Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

A Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) está realizando um Processo Seletivo Especial (PSE) aberto para preenchimento de vagas remanescentes nos seus cursos de graduação para o segundo semestre de 2019. São 500 vagas distribuídas nos seis campis da universidade: Belém, Capanema, Capitão Poço, Paragominas, Parauapebas e Tomé-Açu.

As inscrições poderão ser feitas de 06 a 16 de junho de 2019, por meio do formulário que será disponibilizado site da instituição. A seleção dos candidatos será feita através de prova de redação que será realizada no dia 07 de julho de 2019, da 8:00h às 11:30h campi da UFRA onde o candidato optar por realizar a prova.

Em Parauapebas serão ofertadas 44 vagas, divididas em 05 cursos: Administração, Agronomia, Engenharia de Produção, Engenharia Florestal e Zootecnia.

Serão duas modalidades de seleção: Modalidade Interna (MODIN) é voltada para alunos de cursos de graduação da Ufra com vínculo ativo. Já a Mobilidade Externa (MODEX) é voltada para portadores de diploma de curso de graduação e alunos de graduação de outras instituições de ensino superior, conforme requisitos do edital.

Por Fernando Bonfim/Com informações UFRA 

Durante a realização da 9ª edição do Festival das Flores, evento que está sendo realizado em Parauapebas desde a última sexta-feira, 31, tem atraído milhares de pessoas à Praça dos Metais, que aproveitaram também para conhecer os produtos artesanais, que vão desde doces a produtos de higiene pessoal, produzidos por artesãs da cidade.

Na banca das artesãs, Taiomara Pereira e Monika Zechner, o cliente podia encontrar produtos de higiene pessoal, aromatizadores de ambiente, água para lençóis sprays, sais de banho, sabonetes de frutas e uma infinidade de lembranças para festa. Em entrevistas, Monika Zechner, reforçou que “todos os produtos são feitos de materiais puros” , excluindo ao máximo “industrializados que possam agredir alguns tipos de pele mais sensíveis”, disse a pequena empreendedora.

A criatividade culinária da Magnolia valorizou um produto tipicamente paraense, o carro chefe da banca dela é o doce de castanha do Pará, mas ela também fabrica doces de outros sabores como leite ninho, shake de morango, de baunilha, milho verde, maracujá, frutas vermelhas e geleia de abacaxi com pimenta.

Os produtos artesanais das vendedoras estão em exposição todas as sextas-feiras na Praça Metais e aos sábados na Feira do Lago do bairro Nova Carajás, ou através dos telefones: [94 981209116 / 94 984041733 - doces artesanais] [94 8160-9052 aromatizadores artesanais e produtos de higiene pessoal]

Outra cidade que também já está recebendo O Verdadeiro Festival das Flores, é Canaã dos Carajás. O evento, que neste ano completa a sua 5ª edição, está sendo realizado de 01 a 09 de junho na Av. Weyne Cavalcante, ao lado das Americanas e promete movimentar a cidade.

Na banca das artesãs, Taiomara Pereira e Monika Zechner, o cliente podia encontrar produtos de higiene pessoal, aromatizadores de ambiente. 

A Magnolia valorizou um produto tipicamente paraense, o carro chefe da banca dela é o doce de castanha do Pará.

 

 

A Escolas Municipal Elisaldo Ribeiro é a primeira escola do estado do Pará a receber ‘Frequência Digital Escolar Facial’. O novo método promete revolucionar a forma como os professores registram a presença dos alunos em sala de aula substituindo a tradicional identificação facial.

O projeto Piloto foi inaugurado nesta sexta-feira (31) e a expectativa da Secretaria Municipal de Educação é que dentro de 60 a 90 dias todas as escolas municipais, na cidade e zona rural possam aderir ao novo método.

O sistema se assemelha a um relógio de ponto, empregado nas empresas para registrar o horário de entrada e saída dos funcionários, porém mais seguro, pois usa a identificação facial para registrar a presença dos alunos logo na entrada da escola. O sistema ainda dispara e-mails e SMS para o celular dos pais e responsáveis informando o horário de entra e saída.

O Diretor Comercial da Ponto ID, Sandro Bio, empresa responsável pela implantação dos equipamentos, explicou que o sistema foi projetado para otimizar o tempo das pessoas envolvidas, gerando economia de tempo, de papelada e até mesmo na merenda escolar, por exemplo. “Uma vez que os alunos entram na escola, o equipamento realiza o procedimento de reconhecimento facial e informa à equipe, quantos alunos estão presentes, com isso, a merendeira consegue fazer quantidade de comida certa, envidando desperdícios”, destacou.

O sistema também dá aos professores um diário digital que pode ser acessado a qualquer computador, celular ou tablet para intervir na aplicação das presenças ou faltas, caso seja necessário.

O prefeito Darci Lermen reforçou o quanto o sistema é benéfico para o gerenciamento das informações produzidas pelas escolas e destacou que a segurança é o ponto principal do sistema. “Se porventura algum aluno saia de casa para ir à escola e não chegar lá, no horário que deveria estar, o pai, a mãe ou responsável irão saber. O sistema vai informar imediatamente para eles. Aqui é um projeto piloto, mas a gente vai instalar este sistema em todas as escolas do município dentro de 60 a 90 dias”, disse o prefeito.

O encarregado de Galpão, Rosivaldo Areia, tem dois filhos que estudam na Escola Erisaldo. Ele destacou os pontos positivos que viu no sistema. “No meu caso, que trabalho alojado é algo que vai me dar mais tranquilidade porque eu, mesmo estando longe vou poder acompanhar o momento em que eles entrarão e sairão da escola,” disse o pai.

Sandro Bio, Diretor Comercial da Ponto ID, empresa responsável pela implantação dos equipamentos.

O prefeito Darci Lermen reforçou o quanto o sistema é benéfico para as escolas.

O encarregado de Galpão, Rosivaldo Areia viu pontos positivos no sistema. 

Confira o vídeo institucional Frequência Digital Escolar Facial.

 

 Por Fernando Bonfim

Alunos do ensino médio da Escola Faruk Salmen participaram de uma palestra sobre suicídio e depressão. A atividade foi promovida pela Coordenadoria Municipal da Juventude (CMJ) e tem como proposta dar mais informações para os adolescentes sobre os sintomas, identificação e enfrentamento ao suicídio e a depressão, dentro das escolas, seio familiar e sociedade em geral.

A palestra faz parte do ‘Projeto Cara a Cara com a Juventude’, encabeçado pela CMJ. Em entrevista, o Coordenador Municipal da juventude, Francisco Cleiton, disse que o projeto visa promover a sensibilização dos direitos juvenis, abordando sempre temáticas pertinentes à adolescência com palestras, oficinas e rodas de conversa.

“Hoje em específico, este bate-papo é para levar informação e ouvir estes alunos acerca de um assunto que é tão delicado e complexo, mas que ao mesmo tempo, está tão próximo de todos nós. A partir daqui a gente consegue ter um indicador que vai nos nortear a traçar projetos e desenvolver ações no sentido de combater este mal”, disse o Coordenador.

A estudante do 3º ano, Laize Pinheiro, de 17 anos, disse em entrevista, que acha muito importante falar sobre o assunto e que deveriam ter mais encontros do tipo, pois, de acordo com ela, ações deste tipo deixam os alunos ‘afiados’ sobre o assunto e consequentemente os tornam multiplicadores de enfretamento. “Conheço pessoas que já se automutilaram e isso me deixa muito triste e me deixa, de certa forma, culpada em não poder ajudar. Eu vejo aqui, em uma palestra como essa, uma forma de saber como orientar, se por ventura eu chegar a conversar com uma pessoa que está sofrendo de depressão”, disse a estudante.

A abordagem cuidadosa da palestrante e psicóloga, Ana Carolina, que atua na rede municipal de saúde, trouxe à tona para os estudantes, os perigos e a maneira de percepção dos sintomas ainda precoce, em uma ‘linguagem juvenil’ de maneira lúdica e didática.

Francisco Cleiton, Coordenador Municipal da juventude em Parauapebas.

A psicóloga, Ana Carolina, abordou de maneira didática o assunto com os estudantes.

A estudante do 3º ano, Laize Pinheiro, falou sobre a importância da palestra para ela.

Equipe CMJ

 

 

Por Fernando Bonfim

 

 

 

Moradores do Bairro Jardim Canadá realizaram na manhã desta quarta-feira (29) uma manifestação, bloqueando a AV. Jardim Canadá, principal rua que corta o bairro e dá acesso, inclusive à prefeitura.

Os manifestantes reclamavam sobre a falta de infraestrutura de várias ruas que ainda não foram beneficiadas com as obras de pavimentação. Apesar da Prefeitura estar realizando obras de pavimentação asfáltica no bairro, elas foram paralisadas devido ao período chuvoso. A rua onde ocorriam a manifestação foi desobstruída horas depois, após membros da prefeitura municipal dialogarem com os moradores.

Em entrevista ao Carajás o Jornal, o Secretário Municipal de Obras, Wanterlor Bandeira disse que, “as obras de drenagem profunda e drenagem superficial estão sendo executadas no bairro desde ano passado”, e que os trabalhos estavam paralisados devido às chuvas. “A retomada do serviço estava prevista para o último dia 15”, disse o secretário. O que não aconteceu, devido as dificuldades encontradas pelos operadores que estavam executando a obra”. Ainda de acordo com o secretário, “os serviços serão retomados ainda nesta semana”.

Alguns moradores que moram há mais cinco anos no bairro informaram a reportagem que nunca viram trabalhos de infraestrutura por lá, como é o caso do vendedor, Antônio Carlos, que expôs em entrevista ao Portal Carajás o Jornal, que quando as ruas ficam cheias de lama fica quase impossível transitar pelo bairro. “As vezes a situação fica tão feia que a gente precisa levar uma roupa extra para o serviço, uma vez que ao sair de casa nossa roupa fica toda suja de lama”, relatou o morador.

A pista foi desobstruída horas depois.

Membros do Conselho da Comunidade de Parauapebas realizaram na tarde desta terça-feira (28), uma visita à carceragem de Parauapebas e também na obra da construção do novo presídio do município.

A visita teve início na carceragem do Bairro Rio Verde, onde, até a data desta publicação, havia 103 presos temporários, chamados de ‘presos de justiça’, aguardando julgamento para serem transferidos para um presídio onde poderão cumprir suas penas.

Em entrevista ao Carajás o Jornal a conselheira, Sandra cunha, que representa o Serviço Social, fez um comparativo dos trabalhos que são executados, atualmente na penitenciária, com os trabalhos realizados  há cinco anos e disse que há uma evolução positiva na forma de execução dos serviços, principalmente quanto a ressocialização e garantia dos direitos dos detentos.

Ela pontuou a importância da ressocialização do preso e destacou as mudanças que tem percebido no serviço penal. “O preso, ele tem que voltar para sociedade de forma ressocializada e, nos últimos anos, a gente tem visto o tanto que a cadeia melhorou, com as reformas e ampliação de celas. Ela [carceragem] está muito longe de ser a carceragem que necessita, mas em comparação há anos anteriores houve uma evolução muito grande”, disse a conselheira.

O Conselho também visitou a execução das obras do novo presídio, que durante a troca de governo, ficaram paralisadas e em menos de um mês teve as obra retomadas.

A conclusão da obra estava prevista pra ficar pronta no último dia 15/04/2019, mas com a paralização a nova previsão é que ela seja entregue somente no segundo semestre deste ano.

O que é o Conselho da Comunidade

De acordo com o texto publicado no site jus.com, o Conselho da Comunidade é definido como um dos órgãos da execução penal, regulado pela Lei de Execução Penal [Lei 7.210, de 11/07/1984] e representa a real possibilidade de intervir nas relações sociais dentro e fora da prisão, trazendo à tona a necessidade de modificar o modelo de convivência individualizado, promovendo a aproximação da comunidade com a prisão e da prisão com a comunidade, além de favorecer o desvelamento e o enfrentamento de esquemas que originam e reforçam a criminalidade, que se encontram no seio da própria sociedade.

 

Sandra Cunha representa o Serviço Social dentro Conselho da Comunidade.

O Conselho da Comunidade é composto de membros de diversos seguimentos da sociedade civil organizada.

 

(Por Fernando Bonfim)

Este último fim de semana foi marcado por manifestações em diversas regiões do Brasil, onde apoiadores do governo de Jair Bolsonaro declararam todo o apoio ao Presidente da República. Em Parauapebas não foi diferente, visto que, a militância bolsonarista realizou uma carreata que teve inicio no bairro Rio Verde percorrendo as principais ruas da cidade.

O ato ocorreu neste domingo (26), por volta das 17 horas,  quando um grupo de apoiadores do governo Bolsonaro se concentrou no ‘banbuzal’, localizado no bairro Rio Verde, de onde saíram em uma carreta percorrendo as seguintes vias: PA-275; Av Liberdade; Rua do Comércio e Sol Poente. A manifestação finalizou com um ato cívico no lago do bairro Nova Carajás.

Rondinélio Miranda foi para a manifestação juntamente com sua esposa, em entrevista ao Carajás o Jornal, o agente comercial disse que apoia Jair Bolsonaro desde o pleito eleitoral, onde ele foi eleito presidente e pontuou que a reforma da previdência, por exemplo, é algo que precisa ser feito. “Eu entendo que seja uma coisa necessária e até com extrema urgência. Quando se gasta além do que tem vai faltar lá na frente, não podemos ver só no agora, mas também como será daqui a 10,20, ou 30 anos”, disse o manifestante.

Rondinélio Miranda foi para a manifestação juntamente com sua esposa.

O grupo realizou uma carreata que percorreu diversas ruas de Parauapebas e finalizou no lago do Bairro Nova Carajás.

 

 

Por Fernando Bonfim

O Ministério da Educação publicou nesta terça-feira (21), no Diário Oficial da União (DOU), o Extrato de Dispensa de Licitação autorizando o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) a contratar a gráfica Valid Soluções S.A. para imprimir as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, por R$ 151,7 milhões.

A gráfica contratada já havia sido anunciada pelo Ministério da Educação (MEC) no mês passado, em substituição à RR Donnelley, que era detentora do contrato, e decretou falência. Hoje foi formalizada a dispensa de licitação.

Na ordem de classificação na licitação realizada em 2016, a Valid era a gráfica seguinte. Agora ela foi convocada para evitar atrasos na edição do Enem deste ano. Segundo o Inep, essa foi a alternativa segura encontrada, dentro da legislação vigente, já que não haveria tempo hábil para iniciar um novo processo licitatório.

A Valid será responsável pela diagramação, manuseio, embalagem, rotulagem e entrega dos cadernos de prova à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios), para que seja distribuída. Tudo isso deverá ser feito "em condições especiais de segurança e sigilo".

No início da noite desta terça-feira, o Inep informou que o contrato com a Valid Soluções S.A. foi efetivamente assinado e que o cronograma da prova está mantido.

Provas

As provas do Enem 2019 serão aplicadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro, com quatro provas objetivas e 180 questões, além da redação. Neste ano, o exame registrou mais de 6,3 milhões de inscritos.

O exame é usado para o acesso à educação superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Programa Universidade para Todos (ProUni) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

 

Fonte: Agência Brasil

O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (21) o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 11/16, que regulamenta a profissão de cuidador de idosos, crianças, pessoas com deficiência ou doenças raras. A matéria segue para sanção presidencial. 

O projeto estabelece que esses profissionais deverão ter o ensino fundamental completo e curso de qualificação na área, além de idade mínima de 18 anos, bons antecedentes criminais e atestados de aptidão física e mental. A atuação do cuidador poderá se dar em residências, comunidades ou instituições.

O texto proíbe que os profissionais administrem medicamentos que não seja por via oral e sem orientação médica. A atividade de cuidador poderá ser temporária ou permanente, individual ou coletiva, visando a autonomia e independência da pessoa atendida.

A regulamentação prevê que o cuidador seja empregado por pessoa física, para trabalhar por mais de dois dias na semana, atuando no domicílio ou no acompanhamento de atividades da pessoa cuidada, e terá o contrato de trabalho regido pelas mesmas regras dos empregados domésticos. Se for contratado por empresa especializada, o profissional estará vinculado às normas gerais de trabalho. Os trabalhadores poderão ser demitidos por justa causa se ferirem direitos dos Estatutos da Criança e do Adolescente ou do Idoso.

 

Fonte: Agência Brasil-Com informações da Agência Senado 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (21) reajuste tarifário médio de 8,73% para os consumidores da Cemig Distribuição S/A (Cemig-D). O efeito médio será de 10,71% para os consumidores atendidos em alta tensão e de 7,89% para os de baixa tensão. Para os consumidores residenciais o reajuste será de 6,93%. A distribuidora fornece energia para 8,4 milhões de unidades consumidoras localizadas em 774 municípios no Estado de Minas Gerais. Os novos índices entram em vigor a partir do próximo dia 28.

Com o reajuste anual, a tarifa residencial da empresa ficará em R$ 628,33/MWh (megawatts hora). De acordo com a Aneel, ao calcular o reajuste, conforme estabelecido no contrato de concessão, foi considerada a variação de custos associados à prestação do serviço. "O cálculo leva em conta a aquisição e a transmissão de energia elétrica, bem como os encargos setoriais. O reajuste da Cemig foi impactado pelo aumento dos custos de aquisição de energia, como por exemplo, da Usina Hidrelétrica de Itaipu que é precificada em dólar", disse a agência.

Pará

Na reunião desta terça-feira, a Aneel também aprovou a realização de audiência pública para discutir o reajuste tarifário da Centrais Elétricas do Pará (Celpa). A concessionária atende 2,6 milhões de unidades consumidoras localizadas em 144 municípios do Pará.

"A revisão tarifária está prevista nos contratos de concessão e tem por objetivo obter o equilíbrio das tarifas com base na remuneração dos investimentos das empresas voltados para a prestação dos serviços de distribuição e a cobertura de despesas efetivamente reconhecidas pela Aneel", disse a agência.

Na revisão da Celpa, a Aneel está propondo o reajuste médio de 3,16%, com impacto de 5,91% para os consumidores residenciais. Para os consumidores atendidos na baixa tensão, o efeito médio proposto é de 6,3%, Já para os consumidores atendidos na alta tensão, caso das indústrias, o impacto proposto é negativo com uma redução de 6,56%.

A reunião presencial para discutir os valores foi marcada para o dia 14 de junho, em Belém (PA), em local e horário a serem disponibilizados posteriormente. Já os valores definitivos serão aprovados no início de agosto para entrarem em vigor a partir de 7 do mesmo mês, após a análise das contribuições da presente audiência.

 

Fonte: Agência Brasil

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016