Mais um policial militar lotado no 23° Batalhão da Polícia Militar, em Parauapebas foi preso. O sargento da PM Sandro Daniel Mota Pantoja se apresentou na manhã desta quarta-feira (31) na delegacia de Parauapebas, no sudeste paraense.

Ele é o terceiro policial preso em uma operação conjunta realizada pela Delegacia de Crimes Funcionais (DECRIF), Superintendência de Polícia Civil do Sudeste do Pará, Corregedoria Regional da Polícia Militar, Corregedoria Regional da Polícia Civil e 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, que já prendeu até agora mais dois soldados  da PM: Cosme Neto Sousa Medeiros e Arthur Sampaio Pinheiro Martins, ambos presos no último dia 24/07. Um homem identificado por Marcelo Silva Cardoso também foi preso.

Sobre os envolvidos pesa a acusação de formação de homicídio, lesão corporal, formação de bando e associação criminosa e todos teriam participação na morte de Lucas Sampaio de Oliveira, de 18 anos de idade encontrado morto a tiros, no dia 11 de março deste ano. Um grupo de jovens que estaria no cemitério da cidade e logo depois foram localizados no hospital do município também teriam sido vítimas dos acusados. Há suspeitas de que mais duas pessoas tenham participação nos crimes.

A advogada, de Sandro, Lorrana Rosa, afirmou que no dia do crime, o PM estava em uma chácara, participando de uma caçada com amigos, inclusive um dos amigos vai servir de testemunha. “Vamos apresentar esse álibi durante a audiência de custódia e esperamos que ele seja liberado, porque não cometeu nenhum crime”, disse a advogada.

(Os soldados Arthut Martins e Cosme Medeiros foram presos no último dia 24/07 em Parauapebas: Foto Divulgação) 

 

 

Da Redação com informações do Correio de Carajás.

 

A Polícia Militar do Pará, por meio do Fundo de Assistência Social (FASPM), está realizando o Cadastro de Demanda Habitacional (CDH) de PMs, uma ferramenta de pesquisa online, de participação voluntária, que integra a primeira fase de estruturação de um programa habitacional voltado exclusivamente para policiais militares, ativos ou inativos e associados ou não ao FASPM.

O objetivo do CDH é criar um banco de dados para identificar a demanda de interessados em participar do programa e apontar qual a modalidade de financiamento de crédito imobiliário que melhor se adeque à realidade dos policiais militares.

No CDH, o policial militar pode optar por uma das seguintes modalidades: aquisição de imóvel residencial, aquisição de terreno e construção, construção em terreno adquirido em caráter individual e coletivo, aquisição de material de construção, reforma ou ampliação de casa própria e benfeitoria para segurança eletrônica da residência.

Para se cadastrar, o militar deve informar seus dados pessoais, dados funcionais, situação de risco funcional, condição de moradia e despesas fixas do imóvel atual, outros bens, composição familiar, informações financeiras, pretensões de crédito imobiliário, senha e declaração.

O preenchimento do Cadastro de Demanda Habitacional não garante a inscrição no programa de moradia vigente nem é considerado como fila, reserva ou qualquer outro tipo de ordenamento e garantia de inscrição. No entanto, pode ser utilizado como mecanismo inicial de seleção.

Para se inscrever, o policial militar deve acessar o site da Polícia Militar do Pará ou do Fundo de Assistência Social.

Fonte: Agencia Pará 

Um bebê, de dois anos, foi resgatado pela Polícia Militar de Araguaína após ser levado junto com o carro da mãe durante um assalto na noite desta sexta-feira (28). O caso foi registrado na avenida Neblina, em frente a um colégio. A mãe tinha ido ao local para deixar um material escolar na unidade de ensino e deixou a filha junto com a babá no veículo. As informações são da Polícia Militar.

No momento, o criminoso abordou a babá dentro do carro e anunciou o roubo. Depois, levou o veículo com a criança. A PM informou que foi acionada e fez um plano de certo e bloqueio em toda a cidade. Durante a fuga, o homem deixou a menina no setor Rodoviário e prosseguiu com o carro em alta velocidade.

Segundo a polícia, quando o homem chegou à avenida José de Brito, se envolveu em um acidente de trânsito com mais dois veículos. Após a colisão, ele saiu do carro e continuou a fuga a pé. A motorista de um dos veículos fraturou o braço e precisou ser levada para o Hospital Regional de Araguaína.

O suspeito foi encontrado pelos policiais e preso poucos momentos depois. A PM informou que foi até onde a criança havia sido deixada, a resgatou e devolveu para a mãe.

Fonte: G1

Um homem de 37 anos matou o próprio filho, de quatro anos, esganado e, em seguida, se suicidou na madrugada do último domingo (16). Segundo informações da polícia, o pai, Neri da Rosa, não aceitava o fim do relacionamento com a mãe de David Gabriel Franco da Rosa, Simone Franco, e queria que “ela sofresse”. O caso aconteceu na cidade de Piraquara, Região Metropolitana de Curitiba (PR).

De acordo com a PM, o pai teria enforcado o filho enquanto ele dormia. Em um outro cômodo da casa, depois de ter matado a criança, ele se pendurou em uma corda.

No local, foi encontrada uma carta em cima da cama. “Ele deixou tipo um diário para sua esposa, a condenando pelo fato absurdo que ele cometeu ao matar seu filho, uma criança, um anjo de quatro anos de idade”, disse Job Freitas, superintendente da Polícia Civil de Curitiba, ao jornal Ric Mais.

Familiares informaram que ele passava por problemas de saúde e depressão após se separar da mãe de Davi. Separados há cerca de seis meses, o relacionamento de Neri e a ex-esposa foi marcado por brigas.

Ainda de acordo com familiares, Davi costumava ficar aos finais de semana com o pai, que morava na casa da mãe.

Fonte: OLiberal 

O sargento da Polícia Militar, Josevaldo Andrade, baleado no distrito de Outeiro, em Belém, na noite desta terça-feira (14), não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital para onde foi encaminhado. A confirmação foi feita pela Polícia Militar, através da assessoria de comunicação.

O sargento Josivaldo Andrade da Silva, de 49 anos, sofreu um atentado às proximidades de sua residência, na rua Tucumaera, distrito de Outeiro, em Belém. 

Segundo a PM, homens armados se aproximaram da residência onde o policial militar morava e realizaram diversos disparos contra ele, que ainda foi socorrido para uma Unidade de Saúde em Outeiro. 

Uma equipe do Centro Integrado de Psicologia e Assistência Social (Cipas) da Polícia Militar presta apoio aos familiares da vítima.
O sargento Josivaldo da Silva estava no corporação há quase 28 anos e atuava no Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) da PMPA, em Belém.

(DOL)

Um homem identificado como Irlon Dias Ramos, detido em flagrante por tentativa do crime de “saidinha bancária”, em Belém, foi reconhecido como um dos envolvidos na morte do policial militar reformado Jorge Nepomuceno, assassinado no último dia 27 de abril, na passagem Santo Antônio, no bairro da Sacramenta.

De acordo com informações da Polícia Civil, Irlon foi detido em operação da Divisão de Repressão a Furtos e Roubo ao tentar cometer o crime de “saidinha”. No entanto, ele também era investigado por participação na morte do PM Jorge Nepomuceno.

Ainda segundo a Polícia Civil, a ordem de prisão de Irlon ainda não havia sido solicitada, pela investigação da morte do policial militar, porque o delegado do caso ainda não tinha o nome completo do suspeito.

No entanto, em depoimento na Divisão de Homicídios de Agentes Públicos, Irlon confessou participação no assassinato do PM. Ele seguirá preso por causa da prisão do crime de saidinha bancária.

(DOL)

A Polícia Militar prendeu o suspeito de estuprar e matar uma menina de 10 anos, na manhã desta segunda-feira (13), em Ribeirão Preto (SP). De acordo com a PM, Reginaldo Gomes foi achado com várias lesões e fraturas. Ele disse que sofreu uma queda na Avenida Independência, mas a polícia suspeita que ele tentado cometer suicídio ou sido alvo de linchamento.

Ele foi socorrido, passou por atendimento no Pronto-socorro Central e foi transferido para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), onde está escoltado.

Ainda segundo a PM, o suspeito já tem passagem pela polícia por homicídio. Em depoimento informal, o homem admitiu o homicídio, mas negou ter abusado da criança. Há um ano, ele estava separado da mãe da vítima, com quem tem uma filha de 5 anos e que estava na casa na hora do crime.

 

Morte

O corpo de Ayshila Vitória dos Santos da Costa foi encontrado na casa onde ela vivia com a mãe e a irmã, de 5 anos, no bairro Ipiranga, na Zona Norte da cidade. A vítima apresentava cortes profundos no pescoço e estava nua.

A mãe contou à polícia que participou de uma festa com as filhas no domingo (12), em uma área de lazer. Renata Gomes disse que o avô das crianças as levou para casa, onde elas passariam a noite com uma amiga dela, e seguiu para o trabalho.

"Eu liguei por volta das 20h, está até registrado no telefone, e falei com a minha filha [Ayshila]. Eu não perguntei se a minha amiga estava. Eu perguntei está tudo bem aí, filha? 'Mãe, tá tudo bem aqui'. Foi isso que ela falou para mim."

Ao chegar à residência pela manhã, a mãe encontrou a criança morta no chão da sala. "Eu cheguei aqui, vi minha filha morta e eu fui atrás da outra. Eu pensei que ela também estava morta, mas ela estava no quarto, tinha acabado de acordar. Ela assustou com os meus gritos e eu perguntei quem entrou aqui. Ela falou o Reginaldo, que é o pai dela."

Segundo a mãe, ela e o suspeito tiveram um relacionamento amoroso, mas os dois estavam separados há um ano porque ele insistia em usar drogas. Renata negou que as filhas tinham o hábito de ficar sozinhas. Mãe e filhas moravam há cerca de um mês na casa.

"Elas não ficavam sozinhas, eu tenho como provar. Elas ficavam com a minha irmã, com o meu sobrinho. As minhas vizinhas ficaram de me ajudar, se eu precisasse. Jamais ia deixar elas sozinhas."

Suspeito ferido na rua

Enquanto atendia a ocorrência da morte da criança, a PM recebeu um chamado sobre um homem que estava caído na Avenida Independência, na Zona Sul da cidade.

O resgate foi encaminhado ao local e, após consulta de dados, a PM descobriu que o ferido era suspeito do assassinato da criança. De acordo com os policiais, o homem afirmou que não se lembrava da queda e apresentava várias lesões e fraturas.

De acordo com o sargento da PM Ricardo Aurélio Maschietto, Reginaldo Gomes contou que chegou à casa e encontrou o cadeado aberto. Ao entrar no imóvel, ele se deparou com a vítima acordada e os dois começaram a lutar.

"Em determinado momento, ele pegou a faca e desferiu três facadas na maior. Posteriormente, quando ele viu que matou a criança, ele tirou a roupa dela e enrolou em um tapete no intuito de dispensar o corpo. Foi por isso que ele falou que tirou a roupa da criança. As duas crianças estavam sozinhas", afirma.

Ainda segundo Maschietto, o suspeito disse que tinha usado drogas e que desistiu de levar o corpo da enteada porque ouviu barulho de pessoas chegando à casa. À polícia, Gomes negou que tenha estuprado a menina.

Fato: G1

Uma operação de combate ao desmatamento ilegal e à exploração ilegal de madeira resultou na apreensão de 70 m³ de madeira explorada ilegalmente. As ações de fiscalização contaram com o apoio do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) e foram realizadas durante todo o mês de abril pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), nos municípios de Ipixuna do Pará, Paragominas e Tomé-Açu, no nordeste paraense.

Foram apreendidas máquinas pesadas e serrarias interditadas, de acordo com a legislação em vigor. “A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade faz o monitoramento, via satélite, de todo o Pará. Os investimentos em tecnologia vêm auxiliando o combate ao desmatamento ilegal no estado de forma mais efetiva. Operações como essa são frequentes e ocorrerão durante todo o ano”, avaliou Mauro O'de Almeida, titular da Semas.

O coordenador da operação de fiscalização, o engenheiro florestal Everton Dias, informou que foram apreendidos dois tratores de esteiras e uma pá carregadeira no meio da mata. “Os operadores deixaram os tratores em funcionamento e fugiram, quando perceberam a chegada dos fiscais ambientais”, explica.

Madeira – A carga apreendida estava estocada no pátio de duas serrarias, que receberam os autos de infrações cabíveis, incluindo o pagamento de multas que ainda terão os valores definidos pelo setor jurídico da Semas. As toras de madeira de angelim, maçaranduba e saveira, além de outras espécies, foram destinadas para a prefeitura de Ipixuna do Pará, na condição de fiel depositário. O maquinário foi encaminhado para o depósito de máquinas apreendidas do órgão estadual.

O subcomandante do BPA, major Isaac Roffé, esclareceu que, depois das máquinas terem sido apreendidas, houve uma tentativa dos infratores de recuperarem os bens. “As guarnições entraram na mata e resgataram o maquinário. A unidade militar do local teve essa missão, que só foi possível pela forma interinstitucional e multiprofissional da ação”, concluiu.

Por Ronan Frias

Para ajudarem o companheiro de farda, o soldado Paulo Mauricio Cavalcante dos Santos de 33 anos, policiais do 23º Batalhão de Polícia Militar em Parauapebas criaram uma “coleta” no aplicativo www.vakinha.com.br com o endereço em especial http://vaka.me/450866. A “vaquinha” vai servir para custear uma prótese que vai substituir a perna esquerda do PM perdida durante uma perseguição policial na última terça-feira (15), no bairro Vila Rica, em Parauapebas.

Além de ajudar a comprar a prótese, que é cara, o dinheiro vai servir também para o tratamento de adaptação do policial ao equipamento, bem como comprar medicamentos e outros custeios do procedimento. Os policiais enfatizam que a ação está tendo apoio máximo dos Militares, que também contam com a solidariedade da população da Capital do Minério.

Quem quiser doar qualquer quantia em dinheiro pode acessar o endereço http://vaka.me/450866 e tem a opção de cooperar via boleto ou cartão.

Vale relembrar que Paulo Mauricio pertence a equipe da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam) e perdeu a perna esquerda quando perseguia uma dupla de motoqueiros, batendo em seguida contra um caminhão de lixo.

(Vinícios-Papo Carajás)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016