Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

Com foco no desenvolvimento das políticas públicas na geração de emprego e renda no município com o apoio do governo estadual, foi realizada na manhã desta quinta-feira, 12, o I Seminário Técnico sobre Políticas de Emprego e Renda de Parauapebas. O evento reuniu no auditório da prefeitura Municipal, cerca de 300 pessoas, entre empreendedores, jovens, representantes de entidades sociais e trabalhadores em geral, que se atualizaram sobre as novas políticas aplicadas a nível nacional, estadual e municipal  e discutiram junto com o poder público, alternativas, políticas para fomentar o mercado de trabalho no município.

Seminário discutiu novas políticas na área de trabalho, emprego e renda e novos programas do Governo do Estado a serem implementados no município

Trabalhadores, representantes da sociedade civil  e entidades, como o Guarda Municipal Roniel   participaram ativamente do seminário 

O evento foi realizado pela Ceter ( Coordenadoria Especial de Trabalho Emprego e Renda) com a participação da SEASTER (Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda).

Girlan Pereira Coordenador Especial da Ceter

Girlan Pereira, coordenador especial da Coordenadoria de Trabalho Emprego e Renda (Ceter), falou à reportagem que o Seminário acontece para apresentar as novidades sobre as políticas públicas na área do trabalho, emprego e renda que estão sendo implementadas no município.  “Este é um momento em que reunimos técnicos, empreendedores, empregadores, entidades patronais e sociedade civil em geral, para dialogar sobre esta política tão importante que está sendo inaugurada em Parauapebas. Nós estamos, a nível de município, cumprindo um compromisso que firmamos com o governo federal e com o governo do estado, de transmitir e construir esta política municipal”, frisou Girlan Pereira.

Segundo Girlan, o principal objetivo do seminário é levar aos técnicos, empregadores e trabalhadores, as novidades da legislação e da política de trabalho, emprego e renda, compreendendo também a qualificação profissional  e a inclusão no mercado de trabalho; além das políticas de aprendizagem e estágio, este último, de acordo com Girlan, é um dos maiores desafios,  “garantir aos jovens estágio remunerado ou não”.

Miriquinho Batista, Secretário adjunto da SEASTER falou sobre o novo Programa do Governo do Estado, Primeiro Ofício

Em entrevista ao nosso portal de notícias Carajás O Jornal o Miriquinho Batista, Secretário adjunto da SEASTER, disse a proposta do seminário é trazer mais conhecimento e propor alternativas no campo formal e informal de trabalho. “Este é um seminário técnico onde está sendo discutido toda a possibilidade de implementação, discutir tanto sobre o mercado formal quanto o mercado informal. O quanto nós podermos construir algo de forma coletiva entre o estado e o município.  Desta forma estamos buscando ser mais dinâmicos, para garantir mais oportunidades para que as pessoas possam melhorar de vida”, explica.

Ainda segundo Miriquinho Batista, o Governo do Estado, visando a inserção dos jovens no mercado de trabalho, lançou recentemente o programa “Primeiro Ofício”, que também será implementado em Parauapebas, em breve.   “Estamos implementando no estado, o programa Primeiro Ofício, que é o ingresso dos jovens que estudam em escolas públicas e vivem em situação de vulnerabilidade social, com idade entre 14 a 24 anos no mercado de trabalho. Este programa também será implementado em Parauapebas e a nossa expectativa é que até maio o estado do Pará possa absorver em torno de 5 mil jovens no mercado de trabalho”, prospecta Miriquino Batista.

Para o jovem assistente administrativo, Jeferson Viana de Sousa, atuante no Instituto Dias Melhores, seminários como este serve para nortear a classe trabalhadora e empregadora e também atualizá-los sobre as novas políticas. “Aqui podemos compreender onde surgem as oportunidades de qualificação para que o jovem ou o pai de família possa aprender, se qualificar para o mercado de trabalho e assim gerar renda”.  

Miriquinho Batista, além de outros assuntos importantes, falou sobre o mercado de trabalho formal e informal durante a sua palestra 

Definido como uma “uma importante obra para a história de Canaã dos Carajás” pelo vice-prefeito Alexandre Pereira, a ponte sobre o Rio Parauapebas foi inaugurada nesta quinta-feira (12). Localizada na VP-80, a ponte substitui a antiga, uma das primeiras a serem construídas em Canaã, que estava deteriorada pela ação do tempo. A nova tem 120 metros de extensão, é de concreto e interliga as vilas Feitosa e Ouro Verde, bem como facilita o acesso à cidade de Água Azul do Norte.

A cerimônia de inauguração reuniu a comunidade e autoridades políticas locais. Além de melhorar a trafegabilidade na região, garantindo mais segurança a quem passa por lá, a nova ponte vai garantir um melhor escoamento da produção rural.

Para Jesus Francisco de Souza, produtor rural que mora na VP-80 há vários anos, a obra representa uma grande conquista. “Para quem reside e trabalha aqui, ter uma ponte deste porte, é fundamental. A outra estava velha e era um perigo para nós. Isso faz parte do passado e agora ver este trecho concluído é uma felicidade.”

Secretário de Obras, Wilson Reis falou sobre o trabalho desenvolvido. “Esta é uma ponte que foi concluída em cerca de cinco meses; ou seja, bem rápido. Vale lembrar ainda que essa obra foi feita com recursos próprios; ou seja, é a gestão de Canaã investindo no crescimento da nossa cidade e na melhoria de vida para as pessoas que moram aqui.”

Presente na cerimônia de lançamento, o presidente da Câmara Municipal, vereador Wilson Leite, destacou a qualidade do trabalho “Isso é o desenvolvimento chegando ao nosso município. Temos aqui um excelente investimento do governo e é isso o que uma gestão deve fazer: melhorar a vida das pessoas. A prefeitura de Canaã está de parabéns por esta grande obra na zona rural do município.”

O vice-prefeito Alexandre Pereira falou sobre a nova conquista para a população local. “Foram anos de sofrimento da população e era uma obra inimaginável para nós até pouco tempo. Este ano, conseguimos tira-la do papel e o sonho desta população se tornou realidade.” explicou.

Na ocasião, um grande churrasco foi servido a centenas de moradores da região. A nova ponte já está liberada para o tráfego de veículos.

 

Fonte: Ascom-PMCC

O limite do saque imediato das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) passou de R$ 500 para o valor do salário mínimo, atualmente fixado em R$ 998. Entretanto, só poderão sacar esse valor os trabalhadores que tinham o saldo de até um salário mínimo na conta vinculada do fundo em 24 de julho deste ano, data em que a Medida Provisória (MP) nº 889, com as novas regras de saque do benefício.

O presidente Jair Bolsonaro sancionou ontem (11) a lei de conversão da MP, agora convertida na Lei nº 13.932/2019. O texto foi publicado hoje (12) no Diário Oficial da União.

Em nota à imprensa, o governo explica que quem tinha saldo igual ou menor que R$ 998 na conta pode sacar o valor integral. Para quem tinha saldo maior, porém, o limite do saque continua em R$ 500. A regra vale para cada conta que o trabalhador tem no fundo, e não para o somatório delas.

Nesse caso, aqueles que se enquadram na regra do salário mínimo e já sacaram os R$ 500 poderão sacar os R$ 498 restantes. O prazo limite para a retirada é 31 de março de 2020, mas os valores serão disponibilizados até o final do ano.

De acordo com o governo, as regras para o saque-aniversário foram mantidas no texto aprovado em novembro pelo Legislativo. Nessa nova modalidade de saque do FGTS, que entra em vigor em 2020, o trabalhador poderá fazer retiradas anuais de um percentual do saldo, conforme uma escala progressiva, que varia de 5% (para quem tem saldo acima de R$ 20 mil) a 50% (para os cotistas com saldo inferior a R$ 500).

Sobre os percentuais de distribuição de lucro, antes limitados a 50% do resultado de cada exercício, o resultado passará a ser definido pelo Conselho Gestor, que poderá distribuir valores superiores, conforme a saúde financeira do fundo.

A lei agora sancionada também revoga o adicional de 10% sobre o FGTS que era pago para o governo, em caso de demissão sem justa causa. “Esse valor não ia para o empregado e era um simples custo tributário, o qual tinha, desde a sua instituição, uma natureza transitória. Agora, encerra-se definitivamente essa cobrança, diminuindo os custos da mão-de-obra e favorecendo a geração de emprego”, diz a nota do governo. A multa de 40% sobre o saldo da conta, paga ao trabalhador, continua existindo.

Vetos

Bolsonaro vetou quatro trechos na sanção da lei. Os vetos ainda deverão ser analisados pelo Congresso Nacional.

O Ministério do Desenvolvimento Regional sugeriu três vetos a dispositivos que estabelecem fixação de percentual do resultado do FGTS como condição para que o uso dos recursos em habitação popular contemplem descontos de acordo com a renda familiar do beneficiário.

“Tal proposta contraria o interesse público, pois reduz drasticamente os descontos concedidos para famílias de baixa renda no Programa Minha Casa Minha Vida, reduzindo o acesso da camada mais necessitada da sociedade ao programa, bem como aumenta o lucro do FGTS de forma a favorecer as camadas sociais de maior poder aquisitivo, que são as que têm maior volume de depósitos e saldos na conta do FGTS”, diz a mensagem encaminhada ao Congresso.

Já o Ministério da Economia sugeriu o veto ao dispositivo que diz que apenas a Caixa Econômica Federal deve prestar informações à Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, necessárias à fiscalização do fundo. Para o governo, o acesso aos dados de pagamento do FGTS junto a toda a rede arrecadadora é de fundamental importância para garantir eficiência e celeridade à fiscalização e cobrança dos valores devidos ao fundo.

“A obtenção de informações de pagamento direto da fonte primária (rede arrecadadora) permite uma melhor gestão dos processos relacionados ao cumprimento da obrigação de recolhimento do FGTS e possibilita maior autonomia à Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia para o exercício de suas atribuições legais”, diz a mensagem da Presidência.

 

Fonte: Agência Brasil

Após ser preso no último sábado, 07, por receptação, Crismarley Borges Gonçalves foi encaminhado para o Sistema Penitenciário de Parauapebas ficando à disposição da justiça. O mesmo passou por audiência de custodia e foi liberado. De volta às ruas de Parauapebas, ele foi até a delegacia para recuperar os documentos pessoais e no momento em que deixava a delegacia aproveitou para cometer outro crime.

Crismarley Borges Gonçalves aproveitou um momento de distração das autoridades e furtou uma motocicleta que estava apreendida no pátio da 20ª Seccional de Polícia Civil. O veículo havia sido apreendido em um caso de alcoolemia e estava apreendido no pátio aguardando que o proprietário realizasse a recuperação do mesmo.

Crismarley Borges Gonçalves foi abordado por escrivão que desconfiou da atitude do suspeito que estava bastante nervoso com a abordagem policial, ele foi preso em flagrante e irá responder pelo crime de tentativa de furto.

(Neide Folha) 

Autoridades, trade turístico, profissionais de comunicação, servidores públicos, amantes da pesca esportiva e aves, entidades de classe e cooperativas e sociedade civil recebem capacitação sobre os atrativos do município. Os encontros que começaram dia 9 e seguem até dia 17 ocorrem no Centro de Atendimento ao Turista (CAT), a partir das 8h30. Autoridades, trade turístico, profissionais de comunicação, servidores públicos, amantes da pesca esportiva e aves, entidades de classe e cooperativas e sociedade civil recebem capacitação sobre os atrativos do município. Os encontros que começaram dia 9 e seguem até dia 17 ocorrem no Centro de Atendimento ao Turista (CAT), a partir das 8h30.
O coordenador do Departamento Municipal de Turismo (Detur), Marcos Alexandre e a presidente do Conselho Municipal de Turismo de Parauapebas (COMTUP), Aglaudene Tomé acompanham a programação. “O objetivo é compartilhar as informações com a sociedade civil e a sociedade civil compartilhar com os demais”, explicou Alexandre. “Essas capacitações que deu início com o Café com Turismo será ao longo de todo ano de 2020”, disse Aglaudene.

O empresário do ramo alimentício em Belém do Pará, Mauricio Façanha, considera a formação de multiplicadores dos atrativos turístico relevante para o crescimento do número de turistas no município e nas cinco rotas que a cidade dispõe. “Parabéns a prefeitura. Acho que o primeiro passo é esse: fazer o morador conhecer Parauapebas, para que ele também possa saber vender o município”, disse. 
O diretor de qualificação turística do Detur, Dácio Souza, conduziu as palestras.  Conhecer a cidade algo importante. “Agora eles vão poder convidar seus familiares e amigos para visitar a cidade e estarão aptos para falar sobre as belezas naturais e rotas turísticas do nosso município”, ressaltou Dácio. 
“Desde que começamos a comercializar as rotas turísticas de Parauapebas, percebemos o interesse das pessoas para conhecer os atrativos turísticos e uma demanda crescente na procura e venda dos pacotes. Agora, depois da inauguração do CAT, vai melhorar ainda mais”, disse a agente de viagem, Léia Silva.
O gerente do Ibis Hotel, Rabie Marjane, ficou surpreso com as informações que recebeu durante o Café com Turismo. “A gente prevê muita mudança na cidade, crescimento e um retorno. Fiquei surpreso com tantas informações que a gente recebeu hoje, muitas rotas que a gente não conhecia. Fiquei com muita vontade de visitar. Vamos divulgar isso dentro dos nossos hotéis”, afirmou.

 

Assessoria de Comunicação - Ascom/PMP

A 9º edição do Festival de Música de Parauapebas (FEMPA) começa hoje (12), às 20 horas, na Praça de Eventos, com a apresentação de seis dos 12 candidatos que concorrem às premiações de primeiro, segundo e terceiro lugar. A cantora Alcione se apresentará no palco ao fim das apresentações dos candidatos.

A programação segue nesta sexta-feira (13), com a apresentação dos outros seis candidatos e show regional com Arraial da Pavulagem. A final do festival ocorrerá no sábado, a partir das 20 horas, com apresentação dos seis finalistas e encerramento com o show da Lia Sophia.

Cronograma de apresentação dos candidatos e das respectivas músicas

1º Noite (quinta-feira 12/12)

1º apresentação Tamyres Rocha - Sobre o Amor

2º apresentação Olga Carneiro - Adeus Mariana

3 º apresentação Felipe de Judah – Maria

4º apresentação Willian Barros e Vanessa Aires - A Caminho Do Céu

5º apresentação Joelson Sousa – Utopia

6º apresentação Tico Juliano - Arte Para Questionar

2º Noite (sexta-feira 13/12)

1º apresentação Ismael SPC - Morena do Patchouli

2º apresentação Syllas Gabriel na Pegada da Viola - A paz do meu Povo ž

3 º apresentação Monteirinho do Acordeom - Viva a Natureza

4º apresentação Angélica Nunes - Canção De Esperança

5º apresentação Davi Fabrizzi - Ser ou Ser

6º apresentação Jairo Ueno - Santa

 

Assessoria de Comunicação - Ascom/PMP

A formatura dos 2500 alunos atendidos pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas – Proerd, aconteceu nesta quarta-feira, 11, no ginásio poliesportivo. O programa é desenvolvido pelo Governo do Estado, em parceria com a prefeitura e visa prevenir o uso abusivo de drogas por crianças e adolescentes.

O modelo foi criado nos Estados Unidos na década de 1980, e desde 1992 integra o sistema de educação brasileiro. No programa, policiais militares ministram cursos com ênfase na prevenção ao uso de drogas, combate a violência, e resistência às más companhias, tudo realizado com esforço da escola, alunos, educadores, policiais e famílias.

Com o apoio da secretaria de educação, o Proerd começou a ser desenvolvido nas escolas municipais com apenas um instrutor. “Em 2019, a pedido do município, o programa foi ampliado e hoje estamos certificando 2500 crianças”, afirma Luís Vieira, secretário de educação. De acordo com o comandante do 23º Batalhão da Polícia Militar, Tenente-Coronel Gledson Melo, hoje em Parauapebas, são quatro instrutores capacitados para orientar as crianças das escolas municipais.

Para o aluno William Rian, da escola João Evangelista, a participação no programa tem sido muito importante, pois esclarece sobre o uso das drogas e as formas de evitar o contato.

De acordo com Luís Vieira, a parceria da prefeitura com o programa tem rendido bons frutos, já que o Proerd traz resultados satisfatórios para os estudantes. “Os alunos que passaram por esse programa tiveram uma transformação de vida que foi para dentro das famílias. Então a secretaria de educação ficou muito satisfeita”, afirma o secretário.

 

Assessoria de Comunicação - Ascom/PMP

A Receita Federal iniciou nova operação de malha fina voltada para as empresas. Malha PJ tem o objetivo de regularizar divergências quanto ao recolhimento de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL) sobre rendimentos de aplicações financeiras, nos casos de empresas optantes pelo Lucro Presumido.

O total das divergências inicialmente verificado é de R$ 1,6 bilhão, informou a Receita.

Foram enviadas 17.934 cartas às empresas de todo o Brasil alertando sobre as divergências detectadas entre Escrituração Contábil Fiscal e a Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte.

No procedimento de revisão, não foram identificados os recolhimentos devidos sobre rendimentos de aplicações financeiras de renda fixa e/ou juro sobre capital próprio, visto que esses valores deveriam ter sido adicionados à base de cálculo do IRPJ e da CSLL.

Nessa fase da operação, as empresas que receberam Carta de Autorregularização têm a possibilidade de recolherem os valores devidos, conforme as orientações detalhadas no documento, até 31 de janeiro de 2020. Dessa forma, elas evitarão autuação da Receita Federal com acréscimo de multa (75% a 225%) além dos juros de mora.

Para confirmar a veracidade das cartas enviadas, a Receita Federal encaminhará mensagem para a caixa postal dos respectivos contribuintes, que podem ser acessadas por meio do e-CAC .

 

Fonte: Agência Brasil

A Polícia Federal foi às ruas na manhã desta quinta-feira (12) para cumprir mandados de busca e apreensão no endereço do vice-governador do Pará, Lúcio Vale (PL). Ele é alvo da Vissaium, segunda fase da Operação Carta de Foral, que mira uma organização criminosa suspeita de fraudar licitações e contratos públicos em 10 municípios do Pará.

A PF fez buscas também no palácio do governo do Pará, com o objetivo de recolher documentos de Vale. A operação desta quinta também tem outros 25 mandados de busca e apreensão e mandados de prisões (veja detalhes mais abaixo).

Procurado pelo G1, o governo do Pará afirmou que a investigação se relaciona a fatos anteriores ao mandato e não tem relação com a vice-governadoria. 

Canaã dos Carajás ganhará, a partir do ano que vem, mais cinco turmas de cursos superiores da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa). São eles: engenharia civil, engenharia elétrica, engenharia mecânica, mais uma turma de agronomia e artes visuais. Além disso, o município terá uma turma de especialização em Educação Especial e Inclusiva e mais dois cursos técnicos do IFPA.

O anúncio foi feito durante discurso na abertura da 1ª Semana Acadêmica da Unifesspa em Canaã. O evento foi realizado no Centro Municipal de Formação dos Profissionais da Educação (CEMFOPRED), e contou com a presença do reitor da Universidade, Maurílio Monteiro.

Ao discursar, Jeová destacou ainda que a prefeitura pretende construir, ainda no próximo ano, um prédio próprio administrativo para a Unifesspa, e planeja também a implantação de um Hospital Universitário, para facilitar a busca por um curso de medicina, no futuro.

Semana Acadêmica

A 1ª Semana Acadêmica da Unifespa em Canaã, realizada nesta quarta e quinta-feira (11 e 12) adotou o tema “Universidade e Sociedade: caminhos para o desenvolvimento regional”, que foi elogiado pelo prefeito. “É um papel muito fundamental, não só da Unifesspa, mas das demais universidades, estarem contribuindo cientificamente nas pesquisas, para que Canaã possa diversificar a sua cadeia produtiva e seu desenvolvimento regional”, disse.

O evento foi organizado pelos alunos dos primeiros cursos da instituição no município, agronomia e letras, trazidos com o objetivo de transformar Canaã em uma cidade universitária, e que são geridos pelo Polo Universitário. Também participaram representantes da Universidade Federal do Pará (UFPA) e do Instituto Federal de Tecnologia do Pará (IFPA).

Reitor da Unifesspa prestigiou o evento

O reitor da Unifesspa, Maurílio Monteiro, também ressaltou que a “universidade não pode ficar encastelada” e que a presença dela em Canaã, em contato com a comunidade, é decisiva para o desenvolvimento regional. “Só tem sentido essa relação com a Unifesspa, se ela se consolidar, e está se consolidando, como uma relação de transferência de conhecimentos mútuos”, pontuou.

O pensamento foi reforçado também pela secretária de Educação, Roselma Milani. “É importante essa discussão acadêmica, científica, para que a gente possa elaborar e desenvolver políticas públicas que venham contribuir ainda mais com o desenvolvimento da nossa cidade de da nossa região”.

Para os alunos, também é um privilégio poder transferir à comunidade os conhecimentos adquiridos nos cursos, como relatou a acadêmica de agronomia Lisoneide Sousa. “O curso vai trazer muitas coisas boas pra cá, pra cidade, porque aqui é uma terra fértil, é uma terra voltada pra agricultura”, disse.

“Estamos conhecendo os agricultores, estamos vendo os projetos e nós vemos que vamos poder somar com a cidade, trazer mais benefícios e ajudar com o nosso trabalho”, conclui.

 

Fonte: Ascom-PMCC

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016