Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

Um mutirão formado pela comunidade escolar e técnicos da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) deu início ao trabalho de revitalização da horta e Ajardinamento da Escola Sorriso de Criança, no bairro Rio Verde. A atividade movimentou a unidade educacional durante todo o dia do último sábado, 14, e deixou o espaço com um novo aspecto, bem mais bonito.

O Projeto Horta e Ajardinamento faz parte do Programa de Educação Alimentar e Nutricional dentro do Ambiente Escolar da Semed. Segundo uma das coordenadoras, a nutricionista Ercília Carvalho, a finalidade é a de garantir alimentação mais saudável.

“É um projeto piloto que inicialmente está sendo implantado em duas escolas: Sorriso de Criança e Luís Magno. O objetivo é que ele faça parte do cotidiano das crianças e da comunidade escolar e ajude a promover uma alimentação mais saudável para todos”, afirma a nutricionista, para explicar que a manutenção da horta será feita pelas próprias crianças, por meio de atividades educativas, bem como pela comunidade do bairro, com a participação voluntária dos pais.

Carolina Souza, mãe da estudante Vitória Emanuelly Coelho, 5 anos, já marcou presença na primeira atividade. “Lá em casa já nos esforçamos para garantir uma alimentação saudável para a família. Eu me interessei bastante pelo projeto, pois ele vem ajudar a reforçar tudo que a gente ensina para a Vitória”, diz Carolina, para quem a iniciativa é louvável e contará com sua contribuição.

Para Sérgio Augusto de Ávila, também coordenador do programa, para que haja sucesso na iniciativa as parcerias são fundamentais. “Além de toda a equipe da Semed estamos contando com o apoio técnico da Ufra, que também irá construir o sistema de irrigação e compostagem”.

Ainda segundo Sérgio Ávila, depois de consolidado o trabalho nas escolas o projeto deverá ser ampliado para a comunidade por meio de oficinas de alimentação alternativa e de construção de hortas. No próximo sábado, 21, a ação será realizada na Escola Luís Magno.

Assessoria de Comunicação - Ascom/PMP

Todos sabemos que além de obrigatório no Brasil desde 2010, o uso da cadeirinha infantil para transportar as crianças no automóvel é fundamental, por menor que seja a viagem. O equipamento proporciona mais conforto aos pequenos e, acima de tudo, serve para protegê-los em caso de acidente ou situações de freadas bruscas, que projetam o corpo para frente.

Em Canaã dos Carajás, na manhã desta terça-feira, 17, uma motorista colidiu contra um muro. O acidente ocorreu por volta das 8h10 da manhã na rua V7 no bairro Novo Brasil II, e segundo informações uma mulher dirigia o veículo com a filha que tem cerca de seis meses, no banco da frente, quando perdeu o controle e colidiu contra o muro de uma residência.

Ainda segundo informações obtidas no local, quando colidiu no muro da casa que fica em um cruzamento, a condutora só teria percebido o fato quando já estava no quintal de residência, no momento estava muito nervosa e não conseguia entender o que havia acontecido. Moradores que presenciaram o acidente e esposo da vítima que chegou rapidamente no local retiraram a vítima e a criança de dentro do carro.

Parte do muro foi parar no interior do lote, a motorista que não foi identificada teria dito que perdeu o controle porque estava distraída com sua filha, que estava no banco da frente do veículo, e apesar de danos materiais a mulher e a criança não tiveram ferimentos. Após conversa com o dono da residência que teve o muro danificado, foram embora.

Motorista perdeu o controle do veículo

O nacional Ivan da Costa Nascimento, de 23 anos, foi morto na noite de segunda-feira 16, em confronto com a Polícia Militar de Parauapebas. O caso aconteceu por volta das 22h10, no bloco 17, do Residencial Alto Bonito, quando a guarnição teria ido ao local averiguar a informação de que havia um homem armado.

Segundo informações, uma adolescente de 15 anos procurou a polícia dizendo que estava recebendo ameaças de morte por parte de seu ex-namorado.  Na delegacia a jovem teria dito que seu ex-namorado havia ido em sua residência no início daquela noite, e após discussão por ela ter decidido terminar o namoro, o mesmo teria saído dizendo que iria em casa buscar a arma, com muito medo a menina chamou sua mãe e juntas procuraram a delegacia.

Mediante as informações a GU da área foi acionada pelo CCO para averiguar o caso. Um policial da ROCAM contou para a equipe de reportagem que era por volta das 22h10, quando sua GU foi acionada via CCO, que um indivíduo portando uma arma de fogo em uma motocicleta Honda BROZ, de cor preta, teria ameaçado sua ex- namorada.

De posse dessas informações os PMs iniciaram rondas no residencial com apoio de outras 2 guarnições, ao chegar no interior do residencial encontraram o suspeito, que na abordagem, ainda segundo a polícia Ivan Costa teria colocado a mão na cintura para sacar a arma de fogo, instante em que foi interceptado pelos policiais que reagiram a injusta agressão.

Baleado e socorrido pelos próprios PMs e encaminhado ao Hospital Municipal de Parauapebas, o mesmo não resistiu aos ferimentos morrendo ao dar entrada pronto socorro do HMP.

Além da moto a polícia apresentou na delegacia um revólver calibre 32, e munições intactas. Após os procedimentos de praxe o corpo de Ivan Nascimento, foi removido da pedra do hospital e encaminhado para necropsia no Centro de Perícia Científica Renata Chaves de Parauapebas.

 

(Neide Folha)

A praça Mahatma Gandhi é reinaugurada com muita alegria e cultura com o lançamento do “Mahatma das Artes”. Inaugurada há 30 anos, a praça Mahatma Gandhi foi revitalizada e entregue à população com os serviços que contemplaram playground, quiosques, banheiros, chafariz e acessibilidade.

Grupos de carimbó marcaram presença na inauguração da praça 

O evento aconteceu nesse domingo, 15, com início ás 17h, e contou com uma extensa programação. Quem marcou presença pôde assistir as apresentações dos grupos de carimbó Raízes Parauara e Cia Kriô, ainda puderam apreciar as apresentações de artistas locais e a feira de artesanato.

A população contou com a feira de artesanato e apresentação cultural 

O projeto “Mahatma das Artes” visa movimentar a economia e trazer mais lazer para os moradores, na ocasião os munícipes adquiriram produtos da feira de artesanato e degustaram as deliciosas comidas típicas, enquanto as crianças se divertiram no espaço literário.

O evento fará parte do calendário cultural de Parauapebas e será realizado todo 2º domingo de cada mês.

A inauguração pôde também contar com apresentações de artistas locais

A população contou com cinema ao ar livre 

 

Os pais contaram com muita arte e literatura para seus filhos 

Cozinheiro (a), vulcanizador I, churrasqueiro, garçom, motorista de munck, vendedor, técnico(a) de telemetrial I, representante comercial, auxiliar financeiro, dentre outras são algumas das vagas de emprego disponíveis . Confira as oportunidades de emprego para esta terça-feira, 17 de março.

Para se candidatar às vagas, baixe em seu celular o aplicativo Sine Fácil ou procure o Sine, que está localizado na rua 11, entre as ruas E e D - Cidade Nova. O horário de atendimento é das 8h às 14h.


Clique aqui e confira as vagas disponíveis hoje.

 

Assessoria de Comunicação - Ascom/PMP

Instituições financeiras, os serviços notariais ou de registro serão obrigados a disponibilizar contratos, boletos e documentos públicos em português e em braile para as pessoas com deficiência visual. O projeto de lei apresentado pelo vereador Celsinho Sabino (PSC) foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal de Belém (CMB). As pessoas com deficiência poderão solicitar o cumprimento da lei a qualquer momento ou na contratação e quaisquer serviços em instituições financeiras, de registros e notariais.

A proposta prevê ainda que os custos para a implementação são de responsabilidade do prestador de serviço que terá o prazo de 60 dias para se adequar à lei a partir da publicação em diário oficial.

TELEFONE E LUZ

Ontem, os vereadores também aprovaram um projeto que dispõe sobre a obrigatoriedade de tornar subterrâneo todo o cabeamento de distribuição de energia elétrica e telefonia instalados em Belém. A autoria é do vereador Toré Lima (PRB), que justificou a proposição dizendo que embora mais cara que a rede aérea, a instalação subterrânea oferece mais segurança, além de que a forma como é feita atualmente enfeia a cidade. “O emaranhado de fios oferece perigo, sem contar que ainda corre risco de furto. Do ponto de vista do Código de Posturas o projeto também é adequado. É importante deixar claro que a conta dessa mudança será da empresa e não do consumidor”, disse.

A proposta prevê que empresas de energia elétrica, telefonia, internet e TV a cabo retirem postes, transformadores, cabos de transmissão e fios de distribuição desses serviços de locais públicos. A substituição das redes de fiação aérea deverá ser gradativa em um prazo de dez anos, na proporção de 10% a cada ano. Em 180 dias após a aprovação, as empresas devem apresentar um plano de execução de obras que será discutido e elaborado com a participação de representantes do executivo, do legislativo e sociedade civil.

 

Fonte: Diário do Pará

Nesta segunda-feira (16), o diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Gebreyesus, afirmou, em entrevista coletiva que há mortes de crianças por coronavírus. Apesar de ser uma doença particularmente perigosa para idosos, o órgão ainda não havia reconhecido casos de óbito infantil.

“Esta é uma doença séria. Embora a evidência que temos sugira que aqueles com mais de 60 anos correm maior risco, jovens, incluindo crianças, morreram”, afirma o diretor-geral.

Gebreyesus explicou que as medidas de isolamento social (como as adotadas no Brasil, com o fechamento de escolas e academias) são justificadas pela escalada de casos no mundo. A Itália, por exemplo, já registrou mais de 1,8 mil óbitos pelo coronavírus.

Ele disse ainda que é importante investigar todos os casos suspeitos. O órgão informa ter enviado 1,5 milhão de testes para 120 países.

“Não se pode combater um incêndio com os olhos vendados. Você não consegue parar essa pandemia se não souber quem está infectado”, alertou. “Temos uma simples mensagem para todos os países: teste, teste, teste. Testem todo caso suspeito. Se for positivo, isole e descubra a quem ele esteve próximo.”

 

Fonte: DOL-Com informações Metrópoles

Pelo menos cinco medidas anunciadas ontem (16) para conter o coronavírus e reduzir o impacto da Covid-19 sobre a economia dependem de aprovação do Congresso Nacional. Ao todo, essas ações englobam R$ 61,3 bilhões do total de R$ 147,3 bilhões do pacote emergencial.

O adiamento por três meses do prazo de pagamento das contribuições dos empresários ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que envolve R$ 30 bilhões, exigirá projeto de lei ou medida provisória, assim como a transferência de R$ 21,5 bilhões do saldo não sacado dos Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep) para o FGTS.

A destinação de recursos para incluir mais de 1 milhão de pessoas no Bolsa Família, que consumirá R$ 3,1 bilhões, exige um projeto de lei a ser debatido pela Comissão Mista de Orçamento (CMO) e que precisa ser aprovado em sessão conjunta do Congresso, por envolver mudanças no Orçamento.

Também exigem projeto de lei a destinação de R$ 4,5 bilhões do saldo do seguro obrigatório (DPVAT) para o Sistema Único de Saúde (SUS) e a redução pela metade nas contribuições ao Sistema S por três meses, que liberará R$ 2,2 bilhões na economia.

Atos internos

A equipe econômica não soube informar se a simplificação das exigências e de documentação para a renegociação de crédito necessita de projeto de lei. As demais medidas exigem atos internos do Poder Executivo.

A antecipação da segunda parcela do décimo terceiro de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), que liberará R$ 30 bilhões em maio, e a antecipação do abono salarial para junho (R$ 12,8 bilhões) exigem decreto editado pelo presidente Jair Bolsonaro. As desonerações temporárias de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para produtos ligados ao enfrentamento da pandemia também dependem de decreto presidencial.

O adiamento das parcelas do Simples Nacional correspondentes à União por três meses, que terá impacto de R$ 22,2 bilhões, exige resolução do Comitê Gestor do Simples Nacional. O reforço de R$ 5 bilhões de crédito do Programa de Geração de Renda (Proger) depende de decisão do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador.

A redução a zero de alíquotas de importação para uso médico-hospitalar até o fim do ano precisa de resolução da Câmara de Comércio Exterior (Camex). Por envolver simplificação nas alfândegas, a facilitação do desembaraço de insumos e matérias primas industriais exige apenas instrução normativa da Receita Federal.

 

Fonte: Agência Brasil

A campanha Março Azul Marinho, realizada anualmente, alerta a população sobre a importância da prevenção do câncer colorretal, tipo que abrange os tumores com início no intestino grosso, especificamente nas regiões chamadas de cólon, reto e ânus. O mês de março foi escolhido para as campanhas de prevenção do câncer colorretal porque o dia 27 é o Dia Nacional de Combate ao Câncer de Intestino.

O Instituto Nacional da Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), vinculado ao Ministério da Saúde, prevê para este ano no Brasil o aparecimento de 20.520 novos casos desse tipo de câncer em homens e 20.470 em mulheres. No país, é o segundo tipo da doença mais comum em homens e mulheres, com exceção do câncer de pele não melanoma. O primeiro tipo, nos homens, é o de próstata e, nas mulheres, o de mama. Em nível mundial, o cirurgião Marcus Valadão, do Inca, especialista em câncer colorretal, informou que esse tipo da doença é o terceiro com incidência alta em homens, depois dos de próstata e pulmão, e o segundo em mulheres, após o de mama.

Embora, em termos globais, a idade igual ou acima de 50 anos seja considerada um fator de risco, pesquisa recente feita nos Estados Unidos mostrou aumento da incidência do câncer colorretal em pessoas mais jovens nos últimos anos. Isso levou a Sociedade Americana de Câncer (American Cancer Society) a propor um rastreamento mais precoce do que se recomendava antes, que era a partir de 50 anos, passando para 45. Valadão informou que no Brasil não existe um programa de rastreamento nos moldes americanos ou europeus.

Doença silenciosa

O câncer colorretal é considerado uma doença silenciosa porque, na maioria das vezes, não apresenta sintomas em seu estágio inicial. “O ideal é, a partir dos 50 anos, fazer alguma forma de rastreamento, que pode ser pesquisa nas fezes. Se der positivo, a recomendação é fazer uma colonoscopia”. Marcus Valadão afirmou que fora dessa questão de rastreamento, a prevenção primária inclui medidas para diminuir o risco de desenvolver a doença.

Essas medidas incluem dieta rica em fibras, com frutas, verduras e legumes; dieta pobre em carnes vermelhas e gordura animal; e exercícios físicos. “Há vários trabalhos mostrando que o sedentarismo aumenta a chance do câncer colorretal, e o exercício físico protege. Ou seja, pacientes que fazem exercício físico e que tiveram câncer têm menos chance de ter outros cânceres ou recidiva do mesmo tumor”. O aumento de peso também é um fator de risco para o câncer colorretal, do mesmo modo que o álcool e o tabagismo são fatores relacionados.

Os principais sintomas do câncer colorretal são sangramento nas fezes, alteração do ritmo intestinal, dor ou desconforto abdominal, tumoração abdominal, perda de peso sem causa aparente, entre outros.

Percentual de cura

Marcus Valadão afirmou que quando diagnosticado precocemente, o câncer colorretal tem entre 90% e 95% de chance de cura. “A grande maioria vai ficar curada, quando diagnosticada na fase inicial”. Nos casos mais avançados, a chance diminui. “Mas, como a gente tem uma evolução no tratamento, na cirurgia, na terapia, mesmo em uma doença avançada a gente tem uma sobrevida razoável, comparado com outros tipos de tumores”. Nos casos metastáticos, em que é possível o tratamento, a estimativa varia entre 50% e 60% de sobrevida em cinco anos. Para pacientes que fazem tratamento paliativo, a sobrevida fica em torno de dois ou três anos.

O câncer colorretal é o mais frequente tumor do aparelho digestivo. “No abdome, é o mais frequente, o que a gente mais opera (no Inca)”, disse o cirurgião.

Histórico familiar

O histórico familiar é também um fator de risco para o câncer gastrointestinal, lembrou Valadão. “É importante saber o histórico familiar, porque algumas síndromes hereditárias aumentam as chances de ter câncer colorretal”. Segundo o médico do Inca, 15% do câncer colorretal são hereditários. “Ou seja, a pessoa já nasce com uma alteração genética herdada dos pais ou parentes que predispõe ao câncer colorretal. Então, as pessoas com essas síndromes vão ter o câncer colorretal muito mais jovens do que a população normal, com 30 anos ou 40 anos de idade”. Sabendo desse histórico familiar, os médicos podem atuar e fazer o exame de rastreamento nas pessoas na fase mais jovem e, dessa forma, prevenir o aparecimento do tumor.

O cirurgião esclareceu, por outro lado, que o sangramento retal está presente também nas hemorroidas (veias ao redor do ânus ou do reto que se inflamam ou dilatam), o que, às vezes, é confundido com câncer. “O sangramento retal é um sintoma que deve ser investigado para afastar que seja realmente um câncer que esteja dando aquele sintoma”. Para saber se além de uma doença hemorroidária há risco de um problema mais grave, a recomendação é que seja feito um exame médico, que envolve exame físico, seguido de endoscópico, que vai detalhar se se trata só de uma doença hemorroidária ou se há um câncer associado.

Marcus Valadão revelou que a incidência de doença hemorroidária é alta na população brasileira. “Acima de 50%, a partir dos 50 ou 60 anos de idade. A maioria dos brasileiros vai ter doença hemorroidária. Mas, na presença de sangramento, é importante essa investigação. Sem a colonoscopia, não dá para afirmar isso”.

Ação concentrada

O coordenador da Comissão de Ações Sociais da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (Sobed), Marcelo Averbach, informou à Agência Brasil que, este ano, a entidade decidiu mudar o enfoque da campanha de rastreamento do câncer colorretal porque os mutirões que vinham sendo feitos até então se mostraram pouco efetivos, “com uma relação custo/benefício pouco operante”.

Em conjunto com o Ministério da Saúde, a Sobed está montando uma campanha nacional de rastreamento de câncer colorretal. “A gente está tentando configurar um programa nacional de rastreamento de câncer colorretal”, afirmou Averbach. A Sobed já participou de duas reuniões com esse objetivo, com o ministro da Sa[úde, Luiz Henrique Mandetta.

Paralelamente, a instituição promove ações pontuais com o mesmo objetivo. Este ano, a ação será concentrada no município de Piranhas (AL), onde os médicos filiados à Sobed pretendem rastrear cerca de 2,5 mil pessoas na faixa etária entre 50 e 70 anos de idade. A data para início do rastreamento ainda não foi definida. “Estamos ainda em processo de montagem, porque a gente depende de parcerias com empresas e essa é uma atividade muito onerosa. Estamos ainda em esquema de planejamento”, disse o coordenador da Comissão de Ações Sociais da Sobed.

Procurado pela Agência Brasil, o Ministério da Saúde informou que o assunto referente ao câncer colorretal é competência do Inca.

A Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP) disse que, tradicionalmente, divulga as ações de prevenção do câncer colorretal no mês de setembro, que ficou conhecido como Setembro Verde.

 

Fonte: Agência Brasil

Nem o tempo chuvoso impediu a pequena Ana Catarina, de 9 anos, de levantar cedo, vestir a camisa de sua equipe, calçar o tênis e pegar sua bicicleta para participar do passeio ciclístico realizado na manhã desse domingo, 15. “Achei o passeio muito legal. É a segunda vez que participo. Acordei cinco da manhã, muito alegre e nem a chuva impediu a gente de vir”, disse Ana, ainda empolgada e cheia de gás, mesmo após completar o percurso da Praça de Eventos até o Ginásio Poliesportivo.

A campanha solidária de arrecadação de latas de leite para famílias com crianças vivendo com o HIV/AIDS marcou a realização do passeio que faz parte da programação do 30º Encontro da Mulher de Parauapebas. Foram mais de mil latas arrecadadas, transformando o evento em sucesso total. Por causa do tempo chuvoso e preocupadas com a saúde de quem pedalava, as líderes decidiram encerrar oficialmente a prova apenas com a contagem do número de participantes de cada equipe.

No entanto, com base no ditado de que “quem entra na chuva é pra se molhar”, algumas mulheres optaram por manter o ritmo das pedaladas e continuar o passeio. Foi uma verdadeira festa na chuva.

A manicure Rosilene Barbosa e a dona de casa Edinete Soares estavam animadas por participarem dessa tarefa pela primeira vez. “Isso valoriza nossa classe feminina. Foi ótimo, amei esse passeio e vou repetir”, anunciou Edinete. “É a primeira vez e estou amando. Sempre que tiver vou ter que me inscrever para estar aqui”, comentou Rosilene.

“Deixamos todas à vontade para decidirem. Elas tomaram a decisão de participar do passeio e foi uma maravilha. Nesse momento, elas não olham a disputa. Estão todas unidas em um propósito que é em defesa das mulheres. Nossas líderes estão de parabéns com nossa mulherada. É mais uma missão cumprida nos 30 anos do Encontro da Mulher de Parauapebas”, disse a secretária municipal Mulher (Semmu), Angela Silva.

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016