Pará registrou nove mortes nas estradas federais durante as festas de final de ano Destaque

Nove pessoas morreram nas estradas federais do Pará durante os feriados de fim de ano, de acordo com balanço das operações Natal e Ano Novo divulgado hoje (02) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O número é quase cinco vezes maior que o registrado nas operações de 2018/19, quando duas pessoas morreram. O número de pessoas feridas não foi divulgado. No total, foram dez dias de trabalho, do dia 21 até 25 de dezembro (Natal) e do dia 28 de dezembro até 1º de janeiro (Ano Novo).

O período de festas de fim de ano foi marcado pelo aumento de pessoas circulando nas rodovias federais paraenses em direção aos mais diversos destinos. Por isso, destaca a PRF, as operações tiveram como prioridades o combate à embriaguez ao volante, a fiscalização de ultrapassagens proibidas e o uso do cinto de segurança.

Entretanto, as operações contabilizaram 26 acidentes automobilísticos nos dois feriados, sendo 16 no Natal e 10 no Ano Novo. O número é quase 25% maior que o registrado nas operações anteriores, quando houve 21 acidentes nas estradas federais paraenses durante as festas de fim de ano. Segundo a PRF, entre as causas dos acidentes no período, a maioria teve relação com a conduta dos motoristas ou pedestres, como a falta de atenção à condução, não guardar distância de segurança, desobediências às normas de trânsito, ingestão de álcool, velocidade incompatível e ultrapassagem indevida.

Ao todo, foram realizados 4.192 testes de alcoolemia em condutores, dos quais 61 foram autuados por dirigirem sob efeito de álcool, e 13 foram detidos por apresentarem uma taxa de álcool no sangue maior que 0,33 miligramas por litro. A Lei Seca (lei federal 12.760/2012) considera como infração de 0,05 a 0,33 miligramas de álcool por litro de ar expelido no bafômetro (etilômetro). Acima disso, o condutor é conduzido a uma delegacia pelo crime de trânsito de dirigir embriagado.

Durante as duas operações, os policiais autuaram 266 pessoas por fazerem ultrapassagens proibidas. Outras 124 pessoas foram flagradas sem cinto de segurança. No total, quase 6 mil pessoas e 5,3 mil veículos foram fiscalizados pelas equipes da PRF. As duas operações contaram com um reforço de policiais nas rodovias federais, objetivando aumentar a sensação de segurança durante as festas de fim de ano e coibir as principais condutas de motoristas que são potenciais causadoras de acidentes graves.

(Fonte: ORM)

 

Avalie este item
(0 votos)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016