Técnicas sociais da Sehab se reúnem com representantes do Banco do Brasil em São Paulo

Técnicas sociais da Sehab se reúnem com representantes do Banco do Brasil em São Paulo Foto: Arquivo Sehab

As obras do Residencial Nova Carajás IX estão a todo vapor. Para dar sequência às atividades relacionadas ao empreendimento e tratar da questão social do projeto, as assistentes sociais da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab), Letícia Rossy, Roseliana Brito e Leonora Ferreira estiveram na sede do Banco do Brasil, em São Paulo, no dia 7 de novembro.

Elas foram recebidas pela diretora da Divisão de Condução Faixa I e do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), Jaqueline Lourenço; pela gerente do Setor de Entrega e Pagamento Social, Cristina Akemi; pela responsável por Análise dos Processos, Líbia Barreiros; pela assessora de Engenharia e Arquitetura, Vivien Hilal, e pelo engenheiro Adriano Luiz.

“O banco elogiou o trabalho que está sendo desenvolvido pela Sehab, principalmente no que se refere à qualidade dos dossiês da demanda social enviados para análise. Toda dinâmica adotada é referência para o Brasil, conforme dito pela equipe da instituição. Ouvir isso nos motiva ainda mais a seguir dando nosso melhor”, destaca a assistente social, Leonora.

O residencial faz parte do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), por meio do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) do Governo Federal, tendo como instituição financeira o Banco do Brasil. O empreendimento é destinado a atender 1.194 famílias de menor renda do município.

Visita técnica

No dia 8 de novembro, as assistentes sociais da Sehab visitaram a equipe da Secretaria de Habitação de São Paulo. O objetivo foi conhecer a dinâmica de execução do Trabalho Técnico Social nos projetos habitacionais, nas modalidades do Minha Casa Minha Vida (PMCMV), Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e Fundo de Arrendamento Residencial (FAR).

A coordenadora de Trabalho Social, Mariana Melo, acompanhada pela assistente social, Suelma Alves, explicou que o setor é o responsável por planejar, orientar, coordenar, estabelecer diretrizes, acompanhar, avaliar e operacionalizar o trabalho social no âmbito das ações e programas da secretaria, exceto no que se refere às ações de regularização fundiária.

Para o governo municipal, a troca de experiências com a equipe de São Paulo reafirma a importância social da habitação para a garantia de direitos. Além disso, o intercambio é estratégico para o desenvolvimento de uma política municipal de habitação inclusiva e responsável. 

 

Assessoria de Comunicação - Ascom/PMP

Avalie este item
(0 votos)
Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink