Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

O Centro Educacional de Ensino Médio APROV disponibilizou edital com as informações referentes ao Processo Seletivo para vagas remanescentes. No total, 60 matrículas ainda estão disponíveis. Baixe o edital e saiba todas as informações.

EDITAL – PRÉ-VESTIBULAR MUNICIPAL

As inscrições vão até o dia 23 de agosto e devem ser realizadas no prédio do APROV que fica na rua Pedro Trindade, 499 –  Centro. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. A prova será realizada no dia 24 de agosto.

No total, 160 vagas foram ofertadas. Para selecionar os cursistas, foi aplicada uma prova de múltipla escolha, com 50 questões interdisciplinares. Os candidatos com maior pontuação, dentro do limite de vagas ofertadas, foram os selecionados para o cursinho. Além das aulas, os alunos terão material didático (apostilas com o conteúdo que será ministrado) e uniforme garantidos.

O cursinho é voltado para jovens e adultos que estejam cursando ou que já tenham concluído a terceira série do ensino médio em escola pública, ou alunos de escolas particulares que sejam bolsistas. Vale destacar que apenas os inscritos que comprovaram a residência em Canaã foram aceitos no preparatório.

 

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.180 da Mega-Sena, realizado ontem (17) em São Paulo. O prêmio acumulou e a Caixa Econômica Federal deve pagar R$  31milhões na próxima quarta-feira (21), data do próximo sorteio.

As dezenas sorteadas foram: 10 - 12 - 16 - 21 - 28 - 38.

No mesmo concurso, a Quina saiu para 95 apostadores, que vão levar para casa R$ 28.276,52. Os ganhadores que acertaram a quadra vão receber R$ 558,67.

A Mega-Sena paga milhões para quem acertar os 6 números sorteados. Ainda é possível ganhar prêmios ao acertar 4 ou 5 números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. A jogo de seis números custa R$ 3,50.

 

Fonte: Agência Brasil

A fase de grupos da Série C do Campeonato Brasileiro está chegando ao fim e a briga para a classificação à próxima fase ainda não está definida, ao menos seis times ainda têm chances de seguir na competição.

Entre eles está a dupla RexPa, que em razão do resultado do jogo entre Boa Esporte-MG e Ypiranga-RS, ocorrido na tarde deste domingo (18) respira aliviada no G4.

CONFIRA A TABELA DO GRUPO A:

CONFIRA A TABELA DO GRUPO B:

 

 

No próximo final de semana, sábado (24) e domingo (25), ocorrem os jogos da última rodada da fase de grupos, entre eles o clássico rei da Amazônia, o RexPa, no Mangueirão.

 

Fonte: DOL-Com informações CBF

Um homem de apelido Magrão foi morto a tiros, no final da tarde deste domingo (18), dentro da casa em que morava no distrito de Mosqueiro, em Belém. Os criminosos invadiram a residência localizada na rua Natal do Murubira, localizada no bairro do Chapéu Virado.

De acordo com informações de policiais militares, Magrão era conhecido da PM por inúmeras suspeitas e denúncias de arrombamentos e outros crimes na área que vinham de vizinhos.

"Não achamos os documentos dele e não tinha nenhum parente na casa. Ele era um criminoso que costumava praticar crimes de arrombamentos e assaltos, também era usuários de drogas", disse o sargento Hélio Antônio, fiscal de dia da PM.

Até a publicação dessa reportagem, o corpo ainda não havia sido removido do local de onde deverá ser encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde será periciado.

Sem nenhuma informação sobre os assassinos, o crime deverá ser investigado pela Divisão de Homicídios da Polícia Civil.

 

Fonte: DOL-

A Secretaria de Estado de Transportes (Setran) iniciou de fato, este mês, os serviços para construção da ponte sobre o rio Meruú no km 49 da rodovia PA-151, que terá 560,88 metros de extensão e está localizada no município de Igarapé-Miri, região do Baixo Tocantins.

A obra foi anunciada no final da gestão passada, mas não pôde ser iniciada por pendências judiciais, que envolviam a falta de licença ambiental e a conclusão do processo de desapropriação de parte da área onde a ponte será instalada.

A fase é de construção de 70 vigas pré-moldadas, que estão sendo confeccionadas em um canteiro afastado cerca de 10 quilômetros da ponte, como forma de agilizar os trabalhos, enquanto as pendências jurídicas estão sendo sanadas.

A Setran recebeu, em abril deste ano, através da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), as licenças ambientais para execução da obra. Já está aprovada também, pela Procuradoria Geral do Estado (PGE), a indenização dos proprietários das áreas onde serão realizados os serviços de desvios e rampas, com previsão para início do pagamento ainda neste mês de agosto, bem como, o remanejamento das edificações que se encontram na área de trabalho. O processo de desapropriação envolve cerca de 70 imóveis.

A construção da ponte sobre o rio Meruú é uma antiga reivindicação dos moradores, para facilitar o deslocamento entre a Região Metropolitana de Belém e a margem esquerda do rio Tocantins, e os insumos advindos das produções dos municípios contemplados: Limoeiro do Ajuru, Cametá, Oeiras do Pará, Portel, Mocajuba Baião, e as vilas atendidas rodovia PA-151. O prazo de entrega é dezembro de 2020. 

Para garantir melhor trafegabilidade na estrada, a Setran deve realizar, ainda este mês, serviços de conservação na rodovia. Paralelamente, para a obra da ponte, a secretaria está desenvolvendo duas frentes de trabalho: o primeiro já está em fase de lançamento de licitação e o segundo, na etapa de elaboração de projeto.

 

Por Kátia Aguiar (SETRAN)

O plenário da Câmara dos Deputados pode votar, esta semana, o Projeto de Lei 3.723/19, do Poder Executivo, que permite a concessão, por decreto presidencial, de porte de armas de fogo para novas categorias, além das previstas no Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03). Na semana passada, o plenário da Casa aprovou o regime de urgência para votação da proposta.

Atualmente, o porte só é permitido para as categorias descritas no Estatuto do Desarmamento, como militares das Forças Armadas, policiais e guardas prisionais. O porte de armas consiste na autorização para que o indivíduo ande armado fora de sua casa ou local de trabalho. Já a posse só permite manter a arma dentro de casa ou no trabalho.

O relator do projeto, deputado Alexandre Leite (DEM-SP), acatou três das 20 emendas apresentadas à proposta, como estender o porte de arma para os oficiais de Justiça e para os oficiais do Ministério Público.

Outra emenda quer incluir os integrantes dos órgãos policiais da Câmara Legislativa do Distrito Federal e das assembleias legislativas dos estados na lista dos autorizados a ter porte de arma e permitir os órgãos a comprar armas de fogo de uso restrito sem autorização do Comando do Exército.

Reforma tributária

A comissão especial da Câmara que analisa a proposta de emenda à Constituição (PEC 45/19) da reforma tributária vai ouvir na terça-feira (20) o autor da matéria, deputado Baleia Rossi (MDB-SP). Também será ouvido o economista Bernardo Appy, que preparou a proposta da Câmara, que unifica tributos sobre a produção e o consumo arrecadados pela União, pelos estados e pelos municípios, e cria outro imposto sobre bens e serviços específicos, cujas receitas ficarão apenas com o governo federal.

Na semana passada, a comissão aprovou o plano de trabalho do relator, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). Ele propôs oito audiências públicas na Câmara sempre às terças-feiras, e seminários em cada uma das cinco regiões do país, em datas ainda serem definidas. O relator espera apresentar o parecer a partir de 8 de outubro.

Aposentadoria dos militares

A comissão especial da Câmara que vai debater a aposentadoria dos militares das Forças Armadas se reúne na terça-feira (20) para eleger os três vice-presidentes e para definir o roteiro de trabalho do colegiado.

Na semana passada, a comissão elegeu como presidente o deputado José Priante (MDB-PA) e como relator o deputado Vinicius Carvalho (PRB-SP). A instalação do colegiado, composto de 34 membros titulares e igual número de suplentes, foi feita na quarta-feira (14).

Segundo o Projeto de Lei 1645/19, enviado pelo governo em março deste ano, os militares passarão a contribuir mais para a previdência especial e a trabalhar mais para terem direito a aposentadorias e pensões.

 

Fonte: Agência Brasil

Decreto presidencial assinado na noite deste sábado (17) estabelece que compete ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) avaliar os protocolos de bem-estar animal elaborados por entidades promotoras de rodeios.

Na prática, o decreto que o presidente Jair Bolsonaro assinou ao participar da 64ª Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos (SP) complementa a Lei nº 10.519 , de julho de 2002, que estabelece as normas de promoção e fiscalização da defesa sanitária animal em rodeios.

O decreto, que será publicado no Diário Oficial da União, estipula que o Mapa poderá, a qualquer momento, requerer parecer de especialistas para subsidiá-lo na avaliação dos protocolos de bem-estar dos animais empregados nos eventos de montaria, com ou sem provas de laço, realizados para avaliar a habilidade dos peões em dominar os animais.

O texto assinado pelo presidente também decreta que será responsabilidade dos órgãos de sanidade agropecuária dos estados e do Distrito Federal checar o cumprimento dos protocolos de bem-estar animal elaborados pelas entidades promotoras de rodeios e devidamente reconhecidos pelo Mapa. O reconhecimento destes protocolos se dará por meio de ato administrativo normativo assinado pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Pela Lei nº 10.519, de 2002, aplicam-se aos rodeios as disposições gerais relativas à defesa sanitária animal, incluindo-se a exigência dos atestados de vacinação contra a febre aftosa e de controle da anemia infecciosa eqüina.

Em nota, a associação Os Independentes, promotora da Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos, elogiou a assinatura do decreto. “Por meio de um ato corajoso, o presidente está demonstrando que é possível ter um rodeio 100% sem maus tratos [aos animais]. Esse decreto permitirá a realização de rodeios sem qualquer risco”, comentou Ricardo Batista da Rocha, presidente da associação.

 

Fonte: Agência Brasil

A Campanha Bicicleta Segura, da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (Sbot), chama a atenção para o Dia do Ciclista, comemorado nesta segunda-feira (19). O presidente da Sbot, Moisés Cohen, disse que a campanha visa a orientar as pessoas na prevenção de lesões em acidentes envolvendo bicicletas. Somente no ano passado, 11.741 brasileiros foram internados por envolvimento em acidentes com bicicleta, gerando custo superior a R$ 14 milhões ao Sistema Único de Saúde (SUS), informou Cohen. A campanha será desenvolvida até o fim deste mês.

Ele lembrou que aumentou muito a prática do ciclismo nas grandes cidades, motivada pelo baixo custo, a  rapidez, praticidade, saúde e preocupação ambiental. Por outro lado, pelo fato de as cidades, em sua maioria, não terem estrutura para o ciclismo e também porque as pessoas não têm orientações para entender a bicicleta como um esporte, a atividade pode acabar trazendo problemas. O ciclista “deve estar paramentado, ou seja, com capacete, que é algo fundamental, e obedecer às regras”, disse o ortopedista.

Conscientização

Caminhos, Reportagem, Bicicletas

Caminhos, Reportagem, Bicicletas - Imagens TV Brasil

“Acho que essa orientação, essa conscientização é importante, baseada no aumento das lesões que os ortopedistas têm encontrado”. Um trauma no crânio, como resultado de uma queda de bicicleta, por exemplo, pode representar risco para o ciclista. Moisés Cohen informou que as fraturas mais comuns quando o ciclista cai da bike são da clavícula, na região do ombro. “A articulação do ombro é aquela que é mais comprometida nas quedas. E a Sbot vive alertando para isso”.

Para evitar que fraturas e outras lesões aconteçam, a entidade recomenda que os ciclistas se protejam, tomem cuidado e andem em lugares adequados, com bicicletas também adequadas. “Acho que essa é uma campanha importante para a conscientização da população”, reforçou. A campanha é online e cada regional da Sbot tem liberdade para divulgá-la da forma que preferir.

Cohen alertou que não há no Brasil dados referentes a ciclistas que ficaram com sequelas irreparáveis e que, “muito provavelmente”, incluem traumas na cabeça, coluna, pernas e braços, que resultaram em afastamento do trabalho, perda da capacidade de realizar tarefas simples do dia a dia e, até mesmo, pedalar.

Segundo a Sbot, a cada dois dias, pelo menos um ciclista internado em hospital público de São Paulo morre vítima de acidente de trânsito. As principais causas de acidentes são embriaguez de motoristas de automóvel, desrespeito às leis de trânsito e bicicletas no mesmo espaço que outros veículos.

Motoristas

A campanha não se prende apenas ao ciclista. O presidente da Sbot ressaltou que, indiretamente, a campanha é mais importante para o motorista de automóveis, ônibus e caminhões, porque os acidentes graves que ocorrem nas cidades são principalmente causados por esses condutores de veículos. Os acidentes são de grande monta e, geralmente, ocorrem à noite, vitimando em especial ciclistas que pedalam em grupo. “Você tem os dois lados: o lado da queda casual e o lado dos acidentes que trazem, geralmente, consequências muito mais sérias”.

A campanha visa a estimular a população a agir com cidadania e segurança. Entre as recomendações feitas pela Sbot aos ciclistas estão o respeito às leis de trânsito; o uso das ciclovias; o cuidado ao passar por carros estacionados; a circulação sempre do lado direito da via, próximo ao meio-fio e no mesmo sentido dos veículos. Além disso, respeito, atenção e prevenção são palavras-chave para quem usa a bicicleta diariamente, lembra a entidade.

As dicas de segurança incluem equipamentos (usar sempre capacete, luvas e óculos); iluminação (usar sempre luz branca na frente e vermelha atrás); velocidade (andar em uma velocidade compatível à via); não ultrapassar o sinal vermelho; usar sempre calçados fechados para pedalar; e seguir a orientação ergonômica para evitar possíveis problemas no joelho.

Dia do Ciclista

O Dia do Ciclista é celebrado em 19 de agosto e homenageia o biólogo Pedro Davison, que morreu atropelado em 2006, em Brasília, aos 25 anos de idade, enquanto pedalava no Eixão Sul, via expressa da capital federal, que é fechada ao tráfego de veículos aos domingos para se transformar em área de lazer. A data entrou no calendário oficial do país. Sua aprovação tem o objetivo de estimular o uso da bicicleta, a cidadania e a mobilidade sustentável e plural, além de criar novas oportunidades para promover a educação para a paz no trânsito.

 

Donte: Agência Brasil

Quem trabalhou com carteira assinada entre 1971 e 4 de outubro de 1988 começa a receber hoje (19) as cotas do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). A Caixa Econômica Federal, que administra o PIS, e o Banco do Brasil (BB), que administra o Pasep, começam a depositar o dinheiro nas contas dos correntistas das duas instituições.

Os demais cotistas poderão fazer os resgates conforme calendário divulgado pela Caixa e o Banco do Brasil. Segundo a Medida Provisória (MP) 889/2019, os recursos do fundo ficarão disponíveis para todos os cotistas, sem limite de idade. Diferentemente dos saques anteriores, agora não há prazo final para a retirada do dinheiro.

A MP facilita o saque por herdeiros, que passarão a ter acesso simplificado aos recursos. Eles terão apenas de apresentar declaração de consenso entre as partes e a declaração de que não existem outros herdeiros conhecidos.

Tabela do PIS

Tabela do PIS - Arte/EBC

Segundo a Caixa, 10,4 milhões de trabalhadores terão direito ao saque das cotas do PIS. O pagamento deve injetar até R$ 18,3 bilhões na economia brasileira. Hoje, o crédito automático será feito apenas para quem tem conta corrente ou poupança no banco. Em 26 de agosto, será a vez de os cotistas a partir de 60 anos poderem sacar. O pagamento aos trabalhadores com até 59 anos começará em 2 de setembro.

O saque de até R$ 3 mil poderá ser feito nas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui e nos terminais de autoatendimento, utilizando o cartão Cidadão, com senha. Outra opção é nas agências da Caixa. Acima de R$ 3 mil, somente nas agências da Caixa.

O PIS atende aos trabalhadores da iniciativa privada. Para saber se tem direito às cotas do fundo, o correntista deve consultar o endereço www.caixa.gov.br/cotaspis.

Tabela do Pasep

Tabela do Pasep - Arte EBC

No caso do Pasep, administrado pelo Banco do Brasil, estão disponíveis para saque R$ 4,5 bilhões pertencentes a 1,522 milhão de cotistas. Cerca de 30 mil participantes receberão automaticamente o dinheiro hoje. O Pasep atende a servidores públicos, militares e trabalhadores de empresas estatais.

Os cotistas clientes de outras instituições financeiras, com saldo de até R$ 5 mil, poderão transferir o saldo da cota por meio de Transferência Eletrônica de Documento (TED), sem nenhum custo, a partir de 20 de agosto. Os demais cotistas, assim como herdeiros e portadores de procuração legal, poderão realizar os saques diretamente nas agências do BB, a partir de 22 de agosto.

A opção de transferência oferecida pelo BB pode ser feita tanto pela internet, no endereço eletrônico www.bb.com.br/pasep, quanto pelos terminais de autoatendimento. O cotista ainda pode obter informações por meio da Central de Atendimento BB, pelos telefones 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800-729-0001 (demais localidades).

 

Fonte: Agência Brasil

Quando um bebê está a caminho, acompanhamos a cada semana os avanços desse novo corpo que está se formando. E vemos, a cada mês, como a barriga da mãe vai crescendo. Com o pai, parece que está tudo igual, mas ter um filho é uma experiência que também pode mexer com o cérebro e os hormônios dos homens, como alguns estudos começam a revelar.

Se por fora a aparência do homem parece a mesma, por dentro seu corpo passa por algumas mudanças que podem facilitar a experiência da paternidade. Já existem evidências (ainda que provenientes de pequenos estudos) de que a ligação afetiva — e depois física — com o bebê deixa os homens menos impulsivos, mais brincalhões e até mesmo com a audição mais afiada.

Entre os mamíferos, somos uma das poucas espécies em que o cuidado paternal é comum. Por isso, nos últimos anos, cientistas de todo o mundo começaram a estudar como essa ligação estreita com os filhos altera o cérebro e o comportamento masculino. Esses estudos ainda são pequenos, feitos com grupos reduzidos de homens, mas já dão uma pista sobre como a experiência da paternidade pode ser transformadora.

Um cérebro mais vigilante

Quem é pai pode até ganhar massa cinzenta em áreas ligadas ao processamento de emoções e à tomada de decisões, mostra um estudo feito por pesquisadores das universidades de Denver e Yale, nos Estados Unidos. Ao avaliar imagens do cérebro de 16 homens antes e depois de se tornarem pais — sete deles pela primeira vez —, eles descobriram que algo havia mudado.

Comparando as imagens de antes e depois, eles perceberam um aumento da massa cinzenta em áreas que também se desenvolvem nas mães, como o corpo estriado (que processa recompensas), o hipotálamo (que controla os hormônios), o córtex cingulado (envolvido no processamento das emoções) e o córtex pré-frontal lateral (que atua na memória e na tomada de decisões).

Os cientistas ainda não sabem explicar completamente o porquê dessas alterações, mas uma coisa é certa: em alguns animais, essas regiões do cérebro têm um papel importante nos sentimentos e comportamentos afetuosos e de cuidado com a cria.

A mesma pesquisa mostra que outras regiões do cérebro encolhem com o início da paternidade. É o caso do córtex pré-frontal medial, do sulco pós-central e de outras regiões que, juntas, fazem parte do modo padrão de operação do cérebro.

Isso significa que o cérebro paterno sai do modo padrão para agir de outra forma – mais vigilante, por exemplo. Outras duas regiões ligadas à ansiedade também diminuíram depois que os homens se tornaram pais, e a redução foi maior quanto mais forte era a conexão física entre eles e seus bebês.

Espírito brincalhão

Outro estudo trouxe um resultado surpreendente: os pais podem ter níveis ainda maiores de ocitocina, um hormônio associado ao parto e à lactação, do que as mães.

Um grupo de pesquisadores norte-americanos descobriu que o nível de ocitocina no sangue dos pais subiu 8% nos primeiros seis meses de convivência com o bebê. Esse aumento, segundo o estudo, pode estar relacionado ao nível de envolvimento com o filho, e a liberação da oxitocina pode ser uma maneira de contrabalançar o estresse de lidar com um bebê em seus primeiros meses.

Seu efeito no comportamento dos homens, porém, é diferente. Enquanto a ocitocina deixa as mães mais afetuosas, nos pais ela leva a interações mais brincalhonas com os bebês, com toques de estímulo e que ajudam o bebê a reconhecer seu corpo no espaço. O estudo sugere que talvez cada gênero adote o comportamento que, na interação com o bebê, traga mais recompensas — tanto que as crianças em geral procuram os pais para brincar e as mães para confortá-las em momentos de estresse.

Menos testosterona

Não basta ser pai: tem que participar. E, quanto mais o homem participa, mais pode cair seus níveis de testosterona, um hormônio associado à agressividade e aos comportamentos de risco.

Um terceiro estudo, feito com filipinos, mostra que os homens que cuidam dos filhos três horas por dia têm menos testosterona do que os pais que não se dedicam a essas tarefas. Aliás, quanto mais horas os pais passavam cuidando do filho, menor era a quantidade de testosterona em seu organismo, e o declínio nos níveis do hormônio foi maior entre os pais de primeira viagem do que entre os que já tinham filhos.

Segundo os pesquisadores, esse achado é um indício de que os homens evoluíram e desenvolveram uma arquitetura neuroendócrina que facilita sua transição para o papel de pais e cuidadores.

Hormônio paternal

Além da queda de testosterona, outra alteração hormonal pode acontecer com os pais: o aumento da produção de prolactina. O mesmo hormônio que, nas mulheres, estimula a produção do leite e o comportamento maternal ajuda os homens a ter um comportamento paternal e aumenta a sensibilidade aos estímulos do bebê.

Um outro estudo, que avaliou 289 filipinos, revela que os pais tinham 13% mais prolactina no sangue do que homens sem filhos, e que os níveis do hormônio eram maiores em pais de bebês do que em quem tinha filhos maiores.

O nível de prolactina, no entanto, não variou de acordo com o maior ou menor envolvimento no cuidado com os bebês, e os autores não descartam a hipótese de que pode ser que homens com mais prolactina tenham mais tendência a ser pais.

Como se vê, a ciência ainda engatinha quando se trata de mostrar como o que acontece com um homem quando ele se torna pai. “Ainda não há consistência nas pesquisas que nos permitam afirmar que as alterações hormonais aconteçam com todos os homens, por exemplo”, comenta Josemar de Almeida Moura, especialista em Endocrinologia e professor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. Mas já há indícios de que a paternidade pode, sim, ser uma experiência transformadora até para o cérebro.

 

Fonte: https://www.vivaalongevidade.com.br

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2019.CORRIDA_DOS_PAIS_RODAPEgk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016