Atuação do árbitro também foi questionada pelo Paysandu

Atuação do árbitro também foi questionada pelo Paysandu Foto: Maycon Nunes

Os jogadores do Paysandu deixaram a Curuzu sem conseguir explicar bem a primeira derrota do time na Série C do Brasileiro. Na passagem pela chamada zona mista, aqueles que aceitaram comentar o tropeço em casa, frente ao Juventude, não foram nada convincentes. O lateral-esquerdo Bruno Colaço, por exemplo, chegou a afirmar que ele e seus companheiros já esperavam por um adversário fechado. “A gente sabia que seria assim. Time do Sul, time que gosta de campo molhado”, declarou o defensor.

Para o zagueiro de área Victor Oliveira, o Papão acabou sendo derrotado por falta de atenção. “Perdemos num pequeno detalhe naquela cobrança”, afirmou o jogador, se referindo a execução do lance feita de maneira precisa por Eltinho. “Se a gente olhar o jogo, vamos ver que tivemos muitas chances de gol que, infelizmente, não conseguimos concluí-las bem”, declarou Oliveira.

O zagueiro também reclamou do lance da falta que culminou com o único gol da partida. “Pra mim não houve falta”, afirmou. “Acho que o árbitro acabou errando e, com isso, prejudicando o nosso time”, criticou. O técnico Léo Condé também afirmou ter visto equívoco na marcação. “A falta, que originou o gol deles foi a nosso favor. E eles deviam ter tido um jogador expulso”, analisou o treinador.

 

(Nildo Lima/Diário do Pará)

Avalie este item
(0 votos)