Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

A Secretaria de Saúde realizou no Instituto Federal do Pará (IFPA) um encontro com os jovens das escolas estaduais do município de Parauapebas, objetivando a conscientização sobre a gravidez na adolescência, um projeto que começou a ser realizado a partir do dia, 3 de fevereiro, e tem sido   propagado tanto nas escolas quanto na cidade e na sexta-feira, 21, no IFPA aconteceu o encontro com os jovens da cidade para tratar com maior ênfase a conscientização da campanha “Gravidez na Adolescência”.

O secretario adjunto explicou a campanha para a equipe do Portal Carajás o Jornal 

O secretario adjunto de saúde, Paulo Vilarinho, falou da importância da campanha, que vem sendo realizada para conscientizar os jovens de Parauapebas. “O projeto vem principalmente conscientizar nossos jovens sobre a gravidez na adolescência, também para que não ocorra o mesmo que no ano de 2019, em que, 16% dos partos aconteceram com jovens de 13 à 19 anos, aproximadamente 740 mães jovens, a secretaria vem trabalhado para a melhora desses casos, junto com o Programa Saúde na Escolar, Rede Cegonha e toda Rede de Atenção Básica para atender e desenvolver um dialogo juntamente a conscientização.”

Eva Gislane fez questão de estar na campanha para a conscientização dos jovens sobre gravidez na adolescência 

A voluntária da campanha "Gravidez na Adolescência", Eva Gislane, expressou como tem sido participar da campanha e como poderá aplicar em sua vida os assuntos tratados nela.“Já tivemos campanhas falando sobre o assunto, mas nenhuma comparada com a que está sendo realizada, a campanha desse ano traz uma maior participação dos jovens, pois é transmitida com uma linguagem que nos faz buscar a conscientização, uma linguagem mais próxima do nosso cotidiano, e poder participar me trará um maior aprendizado, podendo então instruir colegas, familiares e minha comunidade sobre a gravidez na adolescência.”

A supervisora do programa Saúde na Escola, Ana Lucia de Sousa marcou presença no evento

A supervisora do programa Saúde na Escola, Ana Lucia de Sousa Silva esclarece o objetivo do programa e a quanto tempo ele vem sendo realizado em Parauapebas. “O programa tem como objetivo executar ações de cuidado na vida dos educandos de toda faixa etária, da creche ao Ensino Médio, o município de Parauapebas aderiu a este projeto do Governo Federal que vem sendo trabalhado nas escolas juntamente com o auxilio dos postos de saúde desde 2016, podendo auxiliar tanto os jovens e crianças, mas também os pais.”

A gravidez na adolescência tem que ser tratada com os jovens de Parauapebas para que as estatística sejam cada vez mais positivas e para que tenha um menor índice em formação de mães e pais jovens, e para isso a realização de campanhas que informe a população vem sendo mais presente e eficaz na cidade.

Na noite de quinta-feira, 20, por volta das 23h30min, investigadores de Polícia Civil, foram informados via Centro de Controle Operacional (CCO), de um assassinato ocorrido no bairro São Lucas I, complexo VS-10, Parauapebas. De acordo com informações o crime teria acontecido por volta das 21h40 daquela mesma noite tendo como vítima um homem identificado por Irisvelton Rodrigues da Silva, conhecido por "Marabá", 36 anos de idade.

Devido ser uma área de difícil acesso, os investigadores e uma equipe do Instituto Médico Legal – IML se dirigiram até ao local somente na manhã de sexta-feira 21, o Corpo de Bombeiros também foi acionado para remover o corpo. 

Levantamentos preliminares realizados no corpo de Irisvelton, que estava totalmente nu, mostram que o rapaz sofreu cerca de 20 perfurações de arma branca. No local paira a lei do selênio, ninguém se arriscou falar o que viu, entretanto no local indica que a vítima ainda entrou em luta corporal com os assassinos.

Como a residência da vítima fica em cima do morro, não se sabe se o corpo foi arremessado ou se rolou ladeira a baixo parando a cerca de 200 metros da casa, no meio do capinzal. Segundo informações, foram ouvidos dois disparos de arma de fogo no local. Embora a vítima morasse a muito tempo no logradouro os vizinhos não souberam ou não quiseram falar sobre o dia a dia dele, disseram apenas que ele vivia catando ferro velho e por isso subia e descia com uma moto puxando uma carrocinha carregando ferro velho.

Corpo de Bombeiros, IML e Polícia  Civil trabalharam juntos para remover o corpo

Informações que estão sendo apuradas pela polícia dão conta que o rapaz mexia com coisa errada e que sua morte pode ter haver com acerto de contas.

 

(Neide folha)

Aproveitando o momento de alegria que as programações de Carnaval podem proporcionar, o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), realizou o “5° Grito de Carnaval do HRBA – Os Heróis na Folia”, uma ação de humanização que buscou amenizar a ansiedade e levar alegria a pacientes e acompanhantes.

Durante quase duas horas, crianças e adultos se divertiram ao som de marchinhas carnavalescas tradicionais. A programação contou com concurso de fantasias, pinturas corporais e apresentação de paródia com mensagem aos adultos sobre prevenção a infecções sexualmente transmissíveis.

Para Tiana Werneck, mãe da Karoline Werneck, de 8 anos, que faz tratamento contra leucemia na unidade, gerenciada pela Pró-Saúde, as atividades igual ao baile deixam a pequena feliz e otimista. “Como ela não pode ir para a folia na rua, sempre participamos do bailinho do HRBA. Ela gosta tanto que quando o mês de fevereiro inicia, já pede para eu preparar a fantasia, que este ano foi de marinheira", explica.

Tiana foi embalada pela alegria da filha e também se fantasiou. “Não adianta só ser mãe, tem que compartilhar e viver todos os momentos juntos, e é clara a felicidade dela quando eu e o pai nos envolvemos. Quanto mais feliz ela fica, melhor para o tratamento”, completa a mãe de Karoline.

A programação é realizada anualmente com objetivo de proporcionar momentos de descontração e lazer aos pacientes internados. “Por estarem hospitalizados, falamos que existe uma ruptura no cotidiano, na qual não conseguem vivenciar as datas comemorativas. Com esta iniciativa, conseguimos favorecer essa vivência, conseguimos ressignificar esse conceito de eventos, alcançamos a minimização do estresse. Após um evento deste, por exemplo, os pacientes aceitam melhor procedimentos, melhora a interação social, proporcionando qualidade de vida e bem-estar”, explica a terapeuta ocupacional do HRBA, Ana Paula Ribeiro.

As marchinhas que animaram o público foram entoadas pela Banda “Amigos do HRBA”, composta por músicos voluntários da Banda Tapajoara, que se juntaram para proporcionar alegria aos pacientes. “O sentimento de poder ajudar o próximo é de muita felicidade. Como eles não puderam sair do hospital, nós trouxemos a alegria até eles, reforçando a esperança de todos. É gratificante, e esse é o melhor presente”, destaca o músico Noé Pantoja.

A iniciativa faz parte do Grupo de Ações e Eventos de Valorização Humana (GAEVH) do Regional de Santarém. O setor é responsável por desenvolver atividades hospitalares com foco na humanização, com respeito, carinho e confraternização entre os pacientes, acompanhantes e familiares.

Durante as apresentações, foram escolhidos o príncipe e a princesa da Alegria, do Amor e da Esperança, entre os pacientes mais animados. A paciente oncológica Francilene da Silva, de 4 anos, recebeu a faixa de princesa da Alegria. Fantasiada de enfermeira, ela emocionou os colaboradores e animou o público com toda sua simpatia. “Esse momento ajuda muito no tratamento dela. Hoje ela veio fazer quimioterapia e já ficou para se divertir”, afirma a mãe Ana Karolaine Silva.

Especializado em alta e média complexidades, o HRBA tem como missão oferecer um atendimento seguro, humanizado e de qualidade. “É uma forma de trabalhar a humanização com os pacientes e seus familiares. Este tipo de atitude faz parte do tratamento, já que muitas crianças passam muito tempo no ambiente hospitalar, devido ao longo tratamento. É emocionante ver a participação de todos, e poder proporcionar um pouquinho de alegria e descontração, para quem já enfrenta situações difíceis”, destaca o diretor Técnico, Epifanio Pereira.

O Regional do Baixo Amazonas, que pertence ao Governo do Pará, sendo gerenciado desde 2008 pela Pró-Saúde, atende uma população estimada em mais de 1,3 milhão de pessoas, residentes em 28 municípios do Oeste do Pará. A unidade é reconhecida como um dos dez melhores hospitais públicos do Brasil e certificado ONA 3 – Acreditado com Excelência - maior certificação nacional de acreditação hospitalar, que assegura o padrão de segurança e qualidade no atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS)

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

Texto: Ana Carla Lima 

Para orientar a comunidade sobre o início das obras da primeira etapa do Programa de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap), a equipe técnica da área social do projeto iniciou na quinta-feira, 20, visita domiciliar aos moradores que residem nos bairros Liberdade I e União, nos trechos que serão interditados para execução da obra.

O morador da rua O, no bairro União, Francivaldo Ferreira Severo, de 40 anos, foi um dos primeiros a receber a visita da equipe social. “Eu sei que haverá transtornos com essas obras, mas eu ainda acredito que será para o nosso bem”, pondera ele, que inclusive aguarda por uma oportunidade de trabalho na empresa que executará a obra, a Transvias. “Cadastrei o meu currículo e recebi uma ligação para entrevista. Estou confiante de que vai dar certo”, almeja.

A ação de orientação aos moradores recebe o reforço de servidores do Departamento de Relações com a Comunidade (DRC), devidamente identificados com camisa e crachá, que realizam a entrega de material informativo sobre os impactos que serão gerados no dia a dia da população com o início do projeto.

“Alguns transtornos serão gerados, como poeira e barulho, porém são temporários. No material informativo entregue aos moradores, reforçamos os canais de comunicação para informações e dúvidas da comunidade”, diz a assistente social Eulália Almeida, subcoordenadora de ações sociais do Prosap, para informar que os contatos podem ser feitos pelo (94) 99973-0476 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Com as obras previstas para iniciarem no próximo dia 3 de março, as interdições ocorrerão nas ruas Perimetral Norte, Santa Catarina e Vinícius de Morais, no bairro Liberdade I, assim como nas ruas 11, 19, I, J, M, N, O e Sol Poente – nas proximidades do Igarapé Ilha do Coco – no bairro União.

A costureira Fausta de Jesus, de 51 anos, moradora da rua Perimetral Norte, no Liberdade I, sabe bem o que é transtorno. Com as chuvas do último ano, a água alcançou 30 centímetros da parede da sala da casa dela. “Para reduzir os prejuízos, colocamos cerâmica nas paredes da casa, mas queremos que esse problema de enchente seja resolvido”, diz a moradora, que vive ali há quase 16 anos.

As ações junto à comunidade seguem nesta sexta-feira, 21, e passam a ser permanentes, conforme o desenvolvimento da obra.

Texto e fotos: Jéssica Borges

Para que o carnaval transcorra tranquilamente e sem atropelos em Parauapebas, o Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT) vai promover algumas mudanças a partir desta sexta-feira, 21, nas vias com atividades carnavalescas.

Atenção redobrada no perímetro da rua E, entre a rua 16 e rua 10; como também na PA-275, entre a rua 10 e a rua 5.

É importante que condutores e pedestres fiquem atentos às rotas alternativas.

E lembre-se: se beber, não dirija!

 Assessoria de Comunicação - Ascom/PMP

A Prefeitura de Parauapebas deu início nesta sexta-feira, 20, a um programa cujo objetivo é de levar oportunidades de trabalho para quem ainda está à procura de emprego. É o Sine na Comunidade, que nesta primeira ação do ano já começou oferecendo cem vagas de emprego e somente para a população do residencial Alto Bonito.

O diretor do setor de emprego e renda da Coordenadoria de Emprego, Trabalho e Renda (Ceter) de Parauapebas, Antonio Marcos, aponta para o momento de recuperação da economia do município como favorável para a execução do Sine na Comunidade.

E um dos grandes motores econômicos em Parauapebas, citou Antonio Marcos, são as obras desenvolvidas na cidade, como os novos projetos de mineração e o Programa de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap). “Por isso, o objetivo do Sine na Comunidade é descentralizar a oferta de postos de trabalho, levando as vagas para dentro dos bairros”, explicou o coordenador. 

Foram ofertadas vagas como bibliotecário, mecânico montador, soldador, caldeireiro, auxiliar de telecomunicações, técnico de telecomunicações e técnico de segurança. No ano passado, 26 mil postos de trabalho foram criados em Parauapebas. A expectativa para este ano é que o município alcance a marca de 30 mil vagas de empregos.

O presidente da associação do Alto Bonito, Fábio Bezerra, ressaltou que a ação motiva as famílias e agiliza a conquista de emprego para os trabalhadores. “Todo o bairro ficou muito satisfeito com a atividade e é uma alegria ver que, com 15 minutos depois de iniciada a programação,  11 trabalhadores já foram encaminhados pro mercado de trabalho”, comemorou ele.

Mais serviços

Além da seleção de currículos, a ação que será desenvolvida em outros bairros da cidade ao longo do ano, vai ofertar serviços de emissão de carta de encaminhamento para entrevistas de emprego, primeiro cadastro de carteira de trabalho, atualização de cadastro, entrada no seguro desemprego, emissão de QR code e orientação para utilização do App Sine fácil.

Tony Carlos Mendonça, morador do bairro e participante da ação, disse estar feliz com a programação e agradeceu o empenho do governo municipal em atender a população com a oferta de empregos. “Já fiz o meu cadastro e estou aguardando a minha oportunidade”, disse ele.

O Sine na Comunidade também oferece, em parceria com o Instituto Embeleze, serviços de embelezamento para valorização do trabalhador, como corte de cabelo masculino e feminino.

Texto: Assessoria de Comunicação - Ascom PMP

A programação oficial do carnaval de Parauapebas, que começará neste sábado, 22, e vai até a próxima terça-feira, 25, terá um reforço a mais na segurança, para que tudo ocorra de forma tranquila: mais de 40 guardas municipais estarão a postos para contribuir com os demais órgãos de segurança, como Polícia Militar, agentes de Proteção da Vara da Infância e Juventude, dentre outros.

O Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT) também atuará na organização do tráfego de veículos nas vias onde ocorrerão as atividades carnavalescas.

A Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi) disponibiliza contatos para situações de ajuda: (94) 3346-2182/7510/2250.

Para acionar o DMTT, ligue: 3356-0611.

Texto: Sara Dias

A Faculdade Pitágoras sofreu manifestações na terça-feira, 18, por parte de seus alunos que relatam estarem sofrendo com juros abusivos nas mensalidades e infraestrutura precária, e que não tem atendido as suas necessidades, tendo como exemplo a biblioteca com falta de livros para o estudo adequado de seus alunos.

Os alunos pedem respeito 

As manifestações tem como objetivo garantir a continuação dos cursos presencias oferecidos pela entidade, que vem querendo mudar de 100% presencial passando agora aproximadamente 40% para o IAD (Ensino a Distância).

A exemplo de Marabá, no Campus de Parauapebas a instituição de ensino Pitágoras não vive seu melhor momento, já que alunos, principalmente do curso de Direito, reclamam do que qualificam, como irregularidades.

Pela a internet os alunos da instituição organizam um abaixo assinado por estarem insatisfeitos com as disciplinas EAD, com o intuito de obter seus direitos que segundo informações e reclamações, foram violados, buscando então que tudo possa se resolver o mais rápido possível, para que todos possam voltar as suas atividades que foram paralisadas por falta dos devidos cumprimentos e deveres da instituição. 

 

Confira o link do abaixo assinado:

https://www.change.org/p/faculdade-pit%C3%A1goras-diga-n%C3%A3o-as-mat%C3%A9rias-ead-para-os-cursos-presenciais-da-faculdade-pit%C3%A1goras?recruiter=1044171849&utm_source=share_petition&utm_campaign=psf_combo_share_abi&utm_medium=whatsapp&utm_content=washarecopy_20386449_pt-BR%3Av5&recruited_by_id=2c21e480-5435-11ea-b26e-cdd5d5d266e9

Nota oficial da instituição a respeito das manifestações promovidas por acadêmicos, nesta semana:

 

A instituição informa que a definição sobre a metodologia e a modalidade de oferta de disciplinas é feita de modo a preservar as características dos projetos pedagógicos de seus cursos e seu  modelo acadêmico, sempre observando a regulamentação do MEC. Continuamos atentos às tendências e exigências do mercado em relação às competências para o presente e o futuro das profissões. A instituição permanece à disposição para sanar quaisquer dúvidas adicionais.

 

O vereador Coutinho tem proposto muitos projetos para a melhoria da cidade, a inclusão social tem sido seu maior objetivo, com indicações que vão trazer uma melhor qualidade de vida para as pessoas. 

O vereador é autor de propostas, como a implantação de brinquedos para crianças cadeirantes nas principais praças públicas da cidade e de projeto de lei que dispõe sobre o direito de atendimento preferencial nos estabelecimentos às pessoas com transtorno do Espectro Autista.

Também foi sugerido a construção de banheiros públicos e bebedouros no canteiro central da rodovia 275, pavimentação asfáltica, construção de ponto de embarque e desembarque obras de saneamento básico e iluminação pública.  Para o ano de 2020, o parlamentar objetiva trazer através da suas indicações ao poder público muito mais benefícios a cidade e seus moradores.     

A Universidade Federal do Pará (UFPA) divulgou nesta quinta (20) a segunda lista de repescagem do Processo Seletivo 2020. Confira a lista dos convocados.

As vagas abriram de acordo com o número de faltosos no processo de habilitação e outras vagas ainda podem compor novas listas que devem ser divulgadas.

Os convocados devem comparecer, a partir das 8h, no dia 27 de fevereiro para realizar o processo de habilitação. Os convocados para os cursos de engenharia florestal, letras - língua inglesa e letras - língua portuguesa devem comparecer no dia 28.

Habilitação

É obrigatório realizar o Cadastro On-line de Calouros (COC), que deve ser impresso e apresentado no dia da habilitação, com fotografia.

A UFPA recomenda também a verificação dos documentos necessários. Caso o candidato não apresente todos os documentos, a habilitação pode ser indeferida.

Indeferimento

O candidato que tiver habilitação indeferida pode recorrer no prazo de 24 horas, a partir da data de indeferimento.

Para solicitar o recurso, é necessário comparecer ao Espaço de Ensino Mirante do Rio, na Sala 101, em Belém, ou às secretarias acadêmicas dos campi, portando documentos para justificar nova análise. Recursos solicitados fora do prazo não serão aceitos, e o candidato perderá a vaga.

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016