Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

A Prefeitura de Parauapebas, por meio da Defesa Civil, e a Vale realizam hoje, 14, simulado de emergência da Barragem do Gelado no Complexo Mineral de Carajás, em Parauapebas, no Pará. Com o exercício, foram testadas as rotas de fuga, pontos de encontro, sinalização e o deslocamento das comunidades até os locais seguros indicados no Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM), assim como a comunidade da APA foi treinada sobre como agir em suposta situação de emergência.

A atividade faz parte de um conjunto de ações preventivas, previstas em lei, a fim de garantir ainda maior segurança aos moradores que residem na região. A realização conta também com a participação da Defesa Civil Estadual, Polícia Militar, Instituto Chico Mendes da Biodiversidade, Corpo de Bombeiros e secretarias municipais de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão, Meio Ambiente, Saúde e Assistência Social e ainda da Guarda Municipal e Departamento Municipal de Transporte Terrestre (DMTT).

Cabe ressaltar que a Vale vem cumprindo criteriosamente todos os parâmetros técnicos específicos para cada uma de suas barragens, o que atesta a segurança das mesmas. Todas as estruturas da mineradora são auditadas por auditores externos independentes e possuem a sua estabilidade atestada tanto pelo auditor quanto pelo órgão regulador – a Agência Nacional de Mineração -, com emissão da Declaração de Condição de Estabilidade.

A atividade desta quarta-feira-feira abrangeu parte da comunidade da APA. Ao final do treinamento, os participantes preencheram questionários que vão ajudar a Defesa Civil e a Vale a identificar pontos positivos e oportunidades de melhoria dos planos.

(Zé Dudu-Fotos Vale)

 

Ninguém vence esse combate sozinho! Uma luta diária e que precisa da ajuda de milhares de pessoas. A Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer – CONIACC junto com as mais de 50 instituições e casas de apoio filiadas espalhadas pelo Brasil vão promover neste mês, várias ações importantes de alerta e conscientização ao diagnóstico precoce em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil (DNCCI) - dia 23 de novembro. A Polícia Rodoviária Federal – PRF também participa desta corrente através de suas unidades em cada estado brasileiro.

Entre os principais objetivos da data estão: estimular ações educativas e preventivas relacionadas ao câncer infantojuvenil; promover debates e eventos sobre as políticas públicas de atenção integral às crianças e adolescentes com câncer; apoiar as atividades organizadas e desenvolvidas pela sociedade civil em prol dos pacientes; difundir os avanços técnico-científicos relacionados à doença e apoiar as crianças, adolescentes e seus familiares. Após 10 anos de concretização no calendário nacional por meio da Lei de Nº 11.650, de 4 de abril de 2008 - Projeto de Lei Nº 7.103 de 2006, o Dia de Combate ao Câncer Infantojuvenil continua a operar, intensamente, na orientação e divulgação de informações em torno deste problema que atinge milhares de jovens anualmente.

 Além da atuação junto às filiadas, no decorrer deste mês, a CONIACC conta com o apoio da Polícia Rodoviária Federal – PRF. Durante a campanha, a PRF executa o projeto“Policiais Contra o Câncer Infantil” na realização de ações em todos os estados do Brasil, nos quais são designados membros das comissões de direitos humanos da PRF que tenham conhecimento na temática para atuação em eventos de integração com crianças e adolescentes, levando sorrisos, força, auxílio material e moral.

O presidente da CONIACC, Rilder Campos, fala sobre a data. “O DNCCI já é celebrado há 10 anos pelas instituições no Brasil e chega para finalizar todo um processo de trabalho e dedicação que acontece ao longo do ano. Celebramos a data colocando em vista a divulgação dos sinais e sintomas da doença para que a sociedade desenvolva uma cultura de entendimento de que o câncer infantojuvenil existe e que pode ser curado se o diagnóstico for realizado precocemente. Todas as instituições e casas de apoio estão mobilizadas em divulgar e promover mais um grande Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil”, explica o presidente, Rilder Campos. 

Criança auxiliada pelo projeto. 

Sobre o câncer infantojuvenil

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer – INCA, o câncer infantojuvenil é uma das principais causas de morte, por doença, em crianças e adolescentes até os 19 anos, sendo superada apenas pelas mortes violentas e acidentes.

Esse tipo de câncer corresponde a um grupo de inúmeras doenças que têm em comum o desenvolvimento descontrolado de células anormais e que podem incidir em qualquer local do organismo. Os tumores mais frequentes na infância e na adolescência são as leucemias, os do sistema nervoso central e os linfomas.

O INCA prevê que para 2018 sejam diagnosticadas mais de 12 mil crianças com o câncer no Brasil, número que deve se repetir em 2019. E, diferentemente do que pode ocorrer com adultos, o estilo de vida geralmente não tem influência no desenvolvimento de tumores em crianças. Ou seja, as neoplasias são originadas de alterações no DNA que podem acontecer antes mesmo do nascimento.

A CONIACC, por meio das afiliadas no país, faz o alerta durante todo o ano sobre um dos principais fatores que pode transformar essa realidade e reduzir esse número que é o diagnóstico precoce. Os adultos devem e precisam ter mais atenção com as crianças, para que, no caso do aparecimento de qualquer um dos sinais ou sintomas, o tratamento seja iniciado o mais rápido possível. A atuação do diagnóstico precoce é fundamental e pode salvar milhares de vidas em conjunto com o tratamento adequado.

Confira os sinais e sintomas: palidez progressiva; sangramentos ou manchas roxas sem relação com traumas; febre prolongada sem causa definida; vômitos e dores de cabeça persistentes, principalmente pela manhã; alteração da marcha ou da visão ou diminuição da força em pernas ou braços; caroços em qualquer lugar do corpo; ínguas; dores no corpo que não passam e atrapalham as atividades das crianças e brilho branco nos olhos quando a criança sai em fotografia com flash.

Mais uma terça-feira de Sessão Ordinária e, dessa vez, os vereadores se reuniram para discutir a pauta 36° e votar no projeto de lei 031/2018 de iniciativa do executivo municipal que dispõe sobre a Desapropriação por Utilidade Pública de Imóvel Urbano destinado a abrigar a nova sede da Câmara de Vereadores do Município de Canaã dos Carajás e dá outras providências. 

O imóvel em questão é onde atualmente funciona o Hotel Canaã localizado na Av. São João n°50, bairro Novo Horizonte II. O valor do prédio chega a custar R$2.932.745.57 (Dois Milhões Novecentos e Quarenta e Cinco Mil e Cinquenta e Sete Centavos) e por esse motivo vem dividindo opiniões dentro e fora da Câmara Municipal.

A primeira a fazer uso da tribuna e opinar foi a vereadora Vânia Mascarenhas que em seu discurso ressaltou ser contra a compra da nova casa de leis por entender que há prioridades maiores no município como por exemplo a construção de uma maternidade.

Maria Pereira foi a segunda a fazer o uso da tribuna e também votou contra a compra do imóvel, declarando que a prefeitura deveria seguir a lei 703/2015 criada para obter fundo exclusivo para compra e construção da sede própria da Câmara. Assim como a vereadora Vânia, Maria também lembrou que o dinheiro gasto para essa compra pode atender outras prioridades do município como por exemplo a construção de algumas secretárias e finalizou o discurso dizendo que não é o momento certo para a compra do novo prédio.

Em seguida o vereador Wilson Leite fez o uso da tribuna e defendeu seu voto contra lembrando que apesar do valor milionário o prédio não está caro, porém, a quantia para compra deveria ser utilizada para construir, assim, abriria então empregos por um período de seis meses para moradores que estão desempregados e passando por necessidades. E ainda ressaltou que além da compra, outro valor teria que ser desembolsado para se fazer a reforma do prédio.

Já João Nunes defendeu a compra afirmando que o município tem sim condições financeiras para comprar o prédio e que o prefeito atual Jeová Andrade deve aproveitar a oportunidade pois o imóvel está barato e atende as exigências dos vereadores. Assim como o vereador Walter Diniz que também votou a favor do projeto e ainda ressaltou que não é necessário que o prefeito faça a compra imediatamente, mas que ele compre já que a casa autoriza.

Depois de todos os discursos foi a vez do presidente da Câmara Junior Garra defender seu voto, em seu discurso o vereador afirmou que o voto dos vereadores contrários ao projeto é contraditório, pois se querem que o dinheiro público seja usado para execuções públicas, não há porque não ser gasto com o prédio, já que ele se tornaria mais um imóvel público e a compra dele economizaria ainda mais pois com a saída dos legisladores da atual casa de leis abriria então uma oportunidade para uma secretária municipal sair do aluguel.

Ao total 8 vereadores foram a favor da compra e 3 foram contras, sendo assim, o projeto 031/2018 foi declarado aprovado pela Câmara. Além deste projeto as indicações de Maria Pereira, Wilson Leite e Vânia Mascarenhas também foram aprovadas pelo legislativo.

Prédio atual da Câmara Municipal de Canaã dos Carajás. 

Veja as indicações a seguir

Indicação n°080/2018- Autoria da Vereadora Vânia Mascarenhas-PDT, indica ao Poder Executivo Municipal a reforma e a cobertura da quadra de esportes do Bairro Residencial Canaã dos Carajás

Indicação n°082/2018- Autoria da Vereadora Maria Pereira-PDT, indica ao Poder Executivo Municipal a necessidade de proceder a Pavimentação Asfáltica com Saneamento Básico na rua Canaã, Bairro Vale do Sossego.

Indicação n°083/2018- Autoria do Vereador Wilson Antônio da Silva Leite-PDT, indica ao Executivo Municipal, a construção e instalação de uma caixa d’agua para abastecer a Vila Nova Jerusalém.

(Stephanny Sousa-Jornal In Foco)
 

Com o tema “Arte, Música e Poesia”, a Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio da Educação de Jovens e Adultos (EJA), está realizando durante este mês o 2º Sarau Literário. O projeto tem revelado verdadeiros talentos nas sete escolas municipais envolvidas.

O evento, que tem como objetivo fomentar a leitura e a escrita, além de ampliar o repertório literário, cultural e estimular a produção artística dos alunos, conta com uma variedade de apresentações, exposições de trabalhos, como textos literários, varal de poesia, músicas, paródias, recitais e outros.

A programação foi aberta na noite da última quinta-feira, 08, pelos alunos da Escola Faruk Salmen, que em grande estilo expressaram artisticamente por meio da música, da literatura e do teatro o que aprenderam em sala de aula. O subtema desenvolvido foi “Viajando pelo Sertão”.

Carlos Antônio de Sá, 58 anos, aluno da 3ª etapa, ficou muito entusiasmado com o sarau e demonstrou toda a sua animação e talento ao recitar com os colegas de turma o poema "E agora, José?", de Carlos Drummond de Andrade. “Eu passei 30 anos sem estudar e para minha surpresa encontrei uma equipe de professores sensacional. O estudo é a única coisa que ninguém poderá tirar de mim e tenho aprendido muito”, afirma o estudante, comentando que achou a temática abordada muito boa, pois acredita que o Nordeste é o berço de toda a cultura brasileira.  

Segundo Leonoura Brito Reis, técnica de Língua Portuguesa da EJA/Semed, o sarau, além de incentivar a leitura e a criatividade, valoriza os talentos dos alunos uma vez que eles podem se expressar e manifestar artisticamente. “Por meio da execução do projeto, fomentamos a leitura e a escrita. Nossos alunos tiveram maior contato com os vários elementos de linguagem e ampliaram o repertório literário. Além disso, descobrimos e valorizamos novos talentos”, destacou Leonoura.

De acordo com Sandra Alves, também técnica da EJA, os professores do primeiro segmento (1ª e 2ª etapas) trabalharam o gênero lírico poesia, pelo seu caráter humanizador e pela possibilidade de atender os diferentes níveis de aprendizagem dos alunos. O resultado foi considerado “esplêndido".

Alunos do Eja trabalham gêneros literários. 

NOITE IMPERDVEL

No dia 30 deste mês, haverá a culminância do projeto, ocasião em que as escolas participantes irão expor parte das atividades que foram desenvolvidas durante todo o ano em sala de aula, como roda de leitura, leitura compartilhada em voz alta, declamação de poesias, produção de textos, confecções de minilivros, leitura livre, interpretação oral, reescrita de história; e extraclasse, com produção de murais, dramatizações, danças, produções de painéis literários e realização de um sarau literário. O evento contará com a participação de cerca de 700 estudantes.

Depois de passar pelas escolas Faruk Salmen, Carlos Drummond de Andrade e Jean Piaget, o sarau será realizado nas escolas Terezinha de Jesus, nesta quarta-feira, 14; Olga da Silva, na quinta-feira, 15; Eunice Moreira, na sexta-feira, 16; e na Escola João Evangelista, no próximo dia 24.

(Texto e fotos: Sandra Bispo|Semed)

Por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, a Prefeitura de Canaã dos Carajás, em parceria com o Sebrae, entregou certificados a empreendedores que participaram de cursos de qualificação durante a terceira edição da Feira de Negócios de Canaã (Fenecan), realizada em setembro.

A solenidade de entrega das certificações aconteceu na noite desta terça-feira (13) no auditório da Semdec. Durante os dias de Fenecan, diversos cursos estiveram à disposição de empreendedor; entre estes, as melhores formas do uso das mídias sociais nos negócios, Atendimento ao cliente, Marketing Pessoal e Aprender e Empreender, curso voltado à Cooperativa dos Moveleiros de Canaã.

Gildenor Oliveira, empresário e presidente da Cooperativa dos Moveleiros, falou sobre a importância da qualificação. “Ao todo, 30 cursos foram oferecidos para os nossos cooperados e essa orientação é fundamental para que a gente desempenhe um melhor no papel e se destaque no comércio. Essa é uma forma de incentivar a melhoria econômica em Canaã.”

Raimundo Nonato, diretor do Sebrae, falou sobre a importância de parcerias para o fomento econômico. “Quando trabalhamos com parceiros é sempre melhor. Todos os cursos são de grande importância para conduzir esses empreendedores para melhores resultado em seus respectivos negócios.”

Jurandir José, secretário de Desenvolvimento Econômico, falou sobre a qualificação. “Hoje nós estamos coroando a participação dessas pessoas nesses cursos. A Fenecan foi bastante produtiva para todos e a qualificação é uma forma eficiente de incentivar o comércio local. Essa é a nossa missão. É importante destacar que o empreendedor que se qualifica tem mais chances de ter sucesso e isso é fundamental para vencer o momento de crise".

O secretário de governo Roberto Andrade esteve presente na entrega, parabenizou os participantes e lembrou que a Prefeitura tem incentivado o Desenvolvimento Econômico do município. “É muito importante eventos como a Fenecan e a Feira de Arte que teve início esse mês. Além disso, o Distrito Empresarial já é uma realidade e já temos empresas se instalando por lá. O mercado está mudando, há otimismo dos investidores e é fundamental que os canaenses se preparem para este momento.”

Na data, mais de 100 participantes dos cursos ofertados foram contemplados com a certificação.

Em decorrência do feriado de Proclamação da República, comemorado nesta quinta-feira (15), a Prefeitura Municipal de Parauapebas (PMP) decretou ponto facultativo na sexta-feira (16). Juntando com o final de semana, funcionários públicos da prefeitura terão quatro dias de folga.

A notícia deixou muita gente feliz, principalmente para aqueles que estão com dinheiro no bolso pretendem fazer aquela viajem rápida.

Como justificativa,  o prefeito do município, Darci Lermen (MDB) redução de despesas e otimização dos gastos no âmbito da Administração Pública Municipal.

Documento na íntegra.

(Da redação)

A taxa de desocupação no Brasil caiu para 11,9% no terceiro trimestre de 2018, mas chega a 14,4% na Região Nordeste, a 13,8% para a população parda e a 14,6% para a preta - grupos raciais definidos na pesquisa conforme a declaração dos entrevistados. Quando analisado o gênero, as mulheres, com 13,6%, têm uma taxa de desemprego maior que a dos homens, de 10,5%.

Os dados foram divulgados hoje (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa consta na Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílios Contínua Trimestral (Pnad Contínua Tri). É considerada desocupada a pessoa com mais de 14 anos que procurou emprego e não encontrou.

Quatro estados do Nordeste estão entre os cinco com maior desemprego: Sergipe (17,5%), Alagoas (17,1%), Pernambuco (16,7%) e Bahia (16,2%). Apesar disso, a maior desocupação verificada no terceiro trimestre de 2018 foi no Amapá, onde o percentual chegou a 18,3%.

A Região Sul tem a menor taxa de desocupação do país, com 7,9%, e Santa Catarina é o estado com o menor percentual, de 6,2%. No trimestre anterior, a Região Sul tinha taxa de desocupação de 8,2% e o Nordeste, 14,8%.

Do contingente de 12,5 milhões de pessoas que procuraram emprego e não encontraram, 52,2% eram pardos, 34,7% eram brancos e 12% eram pretos. Tais percentuais diferem da participação de cada um desses grupos na força de trabalho total: pardos (47,9%), brancos (42,5%) e pretos (8,4%).

O IBGE informou ainda que, no terceiro trimestre de 2018, o número de desalentados somou 4,78 milhões de pessoas. O contingente ainda está próximo dos 4,83 milhões contabilizados no segundo trimestre, o maior percentual da série histórica. O IBGE considera desalentado quem está desempregado e desistiu de procurar emprego.

O percentual de pessoas desalentadas chegou a 4,3% e tem sua maior taxa no Maranhão e em Alagoas onde chega a 16,6% e 16%. O Maranhão também tem o menor percentual de trabalhadores com carteira assinada (51,1%).

No terceiro trimestre deste ano, 74,1% dos empregados do setor privado tinham carteira assinada, percentual que ficou estável em relação ao trimestre anterior.

Além de ter a menor taxa de desemprego do país, de 6,2%, Santa Catarina também tem o menor percentual de desalentados, de 0,8%, e o maior percentual de trabalhadores com carteira assinada, de 88,4%.

A taxa de subutilização da força de trabalho no Brasil foi de 24,2%, o que representa 27,3 milhões. Esse número soma quem procurou emprego e não encontrou, quem não procurou, quem procurou e não estava mais disponível para trabalhar e quem trabalha menos de 40 horas por semana e que gostaria de trabalhar mais.

A população ocupada somou 92,6 milhões de pessoas. Esse total tem 67,5% de empregados, 4,8% de empregadores, 25,4% de pessoas que trabalharam por conta própria e 2,4% de trabalhadores familiares auxiliares.

(Fonte: Agência Brasil)

O Paysandu Sport Club segue mais vivo do que nunca na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B. Em partida realizada na noite desta terça-feira (13), o Papão venceu de virada o Figueirense-SC, por 3 a 2, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. A partida foi válida pela 37ª rodada da competição nacional.

O Figueirense começou o jogo parecendo que iria golear o Paysandu, e rapidamente marcou duas vezes, e os dois gols do atacante Elton, de cabeça, aos 5, e de sem pulo, aos 13 minutos. O time bicolor se espertou na partida e diminuiu ainda na primeira etapa com o pênalti convertido com categoria pelo meia Pedro Carmona, aos 35 minutos.

Na segunda etapa, o time do Papão sufocou o adversário. O volante Renato Augusto carregou bem pelo meio e disparou um chute forte e rasteiro, o goleiro Vitor Caetano ainda tocou na bola, mas não evitou o empate, aos 10 minutos. Quando tudo parecia que iria terminar empatado, eis que o técnico João Brigatti colocou em campo o zagueiro Fernando Timbó, que após cruzamento na área, marcou de cabeça, aos 45 minutos, o gol da vitória do Papão.

Com o resultado positivo, o Paysandu soma 43 pontos na classificação da Série B e agora ocupa a 16ª posição. Sendo assim, o time segue momentaneamente fora da zona de rebaixamento e agora vai ter que secar o CRB-AL, na partida diante do Londrina-PR, nesta sexta-feira (16), às 21h30, no Estádio do Café, em Londrina.

O Paysandu volta a campo diante do Atlético-GO, no sábado (24), às 17h, no Estádio Leônidas Sodré de Castro, a Curuzu, em Belém. A vitória pode livrar o Papão de vez do fantasma do rebaixamento. A partida será válida pela 38ª e última rodada da Série B de 2018.

O jogo: Figueira 2 x 3 Papão – Virada histórica!

Precisando vencer para não correr o risco de ser rebaixado na rodada, o Paysandu teve a primeira chance de marcar. O meio-campo Thomaz tocou para Guilherme Santos cruzar da esquerda, a bola passou na boca do gol na frente dos atacantes Mike e Magno. Mas logo o Figueirense chegou a gol. O lateral-esquerdo Guilherme Santos fez lambança e ao tentar recuar de cabeça para o goleiro Renan Rocha, mandou a bola diretamente pela linha de fundo, cedendo um escanteio de graça aos donos da casa.

Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Romarinho, filho do craque Romário, que cruzou na medida para o atacante Elton, que cabeceou sozinho no meio da área para o fundo do barbante, aos 5 minutos, 1 a 0 Figueirense. O time da casa começou a gostar da partida e não demorou muito para ampliar o marcador. Diego Renan Cruzou da esquerda para o atacante Elton, que emendou um sem pulo sensacional e marcou um golaço no Orlando Scarpelli, 2 a 0, aos 13 minutos.

O Paysandu tentou diminuiu em seguida com Thomaz, mas o chute saiu em cima do goleiro Vitor Caetano. O Papão cresceu no jogo e foi para cima. Magno ganhou bem de Eduardo e cruzou para o meio da área, a bola passou pelo atacante Mike e se perdeu pela linha de fundo, que chance perdeu o time paraense. Minutos depois, a bola tocou na mão de Diego Renan dentro área, e o árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo, de São Paulo, não titubeou e assinalou pênalti para os bicolores.

Pedro Carmona pediu a bola e cobrou com muita categoria, deslocando o goleiro Vitor Caetano, diminuindo o placar, 2 a 1, aos 35 minutos. O Figueirense quase ampliou, depois que Marco Antônio cobrou escanteio na segunda trave e Romarinho sozinho, não alcançou a bola. Foi o que de melhor aconteceu no primeiro tempo. Na etapa final, o Papão foi para cima em busca do empate. O atacante Mike soltou o pé de fora da área, a bola passou por cima da meta do goleiro Vitor Caetano.

Na outra tentativa bicolor, a bola foi parar no fundo do barbante. Renato Augusto arrancou bem pelo meio e disparou um chute forte rasteiro de fora da área, o goleiro Vitor Caetano ainda tocou na bola, mas não evitou o gol, era o empate do Papão, aos 10 minutos. O time do Figueira que estava praticamente só cumprindo tabela, não parecia muito interessado no jogo. Marco Antônio recebeu passe e disparou forte, a bola passou longe e por cima da meta bicolor.

O Papão quase virou, quando Guilherme Santos fez boa jogada e cruzou para área, o atacante Mike bateu firme e mandou por cima da meta do Figueira, que chance perdeu o time bicolor. No lance seguinte, Pedro Carmona cobrou escanteio, a bola bateu na zaga adversária, e Mike mandou para o fundo do gol, mas após conversa entre a arbitragem, o tento bicolor foi desmarcado.

O técnico Rogério Micale, do Figueirense, reclamou da arbitragem e acabou sendo expulso. Pressão total do Paysandu. Pedro Carmona mandou bola para a área, a zaga do Figueirense cortou parcialmente e na sobra, Renato Augusto disparou sem perigo. O técnico João Brigatti colocou o zagueiro Fernando Timbó em campo. Na jogada de Pedro Carmona, que cruzou duas vezes, a bola foi certeira na cabeça do zagueiro Fernando Timbó, que mandou para o gol, aos 45 minutos, virada bicolor. Placar final: Figueirense 2 x 3 Paysandu.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE: Vitor Caetano; Matheus Sales, Nogueira, Eduardo e Diego Renan; Zé Antônio, Betinho (Pereira), Marco Antônio e Renan Mota (Patrick); Romarinho (Maikon Leite) e Elton. Técnico: Rogério Micale.

PAYSANDU: Renan Rocha; Maicon Silva (Fernando Timbó), Diego Ivo, Perema e Guilherme Santos; Renato Augusto, Nando Carandina, Thomaz (Hugo Almeida) e Pedro Carmona; Mike e Magno (Matheus Silva). Técnico: João Brigatti.

Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)

Assistentes: Herman Brumel Vani (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)

Cartões amarelos: Matheus Sales e Renan Mota (Figueirense); Perema (Paysandu)

Gols: Elton, de cabeça, aos 5 minutos, e de sem pulo, aos 13 minutos do 1° tempo para o Figueirense; Pedro Carmona, de pênalti, aos 35 minutos do 1° tempo, Renato Augusto, de fora da área, aos 10 minutos, e Fernando Timbó, aos 45 minutos do 2° tempo para o Paysandu

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)

Pagantes: 1.414

Total: 1.445

Renda: R$ 34.746,00

(Fonte: Zé Dudu/Por Fábio Relvas)

O ministro que coordena a transição de governo e futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou nesta quarta-feira (14) que o "martelo está batido" para a criação do "Ministério da Cidadania" no governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Em entrevista à Rádio Gaúcha, Lorenzoni explicou que a nova pasta cuidará das áreas de desenvolvimento social, direitos humanos e políticas de combate às drogas – atualmente o governo federal tem o ministério do Desenvolvimento Social e o ministério dos Direitos Humanos.

Lorenzoni declarou na entrevista que parte do Ministério do Trabalho poderá ficar com a nova estrutura, mas que o modelo será analisado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro.

"O Ministério do Trabalho ficará junto com a 'produção' ou vai para um outro ministério chamado de Cidadania, que aí tem lá o Desenvolvimento Social, os Direitos Humanos", disse o ministro.

"Esse martelo está batido... Ele vai cuidar dos direitos humanos, do desenvolvimento social e vai trazer a Senad [Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas]... E ele vem para trabalhar com recuperação de drogados", completou.

Nas discussões sobre a estrutura do novo governo, chegou a se especular a fusão das pastas de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social sob o nome de Ministério da Família, com o senador Magno Malta (PR-ES) entre os cotados para ser ministro.

A pasta do Desenvolvimento Social, por exemplo, é responsável pelo programa Bolsa Família e por outras iniciativas na área social, como os programas Progredir e Criança Feliz.

Ministério do Trabalho

Nesta terça (13), Bolsonaro afirmou em entrevista em Brasília que o Ministério do Trabalho manterá o "status" ministerial, reunido com outras áreas.

"Vai ser ministério disso, disso e Trabalho. É igual o Ministério da Indústria e Comércio, é tudo junto, está certo? O que vale é o status", disse o presidente eleito.

Questionado sobre a declaração, Lorenzoni explicou que Bolsonaro recebeu "dois desenhos" de estrutura para toda a Esplanada, o que ainda está em análise. Nos dois modelos a atual estrutura do Trabalho terá funções divididas.

Segundo o ministro, a futura pasta da Cidadania pode absorver parte das funções do Ministério do Trabalho.

"A parte da Secretaria de Políticas Públicas para Emprego e outras que estão conectadas a essa área podem ir para aí [Cidadania]", disse Lorenzoni.

A área responsável pela concessão de cartas sindicais poderá ser deslocada para o Ministério da Justiça, cujo titular será o juiz federal Sérgio Moro. Bolsonaro ainda não tomou a decisão.

"Num dos desenhos propostos, mas que ele [Bolsonaro] ainda não bateu o martelo, a concessão das cartas sindicais está prevista ir para o Ministério da Justiça, para as mãos do doutor Mouro, porque é um foco permanente de corrupção", declarou Lorenzoni.

Produção

Lorenzoni também comentou a possibilidade de um governo ter um ministério da "Produção", que poderá absorver parte das atuais funções do Ministério do Trabalho.

Segundo ele, esse novo ministério herdaria parte das atribuições do atual Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). A futura pasta da Economia deverá ficar com a área de comércio exterior do MDIC.

"A parte do comércio exterior iria lá para a Fazenda [Economia] e a parte do MDiC que não lida com comércio exterior ficaria com o ministério da Produção", explicou.

A equipe de transição pretende apresentar os modelos de primeiro escalão a Bolsonaro nesta quarta para que ele possa avaliar as mudanças nos próximos dias.

 (Fonte: G1)
 
 
  
 
 

A Mega-Sena pode pagar hoje (14) R$ 33 milhões para quem acertar sozinho o prêmio principal do concurso 2.097.

O sorteio será realizado às 20h (horário de Brasília), no Caminhão da Sorte estacionado na cidade de Nazaré Paulista, em São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

De acordo com a Caixa, aplicado na poupança o prêmio renderia cerca de R$ 122,6 mil por mês.

(Agência Brasil)

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_UNAMAgk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2018gk-is-100.jpglink