Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

Pela BR-158, no Pará, são escoados, todos os anos, 1,3 milhão de toneladas de soja e milho do Vale do Araguaia para o Porto de Ponta da Madeira, no Maranhão. Mas o corredor viário está cada vez mais perigoso pela precária condição de conservação da estrada, que provoca acidentes e assaltos. A situação é tão grave que levou o Ministério Público Federal (MPF) a pedir à Justiça Federal em Redenção (PA) que obrigue o governo federal, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a recuperar com urgência o trecho da rodovia entre Redenção e Santana do Araguaia, no Pará.

As condições de trafegabilidade precárias da rodovia expõem diariamente os motoristas a graves riscos. Uma das maiores preocupações é com o estado das pontes da estrada, já que algumas estão sem a largura necessária, são feitas de madeira e sem as proteções laterais. As condições perigosas foram constatadas em relatórios da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em documentos dos municípios cortados pela BR-158, e em laudo próprio do MPF.

A rodovia “não conta com acostamento ao longo da sua extensão, sistema de iluminação pública quase que inexistente, principalmente nos trechos urbanos, as pontes em sua maioria são de madeira e não oferecem largura para passagem concomitante de mais de um veículo com outro veículo em sentido contrário, não tem sinalização de estreitamento de pista, gerando perigo de colisão frontal (…) a grande maioria das pontes é improvisada, de madeira, com obras inacabadas de pontes ao lado, além de praticamente não existir sinalização vertical ou horizontal no trecho", diz o relatório da PRF citado na ação judicial do MPF.

Mesmo estando em tais condições, o Dnit já gastou, desde 2006, mais de R$ 125 milhões em recursos federais, com contratos para restauração e conservação da estrada. “É possível concluir que embora já liberados, desde pelo menos 2006, mais de R$ 125 milhões em recursos federais, a rodovia continua em precárias condições de trafegabilidade e segurança, com graves problemas de manutenção e restauração em diversos segmentos e com algumas pontes que, além de só comportarem a passagem de um veículo por vez (aumentando o risco de acidentes de trânsito e de assaltos na via), possuem estrutura de madeira totalmente incompatível com o intenso tráfego de automóveis e de caminhões biarticulados e com grandes cargas que precisam circular pela região, sem contar as estruturas de obras inacabadas verificadas nas diligências realizadas pela PRF e por servidor do MPF, em claro prejuízo ao patrimônio público federal”, diz a ação judicial.

Na ação, ajuizada esta semana na Justiça Federal de Redenção, o MPF pede que o Dnit seja obrigado a elaborar, no prazo máximo de 30 dias, um diagnóstico sobre as condições da BR-158, acompanhado dos devidos estudos técnicos, e com o consequente planejamento e cronograma para a recuperação da estrada e de todas as pontes que ligam Redenção a Santana do Araguaia.
 
 
Assessoria de Comunicacao MPF-PA

Com direito a batalha de B.boys e rima no Palco, show do rapper carioca, Gabriel, o Pensador abriu oficialmente o 1º Festival Literário e Artístico de Canaã dos Carajás-FLACC, na noite desta quarta-feira, 20. O evento também fez alusão ao Dia da Consciência Negra comemorado em todo o Brasil, desde 2011.

Batalha de B.Boys e Mcs também fez parte da programação da noite 

Show levou grande número de pessoas à Praça da Bíblia na noite de ontem, 20

Promovido pela prefeitura municipal de Canaã dos Carajás, por meio da Secretaria Municipal de Educação, a abertura da 1ª Flacc mobilizou milhares de canaenses a prestigiarem o evento, que promete movimentar a cidade com muita cultura artística e literária até sexta, 22.

A programação é variada e conta com exposições, rodas de conversas com autores, apresentações artísticas e culturais contação de histórias, teatro com marionetes, oficinas de caricatura e comercialização de livros. Uma verdadeira festa cultural para toda a família prestigiar.

Autoridades presentes no evento 

Autoridades de governo estiveram presentes no evento, entre eles, o do prefeito Jeová Andrade; Jurandir José, Secretário de Desenvolvimento; Ronaldo Silva Araújo, Secretário de desenvolvimento social; Antônio Carlos, Coordenador de Esporte e Cultura; Roselma da Silva Feitosa Milani, Secretária de Educação e Vereador Gesiel.

Prefeito Jeová Andrade disse que a 1ª Flacc é um dos maiores eventos realizados no município

Em entrevista ao portal de notícias Carajás O Jornal, o prefeito Jeová Andrade, disse que a 1ª Flacc representa um momento de muita alegria e promoção cultural. “Estamos aqui promovendo a cultura, incentivando a sociedade a desenvolver o hábito da leitura. Este evento é múltiplo, é uma soma de cultura, esporte e lazer; além disso estamos fazendo também alusão ao dia da Consciência Negra. Este é realmente um dos nossos eventos grandiosos, desejo que todos saiam daqui felizes e com o sentimento de terem tido grandes experiências”, disse.

O rapper e escritor, Gabriel, O Pensador, atração principal da festa também falou com a reportagem. “É um prazer para mim, ver que as novas gerações acompanham os nossos lançamentos e também tem uma garotada nova que houve músicas que eu fiz antes mesmo deles terem nascido e isso é um maior barato”, disse o artista

Sobre seus novos trabalhos Gabriel, O Pensador disse que está lançando seus novos singles direto no Youtube e para quem quiser conferir as novidades, é só seguir o seu canal na plataforma. “Meu último single chama-se Sobreviventes, quem quiser conferir é dar uma olhadinha no meu canal”, informou.

Para finalizar Gabriel deixou um recadinho para a juventude canaense. “Aproveitem a internet e a comunicação para o bem, procurem coisas boas e se expressem com atitude”, disse. O rapper ainda cantou um trechinho da sua música “Até quando”.

https://www.youtube.com/watch?v=atXuxbc7zZk

Também vão participar das programações o contador de histórias João Marcos, que é um dos roteiristas da Maurício de Sousas Produções, nas revistas infantis da Turma da Mônica; a escritora mineira Lilian Teixeira; a escritora Elizete Lisboa, que produz livros em braile; e o escritor e cordelista Fabio Sombra, que é membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel; além do escritor paraense Luiz Peixoto Ramos (Jabotigão). Também será homenageado o escritor de Canaã dos Carajás Pedro Luis, escritor de Canaã dos Carajás.

 

 

Confira a programação completa:

 

 

 

 

 

Os Jogos Escolares Paralímpicos começaram na quarta-feira (20), em São Paulo, e o Pará já é o segundo no quadro geral de medalhas. Em menos de 24 horas, o Estado conquistou 16 de ouro, 7 de prata e 6 de bronze nas modalidades judô, atletismo e natação.

A primeira medalha de ouro foi no judô. Dayane Pereira, de 17 anos, foi a primeira medalhista da competição. Aluna do 3º ano da Escola Estadual Eduardo Angelim, de Parauapebas, a estudante tem baixa visão, mas a deficiência nunca a impediu de buscar o sonho de se tornar judoca profissional. Dayane treina desde os 6 anos de idade com a ajuda do treinador Sérgio Soares, que, segundo ela, tem sido o seu maior incentivador.

Desde que começou a participar dos jogos, há 4 anos, conquistou medalhas em todas as edições. Em 2016, ganhou bronze; em 2017, duas pratas; e em 2018 alcançou novamente duas medalhas de prata. Em sua última paraolimpíada, a estudante diz que se sente realizada por levar o primeiro lugar ao Pará. “Estou me sentindo muito realizada e agradecida por essa oportunidade. Quero me tornar uma grande profissional”, disse Dayane.

Pará conquistou somente no primeiro dia 16 medalhas de ouro, 7 de prata e 6 de bronze nas modalidades judô, atletismo e natação

A segunda medalhista de ouro foi Victória Emily Batista. A aluna estuda no 1º ano na Unidade de Educação Especializada do Estado José Alvarez de Azevedo, onde é assistida por profissionais especializados em educação para deficientes visuais. Com apenas 15 anos, já acumula três medalhas de ouro nos jogos estudantis. Emocionada, Emily diz o quanto o judô a tem ajudado a conviver em sociedade. “É a minha vida porque me ajuda em muitas coisas, a conhecer pessoas, ter amigos e interagir com todo mundo. Estou muito feliz de levar essa conquista pro meu Estado”, comemorou a estudante.

Depois do judô, foi a vez do atletismo levar a maior parte das medalhas. O aluno Carlos Henrique conquistou o ouro na categoria sub-14 no arremesso de pelota. Depois dele, o atleta André Santos ganhou bronze no lançamento de dardo nos 75 m. Já na natação, Alexandre Cunha Vieira, da Escola Municipal Acy Barros, levou ouro nos 25 m nado costas. O mesmo desempenho se repetiu ao longo do dia com outros 10 atletas paraenses.

Os Jogos Estudantis Paralímpicos seguem até o próximo sábado (23). A competição é nacional e reúne alunos de todo o Brasil. O Pará participa com 75 atletas com múltiplas deficiências de escolas públicas e privadas. Os competidores disputam as modalidades tênis de mesa, atletismo, natação, parabadminton, bocha, judô e futebol de Sete (onde cada time tem sete jogadores com paralisia cerebral ou distúrbio neurológico).

Organizados pelo Comitê Olímpico do Brasil, os jogos são realizados desde 2009, sendo o maior do mundo que atende crianças e adolescentes com deficiência em idade escolar. O evento tem a finalidade de estimular a participação dos estudantes com deficiência física, visual e intelectual em atividades esportivas de todas as escolas do território nacional. A organização no Pará é da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

A secretária Leila Freire fez um balanço deste primeiro dia da competição. “Estamos muito felizes com esses primeiros resultados e confiantes de que o esporte será cada vez mais fator de inclusão aos nossos estudantes”.

 

Por Leidemar Oliveira (SEDUC)Ag.Pará

Parauapebas e região comemoram as novas obras entregues pelo Governo do Estado com participação da Prefeitura. Em cerimônias públicas realizadas na última terça-feira, 19, foram inaugurados o novo prédio do Ministério Público, o Polo Integrado do ParáPaz, e também a nova cadeia pública.

Para ampliar a rede de atendimento a crianças, adolescentes, mulheres e familiares vítimas de qualquer tipo de violência, o Polo Integrado do ParáPaz é fruto de parceria do Governo do Estado, por meio da Fundação ParáPaz, e Prefeitura de Parauapebas.

“É um momento muito importante, esse aqui, em que nós estamos inaugurando esse equipamento público extraordinário para a proteção daqueles que são mais vulneráveis à nossa sociedade, daqueles que correm risco, daqueles que precisam realmente do Estado e município”, ressalta o prefeito Darci Lermen.

A secretária municipal da Mulher, Angela Silva, explica que, no ParáPaz, serão oferecidos os serviços de segurança, saúde, delegacia da mulher, médico perito, psicossocial, dentre outros.

“Retomamos essa obra com o compromisso de entregá-la a sociedade com todos os serviços. É um atendimento humanizado não só para Parauapebas, mas pra toda a região”, comemora a secretária.

Com 306 vagas, a nova estrutura da cadeia pública tem segurança reforçada, mas com espaços mais humanizados para os detentos. “A inauguração dessa unidade prisional em Parauapebas é uma conquista para o município e certamente permitirá o cumprimento da pena pelo apenado de forma humanitária”, declara Deivid Benasor, vice-presidente do Conselho da Comunidade.

O presídio vai abrigar os internos da antiga carceragem, e os que são daqui e que estão em Marabá e em outras unidades prisionais do Estado também virão para a nova cadeia.

O governador Helder Barbalho disse estar feliz em participar e colaborar com duas pautas fundamentais para a sociedade. “Primeiro, a política de administração penal que está diretamente ligada à redução da criminalidade e da violência no nosso estado”, disse ele se referindo à nova unidade prisional. Helder destacou ainda, o Polo Integrado do ParáPaz. “E este complexo, que permitirá que aqui estejam diversas secretarias do estado, ações da área da segurança, da promoção social, da cidadania, da justiça social, junto com a Prefeitura para prestar serviço, para servir à sociedade de Parauapebas, atender toda essa região que envolvem diversos municípios,” declara.

Participaram também da série de inaugurações o deputado estadual Chamonzinho; o deputado federal José Priante; o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado; o secretário Extraordinário de Estado para Assuntos Penitenciários, Jarbas Vasconcelos; o procurador-geral de Justiça, Gilberto Martins; a presidente do ParáPaz, Ray Tavares; o presidente da Câmara Municipal, Luiz Castilho, e demais autoridades do Estado, locais e de municípios vizinhos.

 

Assessoria de Comunicação - Ascom/PMP

Os interessados em dar visibilidade a sua ideia de aprimoramento do Sistema Único de Saúde têm até 30 de novembro para a inscrição na 2ª Mostra de Experiências Exitosas da Saúde de Parauapebas

O objetivo da Mostra é compartilhar, dar visibilidade e socializar experiências e projetos de sucesso no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde de Parauapebas, com foco em soluções que integrem os diferentes temas e ações de saúde, entre assistência e gestão.

A enfermeira Mara Blank, presidente da Sociedade Brasileira de Enfermagem em Feridas e Estética já confirmou presença e vai ministrar a palestra Saúde do Trabalhador: Avanços e Desafios para o Sistema Único de Saúde.

Para se inscrever gratuitamente, acesse o link: https://forms.gle/z2cxYo2n8x2oqCPc7 e participe da premiação. O evento será realizado no Plenário da Câmara Municipal, às 14h, no dia 05 de dezembro.

 

Assessoria de Comunicação – ASCOM | PMP

Melhorar o acolhimento e o tratamento de cães e gatos abandonados em Canaã dos Carajás. Esse é o principal objetivo de dois Termos de Fomento assinados entre a prefeitura de Canaã dos Carajás e a Associação Anjos de Patas.

Um dos convênios, publicado no Diário Oficial no último dia 31 de outubro, prevê o repasse de pouco mais de R$ 84 mil à associação e atende a emenda impositiva dos vereadores Júnior Garra, Gesiel Ribeiro, Dionízio Coutinho e João Nunes.

O valor, segundo o Termo, deve ser utilizado para “expansão e reforma do abrigo da entidade”. Segundo o documento, um espaço adequado para o amparo vai contribuir “com a saúde pública geral do município”.

Além disso, a prefeitura firmou um Termo de Fomento para o repasse mensal de R$ 10 mil, totalizando R$ 150 mil, de recursos próprios, para manutenção do trabalho realizado pelo abrigo da entidade, que inclui a administração de medicamentos contraceptivos, realização de castrações cirúrgicas e consultas, complementando o trabalho que já é realizado pela Unidade de Zoonozes municipal.

 

Fonte: Ascom PMCC

Uma rapidinha é uma boa opção para matar aquela vontade incontrolável e até apimentar a relação, né? A sexóloga Tâmara Dias destaca seis  posições para turbinar ainda mais esse momento. As informações são do portal Metrópoles. 

Bateu vontade de testar? Confere aí:

Cadeirinha: neste caso, é o parceiro que comanda a intensidade da penetração. A proximidade dos corpos, um de frente para o outro, favorece os beijos e o olho no olho.

Sentada de frente: Favorece o movimento de vai e vem e, estimula o clitóris com a própria penetração. Com as mãos, o parceiro pode dar ritmo à movimentação, segurando a cintura ou o bumbum.

Em pé: Além de todas as outras vantagens, essa posição permite aquele cheirinho no cangote, ouvir o gemido do parceiro e até falar coisas ao pé do ouvido.

De pé com a perna levantada: A perna levantada favorece a estimulação do clitóris ou do saco escrotal durante o ato. Se o parceiro da frente ficar de costas, também possibilita a penetração anal. 

De quatro: Além de favorecer o estímulo simultâneo do clitóris, acentua o bumbum e agrada o visual. 

 

Fonte: DOL-Com informações do portal Metrópoles

Parauapebas é oficialmente sede do polo Carajás da Fundação Cultural do Pará (FCP). O ato de implantação do polo foi realizado na noite desta quarta-feira (20), no CDC, com uma grande festa que apresentou um pouco da diversidade cultural do município, teve Carimbó, quadrilhas juninas, balé, dança pop, música clássica, interpretação teatral e a presença do cantor paraense Pinduca, encerrando a noite.

“A cultura não é uma política pública de segunda categoria, ela faz a diferença na vida da nossa gente. Não tem preço ver a emoção de um pai ao contemplar seu filho participando de uma apresentação artística da nossa Escola Municipal de Música Maestro Waldemar Henrique”, destacou o prefeito Darci Lermem, acrescentando que agora o estado se faz presente no município em todas as áreas, inclusive na cultura, segmento que pode gerar emprego e renda, inclusive associada ao turismo.     

Parauapebas é o primeiro município a receber um polo da FCP, que atenderá toda a região de Carajás, “estamos aqui cumprindo uma ordem do governador, de estar presente em todos os municípios do Pará. A gente precisa relacionar a cultura menos ao lazer e mais à geração de emprego, renda e inclusão social”, afirmou João Marques, presidente da FCP.

“É um dia de muita alegria! A chegada da Fundação, em nosso município e região, sempre foi almejada pelos produtores culturais de Parauapebas. Temos agora um reforço nas nossas ações de levar cultura para pessoas que precisam, para todos os bairros, para as escolas, esse é o direcionamento do governo da nossa gente”, destacou Saulo Ramos, acrescentando que mais de seis mil crianças e adolescentes são atendidas pelo programa Cultura em Movimento, na zona urbana e rural de Parauapebas.  

Durante a programação, também foi apresentado, pelo secretário de Obras do município, Wanterlor Bandeira, o projeto de construção da nova biblioteca municipal, que terá uma área de 4.062 m2. Nesta estrutura terá, entre outros ambientes, o Museu com duas salas de exposição e um auditório com capacidades de 180 pessoas.

Diversas autoridades prestigiaram o evento, que contou com a presença em peso do Conselho Municipal de Cultura e também do jovem deputado estadual, Igor Normando.

Início das atividades

O curso de capacitação para oficineiros, que será realizado a partir de segunda-feira (25), marcará o início das atividades da FCP no polo Carajás. O curso é voltado aos produtores culturais e, na oportunidade, serão realizados cadastros dos participantes e capacitação para participarem de processos seletivos de projetos culturais.

De acordo com Saulo, está previsto um investimento de meio milhão de reais só em oficinas de capacitação, que serão disponibilizadas no polo Carajás da FCP, para 2020.

 

Assessoria de Comunicação - Ascom/PMP

Membros do Conselho Estadual de Segurança Pública (Consep) reuniram, nesta quarta-feira (20), no plenário da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), para a 4ª assembleia extraordinária de 2019 que tratou questões pertinentes a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). 

No âmbito da saúde foram debatidas a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade, exposto pela Dra. Dione Maria Cunha, diretora de políticas de atenção integral à saúde da Sespa; Tuberculose nas Casas Penais, apresentado pela enfermeira Lucia Helena Monteiro, coordenadora estadual de tuberculose da Sespa; e Projetos de Combate à Tuberculose nas Casas Penais, exposto pela representante do Fórum de ONG AIDS do Pará, Maria Silveira.

Ao longo das apresentações foi mostrado o que já foi alcançado para o atendimento de saúde de pessoas em conflito com a Lei, como portarias ministeriais que garantem serviços médicos aos custodiados, bem como a importância de combater doenças das quais os encarcerados fazem parte do grupo de risco, como é o caso da tuberculose. Além dos desafios que ainda são encontrados para a expansão da política nacional, como a adesão dos municípios.

Defensora pública Jennifer de Barros Rodrigues

A pauta também tratou questões de acesso à justiça com a apresentação da defensora pública Jennifer de Barros Rodrigues, que expôs sobre assistência jurídica das pessoas privadas de liberdade. De acordo com Jennifer Barros, o projeto “Defensores Sem Fronteiras” que será realizado do dia 1º de janeiro a 12 de fevereiro de 2020 deverá atender 7.000 custodiados e contará com a atuação de 100 defensores. O objetivo é obter dados quantitativos e qualitativos para o aprimoramento das ações do sistema carcerário e de justiça, combatendo a cultura de encarceramento e promovendo uma sociedade de paz.

Na sequência, o colegiado ouviu a apresentação do agente federal de execução penal do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), que falou sobre as ações feitas pela Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) em 13 unidades prisionais do Pará, como a implementação de procedimentos de disciplina e segurança, viabilização de atendimento biopsicossocial, apoio na efetivação da assistência religiosa e jurídica, entre outros.

Jarbas Vasconcelos, da Susipe

Por fim, o secretário extraordinário de assuntos penitenciários apresentou as mudanças que já ocorreram no sistema penitenciário paraense e o novo padrão de presídios paraenses. “Nós estamos experimentando, neste ano, no estado do Pará uma nova gestão prisional, que estabelece uma visão que rompe com os fundamentos pelos quais até hoje o sistema prisional era administrado. Era um sistema que alimentava o crime e todos os índices de violência, porque as organizações criminosas tinham se apossado das penitenciárias. Então, hoje nós pudemos mostrar aqui de forma panorâmica, desde o início da gestão, esse esforço gradativo, esse andar no sentido de retomar todas as unidades prisionais ao estado do Pará e é isso que nós continuamos fazendo”, afirmou o secretário de assuntos penitenciários, Jarbas Vasconcelos.

De acordo com o presidente do Conselho Estadual de Segurança Pública, Ualame Machado, a pauta extraordinária teve o objetivo de dar transparência para as ações da segurança pública.

“Por ser formado por órgãos governamentais, Ministério Público, Defensoria Pública e sociedade civil, o Consep deve satisfação à sociedade e precisa explicar as tratativas que são feitas para o Plano Estadual de Segurança Pública. Em razão disso, foi feita essa pauta exclusiva para tratar da atuação da Seap e do trabalho da Ftip no Pará. Foi explanado a todos os conselheiros e sociedade civil, inclusive com a presença de estudantes e estudiosos da áera, para que pudéssemos falar do cronograma, do protocolo e procedimentos estabelecidos pelo sistema de segurança de modo geral e demonstrar para a sociedade a lisura e a transparência dos procedimentos que são adotados”, explicou Ualame Machado.

Mamétu Nangetu e Mametú Muagilê, representantes do comitê permanente de respeito a diversidade com assento no Consep

Homenagem - A reunião contou, ainda, com uma apresentação em homenagem ao dia da consciência negra apresentada por Mamétu Nangetu e Mametú Muagilê, representantes do comitê permanente de respeito a diversidade com assento no Consep.

“Tendo em vista a comemoração de 20 de novembro, em todo o território nacional, foi feita essa referência a morte de Zumbi dos Palmares, que foi líder do quilombo dos palmares e um dos maiores representantes da resistência negra à escravidão, que lutou para preservar a cultura africana”, explicou o secretário executivo do Consep, Marcelino Frota.

 

Por: (SEGUP)Ag.Pará

As vendas por meio de comércio eletrônico (e-commerce) da Black Friday devem, pela primeira vez, estar muito próximas das realizadas em lojas físicas.

A projeção é da Associação Brasileira de Lojistas de Shoppings (Alshop). Ela prevê para este ano, durante a promoção, um faturamento para o comércio acima de R$ 3 bilhões. O diretor de Relações Institucionais da entidade, Luiz Augusto Ildefonso, disse nesta terça (19) que as vendas crescem, anualmente, desde 2010 quando a promoção, muito comum nos Estados Unidos, chegou ao Brasil.

“Sempre foi uma distância muito grande. Até o ano passado, era muito mais volumoso o pedido de compras na internet do que na loja física”, disse, lembrando que, até 2017, a iniciativa era voltada, na maior parte, para o comércio eletrônico e a loja física era praticamente um apêndice da data.

A queda na taxa de juros, a liberação de saques do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS/Pasep (Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e o pagamento da primeira parcela do 13º salário favorecem o cenário de otimismo.

Facilidade

O diretor revelou que atualmente a facilidade de comprar pelo comércio eletrônico e pegar a mercadoria vendida no site em uma loja de shopping tem levado o cliente aos centros de compras, aumentando a presença nas lojas físicas e ampliando as vendas.

“Indo lá, há uma possibilidade de o consumidor comprar mais alguma coisa na loja. Isso tem sido extremamente favorável à loja física”, contou. “Isso agrega no volume de venda. É uma experiência que as lojas iniciaram e está ocorrendo firmemente, principalmente, em vestuário, calçados e perfumes”, explicou.

Ildefonso afirmou que o movimento de consumidores nas lojas aumenta na própria sexta-feira que é a data onde, nos Estados Unidos, costuma concentrar o maior número de compradores, que chegam a passar a noite nas filas aguardando a abertura das portas, todos atrás de preços baixos.

“Aqui no Brasil, a Black Friday nunca é em um dia só, mas na sexta-feira, no dia 29 de novembro, a expectativa é que o fluxo de pessoas no comércio vai ser muito próximo das compras na internet neste ano”, disse.

Acrescentou que os smartphones são os mais procurados nesta data. Quem compra procura trocar o aparelho atual por um com tecnologia mais nova. O mesmo ocorre com os televisores. Em terceiro lugar, aparecem roupas e calçados.

 

Fonte: Agência Brasil

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink