Palmeiras vence o Internacional na arena e abre vantagem nas oitavas

O Palmeiras fez valer o fator casa para sair na frente do Internacional na briga por uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Em um jogo muito disputado, o Verdão venceu o Colorado por 1 a 0, nesta quarta-feira, na arena, e passou a precisar de um empate no segundo confronto, em Porto Alegre, para avançar. Léo Ortiz marcou contra ainda no primeiro tempo.

Os clubes voltam a se enfrentar no dia 31 de maio, às 21h45, no Beira-Rio. Os gaúchos necessitam vencer por dois gols de diferença para ficar com a vaga. Caso consigam o placar da partida em São Paulo, a decisão será nos pênaltis. Lembrando que há o critério do gol fora de casa. Ou seja, se o Palmeiras fizer um gol no Sul, o Inter terá de marcar três para se classificar.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Verdão visita a Chapecoense, neste sábado, às 19h, na Arena Condá. O Colorado recebe o ABC, no mesmo dia e horário, pela Série B.

O JOGO

O Palmeiras começou melhor a partida, mas foi o Inter quem deu o primeiro susto, aos 12. Borja desviou a cobrança de escanteio e carimbou a trave do próprio gol. Cirino pegou o rebote, e o mesmo colombiano evitou gol quase sobre a linha. A boa marcação feita pelos gaúchos atrapalhou a equipe de Cuca. Os espaços, porém, apareceram aos poucos. Guerra quase marcou. Logo depois, aos 32, Léo Ortiz fez contra ao tentar cortar o cruzamento de Willian. Borja desperdiçou grande chance ao driblar o goleiro e chutar para fora nos minutos finais.

A desvantagem não fez o Internacional mudar sua postura. Pelo contrário, o time perdeu a força nos contra-ataques e sofreu para segurar abola na frente. O jogo só cresceu a partir dos 20 minutos. Daniel fez grande defesa em chute de fora da área de Willian. Logo depois foi a vez do Inter assustar. Cirino perdeu boa chance livre na área, e Fernando Prass salvou após cabeceio de Rodrigo Dourado.

 

Os minutos finais foram controlados pelos gaúchos. O Palmeiras recuou a partir dos 35 e aceitou a pressão à espera de um contra-ataque. Mesmo com mais posse de bola, o Inter não conseguiu criar outras chances diante da retranca armada por Cuca. Aos 45, Dudu teve a chance de aumentar ao arrancar da defesa, mas demorou para chutar, enquanto Erik entrava livre na área pelo outro lado.

 

Fonte: globoesporte.globo.com

Avalie este item
(0 votos)