Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

O atleta, Lucas Gaspar, de Parauapebas, é tetracampeão paraense de Bicicross na categoria Elite Man.

Lucas participou de um mega campeonato ocorrido no domingo, 10, no Ginásio Poliesportivo de Parauapebas. O evento reuniu cerca de 100 atletas, representantes de diversas cidades do Pará, Maranhão e Tocantins, disputaram em nove categorias.

A partir de hoje (11), participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que se sentiram prejudicados por questões logísticas na hora da prova podem entrar com recurso e pedir para fazer a prova novamente. O pedido deve ser feito pela Página do Participante, e prazo vai até o dia 18.

De acordo com o  Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o pedido não significa direito à reaplicação. Os casos serão analisados, individualmente, pela Comissão de Demandas da autarquia.

Pelo edital do Enem, são considerados problemas logísticos fatores como desastres naturais que prejudiquem a aplicação devido ao comprometimento da infraestrutura do local, falta de energia elétrica que comprometa a visibilidade da prova pela ausência de luz natural e erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador que leve ao comprovado prejuízo do participante.

Os estudantes que sentiram alguma indisposição ou problema de saúde e tiveram que sair da sala onde estava sendo aplicada a prova não terão direito à reaplicação, segundo as regras do exame.

O resultado dos pedidos será publicado também na Página do Participante, no dia 27. Aqueles que tiverem o pedido aprovado poderão refazer a prova nos dias 10 e 11 de dezembro.

O Enem foi aplicado nos dias 3 e 10 deste mês. Ao todo, 3,9 milhões de estudantes compareceram a pelo menos um dia de prova.

Segundo o Inep, foram registradas pelo menos 76 ocorrências. A lista inclui emergências médicas, queda de energia elétrica, interrupção no abastecimento de água e desastres naturais, entre outros.

 

Fonte: Agência Brasil

Quem sonha em casar na praia sempre pensa em um cenário paradisíaco, se possível, em destinos internacionais. Mas a “descoberta” de lugares encantadores dentro do Estado do Pará tem mudado os planos de turistas brasileiros.

É o que aconteceu com a publicitária paraense, Estefânia Costa, que está noiva e planeja casar em Alter do Chão, em Santarém. “A princípio pensamos em casar no Caribe, mas depois surgiu a pergunta ‘porque não no Pará que tem praias tão bonitas? E tem tudo a ver com a gente. Eu já fui várias vezes pra lá, duas delas com o meu noivo. Amamos o lugar, o banho quentinho de água doce. Tenho uma pasta no meu computador com pesquisas de casamentos que já foram feitos lá. Em breve queremos realizar esse sonho”, disse Estefânia.

E a publicitária acertou em cheio na escolha, afinal, a vila de Alter do Chão com sua famosa praia do Amor, é considerada o Caribe brasileiro. Além do banho de água doce do Rio Tapajós e do pôr do sol esplêndido da região, o lugar ainda reserva muito passeios e aventuras pelo lago dos muiraquitãs e por outras praias como a de Ponta de Pedras.

A gastronomia local também atrai os visitantes. Estefânia cita ainda as iguarias da região que fariam parte do buffet de casamento, tais como o tambaqui, pirarucu fresco e o famoso 'charutinho'. E as festas populares, muito bem representada pela Festa do Çairé, também fazem parte desse atrativo exótico que aguçam a curiosidade e divertem os turistas.

Motivos não faltam para conhecer o lugar, por isso, no ano passado, Santarém recebeu mais de 237 mil turistas, injetando na economia local cerca de R$ 176 milhões. Desse quantitativo de turistas, 20 mil são estrangeiros. A maior parte dos Estados Unidos (26%), seguida do Japão (9,7%) e Chile (9,4%).

Ganhando cada vez mais notoriedade nos noticiários nacionais e internacionais, Santarém volta a ser destaque: A ‘Pérola do Tapajós’ foi eleito o destino mais procurado para viagens nacionais em 2020.

O título foi dado por um dos maiores aplicativos de buscas de voos e hotéis da América Latina, que opera no Brasil há dois anos. De acordo com uma análise que cruzou dados de mais de 100 sites globais e locais, houve aumento de 54% entre viajantes brasileiros para Santarém. A ferramenta é acessada por cerca de 3,5 milhões de usuários todos os meses.

O reflexo disso no turismo da região já está sendo sentido pela rede hoteleira de Santarém. Atualmente, Santarém conta com 36 hotéis. Alter do Chão possui quatro hotéis, mas há também na vila 50 pousadas. As praias de Ponta de Pedras e Pajuçara contam com mais quatro. As diárias no setor hoteleiro local custam em média R$ 120. Já a média de preço de diárias dos hotéis é de R$ 150.

Segundo Paulo Barrudada, dono de um dos principais hotéis de luxo da "Pérola do Tapajós", o ano deve fechar com um acréscimo de 40% no faturamento.

“De julho para cá estamos mantendo uma boa ocupação, com uma movimentação frequente de turistas. Esse é um movimento que há muito tempo não acontecia. O crescimento do turismo de negócio em Santarém é uma surpresa animadora. Neste mês de outubro tivemos quatro eventos nos nossos salões, com participação de entidades nacionais, uma delas com 750 pessoas de várias partes do país”. Paulo Barrudada, dono de hotel.

O empresário da rede hoteleira afirma que os turistas buscam aproveitar esses eventos para conhecer as peculiaridades do local, como a culinária, a pesca esportiva, as caminhadas ecológicas, a prática do turismo de aventura e, claro, as praias.

Ações de fomento ao turismo - Segundo o secretário de turismo do Pará, André Dias, isso é resultado de várias ações que estão sendo realizadas para inserir o Pará entre os principais destinos para turistas de dentro e fora do país. 

“Estamos investindo fortemente em venda, em atração de negócios, em qualificação, em estruturação de novos produtos, em melhoria dos produtos que já existem. Para se ter uma ideia, em anos anteriores investiu-se em apenas cinco press-trips. Só este ano já fizemos 14, e vamos fechar o ano com 20. Quadruplicamos o investimento nesse tipo de promoção”. André Dias, secretário de turismo.

A Setur também dinamizou o segmento com a realização de mais Fam tours (viagens de familiarização), trazendo para o Estado 11 operadoras de turismo, sendo duas estrangeiras. E a previsão é que a partir do ano que vem sejam lançados pelo menos 10 novos vôos regionais no Estado. Os investimentos em infraestrutura turística são da ordem de R$ 50 milhões.

“É esse trabalho que nos coloca em um círculo vicioso de investimento-atração e turística-investimento. E assim ter condição de ultrapassar a marca de 1 milhão de turistas/ano no Estado”, diz o titular da Setur.

 

Por: (SECOM)Ag.Pará

A previsão de instituições financeiras para a inflação este ano subiu. A previsão para a inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), passou de 3,29% para 3,31%.

Para os anos seguintes não houve alterações: 3,60%, em 2020, 3,75% em 2021, e 3,50% em 2022. Essas estimativas são de pesquisa a instituições financeiras, elaborada semanalmente pelo Banco Central (BC) e distribuída às segundas-feiras, em Brasília.

As projeções para 2019 e 2020 estão abaixo do centro da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC. A meta de inflação, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é 4,25% em 2019, 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,50% em 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Taxa Selic

O principal instrumento usado pelo BC para controlar a inflação é a taxa básica de juros, a Selic. Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

Quando o Copom aumenta a Selic, a meta é conter a demanda aquecida e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. O mercado financeiro continua esperando que a Selic encerre 2019 e 2020 em 4,50% ao ano.

Para 2021, a expectativa é que a taxa Selic termine o período em 6% ao ano. Para o fim de 2022, a previsão é 6,50% ao ano.

Crescimento econômico

A estimativa de expansão do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, foi mantida em 0,92% este ano. Para 2020, a projeção subiu de 2% para 2,08%. Já a expectativa para 2021 2022, permanece em 2,50%.

Dólar

A previsão para a cotação do dólar segue em R$ 4 para o fim de 2019 e 2020.

 

Fonte: Agência Brasil

Com toda a estrutura do tabuleiro (pista por onde passarão os veículos) e cabos estais do novo vão central da ponte já no canteiro de obras, às margens do Rio Moju, a Secretaria de Estado de Transportes (Setran) entra na reta final para religação da Alça Viária. Até o próximo dia 15 de dezembro a obra estará concluída.

Partes da ponte, que foram fabricadas em São Paulo e Fortaleza, chegaram ao canteiro de obras no prazo estipulado em contrato e dentro das especificações técnicas exigidas e agora estão sendo montadas.

Equipe da Setran vistoriou de perto tudo que está sendo feito na obra

Neste sábado (9), o titular da Setran Pádua Andrade, fez uma vistoria ao canteiro de obra, onde os operários trabalham na pré-concretagem da laje, que contém 360 unidades, das quais mais de 200 já foram concretada, em seguida serão montadas sobre a grelha de aço (parte metálica) e içadas pra posição final de formação do tabuleiro quando receberão a concretagem final. Todas as peças juntas formarão a pista de rolamento que receberá em seguida a pavimentação com asfalto. 

“Estamos entrando na reta final da obra, e vamos continuar trabalhando à todo vapor para cumprir o cronograma, mas com segurança, responsabilidade e principalmente com serviço de qualidade para entregar para a população uma ponte moderna, segura e com proteção de defensas, que impeçam que novos acidentes possam ocorrer”, pontuou Pádua durante a vistoria. 

Enquanto uma parte dos operários trabalha na concretagem às margens do Rio Moju, outra equipe atua na finalização do mastro central, que neste final de semana contabilizará quase 85 metros, dos 92 metros acima do bloco que servirão de apoio para 268 metros de ponte, ambos suportados por 40 cabos-estais, distantes 12 metros um do outro. O ritmo é acelerado, mas todas as operações ocorrem dentro das normas  de segurança e a obra completa cerca de 200 dias sem que nenhum acidente de trabalho tenha ocorrido, apesar de haver no mesmo local uma travessia por balsa, navegação de embarcações de todos os portes e ainda o ir e vir dos ribeirinhos que moram às margens dos rios da região.

Etapa de pré concretagem já está sendo conduzida.

A ponte sobre o Rio Moju faz parte do complexo de quatro pontes da Alça Viária (Guamá, Acará, Moju e Moju Cidades) na PA-483, que tem mais de 70 quilômetros de extensão – e é a principal artéria rodoviária do Norte do Brasil, integrando a Região Metropolitana de Belém ao sul e sudeste do Pará.

Durante a vistoria, Pádua Andrade também acompanhou o andamento da obra de reforma e manutenção das pontes Rio Acará e Rio Guamá, do complexo da Alça Viária. 

 

Por: (SETRAN)Ag.Pará

A Prefeitura de Parauapebas informa as vagas de emprego disponíveis, nesta segunda-feira, 11, no Sine Parauapebas. O Sine fica na rua 11, entre as ruas E e D - Cidade Nova. O horário de atendimento é de 8h às 14h.

Clique aqui e visualize as vagas ofertadas.

 

Assessoria de Comunicação – ASCOM | PMP

Quem esteve no Centro de Desenvolvimento Cultural de Parauapebas (CDC) prestigiando o encerramento da 3ª edição do Sarau Literário da Educação de Jovens e Adultos “EJA em Evidência”, na última quinta-feira, 7, ficou impressionado com o que viu: estudantes motivados protagonizando uma história de sucesso na vida escolar.

Dezenas de apresentações: paródias, declamações de poesias, teatro, muita música, dança, além de exposições, representaram uma parcela de tudo o que foi desenvolvido e apresentado durante a execução do projeto nas oito escolas municipais que trabalham com o segmento: Jean Piaget, Olga da Silva, Terezinha de Jesus, João Evangelista, Carlos Drummond, Faruk Salmen e os Centros de Ensino Personalizado do 6º ao 9º Ano para Educação de Jovens e Adultos: Cepeja I e Cepeja Castro Alves.

“Estou muito feliz por ter tido esta oportunidade. O projeto foi fundamental para a aquisição de novos conhecimentos e crescimento pessoal”, afirma o estudante do Cepeja I, Claudinei Aparecido Barbosa. Ele é um dos cerca de 2 mil participantes da 3ª edição do Sarau.

Para a técnica da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e idealizadora do Sarau, Leonoura Brito, a satisfação com o resultado do trabalho é imensa. “Conseguimos alcançar os objetivos propostos. Nossos estudantes desenvolveram novas competências e habilidades e, o melhor, de forma prazerosa. Um bom exemplo desse aprendizado pode ser observado nesta noite”, comemora a educadora.

Segundo secretario de Educação, Luiz Vieira, o Governo Municipal tem trabalhado para garantir uma educação de excelência e ações como esta contribuem significativamente para melhorar a qualidade educacional. “O prefeito Darci tem o maior orgulho em incentivar e apoiar esse tipo de movimento dentro da educação. É muito gratificante contribuirmos para uma ação tão bonita, tão rica. Isso não tem preço”, afirma o secretário, agradecendo aos envolvido no evento.

 

Assessoria de Comunicação - Ascom/PMP

Alunos do ensino médio, técnico e superior, do Brasil e de outros países da América Latina, inscreveram 100 projetos na IV Feira de Parauapebas de Ciência, Tecnologia e Inovação (Fepacti).

O tema deste ano é “Tecnologia na mineração” e a expectativa é que a Feira receba 40 mil visitantes de 11 a 14 de novembro. Participe da cerimônia de abertura, hoje, dia 11, às 19h, no Ginásio Poliesportivo no bairro Beira Rio.

Confira a programação:

Dia 11 - Segunda-feira

8h às 18h – Organização dos estandes e credenciamento

19h – Cerimônia de abertura

Dias 12 e 13 - Terça e quarta-feira

9h às 12h e 14h às 18h – Exposição

Dia 14 - Quinta-feira

9h às 12h e 14h às 18h – Exposição

19h30 às 22h30 – Cerimônia de premiação dos projetos.

As equipes do Grêmio e do Rio Verde, abriram a rodada do Campeonato Municipal da 2ª divisão na tarde deste sábado (09/11), no Estádio Rosenão. O Grêmio ainda sonhava com algo mais na competição, enquanto que o Rio Verde foi para o último tiro estando na lanterna e sem pontuar ainda. Resultado de tudo isso, um empate sem gols e uma partida equilibrada para quem foi conferir de perto. O Grêmio somou 6 pontos e o Rio Verde finalmente saiu do zero e conquistou seu primeiro pontinho.

Equipe do Juventude que empatou contra o Crap pela 1ª divisão

Equipe do Crap que empatou contra o Juventude pela 1ª divisão

Já pela parte noturna, Docenorte e Sociedade fizeram a partida válida pela 1ª divisão. Mostrando mais entrosamento nas quatro linhas, a Sociedade foi para cima e abriu o placar com Roberto, aos 22, e ampliou o marcador com o gol de Natan, aos 34 minutos. O  Docenorte diminuiu com Eduardo, aos 44 minutos da etapa inicial.

Arbitragem do jogo entre Crap e Juventude

Arbitragem com os capitães de Grêmio e Rio Verde

No 2° tempo, o Docenorte partiu em busca do empate, a equipe estava lutando contra o rebaixamento. Mas quem marcou foi a Sociedade e foram logo três, com os tentos de Jorge, aos 29, Neucivan, aos 43, e Júnior Chico, aos 46 minutos. Placar final: Docenorte 1 x 5 Sociedade. O resultado rebaixou a equipe do Docenorte que não marcou nenhum ponto na elite do futebol de Parauapebas e agora vai ter que disputar a 2ª divisão em 2020.

Equipe de Docenorte e Floresta cumprimentando a arbitragem do jogo

Equipes do Docenorte e da Sociedade se cumprimentando antes da bola rolar

A rodada seguiu na noite deste domingo, logo após a boa vitória do Parauapebas, por 3 a 0, diante do Izabelense, em partida válida pela Segundinha do Parazão. Crap e Juventude fizeram o confronto pela 1ª divisão. Uma partida equilibrada que foi decidida em apenas um tempo de jogo. Edinho abriu o placar para o Crap, aos 6, e Luciano ampliou, aos 9 minutos, deixando o Crap com 2 a 0 no marcador.

Equipe do Rio Verde finalmente conquistou seu primeiro ponto da 2ª divisão

Os capitães de Docenorte e Sociedade com a arbitragem

O Juventude teve que sair para o jogo e não demorou muito para igualar o placar. Erisvelton, por duas vezes, aos 14, e aos 17 minutos, fechou o placar em 2 a 2. Com o resultado de empate, o Crap soma agora 6 pontos, na 5ª posição, enquanto que o Juventude foi para 5 pontos e é o 6° colocado na classificação da 1ª divisão.

 

Por Fábio Relvas

O Exame Nacional do Ensino Médio terminou neste domingo (10). Ao todo, estiveram presentes nesse segundo dia de aplicação, 3,7 milhões, do total de 5,1 milhões de candidatos inscritos. Aqueles que faltaram ao exame correspondem a 27,19% do total. Os números foram divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

“Tivemos a menor abstenção de todos os tempos, tanto no primeiro dia, quanto hoje”, afirmou o ministro da Educação, Abraham Weintraub. A porcentagem de abstenção no segundo dia superou a menor taxa até então, que era a de 2015, quando 27,33% dos candidatos inscritos não compareceram ao exame.

A taxa do primeiro dia, que foi 23,1% superou a de 2018, até então a mais baixa, que foi de 24,76%. A contagem é feita desde 2009, quando o exame foi reformulado para selecionar estudantes para universidades brasileiras.

“Tivemos, acho que agora dá para afirmar, o melhor Enem de todos os tempos, tanto em execução, operação, logística, como também em termos de formulação”, disse Weintraub.

Eliminações

No total, foram eliminados, no Enem, 747 participantes, sendo 371 candidatos no segundo dia de exame e 376 pessoas no primeiro dia. Esses participantes descumpriram as regras do exame.

Neste ano, as regras de segurança ficaram mais rígidas. Participantes cujos celulares ou quaisquer outros objetos eletrônicos emitissem som foram eliminados, mesmo que esses aparelhos estivessem dentro do envelope porta-objetos que é entregue a cada participante e fica lacrado durante a aplicação.

Próximas datas

Os gabaritos oficiais serão divulgados na quarta-feira (13). Também serão divulgados os Cadernos de Questões, em todas as suas versões. No total, serão seis gabaritos para cada dia de aplicação e seis Cadernos de Questões, de acordo com as cores da prova e opções acessíveis.

Os participantes deverão ficar atentos para conferir o gabarito relativo à cor de prova que fez em cada domingo de aplicação.

Os resultados individuais do Enem 2019 serão divulgados na Página do Participante e no aplicativo do Enem, em janeiro de 2020, a partir de consulta com CPF e senha.

O resultado dos participantes eliminados, segundo o Inep, não será divulgado, mesmo que eles tenham realizado o Enem nos dois dias de aplicação. Para os treineiros, que fazem o exame para autoavaliação de conhecimentos, a consulta só será liberada em março do ano que vem.

Reaplicação

O estudante que se sentiu prejudicado no Enem poderá informar o Inep, pela Página do Participante, entre os dias 11 e 18. Cada caso será analisado e o participante poderá ter direito a fazer a prova novamente.

“[O candidato] vai entrar na Página do Participante e vai apresentar um recurso, vai contar a história do porquê se sentiu prejudicado. E no dia 27 de novembro daremos uma resposta”, diz o presidente do Inep, Alexandre Lopes, que orientou que mesmo que os participantes tenham dúvidas se têm ou não direito a reaplicação, que façam o recurso.

De acordo com o edital do exame, podem ter direito à reaplicação aqueles que foram afetados por problemas logísticos. São considerados problemas logísticos fatores como desastres naturais que prejudiquem a aplicação devido ao comprometimento da infraestrutura do local; falta de energia elétrica que comprometa a visibilidade da prova pela ausência de luz natural; e erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador que leve ao comprovado prejuízo do participante.

Os estudantes que sentiram alguma indisposição ou problema de saúde e tiveram que sair da sala onde estava sendo aplicada a prova não terão direito à reaplicação, segundo as regras do exame.

O resultado da solicitação poderá ser consultado, também, na Página do Participante, no dia 27 de novembro. A reaplicação do Enem 2019 irá acontecer nos dias 10 e 11 de dezembro, para quem tiver o pedido aprovado.

 

Fonte: Agência Brasil

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016