Setembro é tempo de Olimpíada da Mulher em Parauapebas

Abertura do evento contou com a participação de atletas de todas as modalidades. Abertura do evento contou com a participação de atletas de todas as modalidades. Imagens: Bruno Cecim

Foi dada a largada para a Olimpíada da Mulher de Parauapebas 2018. Com o encerramento do "Agosto Lilás", foram iniciadas competições que serão realizadas até dia 29 deste mês, na zona rural e urbana do município. A cerimônia de abertura foi em 31 de agosto, no Ginásio Poliesportivo, e reuniu atletas de futsal, handebol, vôlei, karatê e xadrezistas. 

A Cia de Dança Arte e Vida encantou a todos com a coreografia “Entre Nós”. O espetáculo ressaltou a força feminina no esporte e homenageou as cinco modalidades representadas na competição.

Representantes do Xadrez. 

Atletas representantes do Vôlei. 

As atletas Selma Silva e Thais Sales, que vão participar da disputa na modalidade de futsal, já participaram de outras edições da Olimpíada da Mulher e aprovam a iniciativa. “Este ano tá sendo um ano muito bom porque vão ter três competições, uma atrás da outra. É bom porque a gente faz muitas amizades através do esporte. É uma atividade muito boa pra nós e uma forma de estar mostrando o futebol da gente”, declarou Selma, pivô da equipe Harpia.“É uma oportunidade que a gente tem de treinar nosso time. A gente precisa de uma competição dentro da cidade pra que a gente possa alinhar o time pra jogar fora e representar Parauapebas em outras competições. É muito importante a inclusão social. A gente poderia estar fazendo outras coisas, se divertindo de outras formas, mas preferimos estar aqui no esporte, agregando valores. Um esporte de disciplina, de foco e isso ajuda na vida pessoal de todo mundo”, destacou Thais, ala direita da equipe Fênix.

Secretário de Esporte, Laoreci Diniz e Secretária da Mulher, Ângela Silva.

Também participaram da cerimônia o coordenador geral da Olimpíada da Mulher, Jhonatan Kenzo (o Nacka), e o secretário municipal de Esportes (Semel), Laoreci Diniz. "Isso vem fechar (o Agosto Lilás) com chave de ouro porque faz uma integração de tudo aquilo que foi apresentado e faz com que as mulheres possam mostrar suas habilidades esportivas e tudo que se refere ao estilo de vida saudável", pontuou João Fontana, que representou o gabinete do prefeito Darci Lermen, na solenidade.

A secretária municipal da Mulher, Ângela Silva, considera a olimpíada um momento importante para as atletas femininas principalmente em tempos de tanta violência doméstica. “Esse momento é muito importante para nossas atletas. É um momento de alegria, em que elas têm a oportunidade de mostrar aquilo que já fazem no seu bairro, por meio do esporte de Parauapebas. Desenvolver esse espírito esportivo é muito bom, traz alegria, segurança, oportunidade de não estar vivendo momento de agressão. O esporte proporciona tudo isso. Então, envolver a mulher nessa atividade é muito bacana e a Semmu também se preocupa com o lazer da mulher”, disse Ângela Silva.

A secretária agradeceu a todos os colaboradores e parceiros envolvidos na  campanha de combate à violência doméstica contra a mulher, que realizou mais de 30 ações nas zonas rural e urbana durante o mês de agosto. “Foi maravilhoso ver as secretarias unidas, criando uma rede de proteção à mulher. Tivemos uma programação extensa e foi um sucesso”, comemorou Ângela Silva.

A titular da Semmu informou que, apesar do fim do “Agosto Lilás” deste ano, o a prefeitura dará continuidade à campanha. “É importante que todas as informações e serviços cheguem até a sociedade e que as mulheres venham se despir do medo e denunciar o agressor”, conclamou a secretária.

(Texto: Rayssa Pajeú-Ascom- PMP)

Avalie este item
(0 votos)