegou até a presidência do país para um parecer.

Para evitar extradição, Pizzolato alegou risco de vida em presídios brasileiros
Brasil promete bom tratamento para Pizzolato na prisão

O Ministério da Justiça da Itália reconhece que o caso não será uma "decisão individual". Do comércio de fragatas ao setor de telecomunicações, investimentos e proteção de interesses italianos, diplomatas italianos admitem que a pauta colocada sobre a mesa por Roma é extensa.

Contactada, a embaixada do Brasil em Roma se recusou a fazer qualquer tipo de comentário oficial sobre o assunto.

As conversas não se limitam ao Executivo. No Parlamento Italiano, o tema também é alvo de reuniões. "Essa é a hora do lobby", declarou a deputada brasileira no Parlamento Italiano, Renata Bueno.

— A Itália vai ser coerente com sua postura — insistiu. Ela tem distribuído documentos e informações a diversos ministérios e parlamentares para defender a extradição de Pizzolato. Na semana que vem, tentará falar com o próprio primeiro-ministro, Mateo Renzi, sobre o caso.

Battisti

Fontes na Itália e no Brasil, no entanto, também reconhecem que, a partir de agora, entra em jogo a decisão do ex-ministro da Justiça, Tarso Genro de não extraditar Cesare Battisti, em 2010, condenado na Itália por assassinato. Eduardo Pelella, chefe de gabinete da Procuradoria-Geral da República, reconhece que o caso Battisti "pode" pesar.

Do lado italiano, sempre na condição de anonimato, representantes de Renzi indicaram à reportagem que "não tem como ignorar" a decisão brasileira sobre Battisti.

Famílias das vítimas do terrorismo na Itália já se mobilizam para fazer o lobby pela "troca" e tem destacado que Pizzolato pode ser uma "oportunidade" para tirar o Brasil de uma posição de imobilismo.

Por: Redação Carajás O Jornal

A Câmara Municipal de Canaã dos Carajás, através do presidente da Casa Jean Carlos Ribeiro (PDT) em sessão ordinária do dia 11 de fevereiro de 2015, cobrou mais respeito da mineradora Vale e suas prestadoras de serviços, em relação ao recrutamento de mão de obra local.

Em entrevista para o jornalista do Carajás O Jornal, falou o que acha e o que é preciso se fazer para resolver problema das pessoas que ainda estão desempregadas no município de Canaã dos Carajás.

“No ano passado tivemos várias reunião com a direção da Vale do Projeto S11D, assim também com diretores da terceirizadas, e desde janeiro deste ano estamos buscado o diálogo para tentar amenizar o índice de desemprego local, como representantes do povo somos cobrados.

Está difícil é gabinete cheio o tempo todo de pessoas a procura de emprego, sabemos do momento é início de ano período chuvoso, as vagas realmente são limitadas, mais o problema não é esse.       É que as contratações estão sendo feitas no escritório das terceirizadas, descumprido um compromisso feito em reuniões com a própria Vale, que era pra ser 70 % dos empregados fosse do município, mais sabemos que não temos todas essa mão de obra, e que todos os contratados seria via SINE conforme o perfil de cada candidato e das necessidades das empresas, do qual a própria Mineradora fortalece.

não temos o poder de ir lá na empresa, diz a elas que são obrigadas a isso ou aquilo, mas a Vale como responsável pelo da grandeza do Projeto S11D, dentro do munícipio, pedimos para os responsável do Projeto que converse com as terceirizadas, que existe o SINE no município e que a mão de obra tem que passar pelo SINE, vale lembrar que toda área administrativa da empresa são formada por empregados de fora, já que não seleciona profissionais nessa área local, que contrate pelo menos a  mão de obra “mais pesada” ajudante, pedreiro, carpinteiro, armador se não contratar esses profissionais então que vai ser empregado em Canaã? Mas segundo as terceirizadas não tem interesse de selecionar de Canaã por que não querem ficar alojados, mas geramelmente que mora em Canaã, não vai quere mesmo ficar, é claro que dormir em casa com sua família, tem os seus negócios e quem vem de fora de outros estados, fica e só volta quando realmente seu contrato terminar e ou em seus férias.

o queremos é que a Vale seja realmente uma pareceria de verdade, que ela possa chamar as terceirizadas e falar que existe esse compromisso com o município, no ano que se passou as coisas andaram um pouco, mas atualmente as coisa tem desandado, em nosso município também existem profissionais qualificados,  e quem recebe essa cobrança somos nós que fomos eleitos, prefeito, vereadores para representa a população de deste município, e como vereador e presidente dessa Casa de Lei, vou continuar a cobrar uma resposta da Vele, é inadmissível estão passando por cima da necessidade do nosso povo, afetado a assim, geração de emprego e renda para o nosso povo local, não somos contra a ninguém que vem a Canaã, trabalhar, sonhar e ter uma vida melhor de formar alguma, estamos dizendo que povo de Canaã não está tendo oportunidade, se as coisas não melhorarem, vamos mobilizar a população e faz uma audiência pública, com presidente da Câmara de vereadores de Canaã dos Carajás, estou ao lado do povo”, Finalizou Jean Carlos Ribeiro.

Realizado nesta manhã de quarta-feira, do dia 11 de fevereiro de 2015, no plenarinho da Câmara de Vereadores de Parauapebas, através do novo Presidente da Casa Ivanaldo Braz Silva Simplício(SDD), apresentou a sua nova equipe de assessoria de comunicação para imprensa, formada pelo comunicador Fábio Sacramento, o jornalista Waldir Silva e as auxiliares Josiane Quintino e Nayara Cristina, que convidou os profissionais da imprensa para uma parceria durante os próximos dois anos.

Na formação da mesa esteve presente, os vereadores João do Feijão (SDD), Odilon Rocha (SDD), Francisco Amaral Pavão (SDD) e Bruno Soares (PP), que falaram da importância da imprensa local com a Câmara Municipal.

O evento foi, marcado com perguntas e respostas: onde o presidente eleito para o biênio 2015 / 2016, respondeu as dúvidas do jornalistas e repórteres. Que relataram o despeito da presidência anterior da Câmara Vereadores com a imprensa, que nos dois anos anteriores na presidência do então vereador Josineto Feitosa de Oliveira (SDD), não agradou a grande maioria dos profissionais de imprensa.

Na oportunidade todos profissionais da imprensa presente, que fizeram o uso da palavra, bombardearam o ex-presidente, e questionamentos sobre mais de R$ 1 milhão que foram licitados para serem gastos com veículos de comunicação, e que segundo os jornalistas, não foram investidos na imprensa. O presidente até pediu aos jornalistas que não tocasse no nome do ex-presidente Josineto Feitosa, mas foi impossível, pois será muito difícil não tocar neste assunto.

Durante o seu mandato como Presidente da Casa de Leis, a imprensa noticiou e denunciou várias irregularidades no seu biênio, como por exemplo, supostos funcionários fantasmas que, não trabalhava na Câmara, mas recebem salários, muitos deles ultrapassando a quantia de cinco mil reais.

Ascom | PMM

Alessandra Gonçalves

 

A Secretaria de Segurança Institucional (SMSI) realizou no final da tarde desta terça-feira (10), uma fiscalização na entrada da Marabá Pioneira, reunindo os demais órgãos de segurança que atuam na cidade. O objetivo era coibir diversos atos infracionais relacionados ao trânsito.

A ação contou com 35 homens, sendo 25 do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU) e do GOPE (Grupo Operacional Pronto Emprego), especializado da Guarda Municipal.

Os principais alvos da fiscalização eram condutores não habilitados, sem capacete e CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo).

Segundo Júlio Araújo Netto, secretário interino da SMSI, o objetivo da ação era fazer uma orientação pedagógica aos condutores. “A gente quer que eles se conscientizem e essas ações irão ocorrer semanalmente em vários núcleos da cidade”, adiantou.

Ele disse ainda que essas fiscalizações também combatem a criminalidade, uma vez que no momento em que são abordados e revistados é verificado se os condutores estão armados ou com drogas. “Por isso, a gente conta também com o apoio da Polícia Militar”.

Carnaval

Os órgãos de segurança municipais também farão a operação Carnaval, que terá início na próxima sexta-feira (14) e segue até terça-feira (17). Participarão da ação 55 agentes da Guarda Municipal; 45 do DMTU e 25 agentes patrimoniais. 

 

 

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink