Vereador Júnior Garra é preso pelas polícias Civil e Federal Destaque

Vereador Júnior Garra é preso pelas polícias Civil e Federal Imagem redes sociais

Vereador Júnior Garra, ex-presidente da Câmara Municipal de Canaã dos Carajás, foi preso na manhã desta quarta-feira, 13, pelas polícias Civil e Federal, acusado de compra de votos nas eleições passadas. O vereador ainda foi autuado por posse ilegal de arma de fogo.

Imagens de veículos e autoridades policiais, em frente à casa do vereador foram divulgadas nas redes sociais desde as primeiras horas da manhã de hora, quando vizinhos perceberam a intensa mobilização de veículos na residência do vereador.

Em entrevista o Delegado, Gabriel Henrique, explica que a polícia civil foi convocada através da Justiça Eleitoral de Parauapebas para cumprir mandado de busca e apreensão e prisão preventiva com o apoio dos oficiais de justiça da Justiça Eleitoral, contra o vereador Júnior Garra, em Canaã dos Carajás. “Além da prisão preventiva de Júnior Garra, também foi apreendido na casa do vereador, dinheiro e arma de fogo. Então agora ele também está sendo autuado em flagrante delito pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. Estamos fazendo também o termo de apreensão dos objetos para o processo da Justiça Eleitoral como documentação e dinheiro, solicitados pelo Poder Judiciário do Ministério Público que representou pela prisão e busca e apreensão”, disse.

Ainda segundo o delegado Júnior Garra será levado para Parauapebas e apresentar ao poder judiciário eleitoral, onde irá responder pelo crime eleitoral de compra de votos.  “Com certeza é um crime eleitoral cometido em razão de uma autoescola também, porque foi feito busca na autoescola que, segundo o vereador, foi vendida há pouco tempo”, explicou o delegado.

Otimista com a revogação da prisão do vereador, a defesa de Júnior Garra, representada pelo advogado Dr. Marcos Tavares disse que na denúncia não consta elementos fáticos. “A defesa tem convicção de que vai, nos próximos dias, conseguir a revogação da decisão, porque não tem elementos fáticos na denúncia” disse.

Em defesa, Dr. Marcos Tavares disse que o que determinou a prisão do vereador foi uma suposta coação à testemunha, porém não há registros de contato do acusado com as testemunhas. “O que determinou a prisão foi uma suposta coação a alguma testemunha, porém aqui consta que as testemunhas nunca falaram com o vereador e nunca tiveram contato físico. A justiça decretou a prisão baseada em fofocas”, declarou.

Na casa de Júnior Garra foram apreendidos pela polícia, além de documentos, munições de Pistola calibre 380 e uma espingarda 12 municionada.  O caseiro da chácara do vereador também foi preso por manter armamento dentro da Chácara.  

Vereador Júnior Garra

(Da redação)

 

Avalie este item
(0 votos)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016