Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

Após o pedido de licença do Governador do estado, Simão Jatene, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, desembargador Ricardo Ferreira Nunes, assumiu nesta terça-feira (25) o cargo de governador do Pará. A cerimônia de transmissão de cargo aconteceu no início da tarde no Palácio do Governo, em Belém.

O governador se afastou para poder participar, com maior autonomia, da campanha eleitoral. Em nota, a assessoria de comunicçaão do Governo do Estado informou que "nada impede, legalmente, a participação do governador, diretamente, na campanha, mas ele preferiu se afastar do cargo para poder cumprir uma agenda exclusiva da campanha de Márcio Miranda. Entretanto, ele poderá retornar ao cargo a qualquer momento, durante o período que antecede o pleito do dia sete, se a agenda do governo assim exigir".

“Deixo por alguns dias o cargo, mas com muita tranqüilidade, nas mãos de uma pessoa extremamente responsável e com uma bela história na Justiça desse Estado”, concluiu o governador.

O governador deve ficar de licença até a próxima sexta-feira (28), podendo ser prolongada. Segundo Jatene, essa transmissão representa um gesto de respeito na relação entre os poderes Executivo e Judiciário no Estado do Pará.

(Fonte: G1- PARÁ)

Exibição do artesanato, pintura corporal indígena, degustação de queijo de búfala e café de açaí. Os visitantes da 46ª Abav Expo Internacional de Turismo vão ter a oportunidade de conhecer de perto a diversidade cultural e um pouco dos atrativos de Parauapebas, a Capital do Ecoturismo de Carajás.

A equipe de expositores do município já está em São Paulo organizando os últimos preparativos para a feira, que inicia amanhã, 26, e segue até dia 28, no Pavilhão de Exposições do Anhembi. A expectativa do Departamento de Turismo (Detur) é de receber três mil visitantes no estande, dentre os 23 mil que estarão participando desta “vitrine turística”, por ser a segunda maior feira das Américas.

A experiência com outros roteiros, contatos e parcerias devem atrair não só turistas como também investidores para Parauapebas.

Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

Encerra no próximo domingo, 30 de setembro, o prazo de inscrição para a seleção do Mestrado Profissional do Instituto Tecnológico Vale (ITV), em Belém (PA). As inscrições são gratuitas e não há pagamento de mensalidade. O edital e o detalhamento das informações estão disponíveis no site www.itv.org.

O mestrado tem duração de dois anos e é reconhecido e recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Ministério da Educação.

Para a turma de 2019, há um total de 30 vagas. Sendo 10 voltadas para empregados da Vale e de empresas controladas e coligadas; outras 10 vagas para residentes no Estado do Pará e que estejam interessados em trabalhar com temas relacionados com os 'Objetivos de Desenvolvimento Sustentável' da ONU e 10 oportunidades para atender a comunidade em geral.

O curso tem como objetivo formar profissionais interessados em adquirir uma visão interdisciplinar do aproveitamento sustentável dos recursos naturais.  O programa de pós-graduação do ITV é o único Mestrado Profissional focado em sustentabilidade da região Norte, e um dos mais interdisciplinares do pais.

Resultados:

A turma de 2019 corresponderá à 7ª turma de mestrado do ITV. Desde 2013, o mestrado profissional do ITV já formou 53  alunos. Outros 13 têm previsão de concluírem o curso ainda este ano e 55  têm a formação prevista entre  2019 e 2020.

Do total de mestres formados no profissional do ITV, que não eram empregados da Vale e de empresas coligadas e/ou controladas, sete  conseguiram empregos no mercado de trabalho e outros 3 abriram empresas de consultoria e outros 10 foram aprovados em cursos de Doutorado. 

Sobre o ITV

A  Vale criou o Instituto Tecnológico Vale em 2009,  com o objetivo de buscar soluções inovadoras de médio e longo prazos, que possam melhorar o desempenho operacional da empresa em todas suas etapas, desde a mina até a entrega final do produto ao cliente.

O ITV - Desenvolvimento Sustentável, com sede em Belém, possui seis linhas de pesquisas: Geologia Ambiental e Recursos Hídricos; Biodiversidade e Serviços de Ecossistema; Genômica Ambiental, Tecnologia Ambiental; Socioeconomia e Sustentabilidade e Computação Aplicada.

Para saber mais sobre o ITV, acesse o site: www.itv.org

“Nós somos o trânsito: faça parte desta inclusão!” Este é o tema da Semana Nacional de Trânsito em Parauapebas, que terminará na próxima sexta-feira, 28. E como a proposta é inclusão o Departamento Municipal de Trânsito de Parauapebas (DMTT) realiza várias ações neste sentido. 

Um exemplo é o trabalho educativo e de fiscalização em estacionamentos privados de uso público em supermercados da cidade. “Esta é a nossa luta constante porque, infelizmente, muitos condutores não respeitam as vagas destinadas à pessoa com deficiência. Por isso, estas ações se fazem necessárias”, destaca José Monteiro, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência. 

Na busca de despertar mais consciência das pessoas para um trânsito mais seguro por meio de atividades socioeducativas, entra em ação a equipe do Núcleo de Educação para o Trânsito (NET) que constantemente realiza palestras e apresentações teatrais em empresas e escolas alertando para o respeito às leis de trânsito. 

E, como o objetivo é incluir, os agentes do NET foram até a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) para levar orientações importantes. E a missão foi cumprida de forma bem descontraída por meio de dinâmicas que contaram com a participação dos usuários. “Eu aprendi que tem que atravessar na faixa, usar cinto de segurança, não pode bebida alcóolica”, conta o que aprendeu a usuária Elizângela Brito. 

Agentes de trânsito realizam ação na APAE em Parauapebas. 

Lidiane Freitas, colaboradora da Apae, destaca que a instituição está de portas abertas para receber parceiros que contribuam com o aprendizado dos usuários em todos os sentidos. “É muito bom quando alguém se propõe a vir aqui e realizar um trabalho com os nossos usuários, e é bom reforçar que eles têm essa possibilidade de aprendizado”, diz ela. 

Para Milton Lima, coordenador do NET, o trabalho se torna ainda mais satisfatório quando se alcança os resultados pré-estabelecidos. “A gente vem conseguindo reduzir o número de acidentes por meio do nosso trabalho, que é bastante intenso. É gratificante quando as pessoas passam a compreender que para ter um trânsito seguro cada um deve fazer a sua parte”, diz ele. 

Para quem aprende também é gratificante, tanto que vem o reconhecimento. “Eu gostei muito. Aprendi que não pode atravessar quando o carro tá passando e quando sinal tá vermelho. Quero agradecer e dizer que eles voltem sempre aqui”, pede Adoglésio. 

Wanterlor Bandeira, secretário de Segurança Institucional e Roque Silva, chefe de gabinete do prefeito Darci Lermen (MDB) estiveram presentes na ação. 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO 

Dia 26/09 (Quarta-feira) 

  • 8h às 12h - Palestra e apresentação teatral
  • Local: Escola Pitágoras (Carajás)
  • 19h às 21h - Palestra e apresentação teatral
  • Local: Escola Carlos Henrique  

Dia 27/09 (Quinta-feira) 

  • 8h às 15h - Curso de atualização da legislação de trânsito, segurança e canalização de tráfego
  • Local: Vale
  • 19h às 21h - Palestra e apresentação teatral
  • Local: Escola Carlos Henrique  

Dia 28/09 (Sexta-feira) 

  • 9h às 11h - Dia da Gentileza no Trânsito
  • Local: Rua 10 com rua E 

 (Ascom PMP)

Em um processo que se desenrola na Justiça Federal há quatro anos, a Prefeitura de Parauapebas conseguiu uma decisão favorável esta semana. Por meio de seus fiscais, o Conselho Estadual de Farmácia (CRF) havia emitido cinco autos de infração por falta de profissionais farmacêuticos em unidades de saúde de médio porte.

A Prefeitura de Parauapebas alegou, em juízo, que as cinco autuações do CRF-PA tinham por justificativa o descumprimento de suposta obrigação consubstanciada na manutenção de profissional farmacêutico, devidamente registrado e habilitado, junto a cinco unidades básicas de saúde do município. A cada penalidade foi atribuído o valor de R$2.172,00, totalizando um débito de R$10.860,00, indicando por fundamento legal o disposto no parágrafo único do art. 24 da Lei Federal n. 3.820/60 e art. 21 da Resolução n. 579/2013 do Conselho Federal de Farmácia e consignando que as autuações continuariam ocorrendo até a devida regularização da situação.

Contudo, a PMP alegou que a prática exigida pelo CRF-PA seria indevida, tendo em vista a existência de entendimento jurisprudencial pacífico no sentido de que tal exigência não se imporia em relação a unidades básicas de saúde e hospitais de pequeno porte.

O juiz Marcelo Honorato deferiu o pedido de tutela antecipada à Prefeitura de Parauapebas. Por outro lado, O Conselho Regional de Farmácia informou à Justiça uma interposição de agravo de instrumento contra a decisão que antecipou a tutela, requerendo a sua reconsideração.

Na contestação, o Conselho de Farmácia sustenta a exigência de profissional farmacêutico, conforme objetivado pelas cinco autuações, guardariam compatibilidade e seriam, também, recomendadas por dados estatísticos.

O CRF informou ao magistrado que essa obrigação teria sido formalmente assumida pelo município de Parauapebas, ainda, por meio de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado no dia 26 de maio de 2010 junto ao Ministério Público Estadual e a Vigilância Sanitária.

Por fim, o Conselho Informou que, com o advento da Lei n. 13.021/2014, não subsistiriam motivos para discussão sobre a aplicabilidade da referida exigência, e que o pedido de impedimento do conselho profissional de realizar novos atos fiscalizatórios em seu favor implicaria em completo esvaziamento da sua atividade fim.

Depois de tramitar na Justiça Federal em Marabá, o caso “subiu” para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região, tendo como relator o desembargador José Amilcar Machado, o qual declarou, esta semana, nulos os autos de infração n. 14021, 14251, 14015, 14020 e 14018, e condenou o Conselho Regional de Farmácia ao dever de abstenção de proceder novas autuações, pelo mesmo motivo (ausência de contratação/manutenção de profissional farmacêutico), em detrimento de dispensários de medicamentos ou unidades hospitalares/clínicas de pequeno porte (assim compreendidas aquelas que tenham capacidade para até 50 leitos, nos termos do Glossário do Ministério da Saúde) que integrem a estrutura orgânica do município de Parauapebas, enquanto não sobrevier alteração por meio de lei formal que justifique tais medidas fiscalizatórias.

Caso a decisão do magistrado não seja obedecida, o CRF poderá pagar multa de R$ 5.000,00 por autuação que contrarie os dispositivos da sentença.

(Fonte: Zé Dudu)

Sete unidades educacionais da rede municipal de ensino do município de Goianésia do Pará, instaladas no meio, estão necessitando de melhorias urgentes. Foi isso que detectou uma visita conjunta do Ministério Público do Pará, Conselhos Municipais de Educação, do Fundeb e da Alimentação Escolar, na última quinta-feira, 20. O chefe do MP, José Alberto Frissi Dantas esteve à frente da operação. E, por meio de entrevista com professores, diretores e responsáveis, além da coleta das demandas dos alunos, teve como objetivo verificar questões como a qualidade e quantidade da merenda escolar, estrutura física das unidades e transporte escolar nas escolas da zona rural do município, num percurso de 300 km.

Das sete escolas, duas apresentam problemas como a existência de um poço a céu aberto e janelas com vidros quebrados. Tais medidas a serem requisitadas pelo Promotor se destinam ao isolamento do poço e da retirada e substituição dos vidros, bem como de áreas que estiveram passando por manutenção e reforma, como construção.

“A ação é fundamental para marcar a presença do Ministério Público em regiões de difícil acesso na comarca, exercer o efetivo controle e fiscalização dos serviços públicos e estabelecer uma importante aliança com a população dessas áreas”, explica o Promotor José Alberto.

Em contato com a Assessoria de Comunicação da PMGP, ela informou que a gestão atual tem um planejamento para reformar e revitalizar as escolas municipais do meio urbano e rural. Desde o início do ano passado 14 escolas receberam investimentos. Entre elas, a Luciula Oliveira, que está recebendo a primeira reforma desde que foi inaugurada antes de o município ser emancipado.  Auditório e mais três novas salas, inclusive uma sala multifuncional, banheiros com acessibilidade para deficiente físico e visual. A Assessoria informou ainda que o atual governo é ciente sobre a situação das escolas visitadas pelo grupo liderado pelo Ministério Público.

(Fonte: Zé Dudu)

Por volta das 16 horas de segunda-feira, 24, a guarnição da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motos (ROCAM) composta pela Guarnição do cabo S. Barros, soldados William, Cavalcante e Farias apresentou na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, para o delegado plantonista Dufrae Abade, os nacionais Antônio da Silva Monteiro Neto e Janaína Caldeira dos Santos, ambos de 19 anos de idade, Antônio Castro Silva, 18, e os irmãos adolescentes um de 14 e outro de 16, acusados de participarem de uma quadrilha de furto com arrombamento.

 De acordo com informações, o quinteto foi pego pela polícia no bairro Bela Vista, após denúncia por parte da vítima, dono do estabelecimento que através das câmeras de segurança, que registou a ação dos meliantes, conseguiu identificar os autores do crime, que de acordo com a vítima ocorreu por volta da 03h da madrugada de segunda-feira.

Ainda segundo informações, a polícia chegou até ao quinteto após receber denúncia das vítimas que informaram a localização dos suspeitos.

Um simulacro de arma .40 também foi encontrado na casa dos indivíduos. 

Do interior da loja os acusados levaram um notebook, 110 peças de bijuterias entre cordões brincos e anéis, uma TV de 32 polegadas e uma quantia em dinheiro, além de outros pertences das vítimas.  "Através de denúncia de populares conseguimos colocar as mãos neles. Primeiro capturamos as duas mulheres, que estavam presentes na hora da ação criminosa e em seguida pegamos os três homens. Ao fazer uma revista na casa dos mesmos tivemos êxito em encontrar e recuperar todos os objetos roubados da loja. Para nossa surpresa encontramos um simulacro que aparenta ser uma pistola ponto 40, arma exclusiva da polícia, e conduzimos todos para a Depol, para os procedimentos cabíveis”, ressaltou S. Barros.

(Reportagem: Caetano Sillva)

Diego Delfino Lima, 22 anos de idade foi morto em confronto com a Polícia Militar, minutos após cometer um assalto em uma residência na rua M, bairro União. 

Consta nos registros policiais, diversas outras passagens do assaltante pela delegacia. 

De acordo com a vítima que pediu para não ser identificada, era por volta das 23h30, quando a mesma chegava a sua casa, em sua caminhonete. Ao acionar o controle, para fechar o portão foi surpreendida por dois indivíduos armados, um deles com uma pistola e o outro com uma espingarda tipo por fora de dois canos.  Ao render a vítima, ainda segundo informações, os ladrões obrigaram a mesma a entrar em casa, onde mantiveram quatro pessoas da mesma família de reféns.

A vítima contou ainda, que enquanto uns dos bandidos as mantinham reféns deitados no chão, o segundo assaltante subtraia os pertences da família, como joias e celulares.

Após usurpar os pertences das vítimas, a dupla, que recebia suporte de um terceiro indivíduo em um veículo escuro, deixou o local na moto Honda Biz vermelha que pertence ao filho da vítima.

Em ato continuo, o dono da casa se dirigiu até a delegacia e comunicou o assalto.  Enquanto isso, um membro da família realizava o rastreamento de um dos celulares levados pelos assaltantes e, com base nas informações obtidas pelo aparelho, as vítimas chegaram juntamente com a Polícia Militar, na rua Paulo Afonso, 427, bairro Guanabara, onde os bandidos foram localizados.

Segundo a polícia, ao entrar no local, foi recebida a tiros, instante em que revidou e atingiu Diego Delfino mortalmente, enquanto o segundo indivíduo, que também já foi identificado pela PM conseguiu escapar ao pular o muro da residência onde se encontravam.

Baleado, Diego Lima foi socorrido pela Equipe do Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital Municipal de Parauapebas, morrendo a caminho.  Diego tinha várias passagens pela delegacia, pelos mesmos crimes de assaltos.

(Reportagem: Caetano Sillva)

Qual o "mistério" entre ser um dos três mais importantes do Brasil e, paralelamente, ser invisível para esse mesmo Brasil? Por que razão Parauapebas produz tantas riquezas e sustenta a balança comercial do país, mas, como troco, nem migalhas recebe da Federação? É justo que a população de uma das regiões mais ricas da nação padeça com esgoto a céu aberto, doenças do século passado, taxa altíssima de assassinatos e crescimento do desemprego e da pobreza na periferia?

Para acabar com o que chama de "desordem e desprogresso", o candidato a deputado Frank James (PRTB), de Parauapebas, esboçou um plano para nortear as políticas públicas fundamentais de que a microrregião carece.

Nesta segunda-feira (24), o candidato vai começar a gravar vídeos para as redes sociais por meio dos quais vai expor suas ideias visando a melhorar a qualidade de vida da população de Parauapebas e do entorno, onde vivem cerca de 318 mil habitantes, entre eles 239 mil eleitores. Parauapebas sozinho possui 203 mil residentes e 156 mil eleitores.

"Quero dialogar com as pessoas sobre as necessidades das pessoas", anuncia Frank. E quais as necessidades? Ele explica. "Muitas. Nem parece que moramos numa das regiões mais ricas do país porque falta tudo para nós, desde serviços sociais básicos, como saneamento, até equipamentos públicos, como creches", lembra o candidato, chamando atenção para a destacada ausência de órgãos públicos em Parauapebas para ajudar a resolver a vida do cidadão, como uma delegacia da Receita Federal do Brasil (RFB).

O candidato a deputado federal, Frank James esteve visitando as comunidades de Parauapebas e conversando com o povo. 


"É um absurdo", dispara Frank James. Ele observa que, pelos dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Parauapebas é o 2º município que mais dá lucro ao Brasil. De cada R$ 10 de saldo na balança comercial brasileira este ano, R$ 1 saiu das costas de nosso município. "E o que temos em troca? O esquecimento por parte do Governo Federal, que só quer lucrar à custa dos recursos do município e se aproveita da lacuna política que há por aqui, devido ao fato de não termos representante na Câmara dos Deputados para lutar por nossos direitos."

Na oportunidade, em mais um compromisso de campanha o candidato apresentou suas propostas para a comunidade. 

REPENSAR A REGIÃO

Para Frank James, é preciso mudar o modelo de pensar e atribuir valor à região. O discurso da riqueza, segundo ele, está à margem das pessoas que moram nas periferias. Números de julho deste ano do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) revelam que a microrregião de Parauapebas tem 143 mil pessoas vivendo em lares com menos da metade de um salário mínimo por mês. Só em Parauapebas são 74 mil. "A nossa região é rica, sim, mas a riqueza é invisível para a população. Uma das regiões mais ricas do Brasil está atolada em desemprego e de pessoas que, neste momento, podem estar passando fome", lamenta.

"O que pretendo é criar medidas para minimizar essas desigualdades", discute o candidato. Para ele, é preciso fortalecer e adensar as cadeias produtivas que são subutilizadas na região. "Cadê o polo joalheiro? Cadê o polo universitário? Uma cadeia de gemas e joias, recursos abundantes em nossa região, teria potencial para gerar até 30 mil empregos se levada como prioridade. Uma estrutura universitária, no modelo que a vizinha Marabá já possui, movimentaria fácil em Parauapebas R$ 100 milhões por ano e atrairia estudantes de vários lugares", analisa.

Segundo o candidato, é preciso tentar enxergar além das entrelinhas, já que a economia de Parauapebas é baseada na exportação de minério de ferro, que é precificado e manipulado pelo mercado internacional. "Não podemos continuar sem representatividade no Parlamento Federal, e eu quero ser o vetor de mudança de que nossa região precisa", encerra.

 

Seis alunos vencedores da segunda edição da Feira de Ciência e Tecnologia de Parauapebas (Fepacti) realizada no mês de agosto pela prefeitura, por meio da Secretaria de Mineração, Ciência e Tecnologia (Semmect), já iniciaram o curso de inglês que ganharam como um dos prêmios da feira.

De acordo com o coordenador geral da Fepacti, Russell Veiga Brasil, essa é mais uma forma de dar continuidade ao desenvolvimento educacional dos alunos e despertar o interesse deles para a participação em outras feiras e eventos de iniciação científica.

“Nós mobilizamos para que todos os empresários da rede particular se encontrem com a rede pública. São crianças e jovens que precisam de oportunidade, e a Fepacti selecionou de acordo com a categoria de premiação. Os vencedores são do ensino fundamental e médio”, destacou Russell Brasil.

Para os alunos premiados com a bolsa de inglês, a oportunidade é única já que aprender mais um idioma é fundamental para uma carreira de sucesso e participação nos eventos internacionais.

Os estudantes Pedro Henrique Barbosa, Tallys Henrique e Gabriel Oliveira, da Escola Municipal Eunice Moreira, conquistaram o primeiro lugar do ensino fundamental com o projeto inovador Bobina de Tesla.

Pedro Henrique conta que sempre quis fazer inglês, mas que seus pais não têm condições de pagar o curso, daí o prêmio ser “maravilhoso”.

No nível médio, o primeiro lugar foi conquistado por Welligton Oliveira, 17 anos, aluno do curso de eletrônica do Instituto Federal do Pará (IFPA), que juntamente com os colegas Wilyan Fernandes Vilhamar e Pablo Gama apresentou o projeto Controle Monitoramento de Gás Nocivos (GLP). Para Wellington, estudar inglês será uma “conquista importante” para sua carreira profissional.

“Estou muito feliz, pois dentro do meu curso exige a fluência em inglês e eu não teria condições de pagar. É um aprendizado que influencia diretamente no meu futuro”, declarou ele.

Os projetos vencedores da feira municipal serão expostos na Feira Internacional de Ciência e Tecnologia marcada para outubro deste ano, no Ginásio Poliesportivo.  

Os projetos vencedores da feira municipal serão expostos na Feira Internacional de Ciência e Tecnologia.

 

AVANÇO 

A Fepacti foi aprovada como o projeto de lei pela Câmara Municipal e agora passa a fazer parte do calendário oficial de eventos de Parauapebas.

 

Sul e Sudeste do Pará

Loading
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_UNAMAgk-is-100.jpglink
http://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2018gk-is-100.jpglink

Vídeos

Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016