Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

A cidade de Parauapebas ganhou mais um importante espaço de cidadania.  Foi inaugurada no município na manhã deste sábado, (19), a sétima Estação Cidadania do estado do Pará. Além da cidade sede, a perspectiva é que o órgão atenda os nove municípios circunvizinhos.

O empreendimento é composto pelos serviços de 10 órgãos estaduais e um federal, distribuídos em uma área de 631 m². No espaço, a população agora conta com a emissão de documentos, como identidade pela Polícia Civil do Pará, carteira de trabalho e primeira habilitação.

Além dos documentos, a população também tem acesso a serviços do Banco do Estado do Pará (Banpará), Procon/Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), Junta Comercial do Estado do Pará (Jucepa), Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran), Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará (Iasep), Fundação Pro Paz, das Agências de Regulação e Controle de Serviços Públicos (Arcon) e de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) e Superintendência Regional do Trabalho (SRTb).

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), Márcio Miranda, também esteve na inauguração da Estação Cidadania de Parauapebas. De acordo com ele, o espaço representa uma grande conquista para toda macrorregião de Carajás. “Estar presidindo o parlamento do Pará no momento em que no Brasil falta cidadania e também atravessa uma grave crise, não é uma missão fácil. Mas o que nos impulsiona, é saber que em meio a tudo isso há um conjunto de esforços que visa o bem coletivo e possibilitou trazer mais essa conquista para a cidade”, disse.

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), Márcio Miranda também esteve na inauguração da Estação Cidadania de Parauapebas. 

A Estação Cidadania em Parauapebas também fará a coleta para o Banco de Dados Biométricos do Pará. O termo de cooperação foi assinado entre a diretora geral do Detran, Andrea Hass, e o delegado geral de Polícia Civil, Cláudio Galeno. A ideia é modernizar os registros de identidade já existentes por meio da integração do sistema biométrico, permitindo a concentração de informações.

O deputado Gesmar Costa, que representa Parauapebas na Alepa, foi um dos responsáveis por pleitear a implantação da Estação Cidadania Parauapebas, ele enfatiza que o mais novo órgão irá dar celeridade nos processos de aquisição de documentos, entre outros. “Vamos falar de Parauapebas. Hoje, após o termino do processo de aquisição de uma CNH, as pessoas esperam até 90 dias aguardando a chegada do documento. Agora nós temos a possibilidade de fazer a impressão aqui mesmo em Parauapebas reduzindo drasticamente o tempo de espera”, explicou.

O deputado Gesmar Costa, que representa Parauapebas na Alepa, foi um dos responsáveis por pleitear a implantação do Estação Cidadania Parauapebas.

Pioneiro em Parauapebas, e pré-candidato a deputado estadual pelo PPS, Fábio Sacramento, destaca a importância da Estação Cidadania para o Município. “Para nós parauapepenses, representa um grande passo de cidadania. Temos que agradecer muito o empenho dos políticos em trazer estes serviços para Parauapebas. Será de grande valia para a comunidade, pois temos um combo de serviços que podem ser feitos em um só lugar”, diz. 

Pioneiro em Parauapebas, e pré-candidatos a deputados estadual pelo PPS, Fábio Sacramento, destaca a importância da Estação Cidadania para o Município.

A Estação Cidadania Parauapebas Karajás irá funcionar de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h, no piso superior do Karajás Shopping, localizado na Estrada Municipal Faruk Salmem, Km 7, S/N, no bairro Cidade Nova. Para agendamento de serviços, como emissão das carteiras de trabalho, de identidade e serviços do Detran, o usuário deve acessar o site www.estacaocidadania.pa.gov.br.

A secretária de Administração do Estado, Alice Viana, destaca os trabalhos feitos pelo governo do Estado, sendo que em sete anos e meio de mandato, esta é a sétima Estação Cidadania inaugurada no Pará, ela ainda destaca que está prevista mais duas outras sedes. “Outras duas unidades estão previstas para serem entregues ainda este semestre: Estação Cidadania Icoaraci, localizada no distrito de Icoaraci, e Estação Cidadania Metrópole Ananindeua, localizada no Shopping Metrópole, ambas na Região Metropolitana de Belém (RMB)”, explicou.

A secretária de Administração do Estado, Alice Viana, destaca os trabalhos feitos pelo governo do Estado.

Parceiro do empreendimento o deputado Federal Arnaldo Jordy, destacou que o projeto é uma prestação de contas com a sociedade. “Com esta, são sete em pleno funcionamento, são quase um milhão de pessoas atendidas com os serviços da Estação Cidadania”, destacou o deputado.

Parceiro do empreendimento, o deputado Federal Arnaldo Jordy, destacou que o projeto é uma prestação de conta com  a sociedade.

O ex-deputado estadual, Cláudio Almeida, também esteve presente no evento de inauguração da Estação Cidadania de Parauapebas, de acordo ele esta é mais uma de muitas vitórias que virão pela frente. "Essa é uma conquista que ficará no legado do Município. É nossa, é de nossos filhos e atenderá toda a nossa população. todos nós de Parauapebas sabemos o quanto é burocrático  e  demanda tempo resolver problemas com documentação, e agora podemos fazer tudo em apenas um lugar", disse Cláudio Almeida.    

  

O Ex-deputado Estadual Cláudio Almeida, também esteve no evento de inauguração  

 

(Reportagem: Fernando Bonfim)

 

Iniciou hoje, sexta-feira, 18, no Centro Comunitário São Sebastião, na PA 160, o primeiro encontro Nacional do Movimento pela Soberania Popular na Mineração–MAM. O evento tem como objetivo criar linhas de frente, demandas, ações sociais e políticas para o enfrentamento do atual modelo de exploração mineral das regiões atingidas pelos projetos de mineração.

O evento terá quatro dias de imersão com culminância na segunda-feira (21). Serão intensos debates, reuniões, palestras com grandes nomes representantes dos movimentos sociais do país, intervenções culturais e outros.

Em entrevista, Ayala Ferreira, representante do MST-PA, explicou um pouco mais sobre o que irá acontecer durante esses quatro dias. “Aqui nós temos gente de todo o Brasil, são 15 estados e cerca de 100 munícipios atingidos pela mineração. Este encontro representa fundamentalmente uma iniciativa para tratarmos dessa complexidade que é a cadeia produtiva mineral em nosso país, imaginando, sobretudo os impactos da expansão dessa atividade”, explicou, enfatizando ainda a importância da abertura dessas discussões para o crescimento do envolvimento social nesse debate. ”Precisamos fortalecer discussões coletivas para consolidar a ideia de soberania dos territórios, envolver as pessoas e instigar  reflexões para desenhar as nossas linhas de ação”, concluiu.

Camila Mudrek, representante do MAM- BA, explica que o MAM é um movimento social nascido em 2012, com a intenção de nacionalizar suas frentes de discussão a cerca dos conflitos causados pela atividade mineral no Brasil. “Depois de 06 anos retornamos ao Pará, que é o nosso berço com a perspectiva de receber entre 800 a 1000 pessoas no decorrer desses quatro dias para discutir qual é essa realidade mineral e quais são as nossas perspectivas em cada Estado e município e, assim, fortalecer a nossa luta contra os conflitos gerados por esta lógica de atividade mineral”, finalizou.

Ayala Ferreira, representante do MST-PA.

Camila Mudrek, representante do MAM- BA.

O evento terá quatro dias de imersão com culminância na segunda-feira (21).

Confira a programação dos quatro dias do encontro. 

(Reportagem Ingrid Cardoso/Imagens: Fernando Bonfim)

 

Hoje, 18 de maio, é comemorado o Dia Nacional do Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Sendo assim, a Prefeitura de Parauapebas em parceria com a Secretaria de Assistência Social (SEMAS), realizou um evento na manhã desta sexta-feira, no Centro de Desenvolvimento Cultural (CDC).

Essa data foi marcada pelo “Caso Araceli”, um acontecimento que chocou o país em 18 de maio de 1973. A criança de apenas 08 anos de idade se chamava Araceli Crespo, ela foi cruelmente violentada e assassinada.  Embora tenha sido um caso de extrema crueldade, o crime ainda segue impune.

No dia 17 de maio de 2000 foi instituída a lei n° 9.970, a qual, em memória à Araceli, marcou o dia 18 de maio como o Dia Nacional do Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Várias cidades do Brasil neste dia promovem eventos, palestras, oficinas e brincadeiras no que se refere à temática, visando à conscientização não só de crianças e adolescentes, mas da sociedade em geral.

 Em Parauapebas não foi diferente, a campanha que este ano trouxe como tema “Os números assustam, um número salva. Disque 100”, teve início hoje com um momento de descontração para adolescentes de algumas escolas da cidade. Além de divertir os envolvidos com músicas, apresentação de paródias e brincadeiras, os presentes também foram alertados sobre os perigos que todos estão sujeito.

Isaque Martins, aluno da escola Paulo Freire, comentou sobre a importância do evento: “É muito difícil compreender o fato de que muitas crianças são estupradas e um evento como esse é muito importante para aprendermos  sobre os riscos do abuso e da exploração sexual”, disse o estudante.

Autoridades também estiveram presentes, entre elas, o prefeito Darci Lermen que disse: “Não é possível que a gente destrua a vida e os sonhos das nossas crianças para que elas não possam ter um futuro melhor. Nós, prefeitura, devemos fazer nossa parte, pois criança é feita para brincar e estudar, não para trabalhar e muito menos ser vítima de violência sexual”.

O Secretário de Assistência Social, Jorge Guerreiro, disse que a campanha procura conscientizar toda a população e que o trabalho está sendo desenvolvido nas escolas, principalmente  em todos os CRAS (Centro de Referência a Assistência Social) de Parauapebas para trazer uma vida melhor às crianças.

A campanha segue na próxima semana com um cronograma de quatro dias, confira:

22/05 (Terça-feira)

8h30 – Caminhada

Local de saída: Escola Irmã Dulce (Rua Monteiro Lobato – Bairro da Paz)

 

23/05 (Quarta-feira)

8h – Caminhada

Local de saída: Cras Altamira (Rua Bartolomeu - Betânia)

 

15 – Caminhada

Local de saída: Av. Tancredo Neves – Palmares Sul

 

24/05 (Quinta-feira)

08h30 – Caminhada

Local de saída: Praça do Cidadão

 

16h – Caminhada

Local de saída: Início da Av. 1 – Bairro dos Minérios

 

26/05 (Sábado)

17h – Culminância da campanha

Local: Partage Shopping (estacionamento)

Autoridades também estiveram presentes, entre elas, o prefeito Darci Lermen.

Isaque Martins, aluno da escola Paulo Freire, comentou sobre a importância do evento.

 

O Secretário Municipal de Assistência Social, Jorge Antônio Benício; e Vice-prefeito de Parauapebas, Sergio Balduíno também estiveram no evento. 

Reportagem: Fernando Bonfim/ Texto: Vitor Souza

 

 

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) iniciou hoje, quarta-feira, 17, a ação de resposta à situação de emergência decretada no mês de fevereiro devido às chuvas em Parauapebas. Durante os três dias de ação serão disponibilizados serviços gratuitos à população como: emissão da segunda via de identidade, CPF e certidões nascimento, casamento e óbito e vacinação.

As ações contam com a parceria da Defensoria Pública do Estado, que estará presente com o projeto Balcão de Direitos, Polícia Civil, Secretaria de Assistência Social (SEMAS) e Secretaria de Saúde (SEMSA). A atividade se estender até o dia 19 de maio.

De acordo Jales dos Santos, Coordenador da Defesa Civil, a ação visa atender as pessoas atingidas pela enchente ocorrida em fevereiro deste ano. “Esta atividade representa o resgate da cidadania das pessoas que perderam ou danificaram seus documentos durante as inundações”, explica o coordenador, reforçando que a expectativa é atender cerca de 2.000 pessoas durante os três dias de ação nos bairros.

A coordenadora do Balcão de Diretos, Vilma Araújo, enfatiza que embora o foco do atendimento seja voltado para as pessoas que foram atingidas pelas enchentes, será  estendido a qualquer pessoa do município que precisar dos serviços sociais. “Além dos trabalhos de emissão de documentos com RG, CPF e Certidão de Nascimento, o Balcão de direitos também estará trabalhando com orientações extrajudiciais”, explica.

Betiza Sousa, funcionária pública, aproveitou a ação para tirar a segunda via da identidade durante atividade no Bairro Primavera. “Preferi vir aqui pelo fato de ser mais rápido e pela praticidade de ser em nosso bairro”, concluiu Betiza. 

As atividades serão desenvolvidas nos três bairros mais atingidos pelas cheias do rio Parauapebas: Riacho Doce, Liberdade e VS10. 

Confira a programação:

Dia 17 (Quinta-feira)

Local: Escola João Prudêncio de Brito (Rua 1, esquina com a rua C - Primavera)

Dia 18 (Sexta-feira)

Local: Escola Jean Piaget (Rua Goiás – Liberdade 1)

Dia 19 (Sábado)

Local: Escola Mário Lago (Complexo VS10)

 

Jales dos Santos, Coordenador da Defesa Civil.

Vilma Araújo, coordenadora do Balcão de Direitos.

Betiza Sousa, funcionária pública, achou muito útil os serviços da Ação Cidadania

 

(Reportagem Fernando Bonfim/Texto Ingrid Cardoso)

O Desembargador Roberto Gonçalves de Moura, do Tribunal de Justiça do Estado do Pará suspendeu liminarmente a greve dos professores no município de Parauapebas. A decisão foi publicada hoje em Ação Originária – Ação Declaratória de Ilegalidade e Abusividade de Greve proposta pelo município de Parauapebas, cujo objetivo era a obtenção de tutela antecipada para o fim de declarar abusiva e ilegal a greve dos servidores da educação pública do Município.

Em longa e embasada decisão, o Desembargador determinou ao SINTEPP, Subsede Parauapebas, que suspenda a greve deflagrada, com o retorno às atividades no prazo de 24 horas, contadas da intimação deste decisum, sob pena de multa de R$3.000,00 (três mil reais) por dia de descumprimento, até o limite máximo de R$100.000,00 (cem mil reais). Além disso, determinou que os professores, representados pelo SINTEPP, Subsede Parauapebas, se abstenham de impedir o livre acesso da população, sejam alunos, pais e servidores que não aderiam ao movimento grevista ou quaisquer outras pessoas aos prédios onde funcionam os respectivos serviços públicos, bem assim que se abstenham de impedir a saída dos ônibus escolares das garagens e, em consequência, devolvam as chaves dos veículos de transporte escolar apreendidas na invasão realizada à garagem da empresa terceirizada responsável pelo serviço, no prazo de 24 horas, tudo isso sob pena de multa diária no valor de R$3.000,00 (três mil reais), limitada ao máximo de R$ 100.000,00 (cem mil reais), por dia de descumprimento.

Os servidores em educação de Parauapebas, representados pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará – SINTEEP, paralisaram suas atividades em 02/05/2018, deflagrando greve por tempo indeterminado, e informaram à Administração que a paralisação estava se dando contra a terceirização do serviço público, e reivindicando o pagamento dos precatórios do FUNDEF, o reajuste salarial, o PCCR unificado e a reforma das escolas municipais.

Em nota encaminhada à imprensa e assinada pela Assessoria de Comunicação da PMP, o governo municipal informou sobre as negociações com o Sintepp, afirmando que que em 26 de março, foi recebida comunicação do Sintepp solicitando abertura da mesa de negociação e apresentando uma pauta de reivindicações. A reunião foi marcada para o dia 10 de abril, mas precisou ser adiada para o dia 16 do mesmo mês. Antes disso, no entanto, no dia 13 de abril, a governo municipal recebeu outra pauta do sindicato. No dia 16 de abril, em reunião da mesa sindical, o governo apresentou as seguintes propostas, em resposta à pauta do Sintepp:

1. Repassar as informações sobre o salário de todos os servidores, conforme preconiza a Lei de Acesso à Informação, apesar de a mesma já estar no Portal da Transparência. Posteriormente, em 08 de maio, o governo realizou reunião com os sindicatos sobre os valores das folhas de pagamento.

2. Garantir o pagamento integral do vale-alimentação às gestantes em licença-maternidade;

3. Pagar imediatamente todas as progressões relativas aos anos de 1993, 1998 e 2003;

4. Pagar o Credi-leitura no valor de R$ 200, por professor. Por conta do prazo curto, o benefício não foi viabilizado para esta feira do livro, mas estará garantido para os próximos eventos;

5. Em relação ao pagamento do precatório o governo vai aguardar o resultado da audiência judicial marcada para agosto deste ano.

6. Pagar a hora-atividade (8% que faltam), nas seguintes condições: 3% em 2018 + 3% em 2019 e + 2% em 2020.

7. Em relação à eleição direta para diretores de escola, o governo propõe realização de eleição com indicação de lista tríplice e criação de comissão consultiva composta por dois representantes do sindicato, dois representantes do Conselho Municipal de Educação (Comepa) e dois representantes do governo, para conduzir o processo.

8. Sobre as melhorias e reformas de escolas, a Semed já entregou ao Sintepp o calendário de reformas.

9. Quanto à gratificação para os professores em áreas de difícil acesso, o assunto foi tratado em reunião realizada no dia 08 deste mês entre Semed e Sintepp. Um estudo ficou de ser apresentado e encaminhado à Procuradoria Geral do Município.

10. Apoio para aquisição do terreno e infraestrutura no clube social do sindicato.

A nota afirma, ainda, que apesar do esforço do município para contemplar o Sintepp, para nossa surpresa deste, no dia 26 de abril foi comunicado pelo sindicato que a categoria havia deliberado, em Assembleia Geral, o início da greve para 02 de maio. Neste mesmo dia, o sindicato foi informado que a solicitada reunião da mesa estava marcada para o dia 07 de maio.

A nota continua informando que mesmo com a reunião da mesa marcada e o governo tendo apresentado proposta aos pontos da pauta, o sindicato conduziu diversas ações de enfrentamento com notas públicas, suspensão das atividades das escolas, ocupação da prefeitura, deflagração de greve, fechamento da garagem e depredação do patrimônio público, destacando que:

• Em nenhum momento, o governo encerrou a mesa de negociação. Pelo contrário, tentou manter o diálogo, mas o sindicato não aceitou as propostas e utilizou as paralisações e, agora, a greve como formas de pressão.

• O reajuste proposto pelo sindicato extrapola o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) – e o Sintepp é conhecedor deste fato -, gerando a possibilidade de improbidade administrativa. Portanto, é totalmente inviável.

• A proposta do governo é aumento de 3% sobre os salários de todos os servidores + 3% de aumento na hora atividade. E ainda aumento de 12,5% do vale-alimentação.

• O governo vem cumprindo rigorosamente a Lei de Acesso à Informação e todos os dados estão disponíveis no Portal da Transparência. Outras informações que o sindicato solicita são sigilosas e podem expor publicamente os servidores.

• A redução do vale-alimentação, se ocorrer, será para os servidores comissionados e com salários mais altos, como secretários, adjuntos e similares.

A nota finaliza informando que o governo municipal insiste que sempre esteve e está aberto às negociações com o Sintepp e que desde o recebimento oficial da primeira pauta, no dia 28 de março, tem respondido e apresentado propostas para todas as questões em debate. Segundo a nota, o governo vai continuar trabalhando para que a educação de Parauapebas seja de qualidade para todos.

Na decisão, o Desembargador disse que, diante das especificidades da causa e de maneira a adequar o rito processual às necessidades do conflito, oportunamente deliberará sobre a designação da audiência de conciliação, na forma como estabelecido no novo estatuto processual. A decisão finaliza mandando que a secretaria cite o Sindicato  para contestar o feito no prazo de 15 (quinze) dias úteis.

 Confira o documento na íntegra 

 

http://zedudu.com.br/

Em adesão a Campanha Maio Amarela o Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT) através do Núcleo de Educação para o Trânsito (Net) e a empresa Vix Logística promoveram ações educativas no trânsito de Parauapebas na manhã desta quarta-feira (16). Panfletagem, palestras e teatro deixaram o parauapebense em alerta para o risco de acidentes no trânsito.

 

Com o tema “Nós somos o trânsito” o Movimento chega à sua 5ª edição e fomenta na sociedade discussões e atitudes voltadas à necessidade urgente da redução do número de mortes e feridos graves no trânsito.

 

Na Rua “E” uma blitz educativa promovida pela Vix, alertava os condutores através de panfletagem quanto aos números alarmantes de mais de 38 mil vítimas de acidentes de trânsito por anos no país. O Gerente Operacional da empresa, Luciano Matos, enfatiza a importância da campanha. “Como o tema da campanha sugere, todos nós somos responsáveis pelo trânsito, eu não preciso estar dentro de um veículo ou em uma via pra fazer parte dele”, diz.

 

Maria Lúcia aprovou a iniciativa, pois de acordo com ela, o trabalho de educar é muito mais importante do que punir. “O trânsito é muito violento e as pessoas não tem paciência nem para respeitar a preferêncial ou uma faixa de pedestre”, diz a condutora.

 

No auditório do Instituto Federal do Pará (IFPA), agentes do Net se encarregavam de palestrar para os alunos. Com apresentação teatral eles levaram de forma lúdica a educação no trânsito para a sala de aula. Milton Lima, Coordenador do Net, explica que o trabalho do órgão é contínuo, e duro todo o ano, no entanto esse mês em específicos, os trabalhos são mais intensos. Ele ainda enfatiza que as programações de conscientização da campanha Maio Amarelo se entenderão até o final do mês.

 

 

Na Rua “E” uma blitz educativa promovida pela Vix, alertava os condutores através de panfletagem quanto aos números alarmantes de mais de 38 mil vítimas de acidentes de trânsito por anos no país. O Gerente Operacional da empresa, Luciano Matos, enfatiza a importância da campanha.

O Gerente Operacional da empresa, Luciano Matos, enfatiza a importância da campanha.

Maria Lúcia aprovou a iniciativa, pois de acordo com ela, o trabalho de educar é muito mais importante do que punir.

No auditório do Instituto Federal do Pará (IFPA), agentes do Net se encarregavam de palestrar para os alunos.

Com apresentação teatral eles levaram de forma lúdica a educação no trânsito para a sala de aula.

Milton Lima, Coordenador do Net, explica que o trabalho do órgão é contínuo, e duro todo o ano, no entanto esse mês em específicos, os trabalhos são mais intensos.

 

Reportagem: Fernando Bonfim

 

Na manhã desta quarta-feira (16), a prefeitura emitiu uma nota via Ascom se posicionando em relação à greve na rede municipal de ensino e o andamento das negociações com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp), subsede de Parauapebas. Confira o documento na íntegra.

Nota à sociedade sobre as negociações com o Sintepp

O governo municipal vem informar sobre as negociações com o Sintepp, comunicar as decisões tomadas e esclarecer a respeito da nota recentemente emitida pelo sindicato.

 

Em 26 de março, recebemos comunicação do Sintepp solicitando abertura da mesa de negociação e apresentando uma pauta de reinvindicações. A reunião foi marcada para o dia 10 de abril, mas precisou ser adiada para o dia 16 do mesmo mês. Antes disso, no entanto, no dia 13 de abril, recebemos outra pauta do sindicato. Em resposta, reafirmamos a reunião da mesa sindical.

 

No dia 16 de abril, em reunião da mesa sindical, o governo apresentou as seguintes propostas, em resposta à pauta do Sintepp:

 

  1. Repassar as informações sobre o salário de todos os servidores, conforme preconiza a Lei de Acesso à Informação, apesar de a mesma já estar no Portal da Transparência. Posteriormente, em 08 de maio, o governo realizou reunião com os sindicatos sobre os valores das folhas de pagamento.

 

  1. Garantir o pagamento integral do vale-alimentação às gestantes em licença-maternidade;

 

  1. Pagar imediatamente todas as progressões relativas aos anos de 1993, 1998 e 2003;

 

  1. Pagar o Credi-leitura no valor de R$ 200, por professor. Por conta do prazo curto, o benefício não foi viabilizado para esta feira do livro, mas estará garantido para os próximos eventos;

 

  1. Em relação ao pagamento do precatório o governo vai aguardar o resultado da audiência judicial marcada para agosto deste ano.

 

  1. Pagar a hora-atividade (8% que faltam), nas seguintes condições: 3% em 2018 + 3% em 2019 e + 2% em 2020.

 

  1. Em relação à eleição direta para diretores de escola, o governo propõe realização de eleição com indicação de lista tríplice e criação de comissão consultiva composta por dois representantes do sindicato, dois representantes do Conselho Municipal de Educação (Comepa) e dois representantes do governo, para conduzir o processo.

 

  1. Sobre as melhorias e reformas de escolas, a Semed já entregou ao Sintepp o calendário de reformas.

 

  1. Quanto à gratificação para os professores em áreas de difícil acesso, o assunto foi tratado em reunião realizada no dia 08 deste mês entre Semed e Sintepp. Um estudo ficou de ser apresentado e encaminhado à Procuradoria Geral do Município.

 

  1. Apoio para aquisição do terreno e infraestrutura no clube social do sindicato.

 

Apesar do nosso esforço para contemplar o Sintepp, para nossa surpresa no dia 26 de abril recebemos comunicação do sindicato afirmando que a categoria havia deliberado em assembleia geral o início da greve para 02 de maio. Neste mesmo dia, o sindicato foi informado que a solicitada reunião da mesa estava marcada para o dia 07 de maio.

 

Desde então, mesmo com a reunião da mesa marcada e o governo tendo apresentado proposta aos pontos da pauta, o sindicato conduziu diversas ações de enfrentamento com notas públicas, suspensão das atividades das escolas, ocupação da prefeitura, deflagração de greve, fechamento da garagem e depredação do patrimônio público.

 

É importante destacar que:

 

  • Em nenhum momento, o governo encerrou a mesa de negociação. Pelo contrário, tentou manter o diálogo, mas o sindicato não aceitou as propostas e utilizou as paralisações e, agora, a greve como formas de pressão.

 

  • O reajuste proposto pelo sindicato extrapola o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) – e o Sintepp é conhecedor deste fato -, gerando a possibilidade de improbidade administrativa. Portanto, é totalmente inviável.

 

  • A proposta do governo é aumento de 3% sobre os salários de todos os servidores + 3% de aumento na hora atividade. E ainda aumento de 12,5% do vale-alimentação.

 

  • O governo vem cumprindo rigorosamente a Lei de Acesso à Informação e todos os dados estão disponíveis no Portal da Transparência. Outras informações que o sindicato solicita são sigilosas e podem expor publicamente os servidores.

 

  • A redução do vale-alimentação, se ocorrer, será para os servidores comissionados e com salários mais altos, como secretários, adjuntos e similares.

 

O governo municipal insiste que sempre esteve e está aberto às negociações com o Sintepp. E informa que desde o recebimento oficial da primeira pauta, no dia 28 de março, tem respondido e apresentado propostas para todas as questões em debate. E que vai continuar trabalhando para que a educação de Parauapebas seja de qualidade para todos.

 

Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

Você sabe o que é crowdfunding? Crowdfunding ou Financiamento Coletivo consiste na obtenção de receitas financeiras para iniciativas de interesse coletivo, através da agregação de múltiplas fontes de arrecadação.

Fundada em Parauapebas em 2018, a Anjo Solidário é uma empresa de crowdfunding que tem como objetivo principal apoiar campanhas sociais focadas no recebimento de doação para causas humanitárias, religiosas, sociais e pessoais.

Exemplo: Imagine uma pessoa doente que precisa fazer uma cirurgia no valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reis). Ela pode fazer uma campanha de arrecadação de doação para tal fim, através da Anjo Solidário e dar lisura a quem está doando, pois as doações ficam registradas no site com o nome de quem e quanto doou. Ou seja, além de ser uma ferramenta de arrecadação é também uma forma de prestar contas com todos os doadores.

O conceito inicial da Anjo Solidário surgiu quando seu  fundador, o advogado Gilmar Moraes, foi acometido de grave doença no ano de 2017 e precisou passar por uma impactante intervenção cirúrgica. Após esta experiência, fora avisado de que teria somente três meses de vida. Surgiu então o desejo de criar um meio de ajudar pessoas que se encontravam em situação semelhante. A Anjo Solidário é a certeza de que sua campanha solidária será vista e apoiada com a maior transparência possível.

No final de abril, atendendo a Resolução nº 23.553, de 2 de fevereiro de 2018, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que regulamenta a arrecadação, os gastos eleitorais e a prestação de contas das eleições 2018, a Anjo Solidário foi autorizada a realizar arrecadação de recursos pela modalidade de financiamento coletivo com vistas às eleições de 2018.

A Anjo Solidário é a única empresa autorizada da Região Norte e Nordeste credenciada pelo TSE que realizar esse tipo de crowdfunding.

E sendo autorizada/homologada pelo TSE, a Anjo Solidário já também está realizando financiamento coletivo para pré-candidatos políticos e assim  você tendo preferência por algum candidato político e pretende apoia-lo de forma financeira, a Anjo Solidário abraça essa causa por você.

Na plataforma, conforme determinação do TSE, todos os dados do doador, valor e formas de pagamento são amplamente divulgados na plataforma.

Ficou interessado em saber mais sobre crowdfunding?  Então entre em contato com a Anjo Solidário através do site www.anjosolidario.com.br ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou se preferir, (91) 98144-1852.

O conceito inicial da Anjo Solidário surgiu quando seu  fundador, o advogado Gilmar Moraes foi acometido de grave doença no ano de 2017 e precisou passar por uma impactante intervenção cirúrgica.

Chegou o dia mais aguardado pelos bicolores nas últimas semanas. Na noite desta quarta-feira o Paysandu entra em campo conta o Atlético-ES para tentar ser o primeiro clube a conquistar o bicampeonato da Copa Verde - levou o caneco em 2016, também sob o comando de Dado Cavalcanti. A ansiedade é tão grande que os 35 mil ingressos disponibilizados para o jogo estão esgotados desde segunda-feira. O duelo começa às 21h30, no Mangueirão.

Como de praxe, o técnico alviceleste não adiantou a escalação titular. Não que haja muito mistério. Depois de poupar jogadores-chave dos últimos jogos da Série B, a tendência é que Dado escale o que tem de melhor. A única dúvida está no meio-campo e se trata mais de uma opção tática: se inicia com um meio mais criativo ou mais combativo.

Isso porque pela primeira vez em semanas ele pode contar com Pedro Carmona, que passou os últimos 30 dias se recuperando de lesão. A questão é se o jogador começa como titular ou se o treinador bicolor opta por manter o meio-campo mais combativo, com Nando Carandina e Renato Augusto. A tendência é que faça a escolha pela segunda opção, tanto por uma questão física quanto estratégica, já que o time tem a vantagem conquistada no jogo de ida.

De resto, nenhuma grande novidade. Retornam Diego Ivo, Perema, Carandina, Moisés, Mike e Cassiano, que ficaram fora do jogo contra o Juventude para chegarem plenos fisicamente à decisão. Principal destaque do Papão, Cassiano é o artilheiro do time na temporada, com 16 gols – nove deles na Copa Verde. Apesar de ter vencido a ida por 2 a 0, o Alviceleste está consciente de que o título ainda não está garantido.

– É decisão, é final, vale título, então nós não podemos nos empolgar com relação à quantidade de pessoas que estarão no Mangueirão nos incentivando. Os jogadores, em campo, precisam controlar o ritmo do jogo, precisam saber a hora de dosar, a hora de acelerar, mas acima de tudo manter muita concentração para não perder o feeling da partida, não perder o controle do jogo – ressaltou Dado Cavalcanti na última coletiva antes do novo encontro com o clube capixaba.

 

Paysandu x Atlético-ES, volta da final da Copa Verde

Local: Mangueirão, em Belém.
Horário: 21h30 (de Brasília).
Provável escalação: Renan Rocha; Perema, Edimar e Diego Ivo; Matheus Silva, Nando Carandina, Renato Augusto e Mateus Müller; Moisés, Cassiano e Mike.
Desfalques: Paulo Ricardo, Carlinhos, Alan Calbergue, Thomaz, Claudinho, Dionathã e Ryan Williams não estão inscritos na competição.
Arbitragem: o gaúcho Anderson Daronco apita a partida. Ele será auxiliado pelo baiano Alessandro Álvaro Rocha de Matos e pela paulista Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo. O trio é do quadro da FIFA.

 

(Globo Esporte PA)

Após servir como motivação central no primeiro filme, Morena Baccarin volta ao papel da namorada apaixonada do anti-herói em “Deadpool 2”, que estreia nesta quinta-feira (17) no Brasil. Dessa vez, a participação da atriz brasileira de 38 anos é consideravelmente menor, mas ela continua sendo o maior elo emocional do personagem a algum tipo de normalidade. Assista ao vídeo acima.

“Eu amo o relacionamento deles, porque eles se amam de verdade”, conta ela em entrevista ao G1. “Eles têm uma conexão fora desse mundo. E quando começa o segundo filme você vê isso imediatamente.”

Mesmo com tanto amor, não foi fácil contracenar com Reynolds, principalmente por causa da maquiagem que cobria seu rosto de galã com as feridas tradicionais de Wade Wilson, o Deadpool.

“Eu chamo ele de ‘pizza face’, porque ele parece uma pizza”, ri a atriz. “Especialmente quando o Ryan está no set, ele termina o dia e arranca aquele negócio da pele e começa a sair o suor de dentro, é horrível.”

 

Fazendo direito

Com um longo currículo após se tornar mais conhecida nos Estados Unidos por causa da série “Firefly”, em 2002, é seguro dizer que “Deadpool” (2016) é o maior sucesso na carreira de Baccarin. O filme solo do mercenário falastrão mantém o título de maior bilheteria mundial de um filme com classificação indicativa para maiores de idade.

Segundo a atriz, a pressão do sucesso do primeiro não era sentido durante as gravações, mas fez com que Reynolds – que também foi um dos roteiristas e produtores-exectivos do filme – e o diretor David Leitch fizessem as coisas com calma.

“Eu acho que eles queriam até filmar mais cedo, mas eles só começaram quando o roteiro estava realmente pronto. Então foi divertido, sabe? Se você tem uma base boa, então dá pra brincar.”

E brincar eles fizeram

Um dos segredos do sucesso surpreendente do personagem são as inúmeras cenas absurdas e fora de qualquer padrão super-heróico. Para Baccarin, uma delas, do primeiro filme, foi marcante.

“Eu me lembro que eu ria tanto na cena em que a gente fez quando é Natal e ele pediu minha mão em casamento. O Ryan estava sem calça, com só um suéter e a gente fez várias versões de onde saiu aquele anel.”

“Me chocou no início, quando eu li o roteiro e quando me explicaram o que a gente ia fazer, mas aí depois que você está trabalhando juntos e vendo o humor, é tão divertido. Você se solta. E, para fazer esse personagem eu precisei mesmo não editar. Jogar e ir com tudo, porque ele vem com a força dele.”

 

Namorando a concorrência

Se no filme ela namora um personagem da Marvel, em seu emprego mais "fixo", a série "Gotham", ela interpreta Lee Thompkins, ex-noiva de um herói de sua maior concorrente, a DC. Não bastasse isso, ela é casada com Ben McKenzie, que interpreta Jim Gordon (o homem que um dia se tornará o famoso comissário das HQs de Batman.

Mas esta é apenas uma gota no oceano do currículo super-heróico da brasileira. Ao longo dos anos, ela já interpretou diversos outros personagens tirados dos quadrinhos, geralmente dublando animações ou games, como Talia al Ghul, a Mulher-Leopardo e a Canário Negro.

"Foi uma coisa que aconteceu. Não sei como. Mas eu acho que é porque realmente tem muitos personagens fortes de mulheres nesses universos de gibi, de DC e de Marvel. Tem muita oportunidade."

 

(G1)

 

 

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.11gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.1gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.10gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.2gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.3gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.4gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.5gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.6gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.7gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.8gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.9gk-is-100.jpglink