A Câmara Municipal de Parauapebas deu início aos trabalhos na manhã desta sexta-feira (15), a solenidade foi marcada pela grande presença de autoridades municipais, pela participação da comunidade e pela cobertura da imprensa local.


Durante a cerimônia, os vereadores revelaram que as expectativas para os trabalhos deste ano de 2019 são positivas. Entretanto, ficou marcada durante os discursos a preocupação dos parlamentares com a educação superior pública e gratuita, ampliação do atendimento hospitalar, segurança e fiscalização em torno das barragens de rejeitos da extração mineral.

Outro ponto que recebeu a atenção durante os debates foi à pretensão de manter um diálogo pacífico e produtivo entre a Casa de Leis e o Poder Executivo municipal.

Apresentação da guarda municipal durante sessão solene 

Autoridades que compuseram a mesa diretora durante sessão solene 

A Mesa Diretora da sessão solene foi composta pelo presidente da Câmara, o vereador Luiz Castilho; vice-presidente da Casa de Leis, vereador Horácio Martins; pelas vereadoras, primeira e segunda secretária, respectivamente, Eliene Soares e Kelen Adriana.

Também compuseram a mesa dos trabalhos o secretário municipal de Planejamento, João José Correa, representando o Poder Executivo; o deputado estadual Alex Santiago e o presidente da Câmara Municipal de Piçarra, Marcos Chagas.

Presidente da Câmara, o vereador Luiz Castilho.

Os trabalhos foram conduzidos pelo presidente da Câmara Municipal, eleito para o biênio 2019/2020, vereador Luiz Castilho. Ao se pronunciar, o presidente reafirmou que carrega a missão de conduzir o parlamento, sempre exercendo a representatividade da pluralidade. Para isto, já está desenvolvendo, juntamente com os demais parlamentares, o Projeto Câmara Cidadã.

 “Nosso objetivo com o Projeto Câmara Cidadã é ouvir e buscar solucionar as demandas e anseios de nossa comunidade. Vamos propor parcerias com todos os entes prestadores de serviços públicos para enriquecer e obter melhores resultados. Queremos ser os agentes transformadores das políticas públicas de nosso município. Meu objetivo é fazer com que o Poder Legislativo esteja presente na vida das pessoas. Além, disso pretendo continuar unindo forças entre o Poder Executivo e Legislativo”, destacou.

Durante a cerimônia, o presidente da Casa anunciou o vereador João Francisco Amaral Pavão como novo líder do governo na Câmara. Em seu pronunciamento, o vereador Pavão ressaltou que quer dar uma resposta satisfatória à população de Parauapebas por meio de sua atuação parlamentar como líder de governo. “Pra mim foi uma satisfação muito grande ter recebido o convite de ser líder de governo nesta Casa. Minha função será de estabelecer um elo entre o Legislativo e o Executivo e, assim, desempenhar um bom diálogo entre os poderes”, afirmou o parlamentar.

Vereador Rafael Ribeiro enfatizou a importância de investimentos na educação durante sua fala. "Precisamos urgentemente investir em uma nova matriz econômica para Parauapebas e isso com certeza deve passar pela educação”.

Recebendo o apoio da escola de cursos profissionalizantes INFOFAST que conta com polo em Parauapebas, Canaã dos Carajás e Marabá, a Igreja Evangélica Jesus é Amor irá realizar uma rifa para angariar fundos para evento “Encontro com Deus” que está sendo organizado pelo grupo de jovens da igreja.

A rifa irá sortear um pacote de cursos no valor de R$560,00, doado pela instituição de ensino INFOFAST, para ajudar os jovens na realização do evento. A rifa custa apenas R$5,00 e o vencedor terá direito ao curso de informática básica empresarial composto de: Windows 10, Word, Excel, Power Point, Digitação, Internet+ Antivírus e E-mail e redação comercial.

Quem poderá participar?

Moradores de Parauapebas, Canaã dos Carajás e Marabá.

Para participar

Quem desejar concorrer ao sorteio poderá entrar em contato pelo número (94)98167-1104. O pagamento poderá ser feito por depósito ou transferência bancária e na própria sede da Igreja, localizada na Av. Liberdade, nº 320, bairro Da Paz/ Referencia: em frente ao Hiper Senna.

O sorteio será na próxima quarta-feira, 20.

Sobre o evento Encontro com Deus:

Esta é a 1ª edição do Encontro com Deus e será realizado nos dias 1,2 e 3 de março, com 80 vagas para pessoas de 15 a 27 anos.  O encontro visa trabalhar a libertação e transformação de vidas de seus participantes.

 

Por: Ingrid Cardoso da Redação Carajás o Jornal

Professores da rede municipal de ensino realizariam uma manifestação em frente à Prefeitura Municipal de Parauapebas. A classe deliberou por parar as atividades no último sábado, em assembleia. Com a paralisação cerca de 30 mil alunos ficaram sem aula nesta quinta-feira (14).

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp) - Subsede de Parauapebas, que encabeça o protesto, o Governo Municipal não vem cumprindo com os devidos acordos firmados com a classe, o que tem gerado grande insatisfação da base.

Entre as principais pautas reivindicadas estão: condições dignas de trabalho, reformas imediatas nas escolas, cumprimento dos acordos firmados, assédio moral nos locais de trabalho, e respeito aos educadores e a comunidade escolar.

Em entrevista, o Coordenador do Sintepp – Subsede Parauapebas, Rosemiro Laredo, afirmou que aproximadamente 44 escolas do município precisam de reformas emergenciais. “Uma vez que os meus filhos estão estudando em um ambiente insalubre e sem as condições devidas, eu também estou sendo prejudicado”, disse.

O coordenador também afirmou que não são apenas as estruturas físicas, mas também muitas vezes falta a merenda escolar. “Semana passada, na Escola Nelson Mandela, tivemos uma situação em que na hora do almoço foi servido apenas melancia. Não tem cabimento uma cidade bilionária como Parauapebas servir apenas melancia no almoço de centenas de alunos”, destacou.

Em nota, a Prefeitura Municipal de Parauapebas informou que o Governo tem buscado atender as reivindicações da categoria, inclusive já atendeu e avançou em vários pontos da pauta.

Confira a nota na íntegra.

PARALISAÇÃO DAS ATIVIDADES EDUCACIONAIS

Na manhã de ontem, 13 de fevereiro, o secretário de Educação, Luiz Vieira, mais uma vez se reuniu com a coordenação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp) para apresentar algumas propostas e, por meio do diálogo, buscar evitar a paralisação prevista para hoje, 14 de fevereiro.

No entanto, depois de ouvir todas as reivindicações, expor os avanços e se comprometer em viabilizar a abertura de uma mesa de negociação na próxima semana com representantes do Gabinete, Procuradoria Geral do Município e algumas secretarias, como a de Fazenda, Planejamento e Administração, obteve a confirmação de que a paralisação seria mantida.

Vale destacar que:

  1. O Governo Municipal tem buscado atender as reivindicações da categoria, inclusive já atendeu e/ou avançou em vários pontos da pauta, como o pagamento da rescisão dos temporários distratados em 2018, garantia de contrato de pelo menos 100 horas para professores em processo de aposentadoria, convocação dos professores classificados no último concurso, definição de data para início das reformas das escolas, revisão do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração do Quadro de Magistério do Município (PCCR), entre outras. 
  1. O professor Luiz Vieira assumiu a Secretaria Municipal de Educação (Semed) dia 4 de fevereiro, recebeu a coordenação do Sindicato pela primeira vez na última quinta-feira, 7, onde tomou conhecimento da pauta de reivindicações e se comprometeu a analisar cada item citado e voltar a reunir com a coordenação, como o fez ontem. 
  1. A gestão municipal sempre esteve e está aberta às negociações com o Sintepp, tem apresentado propostas para todas as questões em debate e vai continuar trabalhando para que a educação de Parauapebas seja de qualidade para todos. E, espera poder contar com o bom senso dos educadores e da comunidade com o intuito de garantir que os estudantes não sejam prejudicados.

 

Rosemiro Laredo, Coordenador do Sintepp – Subsede Parauapebas.

 

Os professores usavam placas como forma de protesto

 

Reportagem: Fernando Bonfim

 

 O preço médio cobrado por litro de gasolina no Pará ficará mais barato a partir do dia 16 de fevereiro. A tabela de reajustes foi publicada pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), no Diário Oficial da União, na última terça-feira e prever uma queda de 16 centavos no litro do combustível.

De acordo com a nova tabela de preços médio praticado no Pará, perpassará de 4,5210 para R$ 4,3610.

Em Parauapebas, o preço por litro do derivado de petróleo é bem flexível e dependendo do local onde o consumidor abastece o valor pode variar de R$ 4,79 a R$ 4,89 por litro de Gasolina Comum, e, R$ 4,97 a 5,17, por litro da Gasolina Aditivada. Isso quer dizer que, em média, para encher o tanque de um veículo de passeia de 57 litros o consumidor terá que desembolsar R$ 275,88 se abastecer com Gasolina Comum e R$ 288,99 para encher o mesmo tanque com Gasolina Aditivada

Quem precisa abastecer com frequência vê com bons olhos esta mudança e espera que ela de fato chegue às bombas. Essa é a primeira alteração desde 16 de agosto passado, quando foi autorizado o último reajuste. Na ocasião, o valor médio passou de R$ 3,9710 para R$ 4,5210.

Eduardo Maturana, que trabalha com vendas e precisa viajar por diversos estados do Brasil enfatiza que o preço cobrado por litro de gasolina na ‘Capital do Minério’ chega a ser abusivo em alguns casos, o que pesa no orçamento. “A diferença de preço, se comparada com outros estados chega até R$ 5, 00, o que faz uma grande diferença no final das contas. Não sei se por conta da distância para transporte ou custos com fretes, mas é bem mais cara aqui”, disse.

Eduardo Maturana dá sua opinião sobre  o preço da gasolina em Parauapebas 

PREÇO MÉDIO PONDERADO AO CONSUMIDOR FINAL

 

Reportagem: Fernando Bonfim

Conforme veiculado neste portal de notícia sobre a decisão do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp), Subsede Parauapebas, em paralisar as atividades na rede municipal de ensino, em Parauapebas, na próxima quinta-feira, 14 de fevereiro. Na tarde desta terça-feira (12) a Prefeitura Municipal de Parauapebas emitiu uma nota se posicionado em ralação a decisão do Sindicato.

Confira a nota íntegra

“NOTA À SOCIEDADE SOBRE A DECISÃO DO SINTEPP DE PARALISAR AS ATIVIDADES NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

Em relação à deliberação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp), Subsede Parauapebas, de paralisar as atividades da rede municipal de ensino em Parauapebas na próxima quinta-feira, 14 de fevereiro, alegando que a pauta da educação vem sendo ignorada, o Governo Municipal esclarece que:

  1. Tem buscado atender as reivindicações da categoria dentro das reais possibilidades, tendo avançado em vários dos pontos solicitados.
  2. Está surpreso com a decisão da paralisação, uma vez que tem mantido espaço aberto para o diálogo e se esforçado para atender todas as reivindicações, sendo que boa parte delas já foram atendidas.
  3. O professor Luiz Vieira assumiu a Secretaria Municipal de Educação (Semed) dia 4 de fevereiro e recebeu a coordenação do Sindicato na última quinta-feira, 7, onde tomou conhecimento pela primeira vez da pauta de reivindicações. O secretário se comprometeu a analisar cada item da pauta e voltar a reunir com a direção para a mesa de negociação. Mas, apesar disso, a paralisação foi deflagrada em assembleia realizada com a categoria um dia após.
  4. No dia 11 de fevereiro, o secretário de educação tentou via ofício, uma reunião com o sindicato, disponibilizando-se a ir à própria sede para tentar resolver o impasse, o que foi recusado pela direção.
  5. A atual gestão municipal sempre esteve aberta às negociações com o Sintepp, tem apresentado propostas para todas as questões em debate e vai continuar trabalhando para que a educação de Parauapebas seja de qualidade para todos.
  6. Contamos com o bom senso de todos para que nossas crianças não sejam prejudicadas por questões políticas de cunho pessoal e que trabalhemos para que 2019 seja um ano letivo produtivo e sem percalços."

Professores da rede pública municipal de Parauapebas poderão paralisar as atividades na próxima quinta-feira 14/02. De Acordo com a Coordenação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp) - Subsede de Parauapebas, a classe decidiu aderir à paralisação após uma assembleia realizada no último dia 09.

O Sindicato alega que o Governo Municipal não vem cumprindo com os devidos acordos firmados com a classe, o que tem gerado grande insatisfação da base e destaca que, “infelizmente chegou-se ao ponto de haver a necessidade da suspensão das aulas pra reivindicar direitos que deveriam ser garantidos pela gestão”.

Entre as principais pautas reivindicadas pela classe estão: condições dignas de trabalho, reformas imediatas nas escolas, cumprimento dos acordos firmados, assédio moral nos locais de trabalho, e respeito aos educadores e a comunidade escolar.

Nota encaminha pelo Sintepp

A educação vai parar

 

Em assembleia realizada na noite de ontem, 09/02/19, no auditório do CEUP, a categoria dos professores deliberou por paralisar as atividades na rede municipal de ensino no próximo dia 14/02/19.

O Sintepp reitera que vem tentando diálogo com o governo, mas, infelizmente, a pauta da educação vem sendo ignorada e os acordos firmados não foram cumpridos, o que gerou grande insatisfação na base.

Infelizmente, chegamos ao ponto em precisamos suspender as aulas pra reivindicar direitos que deveriam ser garantidos pela gestão.

Por condições dignas de trabalho;

Pelas reformas imediatas nas escolas;

Pelo cumprimento dos acordos firmados;

Contra o assédio moral nos locais de trabalho;

Por respeito aos educadores e a comunidade escolar;

A coordenação convoca todos os educadores da rede municipal e a comunidade em geral para participarem de um grande ato em prol da educação.

Data: 14/02/2019

Local: em frente a prefeitura municipal de Parauapebas

Horário: a partir das 8h

Vamos pra luta e ninguém larga a mão de ninguém!!!

Rosemiro Laredo

Coord. Sintepp Parauapebas”

Expressão cultural do norte do Brasil, o Carimbó tem ganhado grande visibilidade nacional. Já esteve presente em novelas de horário nobre, obras de grandes mestres regravadas nas vozes de artistas de renome nacional,  e tendo em vista a sua grande importância e bagagem histórica e cultural nortista, no dia 11 de 2014 foi reconhecido por Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) como patrimônio cultural imaterial do Brasil.

O Grupo de Expressão Cultural Retumbá vem fazendo história na Capital do Minério. Parauapebas é uma cidade de migração constante e de cultura miscigenada, cientes disso, o G.E.C Retumbá tem o objetivo de disseminar a cultura e as tradições paraenses para a população parauapebense.

Um grupo que carrega grande valor ético social, o Instituto Retumbá trabalha com grandes produções culturais que enfatizam a solidariedade, a amizade e transmitem valores éticos para o público que prestigia suas apresentações.

Há seis anos o grupo divide seus sonhos e anseios com a comunidade de Parauapebas, movimentando o setor cultural com rodas de Carimbó em vários pontos da cidade. Em comemoração ao aniversário do grupo, será realizada uma Roda de Carimbó com uma feijoada neste domingo, 10 na esquina da Rua 10 (Eva Lanches) a partir das 10h. Vários artistas da terra irão participar da festividade. Todos estão convidados a participar e dançar ao harmonizo retumbar dos tambores do norte.

(Raquel Sá)

O professor Luiz Vieira assumiu na manhã desta segunda-feira (04), a pasta da Secretaria Municipal de Educação de Parauapebas (SEMED). Ele entra no lugar do professor e advogado, Raimundo Neto, que estava à frente da SEMED desde 2017.

O então secretário, Raimundo Neto foi exonerado na segunda-feira (1º), pelo prefeito Darci Lermen. Em nota o ex secretário deixa um recado para os gestores da SEMED, veja na íntegra:
Segue a nota abaixo:

COMUNICADO AOS GESTORES DA SEMED

Depois de dois anos à frente da Secretaria Municipal de Educação (Semed), durante esta nova gestão, fui informado pelo prefeito Darci Lermen, que a partir de hoje, 1° de fevereiro, deveria disponibilizar o cargo de secretário da pasta. Na segunda-feira, 4, ele deve encaminhar o novo gestor para assumir a Educação Municipal.

Aproveito a ocasião para agradecer a todos pelo trabalho realizado durante este período e dizer o quanto cada um foi importante nessa junção de esforços em prol de uma educação de qualidade.

Despeço-me com a certeza de que juntos fizemos o que estava ao nosso alcance para que a educação desse município obtivesse os melhores resultados, apesar de todas as limitações e desafios encontrados.

Quero frisar aqui, que este não era meu desejo, mas infelizmente cabe-me acatar a decisão. Peço à equipe que mantenha a calma e aguarde as orientações que devem ser dadas pelo novo gestor.

Atenciosamente,
Raimundo Neto

Luiz Vieira é professor e escritor conceituado no município, graduado em pedagogia e pós-graduado em Ciências e Saúde Sócio Ambiental pela Universidade Federal do Pará (UFPA).  Pioneiro em Parauapebas, Luiz Vieira assume agora uma importante função na administração pública e junto com ela, inúmeros desafios no sentido de alavancar a educação de Parauapebas.

(Texto: Ingrid Cardoso) 

 

 Na última segunda-feira,21 uma reunião de grande valor social empossou a Conselheira Tutelar, Carlene Barros ao cargo de Coordenadora do Conselho Tutelar II  para este ano de 2019, localizado no bairro Vila Rica.

 A nova Coordenadora, que possui um importante currículo acadêmico  na área de Gestão Pública com pós-graduação em Gestão Escolar e atualmente estuda  sociologia foi eleita como conselheira tutelar no ano de 2014, mas o seu trabalho diante da comunidade vem desde a escola.

Carlene Barros, atual Coordenadora do Conselho Tutelar II.

Em entrevista ao Portal Carajás o Jornal, Carlene fala da sua formação. “Sempre gostei da área de humanas, depois fui passando pelos movimentos da igreja quando tive minha primeira formação de base, onde aprendi sobre os direitos humanos e igualdade. Esses ensinamentos eu vou levar para o resto da vida junto à minha profissão”, disse Carlene.

A conselheira enfatiza que a primeira formação foi de grande importância diante do trabalho que ela realiza hoje na instituição.“Aqui nós nos deparamos com diversas situações muito tristes que até fazem a gente desacreditar que um outro mundo é possível , mas vamos nos fortalecendo com a família, acreditando nos projetos. Isso é a base de trabalho para que a gente tenha uma intervenção efetiva diante das famílias que tem os seus direitos violados”.

“Conselheiro não é um estado permanente, você está conselheiro tutelar. Uma vez que isso entra na cabeça da gente, passamos a entender que é  a função que vamos levar pro resto da vida. Para defender a causa da criança e do adolescente você não precisa estar propriamente no cargo”, enfatiza Carlene.

O ano de 2019 traz grandes desafios para a jovem coordenadora, dentro das metas a serem alcançadas durante a sua gestão está a legalização da função de conselheiro tutelar.

(Raquel Sá)

Presos por volta das 02h30, de segunda-feira (28), Walber Cesar Araújo Lima, 19 anos de idade, e sua esposa Maria Adrielle Sousa de Carvalho, também de 19 anos, foram apresentados na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, acusados de tráfico. Junto com os acusados, a polícia apresentou na delegacia 815 gramas de maconha e uma balança de precisão.

Walber Cesar Araújo Lima, 19 anos de idade, e sua esposa Maria Adrielle Sousa de Carvalho, também de 19 anos.

De acordo com o sargento PM A. Pereira, sua guarnição realizava patrulhamento pelo bairro Novo Paraíso, quando avistaram um veículo celta, prata, em atitude suspeita. Na revista realizada pelos policiais no veículo e no, até então suspeito, foi encontrado nos bolsos dele uma pequena quantidade de maconha.

Conduzido até a residência do casal localizada na rua Bom Jardim, numero 84, bairro da Paz, a guarnição encontrou mais outros papelotes de maconha   totalizando 815 gramas. A reportagem tentou conversar com o apresentado, porém o mesmo não quis falar sobre sua prisão. Após ser ouvida em depoimento, Maria Adrielle Sousa, companheira de Walber Cesar foi liberada enquanto que o mesmo foi recolhido, ficando a disposição da justiça.

(Reportagem: Caetano Silva)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_UNAMAgk-is-100.jpglink

Vídeos

Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016