Supremo autoriza inquérito contra Michel Temer

O ministro Edson Fachin, relator da operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou, no início da tarde de quinta-feira (18), abertura de inquérito para investigar o presidente da República Michel Temer, atendendo a pedido de investigação feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

A partir de agora, Michel Temer passa a ser formalmente investigado na operação Lava Jato. A decisão veio um dia após a divulgação da delação feita por Joesley Batista, um dos donos da empresa JBS, à PGR e que mostra gravações nas quais Temer dar aval para “comprar o silêncio” do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

 

(Com informações do UOL)

Avalie este item
(0 votos)
Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Tticorodapeeegk-is-100.pnglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/PMPgk-is-100.jpglink