Por volta das 22h30, da noite de ontem sexta-feira, 24, o assaltante Álvaro Freitas, baleado na intervenção policial na sexta-feira, 25, não resistiu ao ferimento e morreu no Hospital Geral de Parauapebas (HGP). Já seu comparsa continua preso à disposição da justiça.

Matheus Henrique Câmara de Oliveira, 19 anos de idade, foi preso e seu comparsa Álvaro Freitas Santana, 27 anos, foi baleado pela Polícia Militar quando praticavam um arrastão nas ruas da cidade.

Uma das vítimas que teve sua moto tomada de assalto e recuperada pela PM, conversou com a reportagem, ainda com medo não aceitou gravar entrevista, mas contou que era por volta das 14h, quando a dupla teria lhe abordado, apontando um revólver para ela e tomou sua motocicleta Honda Biz de cor branca, a mulher disse ainda que na hora do ocorrido ela saia do CRAS, no bairro Rio Verde.

Minutos depois a dupla trocou a Biz por uma CG Titan de cor vermelha, porém os ladrões que estavam armados com revólver calibre 32, não foram muito longe, ao saírem da casa do dono da CG, se depararam com a GU que já havia sido informada e os procurava.

Álvaro Freitas foi baleado após apontar um revolver contra a polícia 

Segundo o capitão PM Jadson Costa, comandante da 1ª Companhia do 23° BPM de Parauapebas, logo cedo por volta de 14h a dupla começou a cometer roubos na cidade, primeiro roubou uma Honda Biz de cor branca, próximo ao CRAZ do bairro Rio Verde, e após isso a abandonaram e roubaram uma Honda CG Titan, no bairro Nova Vida II. "Recebemos a informação do ocorrido e a guarnição da ária se dirigiu ao local para averiguar, graças a Deus conseguimos fazer a abordagem dos mesmos, e no momento da revista Álvaro Freitas, tentou sacar um revólver calibre 32 e fomos obrigados neutralizá-lo", contou o policial.

Baleado no peito o mesmo foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e o comparsa dele foi preso e encaminhado para 20ª Seccional Urbana de Polícia de Parauapebas ao delegado plantonista, onde segue prestando esclarecimento a justiça.

Matheus Henrique ficará preso a disposição da justiça

Além da arma e duas munições picotadas, a PM recuperou as duas motos e os celulares das vítimas. Segundo a polícia, Matheus tem passagem quando ainda era adolescente.

(Neide Folha)

Thallisson da Silva Oliveira, 18 anos de idade, faleceu na noite de domingo, 19, em um acidente de moto quando trafegava sentido Palmares I e Palmares II, de acordo com informações repassadas para a Polícia Civil ele e mais três colegas em outras duas motos faziam um racha.

O jovem não resistiu ao forte impacto e veio a óbito ainda no local

Os três disputavam velocidade quando o amigo de Thallisson resolveu retornar, momento em que colidiu com Thallisson que estava com um adolescente de 16 anos. O garupa e o amigo que conduzia a outra motocicleta foram socorridos e encaminhados ao hospital, já Thallissom não teve a mesma sorte e veio a óbito ainda no local.

Em levantamento realizado pela polícia no local, constatou-se que a motocicleta conduzida por Thallisson havia sido registrada como roubada. O corpo do jovem caído fora da pista foi removido pelo Instituto Médico Legal – IML, a moto Honda Fan 150 que a vítima pilotava ficou destruída.

(Neide Folha)

O caso foi registrado pela Polícia Militar durante ronda de rotina em uma área de invasão no bairro Ipiranga II em Parauapebas. Segundo informações repassadas pela guarnição, os militares suspeitaram da movimentação na residência, foi quando resolveram realizar a abordagem policial, mediante a aproximação dos policiais os suspeitos tentaram fugir do local e tentaram despachar um embrulho em uma área de mata.

Os militares conseguiram capturar Aderlan Morais dos Santos, e durante a revista pessoal foi encontrado com o mesmo um revólver calibre 32 com seis munições intactas. O embrulho despachado foi encontrado e dentro da sacola foram apreendidos uma balança de precisão, 50 gramas de maconha, 50 gramas de crack, uma grama de cocaína, além de R$ 600,00 reais em dinheiro, valor que a polícia acredita ter sido arrecadado com a venda das drogas.

Aderlan Morais dos Santos foi conduzido para a delegacia para os procedimentos cabíveis podendo responder pelos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Quando questionado pelo armamento o mesmo alegou que era para sua defesa, já que atuava com a venda ilegal de entorpecentes.

(Neide Folha)

A Vale vai investir cerca de R$ 20 milhões na implantação de um sistema inteligente de gestão de energia com o objetivo de melhorar o desempenho de equipamentos e automatização de processos ao longo de sua cadeia produtiva, da mina ao porto, contribuindo para reduzir as emissões atmosféricas da empresa. O SmartEnergy, como foi batizado o sistema, prevê a instalação, até 2021, de 2 mil medidores inteligentes de energia elétrica em 57 unidades operacionais e em grandes equipamentos da empresa no Brasil - por exemplo, em circuito de moagem de minério, transportadores de correias de longa distância e sistemas de bombeamento. O medidor inteligente permite a redução de perdas de produção através da avaliação contínua da qualidade da energia e identificação das causas de falhas no fornecimento. Em testes realizados com a tecnologia em duas minas, a empresa obteve uma economia de R$ 90 milhões por ano com eliminação de paradas de equipamentos após o acionamento inadequado da proteção elétrica.

Segundo o coordenador do Projeto de Eficiência Energética da Vale, Renato Arantes, os medidores inteligentes detectam variações de tensão e de corrente elétrica com extrema precisão, o que é importante para o ajuste dos protetores. Eles registram também o consumo de energia e enviam os dados ao SmartEnergy, que, por sua vez, viabiliza interações com vários sistemas corporativos, permitindo o gerenciamento de programas de eficiência energética, entre outras funções. "Muitas vezes, o sistema de proteção elétrica desliga equipamentos ou processos importantes  por conta de oscilações de energia  que poderiam ser suportadas perfeitamente, sem trazer qualquer risco para as operações. Essas pequenas interrupções impactam na produtividade, pois é preciso reiniciar os equipamentos e processos e, até que eles voltem à capacidade de operação normal, gasta-se energia desnecessariamente, sem contar o impacto na produção e também no aumento de emissões CO2 da empresa", explica Arantes. 

A coordenadora de TI do SmartEnergy, Laysa Mello, explica que o sistema irá padronizar os dados gerados pelos medidores inteligentes com o intuito de produzir análises de performance do uso da energia na empresa. "Essa padronização ajuda a operação a planejar melhor o consumo e a demanda por energia em todas as operações, pois temos maior disponibilização e precisão dos dados que não tínhamos antes", explica.  Embora seja um software de prateleira, ou seja, já disponível no mercado, o SmartEnergy teve que ser customizado para as necessidades da Vale. Uma equipe de 65 empregados foi treinada para operar o sistema já implantado em minas do Pará e de Minas Gerais e no Complexo Portuário Ponta da Madeira, em São Luís (MA). 

A partir de 2020,  a Vale vai estender o uso do equipamento para suas operações no mundo. Em 10 anos, num cenário intermediário, a empresa estima economizar R$ 920 milhões com energia elétrica a partir da instalação dos medidores inteligentes e da automatização de gestão de processos em plantas do Brasil e do exterior. Neste cenário, calcula-se um corte de 120 mil toneladas de GEE/ano, o que representa às emissões relativas ao consumo médio de 14,4 mil casas por ano. Para o cálculo, foram consideradas variáveis como custo da energia elétrica, preços do minério de ferro, níquel e cobre e a produção da Vale. No longo prazo, o projeto também terá foco na redução dos demais combustíveis utilizados pela Vale, como diesel, gás natural e o bunker usado nos navios mineraleiros. Portanto, o potencial de redução de emissões é ainda maior. Em reunião recente com investidores em Nova York e Londres, a empresa anunciou meta de longo prazo de neutralizar as emissões de CO2 de suas operações até 2050 e também a revisão da sua meta de redução de emissão até 2030, a fim de alinhá-la ao Acordo de Paris. O percentual de corte será anunciado no primeiro semestre de 2020. 

Os medidores inteligentes já foram testados em 2017 nas minas de ferro do S11D e de cobre do Salobo, no Sudeste do Pará. Salobo registrou redução de 107 horas de paradas indevidas na produção, motivadas por problemas relacionados à qualidade da energia, o que refletiu em um aumento de produção de 1,2 milhão de toneladas/ano na comparação entre 2017 e 2018.  No caso de S11D, foram evitadas 18 horas anuais de paralisações de produção na planta, resultando em um aumento de 130 mil toneladas na produção anual. Até o final deste ano de 2019, no S11D, serão interligados ao SmartEnergy mais de 100 medidores inteligentes.
Outros cenários

Além do cenário intermediário, a Vale avaliou mais dois: um conservador e outro otimista (agressivo), para estimar a economia de 10 anos com a universalização dos medidores inteligentes em suas unidades espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. No cenário conservador, haveria uma economia de cerca de R$ 370 milhões e um corte de 60 mil toneladas de GEE/ano, o equivalente às emissões relativas ao consumo médio de energia de 7,2 mil casas por um ano. No cenário agressivo, o ganho seria de aproximadamente R$ 1,4 bilhão e redução de 180 mil toneladas na emissão de GEE/ano, que representa às emissões relativas ao consumo médio de 21,5 mil casas/ano.

Após os homicídios registrados em Parauapebas no início do mês, os órgãos de segurança pública do município juntamente com equipes de Marabá, desencadeou uma operação para prender os envolvidos nos crimes. De acordo com a polícia, a onda de violência que tomou conta da cidade nos primeiros dias do ano, foram motivadas por briga entre facções.

Na tarde de terça-feira, 07, por volta das 17h, homens da Polícia Militar sob o comando do Tenente Cel. Gledson, e a guarnição composta pelos SGT Mesquita, Cabo C. Freitas e Soldado Vale, após levantamentos e por meio de troca de informações com a Polícia Civil Coordenada pelo DPC Thiago Carneiro, saíram em diligência para monitorar a residência de um dos suspeitos do crime ocorrido no bairro Primavera.  Momento em que um homem com as características do suspeito deixava a casa, a polícia resolveu aborda-lo, Jeferson Martins de Bessa, de 29 anos, mais conhecido como "Jegue", foi flagrado portando um revólver calibre 38 sem numeração, com 05 munições intactas.

Durante a abordagem policial o suspeito confessou à polícia que teria participação em três homicídios e três tentativas de homicídios, ocorridos entre os dias 02 e 05, cometidos contra Romário Correa Balieiro e das tentativas de homicídio contra Frank Rafael Santos Vaz e o menor A. C. S. V. Ele afirmou ainda que participou da autoria do duplo homicídio que vitimou Tarcísio Barros Queiroz e Reginaldo Silva Vieira, de apelido “Márcio”, ocorrido no sábado, 04.

Na delegacia o suspeito confessou ainda as tentativas de homicídio contra Jhonny de Lima Cândido e Denílson da Cruz Sousa, ocorridas no bairro Cidade Jardim, afirmando ainda a coautoria de José Tiago Gomes Costa do Nascimento, vulgo “Catatau”. No sistema policial, consta contra Jeferson, um mandado de prisão em aberto por homicídio cometido no ano de 2011.

Ele informou ainda, que naquele momento estava indo cometer mais um assassinato, desta vez contra um homem de prenome Sávio, que seria de uma facção rival. O suspeito disse ainda a polícia que a ordem era para matar parte de líderes da facção de fora do município.

Além do revólver calibre 38, a polícia apreendeu com o mesmo uma motocicleta que era usada para cometer os crimes. O mesmo foi conduzido e apresentado na Delegacia de Polícia Civil de Parauapebas para os procedimentos cabíveis.

Reportagem: Neide Folha

Um jovem de apenas 19 anos de idade foi executado com 6 tiros na manhã de domingo, 05, informações dão conta de que a vítima seria integrante do PCC e já contava com várias passagens pela polícia.

Segundo vizinhos, que não quiseram ser identificados, era por volta de 7h30min, da manhã quando escutaram uma pessoa batendo na porta da vítima no condomínio onde morava, localizado na Rua 12, quadra 13, lote 04, Bairro Alto Boa Vista, identificada apenas como Tairon, logo em seguida ouviu-se vários estampidos de tiros.  

Segundo informações policiais a vítima tinha várias passagens pela polícia

Assustados vizinhos chamaram a polícia, que chegou no local acompanhada da equipe do Instituto Médico Legal – IML, e de acordo com os primeiros levantamentos e informações o jovem foi atingido por seis balas no peito e costas.

De acordo com as primeiras informações o jovem pode ter sido executado por quatro indivíduos em um veículo de cor prata e uma moto de modelo e cor não anotados.

(Neide Folha)

Iniciou na manhã desta sexta-feira, 27, a entrega dos cartões do programa da prefeitura Municipal de Parauapebas, o Gira Renda, maior programa de transferência de renda com recurso municipal do norte do Brasil.

Neste primeiro dia, mil famílias, das cinco mil cadastradas, receberam um crédito de 100 reais cada. Um total de 100 mil reais distribuídos, que vão beneficiar além das famílias em situação de pobreza extrema, o comércio local, tanto da zona urbana como rural de Parauapebas.

Durante o evento que marcou o início do programa, diversas autoridades dos poderes executivo e legislativo estiveram presentes, entre eles: José Alves de Lima, chefe de gabinete; Jorge de Guerreiro, secretário de assistência social; João Eduardo Fontana, secretário de habitação, Girlan Pereira da Silva, Coordenador Especial de Trabalho Emprego e Renda- Ceter; Suely Guilherme, Coordenadora do Gira Renda; vereadores Marcelo Parceirinho e Elias Ferreira.

Suely Guilherme entrega cartão a uma das beneficiadas

A partir de janeiro, mais quatro mil famílias serão contempladas com os cartões. "O nosso município está garantindo que as famílias mais carentes tenham o mínimo para sobreviver. Além disso, o programa vai fazer com que a renda seja distribuída também entre os comércios, fomentando a economia local", afirma Suely Guilherme, coordenadora do Gira Renda.

José Alves de Lima, chefe de gabinete do prefeito Darci Lermen, entrega cartão a uma das beneficiadas 

A iniciativa do programa foi do prefeito Darci Lermen, que desde o seu segundo mandato, vem trabalhando para que o Gira Renda saísse do papel. Retomado em 2017, levou dois anos de planejamento e trabalho, até que em maio deste ano, começou a cadastrar as famílias de Parauapebas. "Estamos muito felizes em poder contribuir para o desenvolvimento das pessoas e da economia do nosso município", declara o prefeito que afirma ainda que o programa continuará beneficiando mais famílias em 2020.

"As famílias beneficiadas pelo Gira Renda serão acompanhadas para garantir que a política pública de desenvolvimento social seja implementada de forma completa", declara Jorge Guerreiro, secretário municipal de assistência social. Dentre os beneficiados está a dona de casa Edileuza de Oliveira. Feliz com o crédito recebido ela comemora. "Este é um presente que vale pelo natal e ano novo e eu só tenho a agradecer", diz a dona de casa.

Girlan Pereira, Coordenador Especial de Trabalh Emprego e Renda -CETER, de Parauapebas (camisa cinza) 

Para Girlan Pereira, coordenador especial da CETER, o Crédito Gira Renda é uma excelente iniciativa do governo, pois ajuda a impulsionar a economia entre as classes mais pobres do município. “O Gira Renda veio em um grande momento, pois ajuda a levar mais desenvolvimento às classes mais pobres do nosso município. Com certeza é uma grande iniciativa do governo”, frisou.

Sobre o Programa Crédito Gira Renda:  

O Gira Renda é um cartão de crédito no valor de 100 reais que será entregue às famílias beneficiadas para que elas possam adquirir alimentos de primeira necessidade, em comércios de pequeno e médio porte previamente cadastrados. Nesse primeiro momento, mais de 150 estabelecimentos, do campo e da cidade, já integram a rede credenciada.

Mil famílias recebem benefício. Em janeiro de 2020 mais 4 mil devem ser beneficiadas

Com informações da ASCOM-PMCC

Fotos: Lucas Dias

 

 

O SEBRAE- Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, inaugurou na noite de ontem,10, sua nova sede, mais moderna e totalmente reformulada para atender com excelência seus clientes, é uma das primeiras agências a seguir o novo padrão do SEBRAE nacional.

Empreendedores e representantes do SEBRAE estiveram presentes na cerimônia de inauguração

 

O evento contou com a presença de representantes do poder público do município, classe empresarial, além de representantes do SEBRAE dos municípios de Curionópolis e Canaã dos Carajás e Eldorado do Carajás, cidades que também serão atendidas pela agência.

Na ocasião, o empresário Ruben Souza recebeu a placa de Mérito do Registro de Marca de sua empresa, a Infofast Cursos profissionalizantes, que é atendida pelo Sebrae.

Fabrizio Guaglianone, Diretor Técnico do Sebrae no Pará

Fabrizio Guaglianone, Diretor Técnico do Sebrae, em entrevista, disse que além do espaço, a agência vem com uma nova linha de ação junto às empresas, que serão implementadas com o intuito de otimizar os resultados e geração de negócios. “Nossa sede na região agora é um espaço mais moderno, onde o empresário poderá usar como um local de Coworking. Além da reformulação do espaço, estamos trazendo também uma grade nova de soluções técnicas, que serão implementadas com os empresários atendidos pelo SEBRAE. Estas são medidas tomadas no intuito de potencializar o relacionamento dos nossos clientes com seus parceiros e também conosco, para que eles possam chegar ao objetivo maior do SEBRAE, que é gerar negócio. O empresário faturando mais, ele tem condições de contratar mais pessoas e investir mais e isso gera desenvolvimento para o município e para o estado. Ficamos muito felizes em entregar mais essa regional, uma das mais modernas do estado com foco em desenvolver Parauapebas e toda a região”, disse.

O Diretor-superintendente, Rubens Magno, não pôde estar presente no evento, porém deixou um vídeo gravado onde fala do novo momento do SEBRAE na mesorregião sudeste do Pará. “Nosso maior objetivo é ver a região desenvolver, alavancar a economia dos municípios e consequentemente gerar desenvolvimento para o estado”, disse.

Raimundo Nonato de Oliveira, Gerente do SEBRAE região Carajás II

O gerente do SEBRAE, Raimundo Nonato de Oliveira também falou à reportagem que a agência do  SEBRAE, região Carajás II, é uma das primeiras a seguir o  novo padrão de Agência do SEBRAE Nacional. “Apesar de termos demorado um pouco a padronizar a nossa agência, estamos entre as primeiras agências a aderir ao novo padrão do SEBRAE nacional”.

Sobre os benefícios que a nova agência trará aos usuários, Raimundo explica que o espaço além de confortável, tornou-se mais interativo e tecnológico, com Wifi, espaço para reuniões, salas de aula e outros.  “Além de oferecer um espaço mais confortável aos clientes foi desenvolvido para ser mais interativo, que permite um melhor contato conosco e a realização de reuniões entre os empresários e seus parceiros, por exemplo”, frisou.

Representando o poder público municipal estiveram o professor  José Alves de Lima, chefe de gabinete do prefeito, Euler Ronny dos Santos, presidente da CDL e secretário adjunto da Secretaria de Desenvolvimento-SEDEN (Foto).

Representantes do poder público e judiciário frisaram a importância da atuação do SEBRAE no município e o quanto a agência vem contribuindo na orientação e suporte aos micro e pequenos empreendedores da região. Euler dos Santos, secretário adjunto da SEDEN, enfatizou a atuação da Sala do Empreendedor que tem também contribuído, em parceria com o SEBRAE, com a classe empreendedora, que vem crescendo na região. 

Nova agência ocupa uma área de  540 m² traz mais conforto e atendimento diferenciado aos usuários 

A nova agência localiza-se na rua E, número 389, bairro Cidade Nova, Parauapebas.

(Ingrid Cardoso)

Rafael Ribeiro, ex-vereador e atual coordenador da CMJ- Coordenadoria Municipal da Juventude, comemorou seus 26 anos ao lado de familiares e comunidade parauapebense, no último domingo, 01, no bairro Vila Rica. A festa iniciou ao meio dia e contou com a presença de cerca de mil pessoas, entre familiares, amigos e demais membros das comunidades Parauapebas.

Rafael Ribeiro agradeceu a todos que comemoraram junto com ele um momento muito especial, seu aniversário de 26 anos de idade 

Com direito a churrasco, torneio de futebol e muita diversão, Rafael Ribeiro recebeu o carinho e felicitações de todos que estiveram comemorando este dia especial ao seu lado. “Agradeço a todos que se fizeram presentes em meu aniversário. Me sinto muito feliz em receber todo esse carinho das pessoas de Parauapebas, cidade onde nasci e fui criado com muito orgulho posso dizer sou filho de Parauapebas”, declara Rafael Ribeiro.

Um torneio de futebol foi organizado por amigos de Rafael Ribeiro

 

Rafael comemorou seu aniversário em um clube, no bairro Vila Rica , ao lado de familiares, amigos e comunidade

A tarde de domingo foi de muita diversão para todos os presentes

Cerca de mil pessoas se fizeram presentes no evento 

(Da redação)

Promovido pelo Colégio Sophos, o I Bike Sophos foi realizado no último sábado, 30, e reuniu alunos, professores, demais membros da comunidade escolar e ciclistas de Parauapebas em um grande passeio ciclístico pela cidade. 

O evento, além de promover saúde, sorteou entre os ciclistas, duas bicicletas e duas bolsas de estudos de 50% nas mensalidades do ano de 2020.

O passeio ciclístico reuniu dezenas de pessoas num percurso de 12km

Os participantes se concentraram às 07 horas no Colégio Sophos e saíram às 08 horas, após o café da manhã, percorrendo um percurso de 12km. O evento, que contou com a parceria do Colégio Sophos,  Unama EAD, Bike Show e  Sports Center, foi considerado um grande sucesso.

Diretora Pedagógica, Rosa Virginia Peixoto Alves, Waldir da Bike Show e professor de educação física e idealizador do I Bike Sophos, Marco Antônio entregam premiação ao aluno Huhann Carlos Souza Alvez 

Borges foi contemplado com uma das bicicletas do sorteio e recebe prêmio dos organizadores do evento 

O ciclista, Borges ganhador de uma das bicicletas disse que o evento foi muito bom e agradeceu aos realizadores pela iniciativa. “Ganhei mais este prêmio, só tenho a agradecer ao pessoal da Bike Show e do Colégio Sophos pelo grande evento, foi muito bom”, comemorou o ciclista.

Foto oficial do primeiro Bike Sophos

João Cunha Neto, Diretor de ensino e professor, Marco Antônio comemoram a realização do I Bike Sophos 

Página 1 de 77
Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink