Teatro e festival de rock são as atrações culturais deste fim de semana em Parauapebas

Peça de teatro estreará na Feira do Lago, neste Sábado (08) Peça de teatro estreará na Feira do Lago, neste Sábado (08) Imagem: Divulgação

Neste sábado (08) as atrações culturais do município ficarão concentradas na já tradicional Feira do Lago, no Nova Carajás, com a peça “A Socorro quer Casar”, da Associação de Teatro de Parauapebas (ATP), e no Centro de Desenvolvimento Cultural (CDC), com a 1ª edição do festival “Rock Gathering”, que reunirá oito bandas do município, também neste sábado.

Veja mais sobre os eventos:

Feira do Lago- Peça: a Socorro quer casar

Neste sábado, 08, às 20h, na Feira do Lago do bairro Nova Carajás, terá a encenação da engraçadíssima comédia de costumes paraenses, “A Socorro quer casar”. A peça é uma produção a Associação de Teatro de Parauapebas (ATP). A montagem teatral já se apresentou em alguns eventos do município, entre eles, Escola de Agroecologia em Palmares II e durante o Movimento Ocupa CDC.

O texto “A Socorro quer Casar” é uma comédia de costumes interioranos paraense, em que se descortinam situações cômicas, durante um casamento realizado na roça. O texto é rico e ágil, por trazer para cenas e personagens caricatos ao longo do conflito. O sotaque explorado na cena é característico da cidade de Cametá, fonte de pesquisa vocal dos atores, para a produção dessas montagens.

Baseado nos tradicionais casamentos que acontecem na roça, durante a quadrilha junina, esta peça prima por resgatar elementos da cultura popular ou do imaginário social, valorizando hábitos e costumes do homem rural, que lentamente vai desaparecendo a sombra de uma pós-modernidade urbana. Em que muitas vezes a cultura popular é relegada e hostilizada, como formas ingênuas, primitiva e rusticas de se fazer arte.

Sinopse da peça

Socorro Ducurina é uma típica garota interiorana, mora com seus pais, até que é seduzida por um jovem de mesma idade e vem a engravidar, porém os pais do noivo não aceitam o casamento e farão de tudo para impedir a cerimônia. As famílias vivem em uma cidade fictícia chamada Pomba Preta, que é administrada pela corrupta prefeita, Luiza Bocão Passa a Mão e o seu atrapalhado secretário Frederico que vive reafirmando os atos positivos da prefeita. O seu oponente, o doutor Juízo é chamado às pressas para efetuar o casamento, já que o padre Antônio, que é fã de uma cachaça, desapareceu no meio da confusão da chegada de Lampião e Maria Bonita.

Para completar a felicidade dos jovens, ainda tem a velha Mundica, que dizem que nas noites de lua cheia vira porco. Ela também aparece grávida, mas ninguém sabe se é do noivo ou da lua. Para saber, só vendo onde irá terminar este casamento.

Tempo de apresentação 45 minutos.

Ficha técnica

Ronalld Vasconcellos- Frederico / Junior Miranda –Padre /Eliana Martins - Socorro Ducurina/ Nerveson Silva-Pai da Noiva/ Gabriel Morais – Lampião/ Magna Ribeiro -Luiza Bocão -Prefeita de Pumba Preta/Kannando Oliveira - Gezuino (Pai do Noivo)/Rosa Mendonça-  velha Mundica Camila Mendonça-  Maria Bonita/ Amanda Cutrin - Blescontina mãe do noivo/ Noivo - Marcos Vinicius/Paulo Corrêa- "Suplanilza"/ Stefany Martins - Jerusa Rocha mãe da noiva/ Eduardo Abreu – Juíz/ Sonoplastia - Jadi Mendonça e Edmundo Melo/Cenografia - Cláudio luz e Robson Lima e Edmundo melo/ Adereços de cena – elenco/ Texto e direção - Doddy Amancio

Festival Rock Gathering

Vem aí o Rock Gathering , mais um grande festival de música da cena Underground do município e região. O evento é uma realização do coletivo Heavy Metal Force, que selecionou oito bandas do cenário musical local de diversos estilos musicias, entre eles o Reggae e o Rap, além de mais seis bandas de rock e pop rock local, tanto autoral, como covers.

O evento se fundamenta no fomento à cultura alternativa de Parauapebas, que tanto necessita de visão e apoio, assim como outros gêneros musicais.

O evento é uma produção independente e contra com a parceria da Secretaria Municipal de Cultura (SECULT) que além de visar o desenvolvimento cultural, tem foco também na questão social, uma vez que, além do ingresso, a produção está arrecadando alimentos não perecíveis, para ajudar famílias carentes de Parauapebas.

Saiba mais:

Através do contato: (94) 99227 1919 ou no local do evento:

Ingressos:

R$ 10,00 + 1 kg de alimento não perecível.

Entrada somente a partir de 18 anos.

 (Texto: Ingrid Cardoso)

Avalie este item
(0 votos)