Parauapebas realiza campanha contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes Destaque

Em referência ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a prefeitura municipal de Parauapebas, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS), realizaram na tarde de ontem (18), um evento de conscientização visando orientar os munícipes do assunto. A campanha foi realizada no anfiteatro de Parauapebas (Concha), e contou com várias atrações.

Com o Tema: (CONTE PARA ALGUÉM, NÃO TENHA MEDO, NÃO GUARDE SEGREDO), o evento começou com a música de mesmo nome do tema, cantada pela criança Maria Luiza, e pela Jovem Aurilane, que fizeram uma belíssima apresentação ao público dando inicio às apresentações.

Com o pronunciamento de várias autoridades que estiveram no local, o público também contou com várias apresentações teatrais e musicais, que atentavam para o mesmo assunto: Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Parauapebas, atentando para o alto nível de casos registrados no Município.

Segundo estudos do Conselho Tutelar de Parauapebas, o Município tem em média cinco casos por semana, mas esse número pode ser bem maior, uma vez que muitas das vítimas não denunciam o crime.

 

Saiba mais

Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

No dia 18 de maio de 1973, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. A data ficou instituída como o “DIA NACIONAL DE COMBATE AO ABUSO E À EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000. O “Caso Araceli”, como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos, mas, infelizmente, situações absurdas como essa ainda se repetem.

O abuso sexual envolve contato sexual entre uma criança ou adolescente e um adulto ou pessoa significativamente mais velha e poderosa. As crianças, pelo seu estágio de desenvolvimento, não são capazes de entender o contato sexual ou resistir a ele, e podem ser psicológica ou socialmente dependentes do ofensor. O abuso acontece quando o adulto utiliza o corpo de uma criança ou adolescente para sua satisfação sexual. Já a exploração sexual é quando se paga para ter sexo com a pessoa de idade inferior a 18 anos. As duas situações são crimes de violência sexual.

Apresentação do Grupo de idosos de Parauapebas.

Maria Luiza e Aurilane.

Vice prefeito Sergio Balduino.

Texto: Fernando Bonfim

Avalie este item
(0 votos)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Tticorodapeeegk-is-100.pnglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/PMPgk-is-100.jpglink

Vídeos

Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016