On Screen Facebook Popup by Infofru

Receba todas as atualizações via Facebook. Basta clicar no botão "Curtir" abaixo.

Fechar

  

Em Marabá, presidiários tinham até chave de algema

Em revista de rotina realizada nesta terça-feira (16), no Centro de Triagem Masculino de Marabá (CTMM), onde ficam alojados os presos provisórios da região, ou seja, aqueles que ainda aguardam por julgamento, o Grupo Tático Operacional (GTO), da Polícia Militar, localizou diversos objetos que entraram de forma ilícita nas celas.

Dentre eles, chama a atenção ter sido apreendida uma chave utilizada para abrir algemas, o que poderia facilitar fugas e colocar, inclusive, a segurança dos agentes prisionais em risco. Foram encontrados, ainda, 11 aparelhos celulares, três chips de operadoras telefônicas, uma bateria e sete carregadores para os aparelhos, o que permitia comunicação dos internos com o exterior.

Os policiais militares também localizaram 16 estoques, como são conhecidas as armas perfurocortantes fabricadas pelos próprios presos a partir de outros objetos, como pedaços de ferro de ventiladores, por exemplo. Elas são comumente utilizadas em rebeliões ou mesmo em brigas entre os internos. Foram apreendidos, ainda, 34 gramas de maconha e quatro fones de ouvido.

O material foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil, onde o caso foi registrado em boletim de ocorrência. O CORREIO DE CARAJÁS enviou e-mail à assessoria de comunicação da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe), que administra a casa penal, questionando sobre as apreensões, quais providências são tomadas nestes casos, com que frequência ocorrem as revistas e quais medidas o presídio toma para evitar a entrada de objetos irregulares no local.

Em resposta, o órgão encaminhou nota à Reportagem confirmando a realização de uma revista de rotina na Central de Triagem Masculina de Marabá (CTMM) einformando que elas ocorreram nos Pavilhões 1 e 2, por volta de 9 horas, acrescentando que o resultado foi relatado à Polícia Civile que irá investigar a situação de forma administrativa. 

"A Susipe informa que vem intensificando as revistas em todas as unidades prisionais paraenses para evitar a entrada de celulares e demais objetos ilegais. Após a descoberta dos objetos, um Boletim de Ocorrência foi feito e será aberto um Procedimento Disciplinar Penitenciário (PDP) para apurar o caso. A revista foi realizada pela direção da unidade juntamente com o apoio do Grupamento Tático Operacional (GTO)". 

 

Fonte: Correio de Carajás - (Luciana Marschall)

Avalie este item
(0 votos)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_UNAMAgk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2018gk-is-100.jpglink

Vídeos

Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016