Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

Segunda-feira, 25, das 8h às 14h, a Coordenadoria de ISTs, da Secretaria de Saúde do Estado do Pará, fará um plantão nos portos de Belém, para oferecer  exames/testes à população que chega à cidade em barcos, vindos de regiões em que o acesso a exames e tratamento pode ser mais difícil.  Testes para Hepatite C, HIV e outras  ISTs serão oferecidos gratuitamente. Os casos identificados serão encaminhados para tratamento.  A campanha Rios de Prevenção tem apoio da Sociedade Brasileira de Hepatologia:

Os testes serão feitos nos seguintes locais: 

  • Porto do Mercado VER-O-PESO;
  • Terminal Hidroviário de Belém;
  • Cais do Porto Ilha de Cotijuba;
  • Cais do Porto Ilha do Combu;
  • Ilha de Marajó (Estratégia de saúde da família - Bairro Novo; Estratégia de saúde da família da Matinha; Estratégia de saúde da família do Tucumanduba e Estratégia de saúde da família do Pacoval). 

A Hepatite C  tem cura. É uma doença de evolução lenta e silenciosa e seus sintomas se manifestam quando em estágio avançado. O teste é rápido e o tratamento pode ser fornecido gratuitamente pelo sistema público de saúde, mediante prescrição médica.

(Fonte: SPMJ-Comunicação)

           “Qualidade do produto e atendimento têm tudo a ver com o turismo”, diz técnica da Setur"

Dando continuidade ao trabalho de qualificação profissional para o desenvolvimento do turismo de Parauapebas, o Departamento Municipal de Turismo (Detur) realiza cursos de capacitação que agregam conhecimento à população.

No curso de panificação, 22 alunos – mulheres, em sua grande maioria - colocaram a mão na massa durante uma semana e provaram que valeu a pena todos os ensinamentos. Degustação de rosca, cuca, sonho e uma infinidade de pães com os mais variados sabores marcaram o encerramento do curso da última sexta-feira, 12.  

Futuramente, a turma receberá outra capacitação na área de panificação, dessa vez voltada especificamente para a culinária paraense. “A expectativa era uma, e no momento do curso a expectativa triplicou de forma produtiva. Agradeço ao Detur por esse incentivo, por buscar uma qualificação e transmitir isso pra nós, porque sem qualificação não chegamos a lugar nenhum. É uma visão muito empreendedora da prefeitura de qualificar os moradores”, reconheceu Elisama Saraiva, aluna do curso de panificação. 

“Nosso objetivo é qualificar a comunidade local. O Departamento de Turismo não pode estar em todos os cantos, mas a população sim. Está na panificadora, no restaurante, está em qualquer lugar que o turista possa estar e a qualidade do produto e o atendimento têm tudo a ver com o turismo”, afirmou a técnica de Planejamento e Gestão em Turismo da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), Edime Silva.

O coordenador do Detur, Marcos Alexandre, atenta que a panificação está inclusa no eixo da gastronomia e nada mais justo do que qualificar também os profissionais que atuam no setor gastronômico do município. “Já está em planejamento a segunda fase de um curso de panificação que será um aperfeiçoamento com produtos regionais. Para esse não haverá processo de inscrições, pois será direcionado especificamente para essa turma. Nossa ideia não é simplesmente oferecer um curso, mas sim qualificar e acompanhar”, destacou Alexandre.

 

COZINHA BRASIL

Cerca de 100 pessoas das zonas urbana e rural do município foram qualificadas na manipulação de alimentos, elaboração de um cardápio equilibrado e barato, dicas de cuidado no preparo da comida, hábitos alimentares saudáveis, com a prática de cinco receitas que foram degustadas pelos participantes. Tudo sob a orientação da nutricionista Sheyse Lira, do programa Cozinha Brasil do Sesi.  

Além de receitas fáceis e saborosas na cartilha distribuída pelo programa, os alunos também aprendem a escolher os alimentos por seu valor nutritivo, a aproveitar integralmente os produtos, reduzindo o desperdício; a preparar refeições observando a limpeza e conservando o sabor e os nutrientes; a consumir alimentos em quantidade e condições de higiene adequadas.É a primeira vez que o Cozinha Brasil ocorre na zona rural do município.

“Nós precisamos desses incentivos; é muito bom receber conhecimento. Hoje aprendi sobre os nutrientes dos alimentos e a função de cada um e a necessidade de cuidar da saúde com uma boa alimentação”, declarou Núbia Bezerra, participante do curso e moradora da APA do Gelado, onde 40 pessoas participaram do Cozinha Brasil.

Para Leila Carvalho, aprender sobre a higienização e quantidade certa dos alimentos foi fundamental. “Conhecimento liberta a gente. Essa iniciativa da prefeitura é fantástica. Com esse conhecimento não vou fazer mais nada errado na hora de higienizar os alimentos”, assegurou a participante do curso na zona urbana.    

 

(Reportagem de Liliane Diniz http://www.parauapebas.pa.gov.br)

 

Assessoria de Comunicação - Ascom | PMP

A Gestão do Trabalho da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), em parceria com a Secretaria Estadual de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), iniciou na segunda-feira, 18, um ciclo de capacitações envolvendo os técnicos do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), do Programa Criança Feliz e do Cadastro Único.

Ministradas pela técnica da Seaster Carmem Suely, as capacitações foram sugeridas pelas equipes dos programas junto à Gestão do Trabalho. “A capacitação do Peti foi uma solicitação da equipe e teve o objetivo conhecer melhor o programa, pensar a respeito das ações estratégicas e ver o que é preciso fazer para desenvolver e melhorar”, destacou a coordenadora da Gestão do Trabalho, Celice Goes.

No caso do Programa Criança Feliz, que foi implantado há pouco tempo em Parauapebas, a coordenadora informou que, por ser uma equipe nova e o programa ter passado por uma reformulação este ano, havia a necessidade de todos passarem por essa capacitação.

CALENDÁRIO

A capacitação do Peti ocorreu nos dias 18 e 19, do Criança Feliz começou na terça-feira, 19, e vai até amanhã, 22, e a do Cadastro Único será entre os dias 26 e 29 deste mês.

A capacitação do CadÚnico foi solicitada pela equipe do próprio cadastro junto a Seaster e terá como público-alvo os entrevistadores e técnicos das unidades dos Cras e Creas, que ampliarão seus conhecimentos acerca do sistema, das peculiaridades e características do programa.

(Reportagem de Antonio Fernandes / Semas/ http://www.parauapebas.pa.gov.br/ )
Assessoria de Comunicação - Ascom | PMP

A Petrobras anunciou hoje (21) redução de 1,1% no preço da gasolina em suas refinarias. A partir de amanhã (22), o litro do combustível será vendido pela estatal por R$ 1,8634, 2 centavos a menos do que o R$ 1,8841 cobrado hoje.

Desde o dia 9 de junho, quando foi anunciado o último aumento no preço, a Petrobras tem mantido ou feito reduções no valor do combustível. No mês, a gasolina acumula queda de 5,27%, ou seja, de 10 centavos.

(Reportagem de Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil) 

Na véspera do último dia da campanha nacional de vacinação contra a gripe, 8,6 milhões de brasileiros ainda não tinham se vacinado, de acordo com o Ministério da Saúde. Apesar do prazo ter sido prorrogado até sexta, dia 22 de junho, a meta do Ministério da Saúde de ter 54, 4 milhões de pessoas vacinadas não foi alcançada.

O governo recomenda que municípios que tenham estoque ampliem a vacinação também para crianças de cinco a nove anos de idade e aos adultos de 50 a 59 anos (veja abaixo qual é o público-alvo atual).

Entre o público alvo que ainda precisava ser alcançado, 3,6 milhões são crianças com menos de cinco anos. O Ministério da Saúde informou que já registrou 44 mortes de crianças nesta faixa etária por complicações relacionadas à gripe neste ano. O número é mais que o dobro do mesmo período do ano passado, quando foram 14 óbitos.

                                                         Cobertura vacinal - público alvo
                                                           Em percentual (%); meta é ter 95%
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Quem deve ser vacinado

A vacina contra a gripe é indicada por pessoas em maior risco de transmissão (como profissionais da saúde) ou pessoas com maior possibilidade de desenvolver complicações mais graves (como é o caso de idosos). Os grupos são:

  • Professores da rede pública e privada;
  • Profissionais de saúde;
  • Crianças entre 6 meses e cinco anos (estão com a menor cobertura);
  • Gestantes;
  • Mulheres com parto recente (com até 45 dias);
  • Idosos a partir de 60 anos;
  • Povos índigenas;
  • Portadores de doenças crônicas;
  • População privada de liberdade (inclui funcionários do sistema prisional e menores infratores).

Alerta sobre a cobertura

Para o Ministério da Saúde, a baixa cobertura registrada até o período "acendeu um alerta". A preocupação, segundo a pasta, é com o inverno, período considerado de maior circulação do vírus da gripe.

A região Sudeste tem menor cobertura vacinal contra a gripe até o momento, com 77,2%. Em seguida estão as regiões Norte (78,4%), Sul (84,8%), Nordeste (89,3%) e Centro-Oeste com a melhor cobertura, de 96,5%. Entre os estados, Goiás, Amapá, Distrito Federal, Ceará, Espírito Santo, Tocantins, Maranhão, Paraíba, e Alagoas possuem cobertura vacinal contra a gripe acima de 90%. Os estados com as taxas mais baixas de vacinação contra a gripe são Roraima, com 60,4% e Rio de Janeiro, com 62,4%.

Cobertura vacinal

Estado Doses distribuídas Público-alvo Cobertura vacinal
RO 428.600 389.605 79,9
AC 239.200 217.406 74,93
AM 1.130.200 1.027.397 73,63
RR 219.400 181.240 60,46
PA 2.063.000 1.875.150 78,7
AP 195.400 177.555 99,6
TO 406.600 369.567 90,88
MA 1.858.500 1.689.524 90,14
PI 888.900 808.005 86,91
CE 2.515.300 2.286.580 95,36
RN 967.400 879.430 88,58
PB 1.176.700 1.069.715 90,78
PE 2.639.300 2.399.361 89,68
AL 866.700 787.908 91,92
SE 562.700 511.525 85,94
BA 4.013.600 3.648.652 85,08
MG 6.153.100 5.593.649 89,36
ES 1.060.400 963.932 94,13
RJ 5.007.600 4.552.323 62,47
SP 13.808.000 12.552.136 76,06
PR 3.467.900 3.152.607 87,64
SC 2.058.400 1.871.189 86,72
RS 4.015.800 3.650.691 81,37
MS 811.200 737.395 84,89
MT 850.500 773.158 89,25
GO 1.812.600 1.593.242 105,57
DF 788.500 706.988 96,84
BRASIL 60.005.500 54.465.930 83,11

 

Total de casos e mortes

Segundo boletim que contabilizada dados até 16 de junho, foram 3.122 casos de influenza em todo o país, com 535 mortes. Do total, 1.885 casos e 351 mortes foram por H1N1. Em relação ao vírus H3N2, foram 635 casos e 97 mortes. Houve ainda 278 registros de influenza B, com 31 mortes e outros 324 registros de influenza A não subtipado, com 56 mortes.

A taxa de mortalidade por influenza no Brasil está em 0,26% para cada 100 mil habitantes. Em 73,5% houve, pelo menos, um fator de risco para complicação, tais como cardiopatias, diabetes e pneumopatias.

 

(Fonte: G1)

Iniciou hoje quinta-feira (21), às nove horas da manhã a campanha “Marque um Gol pela a vida! Nesta Copa, seja você um campeão”, promovida pelo Departamento Municipal de Trânsito e Transportes (DMTT), por meio do Núcleo de Educação para Trânsito (NET).

A campanha tem o intuito de prevenir quaisquer possíveis acidentes durante os jogos do Brasil na Copa do Mundo e por esse motivo a equipe do NET está realizando blitzen educativas de orientação aos torcedores, para que quando curtirem os jogos do Brasil não se descuide da segurança no trânsito.

Milton Lima 

Em entrevista com o coordenador do NET, Milton Lima falou sobre a motivação desses serviços de orientação aos motoristas. “Nossa principal preocupação são que os torcedores que extrapolam muito durante os jogos da Seleção Brasileira, independente do resultado, muitos saem pelas ruas depois dos jogos e é nesses momentos que muitos acidentes podem acontecer”, disse.

Já a motorista Maria falou sobre a importância dessa campanha para os cidadãos. “É um grande incentivo para todos aderirem uma postura correta no trânsito, como: não dirigir alcoolizado; não ultrapassar a faixa de pedestre e respeitar sempre os sinais de trânsito. Com essas atitudes podemos ajudar a prevenção de acidentes”, finalizou.  

Segue a programação da campanha:

21 de junho (Quinta-feira)

Local: Rua E com rua 11

Horário: 9 às 11 horas.

Dia 25 de junho (Segunda-feira)

Local: Aeroporto e Núcleo Urbano de Carajás

Horário: A partir das 8h30

27 de junho (Quarta-feira)

Local: Av. Liberdade com rua São Francisco

Horário: 9 às 11 horas.

 

(Da redação)

O sudeste do Pará recebe o 2º Fórum de Municipalização de Trânsito, que ocorre nos próximo dias 25 e 26, no Carajás Centro de Convenções, em Marabá. O objetivo do encontro é debater a municipalização no trânsito e seus benefícios. Promovido pelo Departamento de Trânsito do Estado (Detran) e Ministério Público do Estado (MPE), o evento discute o tripé educação para o trânsito, fiscalização e engenharia, considerado a base de uma boa gestão. As inscrições podem ser feitas a partir desta sexta-feira (8), no site do MPPA.

“Com a municipalização, o Detran pode auxiliar o município a partir do momento em que ele se compromete com sua estruturação, com apoio em educação, fiscalização, engenharia e tecnologia”, diz a diretora geral do Detran, Andrea Hass. A programação conta com debates sobre educação, fiscalização e engenharia de trânsito.

O Fórum visa enfatizar aos prefeitos e demais representantes municipais a importância da municipalização e seus benefícios futuros, além de apresentar o passo a passo para implantação, para que as cidades possam assumir a responsabilidade no gerenciamento do trânsito. Cabe ao gestor definir o gerenciamento mais adequado à realidade da sua região e como aplicar as ferramentas disponíveis, de acordo com as diretrizes do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e as normas do Conselho Nacional (Contran).

A inserção dos municípios no Sistema Nacional de Trânsito (SNT) foi uma das principais inovações do atual CTB. As competências dos órgãos e entidades executivas de trânsito dos municípios estão estabelecidas no Artigo 24, sendo necessária, entretanto, que ocorra a integração formal ao SNT, conforme determina o Contran, e de acordo com o estabelecido no parágrafo 2º, do Artigo 333 do CTB.

Conscientização – Nessa área de atuação, sempre buscando melhorias para o trânsito nos municípios do Estado, os promotores de Justiça têm procurado sensibilizar os prefeitos e órgãos de trânsito municipais a não somente estruturar no papel o funcionamento, mas criar uma estrutura física que possa dar eficiência ao trânsito e ao trabalho de fiscalização.

Como medidas extrajudiciais os membros do Ministério Público expedem recomendações e assinam termos de ajuste de conduta com as prefeituras para que o trânsito seja municipalizado. Há também ações judiciais, como a ação civil pública, que tem sido interposta pelo MPE para obrigar os municípios a fazerem a municipalização.

O promotor de Justiça e coordenador do Centro de Apoio Operacional Constitucional, Marco Aurélio do Nascimento, destaca que o objetivo do Fórum é sensibilizar os municípios que ainda não estão municipalizados para que possam se municipalizar. “Queremos também incentivar aqueles que já estão municipalizados, para que trabalhem a questão da eficiência da fiscalização e que se dê a estrutura necessária para ess trabalho”, frisa.

A atuação conjunta entre Ministério Público e Detran pela municipalização reflete diretamente na saúde, uma das principais preocupações do MP. O número de acidentes envolvendo motocicletas e automóveis faz com que grande parte dos leitos hospitalares sejam preenchidos por vítimas do trânsito. “Nos Hospitais Regionais do Estado isso é mais marcante. Um elevado percentual de pacientes são vítimas de acidentes de trânsito, que permanecem por um longo período no hospital”, enfatiza Marco Aurélio.

Etapas – Dos 144 municípios do Pará, somente 54 têm o trânsito municipalizado. Para a efetiva municipalização e a adesão do município ao SNT, o Contran estabeleceu, por meio da Resolução 560/ 2015, que devem ser criados mecanismos capazes de exercer cinco grandes funções: fiscalização de trânsito, educação de trânsito, engenharia de tráfego, controle e análise de estatística e julgamento de recursos administrativos contra penalidades aplicadas, com a constituição de uma Junta Administrativa de Recursos de Infrações (Jari).

Mesmo com a municipalização, permanecem sob a responsabilidade do Detran questões relacionadas aos condutores, como formação, emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), permissão para dirigir e Renach, e a veículos automotores, como registro, licenciamento, documentação e Renavam.

Serviço: As inscrições para o II Fórum de Municipalização de Trânsito podem ser feitas aqui, até o próximo dia 22.

 

Texto: Assessorias de Comunicação do Detran/Pa e do MPPA 

 
 



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) vai realizar, na próxima quarta-feira, dia 27 de junho, o evento ‘Goleada da Filiação”. A iniciativa é mais uma etapa do projeto “Defesa da Filiação nas Escolas Públicas de Belém”, desenvolvido pelas 7º e 10º Promotorias de Família da instituição, em parceria com escolas e cartórios de registro civil Belém.

A iniciativa visa assegurar às crianças e adolescentes o direito à paternidade e o direito de conhecer suas raízes, ao conscientizar mães e pais sobre a importância e o direito que toda criança e adolescente têm, de verem declarada a paternidade em seu registro civil de nascimento. Também tem a finalidade de sensibilizar os pais e supostos pais de crianças e adolescentes, sobre a importância emocional e social da paternidade responsável.

Segundo a titular da 7º Promotoria de Justiça de Família, Nazaré Abade, a ideia é trabalhar o conceito de paternidade responsável, junto aqueles que registram a crianças em seus nomes. Neste evento, a ênfase maior será para a parceria com os cartórios.

Segundo Nazaré Abade, foram distribuídos 350 convites a mães de crianças que tem apenas o sobrenome materno em seus registros civis de nascimento.

Apesar da distribuição dos convites, a promotora explica que qualquer pessoa que esteja interessada em fazer a declaração da paternidade, seja ela biológica ou socioafetiva, de qualquer tipo de união (estável ou não), hetero ou homoafetiva, pode comparecer no dia do evento, munido da certidão da criança ou adolescente, e de documentos pessoais do interessado RG, CPF e comprovante de residência.  

No dia do evento também vão haver palestras informativas sobre os riscos e desvantagens da gravidez na adolescência; investigação de paternidade; guarda; ação de alimentos gravídicos, e sobre o provimento nº 63/2017, do Conselho Nacional de Justiça, que regulamentou os mais diversos casos de reconhecimento de paternidade, incluindo aqueles feitos sob a ótica socioafetiva.

Serviço: evento ‘Goleada da Filiação'

 Data: 27 de Junho (quarta-feira)

Hora: 8h às 13h

Local: auditório das Promotoria da Infância e Juventude, na rua João Diogo nº 85, No bairro Cidade Velha.   

Desde o dia 5 deste mês, Semma percorre Parauapebas com ações que motivam crianças, jovens e adultos a zelar pela natureza 

Um dos grandes desafios da sociedade moderna é a busca do desenvolvimento sustentável, é garantir o crescimento econômico. Pensando nisso, a Secretaria Municipal do meio Ambiente (Semma) deu início no dia 5 deste mês - data em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente - a programação da 23ª Semana do Meio Ambiente, cujas atividades têm ido muito além de apenas sete dias. 

A 23ª Semana do Meio Ambiente traz como tema “Eco-Sustentabilidade: juntos somos campeões” e vem envolvendo a população com atividades socioambientais e educativas que visam despertar consciência crítica e gerar mudança de hábitos que contribuam com a preservação do meio ambiente. 

 

ATIVIDADES JÁ REALIZADAS E QUE ESTÃO EM ANDAMENTO

  • Abertura com recuperação de espécies arbóreas 

No dia 5, jovens ambientalistas participaram da abertura da programação marcada pelo plantio de mudas da espécie pau-preto (Cenostigma tocantinum) na PA-275, próximo à rua 5, no bairro Cidade Nova. A iniciativa deu continuidade ao trabalho da Semma de recomposição das espécies.  

“É muito gratificante contribuir desta forma, ainda mais porque não é apenas plantar as mudas. Temos a partir de agora a responsabilidade de cuidar delas, monitorar para que elas cresçam e se tornem lindas árvores”, declarou o estudante Mathias Henrique. 

  • Minicursos 

Nos dias 7, 8 e 9 foram realizados quatro minicursos: Identificação botânica, Introdução às técnicas fotográficas da natureza, Introdução às técnicas de gerenciamento de software Arcgiz e Recuperação de áreas degradadas. As aulas teóricas e práticas contaram com a parceria da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) e do Parque Zoobotânico Vale (PZV). 

  • Blitzen Educativas 

Com o apoio dos jovens ambientalistas, blitzen educativas foram realizadas em três pontos da cidade: na Feira do Produtor (rodovia Faruk Salmen, bairro Novo Horizonte), na rua E esquina com a rua 10, na Cidade Nova, e na Praça da Cidadania, no bairro Rio Verde. A ação foi realizada simultaneamente nesses pontos no dia 8 e consistiu em abordar a população e alertar sobre os cuidados com o meio ambiente.

  • Eco Cine  

De 11 a 14 deste mês, mais de 300 crianças de oito escolas da educação infantil participaram do projeto Eco Cine. Elas receberam orientações importantes sobre como podem cuidar do meio ambiente. “Elas repassam as informações que recebem para outros colegas e familiares. Já crescem com essa preocupação, e isso é fundamental. Esses aprendizados contribuem para a formação de cidadãos mais conscientes”, disse Cleiton Sá, coordenador do Centro de Educação Ambiental (Ceap). 

Além das sessões de cinema, as crianças acompanharam os contos de histórias infantis com temáticas ambientais. “Eu aprendi a cuidar da natureza, que temos que plantar árvores e não poluir”, assimilou a aluna Ana Maia, da Escola Doroty Stang.

  • Ação de Proteção de Nascentes  

No dia 15, uma equipe técnica da Semma foi até a Vila Sanção para orientar estudantes e produtores rurais sobre os meios de preservar as nascentes. Diego Almeida, coordenador de áreas verdes ressaltou a importância desta atividade. “Há uma preocupação com a proteção de nossas nascentes e é importante a gente falar sobre essa questão.   É explicar as vantagens em proteger para poder usar os recursos naturais com consciência e por muito mais tempo”.  

  • Circuito Ecológico  

Na manhã de domingo, 17, foi realizado o Circuito Ecológico, um tradicional passeio ciclístico que reuniu 150 ciclistas que saíram do aeroporto de Carajás, desceram a serra pela Raimundo Mascarenhas e seguiram até a Praça de Eventos. No local, foram realizados vários sorteios de brindes, como ecobags e copos temáticos, que reforçaram a utilização de objetos sustentáveis no nosso dia a dia. Houve ainda sorteio de uma bicicleta para incentivar ainda mais a prática do esporte. 

  • Ação Socioambiental 

Na segunda-feira, 18, a Semma começou a realizar Ações Socioambientais em vários pontos da cidade, iniciando no Cedere I. Nesta terça-feira, 19, a ação foi ao bairro Rio Verde, na Praça da Cidadania. Nesta quarta, 20, será na Vila Paulo Fonteles e, na quinta-feira, 21, no bairro Nova Carajás. Essas ações levam de forma itinerante atividades ligadas ao meio ambiente, como oficinas, exposições, distribuição de mudas frutíferas e apresentações culturais.

  • Encerramento  

O encerramento da 23ª Semana do Meio Ambiente será realizado no próximo sábado, dia 23, a partir das 16 horas, no estacionamento do Partage Shopping. A programação contará com a escolha da miss natureza, apresentações culturais e exposições de empresas e parceiros. 

Para o secretário de Meio Ambiente, Dion Leno, o ponto chave da programação é fazer com que a comunidade adquira hábitos mais sustentáveis cuidando melhor do meio em que vive. “Quando elaboramos a programação pensamos em desenvolver atividades educativas para despertar a consciência nas pessoas, principalmente dos jovens. Assim, formando cidadãos mais responsáveis com o meio ambiente. Esse é o melhor investimento para uma sociedade que quer crescer e ter uma boa qualidade de vida”, defendeu o secretário. 

 

 

 

(Reportagem de Anne Costa/http://www.parauapebas.pa.gov.br/)

Assessoria de Comunicação - Ascom | PMP

Devido à Necessidade de regularização para os empresários que trabalham no setor do Polo Moveleiro a Secretaria Municipal de Municipal de Meio Ambiente (Semma) em conjunto com Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) promoveu na tarde desta quarta-feira uma capacitação para técnicos, consultores e empresários do setor moveleiro de Parauapebas.

A capacitação visa incentivar o licenciamento ambiental do setor, bem como promover a legalização dos empresários para que os mesmos trabalhem  de forma sustentável  e dentro da lei.

O foco principal do treinamento é destacar a importância do Sistema de Cadastro de Consumidores de Produtos Florestais (CEPROF), sistema que tem como objetivo auxiliar e controlar a comercialização e o transporte de produtos florestais no Estado.

Secretário de Meio Ambiente, Dion leno

Para o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Dion Leno, a palestra irá esclarecer dúvidas tanto da equipe da Semma quanto dos profissionais do ramo moveleiro. “A Semma tem o papel de licenciar todas as atividades moveleiras no município e essa palestra ira trazer mais informações para os consultores e empreendedores que querem licenciar a sua atividade”, diz o secretário.

 

O presidente da Cooperativa da Indústria Moveleira e Serradores de Parauapebas (COOPMASP), Sergio Ferreira destacou a importância da capacitação para a classe. “Primeiramente por que nós estamos vendo a presença do Estado neste evento de grande  importante para todos os moveleiros”, finalizou Sergio.

(Reportagem: Fernando Bonfim)

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_UNAMAgk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2018gk-is-100.jpglink