Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

Luciano Gomes Cardoso, de 28 anos de idade, morreu no início da noite de quarta-feira, no Hospital Geral de Parauapebas (HGP), onde estava internado desde sexta-feira, 15, vítima de disparo de arma de fogo. Ele foi atingido na cabeça por um tiro disparado por José Vicente. O motivo teria sido por causa de uma tarrafa de pesca.

O autor do crime foi preso pelo investigador Abraão Teixeira da equipe do delegado José Aquino. O acusado José Vicente, que segue preso, responderá agora por homicídio e não mais por tentativa de homicídio.

Entenda o caso

Segundo informações repassadas por familiares de Luciano Gomes, o acusado teria discutido com o primo de Luciano Gomes, identificado como DINDIN, quando o acusado JOSÉ  VICENTE se armou de uma espingarda e por volta de 01h40 da madrugada de  sexta-feira, na localidade Vila Brasil, zona rural de Marabá, distante cerca de 90 quilômetros do centro de Parauapebas.

De acordo com informações a discussão ocorreu por conta de uma tarrafa de pesca.  Luciano estava dormindo na casa dos tios quando o acusado chegou na residência da família e, com uma arma de fogo, fez com que o tio abrisse a porta e o deixasse entrar.

José Vicente efetuou um disparo de espingarda na cabeça de Luciano Gomes, que foi confundido com o seu primo, Dindin.

O autor do crime foi preso na ocasião e em depoimento confessou a autoria do disparo e afirmou que sua intenção seria matar DINDIN e não LUCIANO.

A Prefeitura de Parauapebas informa as vagas de emprego disponíveis, hoje, 21, no Sine Parauapebas. O Sine fica na rua 11, entre as ruas E e D - Cidade Nova. O horário de atendimento é de 8h às 14h.

Clique aqui e visualize as vagas ofertadas.

 

Assessoria de Comunicação – ASCOM | PMP

Após denúncias repassadas via Central de Controle Operacional da Polícia Militar (CCO) de Parauapebas, a guarnição comandada pelo SGT Evaldo e viaturas do comando Tático Operacional se deslocaram até ao local indicado, para averiguar a denúncia. Quando chegaram na área indicada constataram a informação após perceber movimentação estranha dentro da residência localizada nas Casas Populares 2, onde foi verificado a presença de menores na casa.

A viatura do Comando Tático realizou rondas no local, conseguindo prender o maior de idade, Rafael da Silva. De acordo com informações ele possui ficha criminal por tráfico de drogas.

Além de Rafael, a polícia encontrou dentro da residência dois adolescentes ambos de 17 anos, que também foram apresentados na seccional de policia Civil.

De acordo com informações repassadas pela guarnição, foram apreendidos dentro da residência cinco aparelhos celulares que a polícia acredita terem sido tomados em assaltos cometidos pelo grupo pela cidade, além de uma motocicleta.

Com a chegada da polícia na residência, dois dos acusados conseguiram fugir, sendo    capturados no fim da tarde desta quarta-feira, 20, em frente ao residencial Alto Bonito. Os dois foram identificados como sendo Bruno da Silva Brito, de 18 anos, que tem passagem pelo crime de roubo e Leandro Oliveira de 19 anos que possui duas passagens uma pelo crime de roubo e tráfico de drogas.

Com a dupla a polícia apreendeu dois tabletes de maconha. Todos seguem à disposição da justiça.

A polícia pede que as vítimas da quadrilha compareçam à delegacia para recuperação dos objetos e reconhecimento dos suspeitos.

(Neide Folha)

O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran), na última semana de novembro, vai leiloar mais de 750 veículos nos municípios de Santarém, Belém e Marabá. A visitação aos lotes já começou na última segunda-feira (18) em Santarém. A visitação em Belém será a partir desta quinta-feira (21).

Os veículos levados ao pregão se encontram nos pátios de retenção do órgão há mais de 60 dias, após o recolhimento, e são divididos em lotes de sucata e aproveitáveis — quando há possibilidade de os veículos voltarem a circular. Em ambos os casos, os proprietários já foram previamente notificados sobre a situação dos bens e os procedimentos para recuperação do veículo antes do encerramento do prazo para o leilão. Mesmo com os avisos, o presidente da comissão responsável pelo evento, Antônio José Silva, explica que “uma das principais metas da realização dos leilões é diminuir a quantidade de veículos nos parques de retenção, que ficam cheios”. 

Interessados em participar da visitação pública aos veículos devem portar documento oficial de identificação com foto. É permitida somente a avaliação visual dos lotes. O documento também deverá ser apresentado durante o leilão, assim como o comprovante de endereço atualizado com Código de Endereçamento Postal (CEP), ou ainda Cadastro de Pessoa Física (CPF) e/ou comprovante de emancipação, para menores de idade, quando for necessário.

Pessoa jurídica deverá apresentar comprovante de inscrição e de situação no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ); Registro Comercial, no caso de empresa individual; ato constitutivo; estatuto ou contrato social e última alteração em vigor em sociedades empresariais. Para sociedades por ações, é preciso apresentar documentos de eleição dos administradores, além de identidade com foto e CPF do representante legal.

Proibição - Servidores do Detran, ou qualquer pessoa que receba numerário da instituição, assim como funcionários, prepostos e membros da equipe do leiloeiro e da empresa organizadora, são proibidos de participar do leilão. Também é proibida a participação de pessoas físicas e jurídicas declaradas inidôneas ou punidas com a suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com órgão ou entidade integrante da administração direta ou indireta, das esferas federal, estadual, municipal e distrital. O regulamento proíbe ainda os atuais proprietários dos veículos e menores de 18 anos não emancipados.

O leilão também será online, com transmissão de áudio e vídeo em tempo real pelo site da organizadora (https://www.vipleiloes.com.br/), que poderá ser acompanhado após a realização de um cadastro prévio para obtenção de login e senha. A lista de veículos pode ser consultada no edital disponível no site do órgão. (Colaboração: Esther Pinheiro).

Serviço: Leilão de veículos retidos pelo Detran.

Santarém

Visitação: Dias 18, 19, 20 e 21 de novembro, das 09 às 17 h, no Anexo I - Pátio VIP Leilões (Rua Santana, n° 474, entre Rua Maracangalha e 24 de Outubro — Bairro Salé, Santarém); Anexo II - Pátio VIP Leilões (Rodovia Transamazônica, KM-04, ao lado do Parque de Exposições Hélio da Mota Gueiros — Itaituba).

Leilão: Dia 25 de novembro, com início às 09 h, no Hotel Palace Santarém (Avenida Rui Barbosa, n° 726 —  Bairro Santana, Santarém)

Belém

Visitação: Dias 21, 22, 25, 26 e 27 de novembro, das 09 às 17 h, no Pátio VIP Leilões (Rodovia da Alça Viária, KM-01, n° 888 — Bairro São João, Marituba)

Leilão: Dia 28 de novembro, com início às 09 h, no Pátio VIP Leilões (Rodovia da Alça Viária, KM-01, n° 888 — Bairro São João, Marituba)

Marabá

Visitação: Dias 25, 26, 27, 28 e 29 de novembro, das 09 às 17 h, no Pátio VIP Leilões (Rodovia BR-222, KM-03, s/n — Bairro São Félix, Marabá)

Leilão: 30 de novembro, com início às 09 h, no Auditório do Hotel São Bento (Folha 31 - Quadra 01 - Lote E-09 e 10 — Bairro Nova Marabá).

 

Por: (DETRAN)Ag.Pará

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais localizou, nesta quarta-feira (20), um corpo nas buscas de vítimas do rompimento da barragem da Vale na cidade de Brumadinho, em Minas Gerais. Ele foi encontrado a 5,5 quilômetros da barragem B1. Uma perícia vai verificar se o corpo encontrado se trata de vítima do rompimento da barragem.

Em janeiro, a barragem da Vale no Córrego do Feijão se rompeu, espalhando rejeitos, destruindo casas e resultando na morte de mais de 200 pessoas. Desde então, autoridades realizam buscas para identificar pessoas vitimadas pelo rompimento da barragem. Nove meses após o desastre, 16 pessoas ainda seguem desaparecidas. O Corpo de Bombeiros permanece realizando buscas.

Os bombeiros acharam o corpo na área denominada BH1, sigla para barreira hidráulica. Em razão da decomposição, não foi possível discernir o sexo. A perícia foi iniciada para fazer a identificação e saber se é uma vítima do rompimento da barragem. Caso haja essa confirmação, o número de pessoas desaparecidas poderá cair para 15.

Relatório

No dia 5 de novembro, a Agência Nacional de Mineração (ANM) divulgou relatório técnico assinalando que a tragédia poderia ter sido evitada se a Vale tivesse prestado informações corretas ao Sistema de Integrado de Gestão de Segurança de Barragens de Mineração (SIGBM). O órgão fez 24 autuações à Vale.

Também em novembro, a Comissão Parlamentar de Inquérito criada para avaliar o caso concluiu os trabalhos com o indiciamento da Vale e da companhia alemã Tuv Sud, além de 22 pessoas das duas empresas por homicídio doloso.

 

Fonte: Agência Brasil

Com o tema “Menos Burocracia, mais Desenvolvimento”, o Seminário Pará Mais Simples, aberto nesta quarta-feira (20) no auditório do Cesupa II, trouxe a Belém o debate sobre a importância da desburocratização do ambiente de negócios para impulsionar o desenvolvimento do Pará.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, Iran Lima, representou o governador Helder Barbalho na abertura do evento, e ressaltou o compromisso do Estado em investir no desenvolvimento econômico do Pará. “Precisamos fazer com que o empresário venha com mais segurança para o Estado e, para que isso aconteça, é necessário que haja um trabalho coletivo entre governo, órgãos de licenciamento e prefeituras para produzir esse ambiente de negócios muito mais atrativo para os empreendedores brasileiros e estrangeiros”, reiterou o secretário.

A palestra de abertura ficou a cargo do representante do Ministério da Economia, André Santa Cruz Ramos, diretor do Departamento de Registro Empresarial e Integração (Drei), que abordou os Impactos da Lei de Liberdade Econômica no Registro de Empresas e na Redesim (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios).

O palestrante André Santa Cruz Ramos destacou as diretrizes e princípios da nova legislação

Legislação - André Santa Cruz destacou as diretrizes e princípios da nova legislação que alterou artigos dos direitos Civil e Empresarial, da Lei de Registro Mercantil e diversos procedimentos na Junta Comercial, com o objetivo de melhorar o ambiente de negócios, incentivar a formalização, reduzir a burocracia e aumentar a competitividade na economia brasileira.

Segundo o palestrante, a lei especifica 12 princípios da liberdade econômica que visam garantir maior segurança jurídica aos empreendedores, diminuindo a intervenção do Estado na economia. “Para sair de uma crise pela qual estamos passando, a melhor forma é ampliar a liberdade econômica. É deixar a livre iniciativa trabalhar”, afirmou o diretor do Drei.

O seminário é realizado no auditório do Cesupa II, em Belém

O evento, realizado pela Junta Comercial do Estado do Pará (Jucepa) e o Sebrae no Pará (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), tem como objetivo debater durante dois dias as tendências do registro de empresas, além de propiciar ao participante noções acerca da regularização, avanços e problemas enfrentados por quem deseja formalizar uma empresa no Brasil - especialmente no Pará.

Agilidade - A presidente da Jucepa, Cilene Sabino, destacou que o debate e a troca de experiências entre os participantes é fundamental para tornar mais simples e ágeis os processos de legalização de empresas no Estado. “Estamos trabalhando para que os empreendedores tenham mais agilidade na hora de constituir sua empresa, motivando a desburocratização do registro mercantil”, afirmou.

Cilene Sabino ressaltou, também, a importância de motivar prefeituras e órgãos de licenciamento para que façam seus registros totalmente pela ferramenta “Integrador Pará”, que segundo ela facilita a vida do empreendedor e contribui para aumentar a receita municipal, além de proporcionar mais interação entre os órgãos de registro e licenciamentos com os municípios, dando maior agilidade aos processos de abertura e legalização de empreendimentos no Estado.

Cilene Sabino (e), presidente da Jucepa, destacou o esforço do Estado para tornar o Pará mais atraente para empreendedores

O diretor-superintendente do Sebrae no Pará, Rubens Magno, afirmou que a entidade sempre trabalhou pela desburocratização do ambiente de negócios e está empenhado na promoção do desenvolvimento do País, em especial do Estado do Pará, por conhecer a realidades das micro e pequenas empresas. “Trabalhamos com consultorias, capacitação e articulação, para tornar o ambiente favorável para quem quer empreender ou já empreende no Pará", acrescentou.

 

Fonte:  (JUCEPA)Ag.Pará

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, afirmou nesta quarta (20) que o pagamento do benefício extra do Bolsa Família, a ser creditado em dezembro, está totalmente garantido.

"Eu conversei com o ministro Osmar Terra [Cidadania], ele esclareceu algumas informações equivocadas em relação ao pagamento do 13º. Os recursos financeiros existentes são suficientes para arcar com os pagamentos que têm início previsto para 11 de dezembro", disse Rêgo Barros. O porta-voz disse que o próprio Ministério da Cidadania poderia esclarecer a fonte dos recursos. Caso a reserva do programa Bolsa Família seja insuficiente, o próprio ministério pode remanejar dinheiro de outras áreas.  

A declaração foi em resposta à uma reportagem do jornal Folha de S. Paulo, que apontou insuficiência de recursos na dotação orçamentária do programa, que é vinculado ao Ministério da Cidadania. Mais cedo, em sua conta no Twitter, o presidente Bolsonaro classificou a reportagem como mentira e fake news.

Promessa de campanha eleitoral de Bolsonaro, o pagamento da 13ª parcela do Bolsa Família a todos os beneficiários do programa foi anunciada em outubro, com a edição da Medida Provisória (MP) Nº 898. O adicional totaliza uma injeção extra de R$ 2,58 bilhões na economia.

O Bolsa Família atende atualmente cerca de 13,5 milhões de famílias que vivem em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 89 mensais, e de pobreza, com renda entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais por membro. O benefício médio pago a cada família é de R$ 189,21.

 

Fonte: Agência Brasil

Vale e Sebrae assinaram acordos em apoio aos municípios de Parauapebas, Canaã dos Carajás e Ourilândia do Norte com o objetivo de fortalecer outras cadeias produtivas, além da atividade de mineração. Os acordos foram assinados diretamente com associações de produtores de mandioca, mel e cacau na última semana.

Os investimentos envolvem capacitação e assistência técnica para projetos de cacau, nas comunidades Santa Rita e Campos Altos, em Ourilândia do Norte, e na Vila Nova Esperança, em Parauapebas. E ainda, projetos de fomento à produção de mandioca, na Vila Palmares II, em Parauapebas, e de apicultura em Canaã dos Carajás e na Vila Cedere I, também em Parauapebas.

O diferencial dessa iniciativa é que para cada atividade econômica foi definida uma meta a ser alcançada pela comunidade no intervalo de um ano, que venha demonstrar gradativamente a capacidade e o potencial de geração de trabalho e renda do empreendimento social.

Para o gerente de desenvolvimento territorial da Vale, Frederico Baião, apoiar o município no fomento de outras cadeias produtivas é contribuir para o desenvolvimento da região, aliado ao crescimento proporcionado pela mineração. "A Vale vem há alguns anos fomentando projetos de geração de trabalho e renda nas regiões onde atuamos. Em Parauapebas estamos com resultados muito positivos com a produção agropecuária e de fruticultura. E reforçando esta parceria com o Sebrae, estamos otimistas com as cadeias do mel, cacau e mandioca, que já são desenvolvidas pelas cooperativas", destaca.

O gerente do Sebrae no Pará, Raimundo Oliveira, explica  como será realizado o trabalho com as associações. "Os planos de trabalho foram estruturados de modo participativo, com as contribuições diretas das associações, o público beneficiário do projeto e representantes dos parceiros", comenta. "Essa iniciativa é importante para desenvolver as atividades dos produtores, fomentando o empreendedorismo e contribuindo para o desenvolvimento das comunidades", ressalta Raimundo.  

A Secretaria Municipal de Produção Rural de Parauapebas integra a iniciativa. O secretário Elson Cardoso de Jesus avalia esta reunião de esforços como de suma importância. "Esses agentes são contribuidores para diversificar a economia local. Uma empresa sozinha pode não conseguir o melhor resultado e todos trabalhando juntos, podemos conseguir que o homem do campo continue em sua propriedade, dando lucro, com capital, girando a economia e trazendo mais emprego.  É com diversificação da matriz econômica de Parauapebas que o projeto está contribuindo. Hoje, apenas 20% das terras do município são exploradas com a agricultura familiar, pretendemos que esses 20% se tornem viavelmente econômico, pois a cidade tem capacidade de desenvolver várias culturas de plantio, como o cacau, que pode vir a ser um dos carros chefe da região", ressalta. 

Produtores de cacau da Vila Esperança, em Parauapebas, também participam do projeto que é resultado de termo de cooperação assinado entre Vale e Sebrae em junho deste ano

Osmair Prado é liderança na comunidade Nova Esperança, em Parauapebas, também acredita no apoio a diversificação da economia. A comunidade receberá fomento para a produção de cacau. "Esse projeto é importante não apenas para a nossa comunidade, mas para o município. Será uma cultura permanente que vem para ajudar a diversificar o carro chefe da matriz econômica do município, futuramente. Sentimos muito a dependência que o município tem pela mineração. Eu acredito que iremos colher bons frutos do projeto e impactar gradativamente na renda das pessoas. Estamos iniciando e após alguns anos o cacau pode se tornar um negócio de peso na região". 

Foi inaugurada, na terça-feira (19), a nova sede do Ministério Público do Pará em Parauapebas. O governador do Estado, Helder Barbalho, acompanhado do procurador-geral de Justiça, Gilberto Valente Martins, além de procuradores e promotores de justiça, servidores do órgão e autoridades municipais e estaduais, participou da cerimônia de hasteamento da bandeira paraense para celebrar a ocasião e, em seguida, conheceu as  as instalações da unidade.

Nova sede do Ministério Público em Parauapebas 

O novo prédio conta com sistema de captação de energia solar, nove gabinetes para promotores, salas para atendimento psicológico e de assistência social, salas de reunião, copa, arquivo e estacionamento, incluindo vagas para idosos e pessoas com deficiência. Possui ainda banheiros acessíveis, elevador e circuito fechado de TV e alarme. Todos os ambientes são equipados com móveis novos.

"Depois de um longo tempo trabalhando num ambiente alugado, hoje trabalhamos com dignidade. Este prédio não é somente para os servidores e funcionários, é também para o público e para todos defendermos o estado democrático de direito”, ressalta Cristina Michiko, promotora e justiça e coordenadora da promotoria de justiça em Parauapebas.

O governador lembrou a importância de todas as esferas do poder público investirem em uma participação cada vez maior em todo o território paraense.

“O trabalho do Ministério Público tem o desafio de estar presente em cada cidade com seu coletivo de servidores, colaboradores e profissionais com a missão de defender a sociedade, mas devemos também ter a sensibilidade de que é fundamental um ambiente adequado para melhor receber e melhor produzir para a sociedade a partir de tal missão” - Helder Barbalho.

A nova sede está localizada ao lado do fórum judiciário e vai atender a população de Parauapebas e região, inclusive da zona rural. “O município tem crescido muito e é importante que acompanhemos esse processo. Temos capacidade para crescer pelos próximos 20 anos, com espaço para uso e implantação de gabinetes, para garantir que o cidadão encontre um serviço cada vez melhor”, enfatiza Gilberto Valente Martins, procurador-geral de justiça.

A abertura do novo prédio do Ministério Público é uma iniciativa integrada com outras ações do governo para prover o bem-estar social da região, como a inauguração da nova unidade prisional de Parauapebas e da unidade ParáPaz da Região dos Carajás, localizada no mesmo município.

(Agência Pará)

As noites de quinta (21) e sexta (22) prometem muita emoção para os familiares das 450 bailarinas do projeto Educando Pelo Esporte que se apresentarão no 7º Espetáculo de Balé, promovido pela Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel).

Com a apresentação Mundo Encantado, as pequenas bailarinas do Baby Class, nível I, farão a abertura do espetáculo, no Centro Cultural de Parauapebas, às 18h30, na quinta-feira (21). O espetáculo segue na sexta-feira (22) com a apresentação do “Musicais da Broadway”, e, no segundo ato, “O quebra nozes”.

As alunas aprendem balé em três polos: Ginásio Poliesportivo, VS -10 e Praça da Juventude. O investimento do governo municipal na oferta dessa modalidade esportiva oportuniza a realização de sonhos para centenas de crianças e adolescentes que são apaixonadas pelo Balé.

De acordo com a professora Michela Torres, coordenadora do projeto Educando Pelo Esporte – balé, “as alunas desenvolvem o balé durante o ano todo e para culminância do projeto será realizado esse grande espetáculo”.

Projeto Educando Pelo Esporte – Preparando para a vida

Com o objetivo de contribuir com o desenvolvimento global das crianças e adolescentes do município, o governo municipal implantou o Projeto Educando Pelo Esporte que atende 4.756 alunos com as seguintes modalidades esportivas: balé, vôlei, futsal, karatê, capoeira, zumba, futebol de campo, jiu-jitsu, judô, bicicross e handebol.

As aulas de cada modalidade são ministradas gratuitamente nos polos esportivos gerenciados pela Semel, localizados na zona urbana e rural do município.

 

Assessoria de Comunicação - Ascom/PMP

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016