A Floresta Nacional do Tapirapé – Aquiri inaugurou no último dia 05 de dezembro seu Circuito de Trilhas Ecológicas, composto pelas trilhas: Paxiúba, Castanheira, Bitoca e Cinzento, todas nas proximidades do complexo minerário Salobo, localizado no território do município de Marabá, cerca de 70 de Parauapebas. O circuito ecológico também conta com as trilhas, Pena Branca em São Félix do Xingu.

Com níveis de dificuldade variando entre leve e moderado, são oferecidas opções para o recebimento de públicos diferenciados. Os cenários de grande beleza cênica, os córregos e igarapés da bacia hidrográfica do rio Itacaiúnas somados ao grande volume de espécies florestais raras são um atrativo a mais. Os atributos naturais são enriquecidos pela instalação de travessias suspensas, pontes elevadas, e pontos de parada e contemplação da beleza natural, o que conferem às trilhas um tom de aventura tipicamente amazônico.

A iniciativa faz parte do planejamento da unidade para ampliar as ações de educação ambiental.

André Macedo, coordenador do NGI ICMBio Carajás, destaca que a iniciativa faz parte de uma estratégia e gestão participativa que tem por objetivo o desenvolvimento da sensação de pertencimento perante a comunidade, ampliar a participação social, mostrar para a sociedade todo o valor da biodiversidade local. “Esperamos que a ação contribua para o fortalecimento do turismo ecológico em Marabá e região e crie oportunidades para a geração de renda e desenvolvimento socioambiental”, disse André.

No último dia 09 de dezembro de 2018, a Cooperativa de Trabalho em Ecoturismo de Carajás - COOPERTURE participou da programação de inauguração do circuito. O convite partiu da gestão da unidade em conjunto com a Coordenação Especial de Uso Público da Floresta Nacional de Carajás, subordinada à Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Parauapebas, para conhecer os atrativos naturais da Unidade de Conservação vizinha à Flona Carajás. A COOPERTURE já atua na FLONA Carajás há mais de cinco anos, e mais recentemente no Parque Nacional dos Campos Ferruginosos, conduzindo turistas nacionais e internacionais.

Para a condutora de atrativos naturais da COOPERTURE, Francilma Vieira, esse momento foi de muita satisfação onde a Cooperativa pôde conhecer os atrativos e estudar a viabilidade junto ao órgão gestor da unidade de conservação, o ICMBio, a autorização de visitação nas trilhas. “As trilhas nos mostram uma riqueza única e a abordagem do contexto histórico e econômico da região foi fundamental. Há inúmeras possibilidades de atender diversos públicos da região, com guias locais, nos enche de expectativas. Levantamos a bandeira de que precisamos conhecer para conservar nossas unidades de conservação, esse é o papel socioambiental da COOPERTURE Carajás”, relatou Francilma.

Na oportunidade ainda estiveram presentes o Secretário Adjunto da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Parauapebas, além de alunos da turma de meio ambiente da escola técnica Vale dos Carajás, unidade Parauapebas, UFRA, escola Dorothy Stang, grupos locais de capoeira, e IFPA, turmas de meio ambiente, que juntos aos demais usuários dos municípios vizinhos, somaram cerca de 1000 visitantes ao longo da semana inaugural do circuito.

Para potencialização das ações de divulgação, foi criado o Aplicativo para celular. O “Trilhas Flona do Tapirapé – Aquiri”, encontra-se se disponível para download na plataforma Android. Por meio dele é possível conhecer a estruturação e principais atrativos disponíveis.

A riqueza da fauna e flora torna-se um ambiente perfeito para a prática do Birdwatching termo em inglês para "Observação de aves", atividade recreativa que torna o Mosaico de Carajás e um lugar único no mundo, haja vista que algumas espécies de aves só são encontradas aqui.

Formado em Zootecnia pela Ufra, o Birding Guid (Guia de Observação de Aves), Filho Manfredini explica que o Mosaico de Carajás e suas diversas unidades de conservação, têm enorme potencial para a prática do Birdwatching, pois a  enorme área de conservação está dentro do “Interflúvio do Xingu”, que funciona como uma espécie de “rota das aves” onde moram espécies únicas no mundo inteiro.

Outros dois fatores primordiais para tal potencial é a acessibilidade e a variedade de espécies, que possui cerca de um terço das espécies encontradas em todo o Brasil. “É uma das unidades de conservação do Brasil que tem a maior infraestrutura em estrada e alojamentos e nos coloca muito à frente quando o assunto é fazer as pessoas virem aqui para Carajás, o que consequentemente aquece o comércio local e gera mais dinheiro”, disse Manfredini.

Francilma Vieira, condutora de atrativos naturais da COOPERTURE.

Filho Manfredini, Birding Guid (Guia de Observação de Aves).

 

 

 

 

 

 

 

 

São diversos estudantes, da rede pública municipal, contemplados com cursos profissionalizantes (Atendente de farmácia, Auxiliar de recursos Humanos, Informática Avançada, Assistente de contabilidade e Web Designer); Aproximadamente 125 com formatura marcada para o próximo sábado, 15, quando poderão ser inseridos no mercado de trabalho tendo suas realidades mudadas com melhor qualidade de vida.

Elaine dos Santos, estudante de Atendente de Farmácia.

Uma das alunas contempladas é Elaine dos Santos, estudante do curso Atendente de Farmácia. Ela diz estar bastante entusiasmada com a oportunidade e espera conseguir entrar no mercado de trabalho. “Sei que assim como eu, muitos dos participantes não conseguiriam fazer um curso pagando do próprio bolso. Graças a UMESPA isto está sendo possível”, reconheceu Elaine.

Fernanda Lima, estudante do curso de informática.

Fernanda Lima escolheu o curso de informática. Ela reconhece que não teria condições de fazer o curso. “Esta iniciativa da UMESPA com a prefeitura foi muito importante. Isso prova o comprometimento deles com nosso futuro”, afirma Fernanda.

Pablo Santos, estudante do curso técnico em contabilidade.

Estudante do curso técnico em contabilidade, Pablo dos Santos, qualifica como oportunidade e um peso a mais em seu curriculum. “Esperamos que isso seja um direcionamento para o mercado de trabalho”, planeja Pablo. 

Outro ponto cumprido no projeto é a constituição, conscientização e Sensibilização de 20 diretorias de Grêmios Estudantis. O objetivo, de acordo com a direção da entidade, é despertar a consciência política nos estudantes que poderão ver a forma correta de reivindicar seus direitos e fiscalizar o funcionamento da coisa pública. “É na escola onde tudo deve começar. Além da alfabetização escolar, a iniciação política e as relações sociais, devem ser oferecidas aos estudantes ainda e seus primeiros anos escolares”, explica Kelen Reis, presidente da UMESPA.

O projeto contempla ainda o lado social dos estudantes que estão recebendo gratuitamente 3 mil Carteiras de Identificação Estudantil, parte delas emitidas em escolas da zona rural, inclusive, na Vila Palmares II. De acordo com a presidente da entidade, Kelen Reis, esta é uma forma de levar os direitos aos estudantes dando a eles o direito de acessar com meia gratuidade o transporte coletivo, cinema, teatro e outras atrações culturais.

Trata-se do projeto “CULTURA E EDUCAÇÃO, JUVENTUDE EM AÇÃO”, desenvolvido pela UMESPA – União Municipal dos Estudantes de Parauapebas, fomentado pelo governo municipal através do Convênio Número 017/2018, com recurso disponibilizado através de Emendas Parlamentares, da vereadora Joelma Leite (Nº 036/2017) e do vereador Zacarias Assunção Vieira Marques (Nº 165/2017); cujas ações propostas visam promover o fortalecimento do protagonismo juvenil, através de atividades educativas e culturais com capacitação e formação social desenvolvida aos estudantes da Educação Básica da Rede Pública de Ensino do município de Parauapebas.

Alessandro Lima se diz feliz por ver os rumos que a entidade vem tomando.

O projeto foi iniciado pelo então coordenador técnico da UMESPA, Alessandro Lima, responsável pelas articulações iniciais que resultou nesta conquista. “Me sinto contemplado ao ver o projeto sendo desenvolvido e a entidade tomando rumos melhores e inovadores”, comemora Alessandro, dando por importante a doação das carteirinhas estudantis o que, ainda segundo ele mostra o empenho da entidade em defender os interesses dos estudantes.

Outra vitória apontada por Alessandro é a conquista do TÍTULO DE UTILIDADE PÚBLICA ESTADUAL pela UMESPA, vitória esta, conquistada quando ele fazia parte da gestão. “As vitorias foram muitas e todas de igual importância. Mas a conquista do direito a meia passagem incluindo ainda estudantes de ensino técnico, é uma das quais tenho como mais importantes, pois esta beneficia, em especial os que mais precisam. Fico feliz por fazer parte deste processo inovador que vive a entidade”, conclui Alessandro.

 Com o início do inverno amazônico, o nível de chuva tende aumentar entre os meses de dezembro a maio. Com pouco mais de dois anos que foi entregue a população, moradores do complexo de bairros Villa Nova I e II, em Parauapebas, já começam a sentir na pele o efeito do período o chuvoso.

Incontáveis buracos na pavimentação asfáltica não são nenhuma novidade, mas o que ganha destaque é um grande buraco que se formou na única avenida que dá acesso aos bairros, o que tem impedido o fluxo do transporte público há quase sete dias.

Sem transporte público, quem precisa usar serviço tem que andar a pé até a parada de ônibus mais próxima, esta, fica localiza no Bairro dos Minérios, aproximadamente 500 m do início do bairro Vila Nova I.

O caminho é percorrido diariamente pela estudante Thaynara Pires, que agora está de férias, mas expõe que precisa atravessar o bairro inteiro para pegar o ônibus quando precisa. “Ontem eu cheguei atrasada em uma entrevista de trabalho porque ninguém sabe a hora que os ônibus passam”, disse Thaynara.

A idosa, Maria Alves dos Santos,  de 67 anos de idade, é outra prejudicada com a falta de transporte público. Ela precisa ir constantemente ao médico para fazer exames rotineiros e mesmo com a idade avançada, já teve que fazer o mesmo percurso várias vezes, tanto de ida quanto de volta.  “Tá ruim demais para todos nós. É longe lá da minha casa até a parada de ônibus, cansa muito. Como uma pessoa que paga seus impostos, eu espero que as autoridades procedam com o concerto desta via o mais rápido possível”, disse a aposentada.

Na manhã desta sexta-feira (14) a nossa equipe de reportagem entrou em contato com a Secretaria Municipal de Obras (Semob), pasta competente pelos serviços de pavimentação e outros desta natureza, no entanto ate fechamento desta matéria não obtivemos respostas da mesma.

 

A idosa, Maria Alves, é uma das pessoas mais prejudicadas com a falta de transporte público.

 

 

Sem transporte público, quem precisa usar serviço tem que andar a pé  cerca de 500 metros até a parada de ônibus mais próxima.

(Reportagem: Fernando Bonfim)

Para dar transparência aos atos e às ações que envolvem os projetos de habitação de interesse social, a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria de Habitação (Sehab), torna públicos os critérios de acesso aos programas habitacionais desenvolvidos 100% pelo governo municipal bem como os executados em parceria com o governo federal e os critérios de acesso ao Benefício do Aluguel Social destinado a auxiliar financeiramente famílias que sejam impactadas por obras de natureza urbanística, habitacional, saneamento, regularização fundiária, dentre outros.

Acesse a íntegra aqui: Critérios de acesso aos programas habitacionais

Também conheça a lei municipal que institui o aluguel social em Parauapebas, acessando aqui: Lei nº 4.532/13

Os dados da Sehab mostram que apenas nos últimos dois anos 2.701 famílias foram beneficiadas em programas habitacionais em Parauapebas nos projetos Alto Bonito e Vila Nova e mais 3.194 serão contempladas em breve nos projetos Lar da Nossa Gente e Nova Carajás lX. E para ter acesso aos programas, todos os beneficiários devem atender a critérios obrigatórios.

Conforme os critérios, para projetos constantes no Programa Minha Casa Minha Vida a renda total familiar deverá ser de até três salários mínimos; é necessário residir no município no mínimo há três anos; não ser proprietário ou cessionário de imóvel residencial e não ter recebido benefício de natureza habitacional oriundo de recursos orçamentários do município.

Todos os requisitos devem ser comprovados por meio de documentos, como histórico escolar e inserção da família no Cadastro Único para programas sociais (CadÚnico).

PRIORIDADES

Em razão do volume de pessoas inscritas no cadastro habitacional, todo projeto habitacional deve atender também a critérios de priorização que determinam quais famílias devem ser contempladas prioritariamente. 

Tendo em vista o interesse social das políticas habitacionais, famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica e risco social, ou seja, que residam em área considerada de risco ou que tenham sido comprovadamente desabrigadas devem ter preferência, assim como famílias que das quais façam parte pessoas com deficiência. 

E mais: pessoa idosa; que sejam beneficiadas no Programa Bolsa Família ou Benefício de Prestação Continuada (BPC); em situação de rua; com filhos menores de 18 anos; inscritas no Cadastro Habitacional Municipal há mais de cinco anos, desde que posterior a 2008; atendidas pelo benefício aluguel social; que façam parte pessoa atendida por medida protetiva prevista na Lei Maria da Penha; famílias monoparentais, isto é, chefiadas apenas pela mãe ou pelo pai ou ainda por responsável; ou ainda que façam parte pessoa com doença crônica incapacitante para o trabalho.

ALUGUEL SOCIAL

Além de moradia digna, as diretrizes habitacionais preveem também o plano de desfavelização, que substitui áreas de moradia precárias por unidades habitacionais inteiramente novas. E durante o período destinado à construção das moradias populares, as famílias que antes ocupavam a área são direcionadas para imóveis residenciais cuja locação é custeada por meio do programa “aluguel social”.

Os usuários beneficiados com o aluguel social podem ser impactados também por obras de natureza urbanística, saneamento ou regularização fundiária e com a finalização da obra ou com o retorno das famílias, o benefício é encerrado. 

(Texto: Jéssica Diniz/Ascom-PMP)

A Secretaria Municipal de Cultura (Secult) e a Escola de Música Maestro Waldemar Henrique irão promover a tradicional Cantata, intitulada este ano “Agora é Natal”, no próximo sábado, 15. Toda a população está convidada a participar de tão belo momento.

O evento tem apoio da Vale e vai começar às 19h no Centro Cultural de Parauapebas, no bairro Apoena. Para ver a Cantata, basta apresentar um brinquedo. Tudo será doado às crianças carentes do município para que tenham um natal mais feliz.

(Ascom/PMP)

O ano de 2019 já está chegando e trará novidades na modalidade de transporte individual de passageiros no município. É que a Prefeitura de Parauapebas, por meio do Decreto nº 865, de 12 de novembro de 2018, instituiu o Projeto de Padronização de Mototaxistas, com mudanças positivas para a categoria e, por tabela, para a sociedade e para o trânsito. 

De acordo com Wanterlor Bandeira, secretário municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi), a iniciativa irá promover mais segurança e qualidade na prestação do serviço. “O objetivo é padronizar o serviço facilitando a fiscalização do transporte irregular de passageiros e oferecendo, consequentemente, mais segurança ao cidadão”. 

Além disso, ressalta Wanterlor, o projeto vai incentivar o empreendedorismo “proporcionando uma inclusão produtiva e previdenciária, além de promover educação de trânsito”. Para isso, haverá parceria com a Sala do Empreendedor de Parauapebas, inaugurada no final de novembro deste ano. 

CRITÉRIOS

Para fazer parte da padronização e alcançar os benefícios, os mototaxistas deverão assumir o compromisso de cumprir alguns critérios pré-estabelecidos pelo projeto, como participar de capacitações, dentre as quais aquelas voltadas para o empreendedorismo, educação para o trânsito e primeiros socorros. Eles também deverão ser agentes multiplicadores das campanhas educativas promovidas pelo Núcleo de Educação para o Trânsito (NET). 

Além das etapas relatadas pelo titular da Semsi, os profissionais deverão se tornar Microempreendedores Individuais (MEIs), detentores de autorização para Serviço de Transporte Público para passageiros, modalidade mototáxi. Depois de cumprirem esses critérios, os condutores estarão aptos para receber o chamado Kit de Padronização de Mototaxista, composto por dois capacetes de segurança e dois coletes com dispositivos retrorefletivos, adquiridos pela prefeitura mediante processo licitatório. 

ISENÇÃO FISCAL

Wanterlor Bandeira destaca o ponto do projeto que prevê concessão de benefícios fiscais aos mototaxistas padronizados, com a isenção do pagamento de taxas administrativas para operar o Sistema Regular de Transporte de Passageiros, prevista na Lei Municipal nº 4.551/13. Desta forma, o governo municipal assegura condições para que o profissional aumente sua lucratividade. 

O Departamento Municipal de Trânsito e Transporte de Parauapebas (DMTT) é responsável pela regulamentação e fiscalização do serviço em Parauapebas. E segundo o órgão que integra a Semsi, 745 mototaxistas estão cadastrados atualmente em Parauapebas. Destes, 654 fazem parte de cooperativas e 91 são autônomos. 

O projeto de padronização contará com parceria de demais órgãos como Secretaria Municipal de Desenvolvimento (Seden), por meio da Sala do Empreendedor, Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Corpo de Bombeiros de Parauapebas, Central das Cooperativas dos Mototáxis, Motofrete, Motoboy do Sudeste do Pará (CCMSP) e Sindicato dos Mototaxistas de Parauapebas. 

Um dos resultados que se busca alcançar com o projeto é a redução de acidentes na modalidade do transporte municipal, o que impactará diretamente em menor custo para a saúde. Em 2017, no município, foram registrados 24 acidentes envolvendo mototaxistas. Houve 16 vítimas lesionadas que receberam tratamentos com traumatologia e ortopedista. 

ESTRUTURA MELHOR 

A busca de melhorias para a categoria de mototaxistas não envolve apenas capacitações, oferta de benefícios fiscais e envolvimentos em ações educativas para um trânsito seguro. A Prefeitura de Parauapebas vem investindo para que esses trabalhadores possam desfrutar de melhores condições de trabalho. 

Por meio da Secretaria Municipal de Obras (Semob), quatro pontos de táxi e mototáxi foram inaugurados na cidade: às proximidades do Partage Shopping na PA-275, na rodovia Faruk Salmen em frente à feira do Produtor, na rua 14 com a F e outro ponto na Palmares II, para os mototaxistas. Para 2019, outros pontos serão entregues, um dos quais está em fase de conclusão no bairro Casas Populares 2.

(Anne Costa/ASCOM-PMP) 

Deusimar Lima Carvalho, 42 anos de idade, que já havia sido preso pela Polícia Militar por porte ilegal de arma de fogo, foi encontrado morto com um tiro de espingarda (semelhante a calibre 20) no olho esquerdo na porta da casa onde morava, no Bairro Parque Verde, em Parauapebas. O Crime aconteceu no final da manhã desta quarta-feira (12). Moradores e vizinhos de Deusimar relataram que ele fazia ameaças à comunidade daquela redondeza e por várias vezes efetuou disparos de armas de fogo para cima.

Deusimar havia sido preso por policiais militares em 27 de novembro deste ano, ao ser denunciado por moradores que o acusavam de estar fazendo ameaças e de realizar disparos de arma de fogo aterrorizando seus vizinhos.

Na denúncia, também foi repassada a informação de que Deusimar Lima seria autor de dois homicídios na cidade de Caxias, no Maranhão. Quando preso, também foram apreendidas com ele três espingardas.  

Quanto à denúncia do duplo homicídio não havia nenhum mandado de prisão contra Desumiar. Depois de ser ouvido em depoimento, o mesmo foi liberado mediante pagamento de fiança, haja vista que foi acusado apenas por porte e posse ilegal das três espingardas encontradas pela polícia.

 Cerca de 15 dias depois de sua prisão, Deusimar Lima Carvalho foi  encontrado morto na porta de sua residência no Bairro Parque Verde, em Parauapebas, onde havia sido preso com base nas denúncias.

Na denúncia feita à Polícia Militar também dava conta de que Deusimar Carvalho era foragido do Estado do Maranhão, onde teria matado, a facadas, um homem e uma mulher, crimes ocorridos em 2005 e 2013, na cidade de Caxias (MA), onde ele teria cumprido cerca de dois anos de cadeia.

Ainda de acordo cm a denúncia, o acusado foi flagrado com três espingardas, motivo pelos qual foi apresentado na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas. Para a polícia, Deusimar Carvalho confessou os dois homicídios em Caxias, e disse que já teria puxado mais de dois anos de cadeia, depois teria sido inocentado pela justiça daquela cidade.

No dia de sua prisão, em Parauapebas, Deusimar Lima contou para a reportagem como teria ocorrido os dois crimes que cometera naquela cidade; a mulher, segundo ele, teria sido morta em uma briga quando o homem que estava com ela,  a teria usado como escudo e as facadas que seria para atingir o homem acabaram atingindo ela mortalmente, o crime aconteceu em 13/02/2005 no Balneário Veneza, em Caxias.

A segunda morte ocorreu no dia 28/09/2013. Quando um homem teria tentado lhe roubar uma bicicleta no Mercado Central de Caxias (MA). Quanto aos dois crimes  Deusimar Lima, alegou legítima defesa e que por isso a justiça lhe pôs em liberdade.

Em sua entrevista ele contou para reportagem que estava na cidade de Parauapebas havia três meses trabalhando com horta.

Na  20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde Deusimar Lima foi apresentado ao delegado plantonista Dufrae Abade, a  equipe de investigadores realizaram uma busca para averiguar  se haviam  mandados de prisão preventiva expedido contra o mesmo, porém nada foi encontrado, e ele ficou preso apenas pela posse e porte ilegal das armas de fogo, uma vez que na residência do mesmo a polícia encontrou três espingardas tipo por fora.

Foto arquivo da primeira vez em que Deusimar foi preso em Parauapebas. 

(Caetano Silva)

Amigos e familiares do patinador Wellison Farias Azevedo estão organizando uma manifestação que será realizada na noite desta quarta-feira em Parauapebas (12). Wellison, de apenas 16 anos de idade foi atingido em cheio por um veículo na madrugada de sexta-feira para sábado (8) enquanto patinava na PA-275. O ponto de encontro será às 20h na Rua 16, com a PA-275, próximo do local do acidente.

O jovem foi atropelado por um veículo (Honda Civic, de cor prata) que era conduzido por Marcelo Napoleão Andrade, de 38 anos de idade, natural de Teresina- Piauí. Marcelo se apresentou espontaneamente no dia seguinte na 21ª Seccional de Polícia Civil em Marabá, cerca de 160 KM de Parauapebas.

Wellison continua internando na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Geral de Parauapebas, onde deu entrada em estado grave, com traumatismo craniano, perfuração no pulmão e as duas pernas quebradas.

De olho na terceirização do Hospital Geral de Parauapebas (HGP) o Ministério Público do Estado do Pará, na pessoa do promotor de justiça, Hélio Rubens convocou a população parauapebense para participar de uma audiência publica nesta quarta-feira (12) no Centro Universitário de Parauapebas. O intuito da audiência é tratar da elaboração do contrato de gestão do HGP. A partir deste contrato é que serão fixadas todas as metas dos serviços prestados pelo hospital pela organização social (OS) ganhadora da licitação em parâmetros quantitativos e qualitativos.

Em uma entrevista exclusa, no último dia 6/12 o Promotor de Justiça Hélio Rubens explicou sobre importância da participação da população na audiência, pois quanto mais o contrato espelhar a necessidade real da população, mais eficiente ele será no processo de prestação de serviço.

Primeira fase

O promotor explicou que esta já e a terceira audiência promovida, entre Ministério Público e Prefeitura Municipal, as duas anteriores foram para tratar da escolha da OS que irá prestar os serviços ao município.  Para a justiça este processo é denominado de Qualificação. “Neste procedimento não se atribui nenhum serviço para estas organizações, dar-se apenas um ‘carimbo’ para saber quais cumprem determinados requisitos, ou não. A partir de então pode se pode firmar um possível contrato de gestão”, esclareceu o promotor.

As duas primeiras audiências trataram sobre tais exigências que seriam estabelecidas para a qualificação das OS’s quanto ao plano de trabalho, nohall e preço do serviço.

Segunda fase

Hélio Rubens também esclareceu que após o certame de qualificação, uma das três OS’s consegue atender os requisitos para a prestação do serviço, no entanto, a segunda colocada entrou com recurso, que está aguardado o julgamento da administração pública, ou seja, pode ser que a OS que recorreu também esteja qualificada e as duas disputarão quem ganha o contrato.

As OS’s, independentemente da vencedora da licitação, ou não, apresentam um plano de trabalho e o município, com base em um termo de referência e nas premissas da lei, elaborar um contrato de gestão. O próximo passo da administração é julgar o que for mais eficiente: prestar o melhor serviço pelo menor preço.

“O contrato precisa ser muito claro. Os parauapebenses estão sendo convocados exatamente para ajudar na elaboração do conteúdo dele, pois é a comunidade quem sabe mais que eu, ou o gestor, qual é realidade da saúde no município. Quanto mais transparente for, mais fácil será para a população e para Ministério Público controlar”, destacou o promotor.

Se consolidada, esta será a terceira vez que o HGP é administrado por uma empresa terceirizada. Com históricos frustrados, as terceirizadas anteriores não conseguiram administrar o hospital até o fim de seus respectivos contratos.

Hélio Rubens, promotor de justiça.

 

A audiência está acontecendo neste momento no auditório de Centro Universitário de Parauapebas.  

 

(Reportagem: Fernando Bonfim)

O Instituto Federal do Pará (IFPA), por meio da Pró-reitoria de Extensão (Proex), publica o edital do Processo Seletivo Simplificado para Seleção de Estagiários para o campus Parauapebas. As vagas são para o estágio obrigatório para estudantes de nível técnico do IFPA. A seleção compreende a análise do Histórico Escolar, análise percentual de integralização curricular e entrevista. A carga horária poderá ser de 20 ou 30 horas semanais, com horários compatíveis com o horário escolar do estagiário.

No campus Parauapebas, são oferecidas 12 vagas para os estudantes dos cursos técnico em Mecânica, sendo três vagas para o Laboratório de Soldagem, três vagas para o Laboratório de Ferragem, três vagas para o Laboratório de Caldeiraria e Corte e três vagas para Laboratório de Tornearia e Fresadura.

CLIQUE AQUI E ACESSE O EDITAL

Para participar é preciso ser estudante do IFPA com frequência regular e ter idade mínima de 16 anos.  O aluno precisa estar cadastrado no portal do CIEE através do endereço eletrônico: HTTPS://portal.ciee.org.br. É preciso ir até o setor de estágio do  campus  no período de 05/12/2018 a 07/01/2019, para  realizar a inscrição e a entrega da documentação:

-Formulário de inscrição (disponível no Anexo I deste edital);

-Documento oficial de identidade com foto (original e cópia);

-CPF (original e cópia);

-Atestado de matrícula;

-Histórico Escolar atualizado;

-Declaração da coordenação do curso Comprovando que o candidato está apto a realizar o estágio.

Página 1 de 55

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_UNAMAgk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2018gk-is-100.jpglink

Vídeos

Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016