Blog do Refribom - Capa

Carlos Refribom: Morador da cidade de Parauapebas desde 1997 iniciou sua carreira no jornalismo como representante comercial nos jornais locais, depois foi repórter de polícia e cidade por dois anos; em agosto de 2004, fundou o Carajás o Jornal e segue até os dias de hoje com esse trabalho reconhecido no sul e sudeste do Pará. Graduado em pedagogia pela FACIBRA em 2014  e pós graduado em comunicação eleitoral e marketing político, pela faculdade Estácio, Refribom coloca a disposição dos seus leitores, um Blog de referência em informação política da microrregião do Carajás.

 

Como eu já havia dito aqui mesmo nesse espaço, a respeito do atual presidente de câmara municipal de Canaã dos Carajás Jean Carlos, uma conversa que eu tive com ele e na suas palavras discursadas em uma sessão naquela Casa de Leis, eu que já ando percorrendo bastidores para escrever minha coluna, logo vi que aquele jovem tinha algo de diferente para mostrar enquanto parlamentar daquela Casa de Leis. Hoje ele deu o segundo  sinal positivo para mim do que eu pensava, logo a primeira vez, foi  quando ele se interessou em sentar com a Vale e ajustar as contratações de mão de obra primária ser mesmo de Canaã dos Carajás no projeto S11D; agora ele surpreende com essa sessão solene em alusão as mães, foi a primeira vez que houve um evento dessa natureza naquela cidade, pode parecer pouco, mas já mostra um diferencial dos presidentes anteriores. Estava tudo de bom gosto no evento, muitas mães se emocionaram ao ouvir as palavras do filho vereador, com certeza ficará marcado na memória daquelas mães que participaram do evento.

Em conversa com o atual presidente, ele teve a humildade de me dizer que não foi apenas um ato dele, e sim de todos os vereadores, mas no fundo eu sei que foi ação dele e da equipe que acompanha ele, não tirando o mérito dos outros vereadores, afinal se eles não participasse não teria festa. Eu imagino que alguns foram pegos de surpresa com a qualidade do evento, tanto que no próximo ano, acredito que todas as mães estarão presentes, haja visto que faltaram três vereadores que marcaram outros compromissos, mas ano que vem acredito pela grandeza do evento todos na medida do possível estarão presentes com suas esposas e mamães, quem realmente merece nossos parabéns são as mamães que se fizeram presentes, algumas aproveitaram e disseram que os filhos vereadores não foram fáceis na época de adolescência, mas hoje cresceram e tornaram-se pessoas de bem. O atual presidente com esse trabalho cresceu e muito no conceito de todas as mães de Canaã dos Carajás; que sirva de exemplo aos presidentes de câmara da região e também aos prefeitos, buscar valorizar tão importante ser existente na humanidade, a Mãe.

Essa semana circulou na imprensa nacional uma palavra mal colocada pelo vereador Odilom Rocha de Sansão, na sessão da câmara em Parauapebas; teve um momento que ele falou que se um vereador em Parauapebas não fosse corrupto, não daria conta de sobreviver. Na verdade eu entendo o que o edil quis dizer, porque hoje o sistema que foi implantado no Brasil em relação aàs eleições municipais, estaduais e federais, realmente fica difícil se eleger sem ser corrupto, porque começa pelo próprio cidadão, que só quer votar se pagarem uma “boca de urna”, ou se me prometerem um emprego, ou aluguel de maquinas, carros e por aí vai, quando chega no final de uma eleição, no caso de Parauapebas, ela já passou de um milhão de reais, isso para eleger. Se formos fazer uma avaliação de Parauapebas, a maioria dos vereadores que hoje tem uma cadeira para sentar tinha uma secretaria por trás dele na eleição passada. O próprio Odilon tinha a Semmas, comandada por Judsom na época; Eliene tinha a Semad, comandada por Luiz Vieira; Zé Arenes tinha todas as maquinas e tratores da secretaria de obras, era o candidato absoluto de Coutinho; Luzinete tinha a secretaria de Habitação, todos os cadastrados que receberam casa, passava pelo crivo dela, na época trabalhava por lá e era mulher de confiança de Antônio Neto, na época secretário habitação; Bruno Soares tinha a Coordenadoria de terras, ajudou muitas pessoas a regularizar seus lotes; Euzébio teve por dois mandatos a secretaria de educação; Mikinhas era base aliada do prefeito Darci Lermem, não tinha secretaria diretamente, mas foi arrumada toda Palmares I em seu nome, isso o credenciou a voltar no mandato. Sobraram apenas Josineto, Pavão e Dr. Charles, mas esses foram na onda Valmir “Mãos que Trabalham” e se elegeram; mas Pavão já teria gasto tudo que tinha ganhado em dinheiro na vida em uma eleição derrotada, já tinha uma base, Josineto deu a sorte de encontrar pelo caminho Vicente da Umespa, presidente do PSDC na época e fez grandes investimentos na campanha dele, com ajuda de amigos e o que vinha ao partido, boa parte era direcionado na campanha dele, assim se elegeu. Dr. Charles foi condecorado com a onda Valmir da Integral, tinha sido candidato a deputado na eleição anterior, os que não estavam no governo, era Devanir e João do Feijão, mas Devanir já conhecia o caminho de volta, sua esposa Percilia Martins estava no mandato, e João do Feijão esse  sim, já tinha perdido a reeleição e voltou pro mandato 4 anos depois, aliás só ele e Odilon  conseguiu essa façanha em Parauapebas.

Resultado do que estou falando, tudo depende de corrupção, o povo já está acostumado há isso, é assim que as coisas funcionam, como estamos vendo no Brasil a fora, mas não pode falar na tribuna vereador Odilon. Felizmente o Brasil está mudando, isso é muito bom.

 

 

Avalie este item
(0 votos)
Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink