Motorista bêbado mata anciã

Corpo da vítima, encoberto por lona preta, foi arremessado a 12 metros de distância Corpo da vítima, encoberto por lona preta, foi arremessado a 12 metros de distância Fotos: Evangelista Rocha

Na manhã desta quarta-feira (1º) os destinos de um engenheiro e de uma camponesa idosa se cruzaram de forma trágica na Rodovia BR-155: ao volante de um automóvel ele atropelou a mulher, que morreu na hora. Mas não foi o acaso que provocou esse encontro fatal. Ao que tudo indica a tragédia foi causada pela irresponsabilidade do engenheiro, que atingiu a vítima na beira da pista, na contramão de direção, em alta velocidade e sob o efeito de bebida alcoólica.

 
O acidente fatal aconteceu cerca de 6 km depois do Parque de Exposições Agropecuárias de Marabá, onde a vítima, Creuza Rosa de Macedo Silva, de 70 anos, estava paradinha na entrada do Assentamento Porto Seguro, à espera de uma condução para vir a Marabá, quando foi atingida pelo veículo dirigido pelo engenheiro Emanuel Raimundo da Silva Cassiano, de 51 anos.

O impacto foi tão grande que o corpo da mulher foi lançado a uma distância de 12 metros do ponto da colisão e não havia sequer marcas de frenagem na pista. O que é pior é que Emanuel Cassiano não parou para prestar socorro à vítima. Ao invés disso, seguiu viagem, mas perdeu novamente o controle do carro cerca de 800 metros distante do local de acidente, deixando o veículo atravessado na pista.

Carro dirigido pela vítima é de locadora e ficou atravessado na pista

De acordo com o agente Alves Júnior, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a equipe de plantão foi informada sobre o acidente e, ao seguir para o local indicado, se deparou primeiro com o veículo atropelador atravessado na rodovia, estando a metade traseira na pista de rolamento e a metade dianteira para fora da estrada. A julgar pelas marcas de frenagem no local onde o carro foi encontrado, o condutor quase causou outro acidente.

Ainda segundo informação do agente Alves Júnior, o condutor ainda estava dentro do veículo quando a PRF chegou e foi submetido ao exame de etilômetro, que deu positivo: 0,88 ml de álcool por litro de sangue, quando o máximo permitido é 0,34. Ou seja, quase três vezes mais o permitido pela legislação específica, o que caracteriza crime de trânsito.

O agente federal disse também que Emanuel Cassiano estava tão atordoado que contou aos policiais que estava indo para Belém e que esperava passar pela ponte do Rio Tocantins, mas o caminho que ele seguia era exatamente o sentido contrário de quem viaja para Belém.

Natural do Amazonas, o acusado estava em Marabá prestando serviço para uma grande empresa que atua na região. Na delegacia, ele estava cercado de conhecidos e acionou logo um advogado para fazer sua defesa. Emanuel Cassiano não quis conversar com a Imprensa.

Mas, dentro da viatura da PRF, o acusado disse aos agentes que o pneu furou, por isso ele perdeu o controle do veículo e justificou que parou tão longe do local do acidente porque passou 800 metros tentando controlar o veículo que ficou desgovernado.

Por outro lado, familiares da vítima disseram para a Imprensa que dona Creusa Rosa estava na beira da pista, sozinha, à espera de uma condução para leva-la a Marabá. A julgar pela dinâmica do acidente, ela talvez nem tenha visto o que a atingiu, pois possivelmente estava virada de frente para os veículos que vêm no sentido Eldorado-Marabá, enquanto o condutor atropelador vinha no sentido contrário, invadindo a contramão e tirando a vida da pobre mulher. (Chagas Filho)

Saiba mais

De acordo com a Lei Nº 13.546/2017, Emanuel Cassiano poderá responder por homicídio doloso, que é quando existe a intenção de matar, uma vez que ao dirigir embriagado assumiu a responsabilidade por eventuais danos.

(Fonte: Correio Carajás)

Avalie este item
(0 votos)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_UNAMAgk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2018gk-is-100.jpglink

Vídeos

Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016