Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

A Prefeitura de Parauapebas informa as vagas de emprego disponíveis, hoje, 06, no Sine Parauapebas. O Sine fica na rua 11, entre as ruas E e D - Cidade Nova. O horário de atendimento é de 8h às 14h.

Clique aqui e visualize as vagas ofertadas.

 

Assessoria de Comunicação – ASCOM | PMP

As pessoas com linha telefônica pré-paga do Pará e mais 16 estados têm até o dia 18 de novembro para fazerem um recadastramento e atualizarem seus dados, sob risco de ficarem com o serviço bloqueado.

A medida faz parte do projeto da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para a criação do cadastro nacional de usuários dos serviços de telefonia celular pré-paga.

Além do Pará, a exigência vale para os moradores de cidades dos seguintes estados: Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, Sergipe e São Paulo.

Esta é a terceira e última fase do recadastramento, que iniciou em 2 de setembro.

Antes dela, residentes das demais Unidades da Federação também entraram na obrigação do recadastramento. O processo ocorreu até o dia 15 de outubro nos seguintes estados: Acre, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rondônia, Tocantins e Santa Catarina.

Os usuários de pacotes pré-pagos serão acionados pelas operadoras por canais como mensagem de texto, ligações ou pop ups em sites. O procedimento é aplicado apenas aos usuários com pendências cadastrais. As operadoras também disponibilizaram canais de atendimento para fornecer mais informações sobre o recadastramento, como páginas específicas nos sites e números, conforme dados da Anatel.

Claro    1052

Tim      *144

Vivo     *8486

Oi   *144

Algar   1055

Sercomtel 1051

Após a conclusão do recadastramento, as informações serão reunidas em um site, a ser disponibilizado em janeiro do ano que vem pela Anatel. Os cidadãos poderão consultar as linhas ativas a partir do seu registro no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) para identificar se aquelas listadas estão corretas. Segundo a Agência, assim será possível identificar eventuais fraudes.

 

Fonte: Agência Brasil

Isabella Eduarda Gabriel Guedes Bueno, de 19 anos, morreu na manhã do último domingo (3), vítima de uma parada cardíaca. De acordo com os amigos que estavam na companhia da jovem, ela se sentiu mal após ingerir uma bebida que misturava cerveja e energético. 

A estudante de enfermagem, estava com os amigos em uma festa numa casa noturna em Londrina, no norte do Paraná.

Ela ainda foi socorrida e encaminhada ao Hospital Evangélico, mas sofreu outras paradas cardíacas, não resistiu e morreu cerca de 24h depois de ingerir a bebida. 

Segundo os familiares de Isabella, recentemente ela foi diagnosticada com uma leve arritmia cardíaca.

A Polícia Civil vai investigar o caso e aguarda a conclusão do laudo do Instituto Médico Legal (IML), para concluir e esclarecer a causa da morte da estudante. 

 

Fonte: DOL-Com informações Metrópoles

A economia do Pará deve receber uma injeção de cerca de R$ 4,1 bilhões neste final de ano com o pagamento das duas parcelas do 13º salário a aproximadamente 1,8 milhões de trabalhadores, segundo cálculos do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese-PA), englobando os que possuem carteira assinada, os dos setores público (celetistas ou estatutários) e privado, que trabalhavam em dezembro de 2018, empregados domésticos com registro em carteira, aposentados e pensionistas. Segundo o departamento, o montante do 13º Salário 2019 a ser injetado na economia paraense representa 2,6% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual.

Com base no estudo do Dieese, 1.799.169 pessoas no Pará devem ser contempladas com o pagamento do 13º salário, sendo 673.068 beneficiários da Previdência Social como aposentados ou pensionistas (37,4%). Outros 1.098.101 (61%) são do setor formal da economia (áreas pública e privada) e contribuintes da previdência. Já os Empregados Domésticos com Carteira Assinada abrangidos pelo 13º salário alcançam um total de 28.000 (1,6%).

“O número total de pessoas beneficiadas pelo pagamento do 13º salário esse ano no Pará apresentou um recuo de 10,07% em relação aos abrangidos pelo pagamento em 2018”, revelou Roberto Sena, supervisor técnico do Dieese.

Do montante a ser pago, caberá aos beneficiários da previdência R$ 1.020.347.890,00, ou seja, 24,9% do montante total. Já os trabalhadores formais devem ficar com R$ 3.050.284.287,00 (74,4%). Os empregados domésticos receberão, segundo o Dieese cerca de R$ 30.156.000,00 (0,7%).

VALOR MÉDIO

Segundo Roberto Sena, o valor médio a ser pago ao conjunto de trabalhadores a título de 13º salário em 2019 é de R$ 2.111,48. Aos que recebem da Previdência, o valor médio a ser pago no Pará é de R$ 1.067,46. “Os empregados do mercado formal no Pará receberão em média R$ 2.735,49. Dentro desta média total já se encontra também a média total que será recebida pelo trabalhador doméstico com carteira assinada com o valor médio no Pará de R$ 1.077,00”,detalhou o economista.

Para o cálculo foram reunidos dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), ambos do Ministério do Trabalho. Também foram consideradas informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), da Previdência Social e da Secretaria Nacional do Tesouro (STN). O Dieese não leva em conta trabalhadores autônomos, assalariados sem carteira ou trabalhadores com outras formas de inserção no mercado de trabalho que, eventualmente, recebem algum tipo de abono de fim de ano para o cálculo do impacto do pagamento do 13º salário.

Graças à eficiente política fiscal e ao equilíbrio das contas públicas, o Governo do Pará antecipou o pagamento da primeira parcela do 13º salário aos servidores públicos estaduais, o que ocorreu entre os dias 8 e 10 de outubro passado.

A medida, inédita na administração estadual, representou um incremento na ordem de R$ 300 milhões na economia paraense antes do Círio de Nazaré.

A antecipação da primeira parcela do 13º foi reflexo do Decreto Estadual nº 01/2019, que trouxe uma série de medidas de reestruturação e ajuste fiscal do Estado, como contenção de gastos e despesas, e corte de 20% no número de temporários e horas extras.

No início deste mês, o governador Helder Barbalho anunciou a redução de 47,16% para 46,42% do comprometimento do orçamento geral, que ficou em consonância com o limite prudencial estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

“Até agora, o Estado do Pará é o único da federação que já pagou parte do 13º de seus servidores. Muitos ainda estão quitando salários e até parcelas de décimos atrasados, enquanto aqui tudo está em dia. Isso é resultado de um controle fiscal eficiente”, destacou Everson Costa, técnico do Dieese

Mês passado, a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa) apresentou dados que demonstram a eficiência fiscal do Pará na atual administração. A receita própria teve um crescimento real de 9,5%, representando R$ 9,071 bilhões. Com a ampliação de 0,6% nos repasses federais, o melhoramento da arrecadação foi de 6,5% no âmbito global.

 

Fonte: Diário do Pará

Wizarding World confirmou que o terceiro filme de Animais Fantásticos vai se passar no Rio de Janeiro, na década de 30. A informação foi divulgada junto com o anúncio de que o longa começou oficialmente sua pré-produção, com filmagens previstas para o primeiro semestre de 2020.

Além da informação sobre o novo cenário em terras brasileiras, o site confirmou que Jessica Williams, que foi vista rapidamente no segundo longa, terá um papel importante no terceiro como Lally Hicks, professora da escola de magia Ilvermorny. Por enquanto não há detalhes se a produção realmente terá filmagens no Rio de Janeiro, ou se a cidade será recriada em estúdio.

Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald terminou sua passagem pelos cinemas com uma queda considerável de arrecadação total em relação ao primeiro filme. Foram US$ 648,82 para a continuação contra uma bilheteria mundial de US$ 814,03 do longa que iniciou a nova saga do Mundo Bruxo.

O terceiro Animais Fantásticos está marcado para 12 de novembro de 2021.

 

Fonte: Omelete

Na noite da última terça-feira, 05, durante a sessão da Câmara Municipal de Canaã dos Carajás, parlamentares aprovaram em caráter de urgência o projeto de lei de autoria do poder executivo, que pede alteração no Plano Plurianual 2016-2019.

 

Segundo o relator especial, vereador Dionísio Coutinho (PSC), a alteração irá beneficiar a Transcarajás, em um trecho que vai de Canaã até a BR-155, na altura do posto 70, pois a pavimentação asfáltica não estava incluída no PPA, e para que o governo executivo posso continuar com o projeto com os demais municípios é necessário a inclusão da mesma no PPA. “Essa obra vem para os anseios da comunidade de Canaã, pedimos celeridade no processo, existe um clamor da sociedade que depende dessa estrada”, disse.

João Nunes (MDB) concordou com o colega parlamentar, afirmando ainda que, o fluxo de caminhões e carretas aumentou muito e a poeira traz transtornos principalmente a frigorifico, que muitas vezes precisa dá a volta por Parauapebas, por causa da poeira. “Antes passavam por ali carros pequenos e poucos caminhões, hoje o fluxo de caminhões e carretas é muito grande. Esse projeto é um avanço para a nossa cidade, essa é uma obra sonhada que o governo municipal vai realizar”, apoiou o parlamentar.

Vereadora Maria Pereira (PDT) frisou a importância da prevenção contra o Câncer de Próstata

O projeto também recebeu o apoio da parlamentar Maria Pereira (PDT), que aproveitou sua fala também para incentivar a prevenção do câncer de próstata e frisar a importância do Novembro Azul. “Hoje estamos iniciando as discussões para realizar um sonho tanto de quem mora em Canaã, quanto dos municípios da região. Também quero falar que hoje temos um alto índice de Câncer de Próstata, e o homem, a partir dos 40 anos está mais vulnerável, prevenir não dói, mas tratar sim”, disse a vereadora.

 

(Samara Guimarães)

O pagamento do décimo terceiro salário deverá injetar na economia brasileira, até dezembro, R$ 214,6 bilhões, de acordo com estimativa divulgada nesta terça (5) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).  Aproximadamente 81 milhões de brasileiros serão beneficiados com rendimento adicional, em média, de R$ 2.451.

Têm direito a receber o salário extra os trabalhadores do mercado formal, inclusive empregados domésticos, os beneficiários da Previdência Social e os aposentados e beneficiários de pensão da União e dos estados e municípios. Em sua estimativa, o Dieese não leva em conta os trabalhadores autônomos, assalariados sem carteira ou quem recebe algum tipo de abono de fim de ano.

Do total estimado de R$ 214 bilhões, cerca de R$ 147 bilhões (68% do total), vão ser destinados aos empregados formalizados, incluindo os trabalhadores domésticos. Aposentados e pensionistas vão receber R$ 67,7 bilhões (32%). 

Entre os 81 milhões de brasileiros que devem receber o décimo terceiro salário, 49 milhões (61% do total) são trabalhadores no mercado formal. Os demais (39%) são aposentados ou pensionistas da Previdência, aposentados e beneficiários de pensão da União (Regime Próprio), de estados e municípios. Segundo os dados do Dieese, o volume de pessoas do mercado formal que receberão o décimo terceiro salário este ano aumentou em torno de 1% na comparação com os números de 2018. 

O maior valor médio para o décimo terceiro salário deverá ser pago no Distrito Federal (R$ 4.558) e os menores, no Maranhão e no Piauí (R$ 1.651 e R$ 1.647, respectivamente). De acordo com o Dieese, as médias não incluem o pessoal aposentado pelo Regime Próprio dos estados e dos municípios.

 

Fonte: Agência Brasil

A aula inaugural foi o ponta pé inicial de formação teórica do grupo, com duração de seis meses de aulas no Serviço Nacional da Indústria (Senai), em Parauapebas. O processo seletivo iniciou em junho, com vagas nas áreas de manutenção e operação de equipamentos e a próxima etapa da formação, a fase prática, tem duração de um ano e será realizada no Complexo Minerador de Carajás, com mentoria de empregados qualificados em cada processo.

Para o diretor do Corredor Norte, Antônio Padovezi, a partir desta seleção, a Vale espera ampliar a diversidade na empresa

Assim, nesta terça-feira, 5, a Vale iniciou a capacitação do maior grupo de mulheres da história do Complexo Minerador de Carajás, em Parauapebas, cidade ao sudeste do Pará. São ao todo 240 mulheres e 27 profissionais com deficiência (12 mulheres e 15 homens); elas participaram de processo seletivo inédito, focado em mulheres e pessoas com deficiência para o Programa de Formação Profissional (PFP), promovido pela empresa este ano.

Para o diretor do Corredor Norte, Antônio Padovezi, a partir desta seleção, a Vale espera ampliar a diversidade na empresa. "Nós promovemos um processo seletivo diferenciado, focado nesses dois grupos. Tivemos mais de 15 mil inscritos. Nosso objetivo é contribuir também com a ampliação da capacidade de empregabilidade da mão de obra na região para estes públicos. Esta iniciativa faz parte de uma série de esforços que estamos implementando para ampliar a diversidade, principalmente a presença de mulheres, nas nossas operações. E esse processo garantiu o ingresso do maior grupo de mulheres da história de Carajás será referência na empresa", afirma Padovezi, mensurando que o percentual de aproveitamento do Programa de Formação Profissional é de 85%.

São ao todo 240 mulheres e 27 profissionais com deficiência (12 mulheres e 15 homens)

Conforme definido pelo gerente de RH do Corredor Norte, Saulo Prazeres, o Programa de Formação Profissional é Porta de Entrada da Vale e tem como objetivo preparar profissionais para o mercado de trabalho. Por meio de ações focadas na qualificação profissional na região, em 2018, mais de 840 jovens ingressaram na empresa pelos chamados programas Porta de Entrada. Entre eles: o Programas de Formação, Jovem Aprendiz e Estágio, nas modalidades, regular, técnico e de 40 horas. Desde 2017, quando iniciou o programa até hoje, 201 estudantes já foram beneficiados, por meio do estágio 40h na empresa.

(Da Redação)

 

O cabo da Polícia Militar, Maycon da Silva Costa, 36 anos, conquistou as redes sociais, na tarde do último domingo (3), durante a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em Ananindeua, na região metropolitana de Belém.

O cabo Maycon da Silva Costa é policial militar há 10 anos e atua no 29º Batalhão da Polícia Militar, sediado em Ananindeua.

O policial trabalhava no policiamento ostensivo em frente à Escola Estadual Gaudêncio Ramos, no bairro do Paar, e ao perceber que os portões estavam prestes a fechar, ele desceu da viatura e começou a chamar os candidatos que ainda estavam se encaminhando para o local de prova.

Uma jovem registrou esse momento e compartilhou nas redes sociais, ressaltando o gesto de auxílio e solidariedade do policia. A postagem feita por ela rendeu mais de 9 mil compartilhamentos nas redes sociais.

"Eu acho que o mínimo que nós podemos fazer, como cidadãos, é incentivar as pessoas que buscam, através da educação, a transformação de suas vidas" (Maycon da Silva Costa, cabo da PMPA.)

Pedagogo de formação, o cabo S. Costa contou porque decidiu ajudar os candidatos. "A educação é um agente transformador da nossa sociedade. Ao ver as pessoas entrarem, lembrei de quando fiz vestibular, um concurso público e até mesmo o Enem, e me vi naquelas pessoas", contou .

 

Fonte: Ag.Pará

Iniciada no dia 4, devendo seguir até o dia 9 deste mês, novembro, o III Seminário de Integração e XVII Seminário de Iniciação Científica da Ufra, traz como tema “Da Universidade ao mercado de trabalho: perspectivas, tendências e desafios”. Nesse período diversas estão sendo ministradas por técnicos da respectiva área; entre as palestras, abrindo o evento na noite de segunda-feira, Iza Reis, representante da Vale, parceira no evento, que trouxe o tema Carreira e Motivação.

Durante todo o dia aconteceu rodada de economia e desenvolvimento agrário da UFRA – PARAUAPEBAS, com o Professor Dr. LEÔNIDAS VELLOSO, Engenheiro Agrônomo. Após as 16 horas, aconteceu conversa com extensionistas - compartilhando experiências profissionais em ATER, com a professora Dra. DILMA LOPES RIBEIRO, Cientista Social.

Nesta terça-feira, 5, os participantes começaram o dia com Produção de Mamão; ministrado pelo PROFº DRº JOSÉ ANDRÉ JÚNIOR Engenheiro Agrônomo. Já a tarde foi a vez de aprender os Desafios dos diferentes tipos de inventários florestais, com GEAN CARLOS PAIA LIMA Engenheiro Florestal.

Nos próximos dias, o evento segue recheado de palestra e minicursos, tendo, de acordo com os organizadores, o objetivo de disseminar a visão holística das ações da instituição nos seus seis campi, trazendo à comunidade acadêmica discussões técnico-científicas sobre o que vem sendo desenvolvido no âmbito da Universidade, em prol da sociedade.

Vários trabalhos nas modalidades: Resultados de Pesquisa, Produção de Materiais Didáticos ou Plano de Negócios; também estão sendo apresentados nas categorias de Ensino, Pesquisa e Extensão, nos formatos de Resumo Simples ou Resumo Expandido, cujas apresentações são em forma de banner, exposição oral ou exposição didática, dependendo da modalidade escolhida.

Todos os inscritos no evento receberão certificado de participação, totalizando 40h. Os inscritos nos cursos e minicursos receberão certificado contabilizando a carga horária total da atividade para a qual realizou inscrição, desde que tenha o aproveitamento mínimo de 75% na frequência.

A premiação dos ganhadores ocorrerá durante a cerimônia de encerramento do evento, no dia 8 de novembro.

Iza Reis, representante da Vale, parceira no evento,  trouxe o tema Carreira e Motivação

 

(Da redação)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016