On Screen Facebook Popup by Infofru

Receba todas as atualizações via Facebook. Basta clicar no botão "Curtir" abaixo.

Fechar

  

Parauapebas é derrotado em casa pelo Bragantino Destaque

O Parauapebas Futebol Clube tentou, mas perdeu por 4 a 2 para o Bragantino, dentro de casa, pelo jogo da 5ª rodada do Parazão 2018. O jogo, que foi bastante disputado e ofensivo pelas duas equipes, aconteceu neste domingo, 4, no estádio Rosenão, em Parauapebas.

O jogo começou pontualmente às 16h com as duas equipes buscando um jogo muito movimentado, com ataques frenéticos dos dois lados. Contudo, aos 16 minutos do primeiro tempo o Bragantino abriu o placar com o gol de Ronny Taperaçú. A torcida do tubarão, mesmo em menor número, ficou em polvorosa e não parou de embalar o time.

Mesmo com o primeiro gol sofrido o PFC ainda partia para cima do adversário, ficando com mais posse de bola durante a metade do primeiro tempo. O resultado dos ataques foi o gol de Luiz Fernando, que com um belo chute de fora da área, conseguiu empatar a partida aos 37 minutos de jogo. O primeiro tempo terminou: PFC 1 x 1 Bragantino

Em entrevista, Luiz Fernando explicou que o gol foi uma tática muito treinada pela equipe. “É uma das especialidades que eu tenho: o chute de fora da área. Graças a Deus fui abençoado com um belo chute e consegui empatar a partida”, contou  o jogador do PFC.

 

Segundo Tempo

 

O segundo tempo começou de maneira surpreendente. Logo no primeiro ataque, o Bragantino conseguiu ampliar o resultado. Com um chute fortíssimo, o jogador Romarinho fez o gol e desempatou a partida.

O PFC não abaixou a cabeça diante do gol e continuou indo para cima do Bragantino. Aos cinco minutos do segundo tempo o PFC empatou novamente a partida, com o gol de maninho, que fez um belo drible na zaga do Bragantino e concluiu com um chute no canto esquerdo do goleiro.

Devido a grande ofensividade dos dois times, o jogo foi marcado por muitas faltas, faltas essas que causaram a expulsão do jogador do PFC, “Cabeça”, que recebeu um segundo cartão amarelo e teve que deixar o campo.

Com apenas 10 jogadores em campo o PFC começou a sofrer uma imensa pressão do Bragantino. Com uma menor possibilidade de se defender o PFC acabou sofrendo o terceiro gol na partida. Em uma confusão na grande área a bola acabou sobrando para o jogador Felipe Maracanã, que chutou no cantinho, sem chance para o goleiro do Parauapebas. Era o início do fim para o PFC.

O volume de jogo do Bragantino só aumentou com o decorrer da partida, o PFC se defendia de todas as formas e até arriscava alguns ataques, mas todos sem sucesso. Aos 37 min veio o gol que definiria de vez a disputa. O jogador Dock recebeu a bola em velocidade com poucos zagueiros para fazer marcação. A conclusão foi um belo chute, que definiu o final do jogo: PFC 2, Bragantino 4.

Com o 4º gol sofrido a torcida do PFC começou a abandonar o estádio do Rosenão. Alguns torcedores mais irritados começaram a xingar o técnico Léo Goiano e toda a comissão técnica do time de Parauapebas.

Do outro lado apenas festa e sorrisos. Os torcedores do Bragantino fizeram muito barulho e aplaudiram os jogadores da equipe, que cumprimentaram e acenaram para os torcedores.

Em coletiva de imprensa o técnico Léo Goiano admitiu que o time cometeu algumas falhas, mas que serão corrigidas para que nos próximos jogos a vitória seja alcançada.  

Com a vitória o Bragantino chegou aos nove pontos na tabela, assumindo a terceira posição. Já o Parauapebas se encontra na 4ª posição, com cinco pontos.

 

 

Luiz Fernando explicou que o gol de empate foi uma tática muito treinada pelo PFC

 

Momento do terceiro gol do Bragantino.

 

Felipe Maracanã, autor do terceiro gol do bragantino

 

A torcida do tubarão foi a loucura com a vitória por 4 a 2

 

O técnico Léo Goiano garantiu que os erros serão corrigidos para os próximos jogos.

 

 

Reportagem: Bruno Menezes

Avalie este item
(0 votos)