On Screen Facebook Popup by Infofru

Receba todas as atualizações via Facebook. Basta clicar no botão "Curtir" abaixo.

Fechar

  

Prefeitura Municipal de Canaã dos Carajás está veiculando mídia pública sem licitação. Como estão ocorrendo os pagamentos? Entenda

Não é crime para uma Prefeitura Municipal a veiculação de mídias com dinheiro público para promoção dos seus trabalhos. É permitido que isso aconteça em diversos veículos de comunicação: rádio, TV, sites, jornais... Isso, inclusive, é uma prática comum e aceitável por qualquer prefeitura. No entanto, o que a lei exige é que haja uma agência de publicidade licitada para a veiculação de qualquer mídia do executivo. Canaã dos Carajás não possui nenhuma empresa devidamente credenciada para este tipo de trabalho desde o início do novo mandato do prefeito Jeová Andrade.
 
Durante todo o 1º mandato do peemedebista, a agência de publicidade Vanguarda era a dona da licitação da comunicação na cidade. No entanto, esse contrato teve fim no final do ano de 2016 e não foi renovado. De acordo com o secretário de comunicação da Prefeitura, Marcione Reis, o processo licitatório para a contratação de uma nova agência ainda está sendo montado e analisado. Dessa forma, nenhuma contratação de mídia poderia ser feita, já que os meios legais exigem essa agência de publicidade.
 
Oito meses se passaram desde o fim do contrato com a Vanguarda e a pergunta que fica é a seguinte: como a Prefeitura Municipal de Canaã dos Carajás está divulgando os seus trabalhos sem o devido contrato legal? Como estão ocorrendo estes pagamentos? Um exemplo claro da publicidade que a Prefeitura tem feito, são os carros de som que foram contratados para convidar a população para a inauguração do Núcleo de Educação Infantil Irani Vieira da Silva, localizado no bairro Jardim América.
 
De onde está saindo este recurso? Essa pergunta foi feita pela nossa reportagem ao Secretário de Governo, Roberto Andrade, que disse desconhecer totalmente essa situação. Segundo informações não oficiais, os pagamentos estão sendo efetuados em dinheiro, o que é ilegal, de acordo com a lei. O processo legal exige que o pagamento de qualquer tipo de serviço para uma prefeitura deve ser feito por meio de depósito em conta jurídica. Por este motivo é que se tem uma agência de publicidade para gerenciar e efetuar os pagamentos deste tipo de trabalho.
 
Nossa equipe tentou contato com o secretário de comunicação do município para que essa situação fosse esclarecida. Até o fechamento desta matéria, o gestor da pasta não forneceu uma resposta para o Jornal In Foco. Vamos aguardar o posicionamento oficial da Prefeitura de Canaã dos Carajás sobre essa situação e, a qualquer momento, traremos novidades sobre o caso.

 

Fonte: jornalinfoco.com.br

Avalie este item
(0 votos)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/2M.gk-is-100jpeglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/FAMAPPPPgk-is-100.pnglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/coisadecrianarodape.gk-is-100jpeglink

Vídeos

Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016