Se encontra recolhido na cela de transição da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas o acusado de estupro de vulnerável o idoso José Fernandes Neto, 56 anos de idade.

O mesmo foi preso na manhã desta quarta-feira, 28, mediante mandado de prisão preventiva expedido pela justiça e cumprido pela equipe da Superintendência Regional do Sudeste do Pará em Parauapebas - RISP.

José permanece preso a disposição da justiça

A denúncia foi feita pela mãe da criança, que não teve o nome divulgado, logo após passar por exames ginecológicos, onde a criança apresentou um quadro de infecção grave, que pode ser oriunda de relações sexuais.

Segundo o advogado do acusado, a mãe e pai da menor são separados e a acusação pode ter sido influenciada por desavença entre os dois, “existe a possibilidade de ter sido outra pessoa, mas a delegada entendeu que teria sido o avô paterno. O pai da criança discorda e confia na palavra de seu José, que não tem passagem pela polícia e cuida da esposa e de outro neto. Materiais ginecológicos foram colhidos para se saber se realmente houve estupro ou é uma doença oriunda de um banheiro sujo ou de uma higiene inadequada. Seu José Fernandes segue para a audiência de custodia, e nós vamos entrar com recursos necessários”, disse o advogado Tony Araújo.

Confira no vídeo a entrevista completa: 

https://youtu.be/qCr5-voj7PI

Delegada Anna Caroline fala sobre casos de estupros de crianças  de 5, 6 e 9 anos, confira o vídeo: 

https://www.youtube.com/watch?v=hoV3p8uQZ40

O acusado passará por exame de corpo delito e em seguida será encaminhado para uma sela na Carceragem da Susipe, no bairro Rio Verde, onde ficará à disposição da justiça. Após exame poderá se confirmar a origem da infecção na criança e se o avô praticou ato sexual com a pequena.

José Fernandes foi enquadrado no artigo 217ª, do Código Penal Brasileiro pelo crime de estupro de vulnerável, tendo como vítima sua própria neta de seis anos de idade. A prisão foi realizada pela equipe da Delegacia Especializada ao Atendimento à Mulher (DEAM), em conjunto com investigadores da 20ª Seccional Urbana de Parauapebas.

A delegada Yana Azevedo irá realizar uma coletiva de imprensa ainda na tarde desta quinta-feira (29) para falar sobre o caso que chocou a população parauapebense.

 

 

Acusado de estuprar cinco mulheres no bairro Cidade Jardim, em Parauapebas, foi apreendido na noite de ontem, sábado, 5, por policiais do 23º Batalhão de Polícia Militar de Parauapebas, que através de denúncias recebidas pelo Disque Denúncia, conseguiram tirar das ruas o malfeitor que deixou moradores do bairro em alerta.

Trata-se do menor de iniciais, G.V.M., de 16 anos de idade,  o qual, de acordo com a PM, foi detido na Rua F24, bairro Cidade Jardim por volta das 18h58, pelo trabalho conjunto entre Grupo Tático, guarnições da PM e Grupo velado, que ao aprender o menor, o  apresentaram na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, para o delegado plantonista, José Euclides Aquino da Silva.

Segundo o subcomandante do 23º Batalhão de Polícia Militar do município, Major Emmett, era por volta das 16 horas da tarde de ontem quando ele recebeu uma mensagem via Disque Denúncia, a qual informava que o acusado de ter cometido os estupros no Cidade Jardim, se encontrava no Bairro Dos Minérios. Diante da informação o Major se deslocou ao local com apoio do Tenente Costa e Cabo Freitas e, ao chegar, encontrou uma senhora, mãe do acusado, que disse não saber do paradeiro de seu filho, porém informou que seu sobrinho sabia.  A mãe levou o acusado até a casa de seu sobrinho, localizada no bairro Cidade Jardim, ao chegar ao local avistaram o acusado, que por sua vez estava de saída de um kit net, onde,  ao ser abordado pela polícia tentou apreender fuga, largando a bicicleta que estava de posse, porém, sem sucesso, sendo pego pelas autoridades policias e conduzido até a delegacia.

Já na delegacia, em entrevista às equipes de reportagem, Major Emmett informou que o menor confessou a autoria dos crimes imputados a ele, assumindo assim, ter praticado os estupros, sendo que primeiramente havia assumido apenas um deles e depois mais um. O acusado chegou a assumir que uma das vítimas foi abandonada num estabelecimento chamado de “Minhocão”, no Cidade Jardim confessando ter ameaçado a vítima com uma arma de fogo e, para ela não acionar a polícia, ele levou o celular da mesma.

A frieza do menor, ao confessar os crimes foi o que deixou todos impressionados. Ele que já havia fugido do Centro de Internação Masculino (CIAM), onde foi internado por furto e passou um ano e seis meses, agora está a disposição da justiça que procederá com as medidas cabíveis ao caso.

 (Reportagem: Caetano Silva)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016