Sintomas de doenças cardiovasculares podem variar entre mulheres, idosos e diabéticos

Sintomas de doenças cardiovasculares podem variar entre mulheres, idosos e diabéticos Foto: Divulgação

Cerca de 300 mil pessoas morrem todos os anos em decorrência de doenças cardiovasculares no Brasil. Os dados são da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) e são um alerta para os principais fatores de risco que favorecem esses números: tabagismo, alimentação não saudável, inatividade física e uso nocivo de álcool.

Em todo o mundo, mais de 17 milhões de óbitos tem como principal causa as doenças cardíacas, por isso, em 29 de setembro, data instituída para o Dia Mundial do Coração, profissional da Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar explica as principais diferenças da doença entre mulheres, idosos e diabéticos.

“Esse grupo apresenta sintomas de isquemia miocárdica, que são, além da dor na região do queixo até a região do estômago, a falta de ar, fadiga excessiva, náuseas, vômitos, palpitações e desmaios súbitos”, destaca o cardiologista Lucas Geralde, do Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), em Belém, unidade gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa).  

Entre as doenças mais comuns envolvendo o coração, a hipertensão arterial é a mais frequente e pode afetar em torno de 35% da população brasileira, de acordo com os dados do Ministério da Saúde. No entanto, grande parte das pessoas nem sabe que possui a doença. 

“Para evitar ou diminuir as doenças cardiovasculares é necessário modificar alguns hábitos de vida. Controlar o peso, manter uma dieta saudável, praticar exercícios físicos, controlar o colesterol e a pressão arterial são algumas das ações simples que podem colaborar para a saúde do coração. Alguns alimentos também favorecem a saúde do coração, como peixe, castanhas, azeite, vinhos e sucos de uva integral são alguns exemplos”, explica Geralde.  

Os problemas do coração muitas vezes podem ser silenciosos, não esqueça de consultar um médico e manter seus exames em dia.

 

Fonte: DOL-Com informações da assessoria

Avalie este item
(0 votos)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016