Queimaduras em crianças: atualização sobre os primeiros socorros

Queimaduras em crianças: atualização sobre os primeiros socorros Foto: Unsplash

Uma fração de segundo de descuido é o suficiente para uma criança se queimar em casa. Uma panela quente, um ferro de passar roupa, um forno aberto, água muito quente em qualquer recipiente em cima da mesa...tudo, enfim, que usamos no nosso dia a dia pode causar queimaduras – algumas graves- em crianças que perambulam pela casa enquanto pais e cuidadores estão concentrados em suas tarefas.

Por isso, é importante sabermos exatamente o que fazer e, principalmente, o que não fazer. Tomar as atitudes corretas ajudam demais. Tomar atitudes erradas, ainda que bem intencionadas, pode piorar uma situação difícil.

Para lembrar, as queimaduras podem ser de primeiro, segundo ou de terceiro grau. As de primeiro grau são as mais brandas. A pele queimada fica vermelha, “ardida” e muito dolorida. A de segundo grau tem como característica principal a formação da bolha. Dói muito também. A de terceiro grau, por sua vez, é a mais grave. É aquela em que a queimadura foi muito profunda, lesionando a pele e expondo regiões mais internas. É extremamente dolorosa.

Os primeiros socorros em caso de queimaduras são extremamente importantes, principalmente para aliviar a dor.

O que fazer?

Colocar a região afetada em água corrente e fria. Não há dúvida sobre isso. A novidade é que um estudo recém publicado em uma revista médica (Annals of Emergency Medicine) estudou o tempo em que se deve expor a região queimada a água fria. Para isso avaliaram 2.495 crianças, com uma idade média de 2 anos de idade, que sofreram queimaduras. Os resultados foram importantes: quem colocou a região afetada em água fria corrente por mais de 20 minutos obteve mais benefícios do que os que colocaram por menos de 20 minutos.

Isso significa que os que ficaram mais de 20 minutos com a região queimada embaixo da água fria corrente necessitaram de menos enxertos de pele, menor acometimento de regiões mais profundas da pele, menor necessidade de hospitalização e de intervenções cirúrgicas.

O que NÃO fazer em caso de queimaduras: colocar quaisquer outros produtos diferentes da água como, por exemplo, manteiga, pasta de dente, óleos ou pomadas não específicas. Tudo isso pode piorar a lesão da queimadura.

Simples assim: em queimaduras caseiras em crianças, coloque a área afetada embaixo da água fria corrente por pelo menos 20 minutos e procure orientação médica assim que possível.

 

Fonte: Bem Estar

Avalie este item
(0 votos)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016