Às 1h20 da manhã desta segunda-feira (08), com a apuração de 100% das urnas foram definidos os nomes dos deputados estaduais e federais que representarão o Pará pelos próximos quatro anos, na Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) e na Câmara dos Deputados, em Brasília.  

O candidato a deputado estadual mais votado foi Dr Daniel (PSBD), com 109.236 votos já para federal foi Edmilson Rodrigues (PSOL), com 184.042 votos.

Confira a lista dos candidatos a deputado  estadual eleitos:

Candidato                    -          Votos

DR DANIEL        -                    113.588

CILENE COUTO       -                93.614

RENATO OGAWA   -                  71.689

FABIO FREITAS      -                 63.768

CHAMONZINHO    -                  63.722

GUSTAVO SEFER   -                 61.301

DIRCEU TEN CATEN  -             59.600

THIAGO ARAÚJO     -              54.933

MIRO SANOVA        -              52.619

BORDALO                 -            49.854

ANTONIO TONHEIRO  -           47.354

ELIEL FAUSTINO          -          47.183

PAULA GOMES      -                 46.863

RAIMUNDO SANTOS  -            46.779

JÚNIOR HAGE          -             46.578

RENILCE NICODEMOS  -          45.991

HILTON AGUIAR     -               44.939

DILVANDA FARO    -                43.796

ERALDO PIMENTA     -             43.605

MICHELE BEGOT   -                 43.464

MARTINHO CARMONA -           43.296

MARINOR BRITO      -               43.178

ANA CUNHA              -             41.610

CHICÃO                     -            40.268

DRA. HELOISA          -             40.224

VICTOR DIAS            -            39.706

IRAN LIMA         -                   39.585

ALEX SANTIAGO      -              39.193

LUTH REBELO         -              36.761

WANDERLAN -                       34.096

DIANA BELO        -                 33.752

DELEGADO TONI CUNHA  -     33.498

ANGELO FERRARI   -              31.609

DELE. NILTON NEVES  -         29.151

FABIO FIGUEIRAS      -         29.077

IGOR NORMANDO    -          25.443

DR.JAQUES     -                  25.022

ORLANDO LOBATO     -       22.358

PROFESSORA NILSE    -      18.391

DELEGADO CAVEIRA   -       16.325

GALILEU -                          14.551

 


 Confira a lista dos candidatos a deputado federal eleitos:

Candidato                    -          Votos

EDMILSON RODRIGUES   -       184.042

CRISTIANO VALE                    176.812

ELCIONE                 -              165.202

VAVÁ MARTINS                       158.717

PRIANTE                  -             154.647

NILSON PINTO       -                148.972

JÚNIOR FERRARI       -             146.678

CELSO SABINO       -                146.288

DELEGADO ÉDER MAURO   -     145.653

BETO FARO              -              143.822

OLIVAL MARQUES         -          135.398

CÁSSIO ANDRADE         -          130.768

AIRTON FALEIRO       -             106.965

HÉLIO LEITE               -            102.554

PAULO BENGTSON                    96.722

JOAQUIM PASSARINHO     -       95.582

EDUARDO COSTA       -             75.346

 

 

 

Após quase 30 dias de greve na rede estua de ensino no Município, Parauapebas foi palco de diversas manifestações no decorrer desse período, o que consequentemente, fez com que alunos, professores e diversos servidores públicos fossem às ruas para reivindicar melhorias para a classe. 

Com tudo, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (SINTEPP), Subsede de Parauapebas emitiu uma nota neste sábado (15) informando o fim da greve com retorno às atividades a partir de Segunda-feira (17), após chegarem a um acordo com o Governo do Estado. 

Segue a Nota 

A coordenação Geral da Subsede de Parauapebas informa que a assembleia realizada no dia 12 de abril de 2017, na sala de videoconferência do CEUP, apreciou a proposta de Termo de Ajuste de Conduta (TAC ), a ser assinado entre Sintepp e Governo do Estado e deliberou pela suspensão do movimento grevista e retorno às atividades a partir da próxima segunda, 17/04/17. A minuta ainda não foi concluída na integra, mas a discussão se dá em torno da mesma pauta apresentada ao procurador do estado e ao Ministério Público. 

Alguns desses pontos requerem prazos, que deverão ser estabelecidos no acordo através de um cronograma de reformas e construções de escolas, por exemplo. Em relação a eleição para gestores escolares, foi ressaltada a exigência já feita na reunião com a equipe do governo, onde a diretora da 4ª URE informou que nenhuma escola da Rede Estadual em Parauapebas atende de pronto aos critérios para realização. Com base nessa informação, ficou estabelecida a carência de três meses para que os gestores regularizem o conselho escolar, atualizem o Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP ), e a situação da escola junto ao Conselho Estadual de Educação, a fim de realizar as eleições, sob pena de pedido de exoneração dos que não cumprirem tal meta. A discussão se conclui com um acordo relacionado aos pontos mais urgentes, alguns deles essenciais para o retorno às atividades. 

1. Negociação dos dias parados: a SEDUC, estava orientando os diretores a encaminharem as folhas com faltas injustificadas e que efetuaria os descontos dos grevistas. O promotor garantiu que as folhas não irão com faltas, mas entende que os pagamentos deverão ser realizados à medida que as aulas forem repostas. 

O Sintepp apresentou uma contraproposta de desconto em duas parcelas para que os professores não tenham seu orçamento mensal comprometido. O promotor acatou essa proposta. Ainda sobre esse ponto, a assembleia deliberou que a coordenação do Sintepp acompanhe a elaboração dos calendários de reposição de cada escola. 

2. Manutenção das centrais de ar: o Sintepp informou a inviabilidade de se trabalhar nas atuais condições climáticas nas escolas. O promotor entende que a manutenção das centrais não seria algo que demandasse tanto tempo, portanto, a exigência será para que se realize esse serviço de imediato, a fim de oferecer melhores condições de ensino e aprendizagem à comunidade escolar. 

3. Merenda escolar: o Sintepp denunciou as irregularidades na oferta da alimentação escolar e entende que é um ponto da pauta que deve ser atendido de imediato, inclusive com cumprimento do que o conselho da alimentação escolar estabelece como cardápio, além da contratação de servidores para atuarem nas cozinhas e fornecimento dos utensílios domésticos necessários para seu preparo. 

A plenária avaliou como positivas essas propostas e aprovou a suspensão da greve. A coordenação da sub sede avalia como vitorioso o movimento, pois os educadores de Parauapebas foram ouvidos pelo Pará e pelo Brasil através do seu movimento de repúdio ao descaso do (des) governo Jatene com os trabalhadores e alunos do estado e parabeniza a todos que confiam no trabalho desta coordenação e lutaram bravamente, mesmo diante de todas as ameaças feitas aos trabalhadores. Parauapebas é símbolo de resistência contra os desmandos desse governo. Ficaremos vigilantes ao cumprimento desse acordo!!!

Rosemiro Laredo

Coordenação Geral

 

(Fernando Bonfim)

O Grêmio deve anunciar nesta quinta-feira o nome de César Pacheco como seu novo diretor de futebol. 

Duda Kroeff confirma saída: "Estava dando menos do que o Grêmio merece"

Nesta quarta, o vice Fábio Koff retornou de férias e chegou a um consenso sobre o nome de Pacheco em reunião com o presidente Romildo Bolzan Júnior. 

convite foi realizado por Koff ainda no início de janeiro, mas o ex-dirigente não assumiu porque viajaria ao Exterior. De volta do compromisso, aceitou o cargo que está vago desde a saída de Duda Kroeff. 

Dirigente de grandes serviços prestados ao Grêmio, Pacheco foi vice de futebol no título da Copa do Brasil em 1997.

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_UNAMAgk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2018gk-is-100.jpglink