Semana da Saúde Visual movimenta Canaã dos Carajás

O recém-inaugurado Centro de Formação de Servidores recebeu centenas de pessoas nesta segunda e terça-feira (3,4). A Semana de Saúde Visual veio para Canaã com o objetivo de promover um mutirão de atendimentos oftalmológicos no município para pessoas carentes. O ato acontece por meio de uma parceria entre o Governo do Estado, o hospital B’Nai Shalom Mashiach, o Lions Clube de Canaã, a APAE e conta também com o apoio do vereador Junior Garra.
 
Os atendimentos acontecerão durante toda a semana. Somente nos dois primeiros dias, centenas de pessoas foram atendidas e encaminhadas, nos casos necessários, para a consulta com o médico oftalmologista na próxima semana. A expectativa é que até o fim da próxima semana milhares de pessoas passem pela triagem dos profissionais do hospital, pela consulta médica e tenham os seus problemas oculares devidamente resolvidos.


 
O palestrante e membro do hospital, Leonardo Ferreti, falou sobre o ato: “Esta é uma semana de atendimentos oftalmológicos que acontece em regiões que as pessoas têm certa dificuldade em atendimentos clínicos, geralmente por motivo financeiro ou por logística. O hospital BSM é referência em oftalmologia e já atendeu, aproximadamente, 80 mil pessoas aqui no estado do Pará. O hospital tem sede em São Paulo, mas vamos inaugurar em breve uma filial em Belém. Provavelmente atenderemos 500 cirurgias de catarata e glaucoma por semana. Os pacientes que forem encaminhados daqui de Canaã entrarão em um banco de dados e a partir de fevereiro entraremos em contato para fazer os procedimentos lá em Belém, tudo de forma gratuita.”


 
O profissional explicou também como funciona o processo de atendimento aos pacientes: “Nosso atendimento é dividido em etapas: Antes da triagem, o paciente assiste a uma palestra relacionada à importância da prevenção e da saúde ocular, a questão de humanas e a sensibilização com o próximo também é falada. Depois disso, é encaminhado para fazer o procedimento de triagem. Ele vai fazer um primeiro exame em um equipamento tecnológico chamado Auto Refrator. A partir daí, ele é encaminhado para os exames de fundoscopia, tonometria, é verificada a pressão intraocular e a pré-disposição a alguma patologia. Caso seja identificada alguma coisa, o paciente será encaminhado para o procedimento no hospital em Belém. Caso ele necessite também, nós disponibilizaremos alguns tipos de medicamentos. Para finalizar, ele fará o exame do grins refrativo para verificar se ele tem a necessidade de usar óculos e, caso ele já seja usuário de óculos, será feita a verificação se já está vencido ou não.”


 
Cerca de 800 pessoas foram atendidas nos dois dias iniciais da operação.

 

Fonte: jornalinfoco.com.br

Avalie este item
(0 votos)
Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_UNAMAgk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2018gk-is-100.jpglink