Wilson Leite é o nosso convidado desta edição na série de entrevistas com pretensos candidatos ao cargo de prefeito de Canaã dos Carajás Destaque

Wilson Leite é o nosso convidado desta edição na série de entrevistas com pretensos candidatos ao cargo de prefeito de Canaã dos Carajás Foto: Hermes Araújo

Nosso entrevistado de hoje, na série “PRETENSOS CANDIDATOS”, tem vasta experiência em gestão pública com 12 anos como secretário municipal em Breu Branco, sendo quatro deles como secretário de obras e depois secretário de agricultura e, por último, após exercer um mandato como vereador naquela mesma cidade, foi chefe de gabinete por 4 anos. Ele é Wilson Leite (PDT), atualmente vereador e presidente da Câmara Municipal de Canaã dos Carajás. Nosso entrevistado falará, entre outras coisas, de sua vinda para esse município e da pretensão de disputar o comando do Poder Executivo municipal em 2020.

Na foto, vereador Wilson Leite e sua maior riqueza, a  sua família

Carajás O Jornal (COJ): O que provocou sua vinda para Canaã dos Carajás?

Wilson Leite (WL): No final de 2012 comprei uma propriedade em Canaã dos Carajás, onde decidi morara na condição de investidor no ramo comercial. No final do primeiro semestre de 2013 trouxe minha família para esta cidade.

Minha mudança se deu em razão do município apresentar excelente condições financeiras dado ao fato de abrigar o maior investimento em mineração do mundo.

Chegando aqui, iniciei minha militância política e a população me honrou na eleição seguinte, me fazendo sentar em uma cadeira no Poder Legislativa e findo o primeiro mandato de presidente desse parlamento os vereadores me escolheram para presidir essa Casa de Leis.

Minha intenção era não me envolver com a política eleitoral, mas com o grande número de amigos que a gente faz devido a atividade comercial, as pessoas terminam pedindo o envolvimento da gente e tive que atender esse chamado.

Tem um amigo meu que diz assim: “No primeiro mandato você é levado pelos amigos; mas, do segundo por diante você se mantém no mandato para defender os amigos e por fazer por merecer”. Tenho procurado desenvolver meu trabalho; se você for na zona rural ou urbana verá que tomamos como lema e como tema “vereador presente”, pois mesmo sob sacrifício sempre estou presente nos eventos.

Carajás O Jornal (COJ): O senhor sentiu diferença no jeito de fazer política municípios tão diferentes como, por exemplo, Breu Branco e Canaã dos Carajás?

Wilson Leite (WL): Não resta dúvida. O eleitorado de Canaã dos Carajás é mais refinado, mais exigente. Sem demérito nenhum com Breu Branco, em função da condição econômica de onde hoje vivemos, o maior polo minerário do Brasil e quiçá do mundo; e esse poder econômico faz tudo ser diferente.

Carajás O Jornal (COJ): O que te fez, apesar de tão recém-chegado na cidade, ser um pretenso candidato a prefeito de Canaã dos Carajás?

Wilson Leite (WL): A predisposição de colocar nosso nome para concorrer à sucessão do atual prefeito se deu pelo entendimento de querer o melhor para Canaã dos Carajás; fazendo isso sem a mínima vaidade, para que possamos apoiar outro que, por ventura, seja o escolhido no partido ou mesmo que venhamos apoiar algum de outra legenda.

Para isso, sabemos ser preciso que tenhamos um projeto de governo para que Canaã se torne a melhor cidade deste país pela sua economia e por aquilo que tem a oferecer a quem nela está ou chegue, com a intenção de trabalhar na mineração ou de investir na criação de uma terceira via, afinal, hoje temos minério, mas um dia as minas se esgotam.

Carajás O Jornal (COJ): Vindo de um município onde a arrecadação é aquém de Canaã dos Carajás, o que o senhor vê que dá para fazer com todo esse recurso que temos e teremos nos cofres púbicos?

Wilson Leite (WL): Muita coisa. E se falar muita coisa fica um tanto sucinto. Mas, pondo na ponta do lápis, o número da população aqui é crescente, porém, com as cifras monetárias, dá para fazer muita coisa; afinal temos a maior renda per capta do país.

 Se diluirmos isso em educação, dá para termos a melhor educação do Brasil.  E educação deve ser mantida com bons investimentos do começo, meio e fim.

Na saúde, dá também para fazer bons investimentos e melhorar muito o atendimento da população, criando, inclusive, o pós atendimento dos consultórios.

Carajás O Jornal (COJ): Canaã já está bem em si tratando de prédios destinados às escolas municipais, o que falta para que a educação melhore também na qualidade?

Wilson Leite (WL): Investir no profissional. Dando qualificação e mantendo-o estimulado para que seja a referência do aluno. É preciso, também, que se chame o governo do Estado, para que se crie parceria através de consórcio e assim melhore o Ensino Médio podendo transformá-lo em ensino integral.

Carajás O Jornal (COJ): E na saúde, como transpor a Atenção Básica sem comprometer o orçamento?

Wilson Leite (WL): Percebo que essa região do polo minerário existe falta de capacidade e humildade dos gestores em fazer um grande consórcio de saúde, composto pelos municípios da região onde a Vale tem Mina. Se criarmos esse consórcio todos os munícipes e pessoas de toda a região saem ganhando.

Carajás O Jornal (COJ): Como investir em infraestrutura para melhorar a qualidade de vida das pessoas?

Wilson Leite (WL): É preciso que, além de ruas pavimentadas e rede esgotos, se crie atrativo para que as pessoas fiquem em Canaã dos Carajás ou venham nos visitar.

É preciso, também, recuperar nossos mananciais; naturalmente, poluídos pela ocupação urbana. E será nessas áreas recuperadas que poderemos criar muitas áreas de lazer. 

Carajás O Jornal (COJ): Como fazer que Canaã volte a ser grande na produção agrícola?

Wilson Leite (WL): Canaã já foi um dos maiores produtores de grãos do Pará, por isso, vejo que uma das boas formas de criar um viés econômico é recuperando a agricultura, pois, com a chegada da mineração ela foi desestimulada, tendo, inclusive, grande percentual das terras sido adquirido pela mineradora. 

Apesar de que a Vale tenha adquirido 60% das terras na zona rural, algumas delas foram reocupadas; e a Vale deu legalidade para os ocupantes em alguma delas e isso tem feito com que a produção de alguns produtos como, por exemplo, banana, mandioca, milho etc.

Uma importante ação que pode ser feita em benefício da população para melhorar sua qualidade de vida no campo é a implantação do sistema VILAS ONLINE, o que levará informação, conforto e entretenimento aos que vivem no campo. A implantação de fontes alternativas de energia elétrica trará economia e possibilitará que sejam executadas atividades industriais na zona rural.

Manter as estradas rurais em boas condições para que o produtor e agricultor consiga escoar bem seus produtos; investir em tecnologias e oferecer incentivo através da disponibilidade da preparação do solo e insumos, faz com que muitos se interessem em voltar a investir na agricultura. 

Carajás O Jornal (COJ): Como criar alternativas econômicas paralelas à mineração prevenindo que no futuro o município não sinta, com grande intensidade, o fim da mineração?

Wilson Leite (WL): É preciso que tenhamos um projeto de governo para que Canaã se torne a melhor cidade deste país pela sua economia e por aquilo que tem a oferecer a quem nela está ou chegue, com a intenção de trabalhar na mineração ou de investir na criação de uma terceira via, afinal, hoje temos minério, mas, um dia as minas se esgotam.

Desde que o mundo é mundo, há áreas que nunca decaíram. A educação é uma delas. Por isso, uma boa alternativa é se criar aqui um polo universitário regional. Assim, com a implantação de diversos cursos universitários teremos uma força econômica permanente.

Lembrando que daqui há 200 anos quando cessara grande mineração, o subsolo continuará sendo explorado por pequenos mineradores e isso, também, muito somará para a economia local.  O fim da Lei Kandir será de grande relevância para os municípios minerados, pois, isso possibilitará a verticalização da produção.

Carajás O Jornal (COJ): Como proporcionar uma boa segurança pública?

Wilson Leite (WL): Só o fato de qualificar nossa gente, gerar emprego para absorver toda a mão de obra local, por si só a violência reduz. O governo do Estado também deverá ser parceiro nisso, através de um bom monitoramento que deverá ser implantado, a exemplo de cidades bem desenvolvidas, é uma excelente ferramenta para coibir a criminalidade e chegar aos que persistem em viver às margens da lei.

Carajás O Jornal (COJ): Deixe suas considerações finais à população de Canaã dos Carajás.

Wilson Leite (WL): Agradeço a oportunidade de ter espaço neste veículo de comunicação. Em relação à nossa pretensa candidatura, ela só existe por entendermos a necessidade de termos uma cidade desenvolvida em um todo, desde as escolas profissionalizantes, universidades, unidades de saúde para além do atendimento de baixa complexidade, segurança pública que ampare o cidadão de bem e puna os possíveis infratores.

Coloco meu nome à disposição para a população de Canaã dos Carajás, com o discernimento que é preciso pedir orientação a Deus para nos dar sabedoria para despirmos da vaidade e, assim, formarmos um grupo no qual o projeto a ser implementado seja um em que a sociedade ganha, desde o gerador de empregos aos que venderão seus serviços e produtos.

Deixo aqui nosso abraço e a disponibilidade de discutir com todos para se apurar um projeto melhor para todos.

(Por Francesco Costa) 

Avalie este item
(0 votos)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016