Além da distribuição de frascos de álcool gel para os trabalhadores de transporte público no município, a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi), realiza também a entrega de adesivos educativos com as medidas de prevenção contra o novo coronavírus.

São dois mil adesivos afixados nos veículos, sendo mil para táxis, vans e micro-ônibus e mil para mototáxis. “As ações têm o objetivo de informar tanto os condutores quanto os usuários de transporte público sobre as medidas sanitárias, para que não haja a proliferação do novo coronavírus no município”, explica o gestor da Semsi, Denis Assunção.

O presidente da Cooperativa de Prestação de Serviços de Táxi, Vans e Locação de Veículos de Parauapebas (Cootavip) parabeniza a ação. “Nós agradecemos a Semsi pelo álcool gel e os adesivos de conscientização. Muito obrigado”, comenta José Ribamar dos Reis.

Para situações de descumprimento das medidas preventivas, o cidadão pode informar o Centro de Controle Operacional (CCO), ligando para o número (94) 99278-0431.

 

Texto: Sara Dias

Fotos: Semsi

Assessoria de Comunicação/PMP

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 11h10 desta terça-feira (21), 40.940 casos confirmados de infectados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 2.598 mortes pela Covid-19.

As mortes estão concentradas nos estados de São Paulo (1.037), no Rio de Janeiro (422) e no Ceará (206), e crescem em ritmo acelerado: quase mil delas ocorreram nos últimos sete dias.

Balanço divulgado pelo Ministério da Saúde no fim da tarde de segunda (20) indicava 40.581 casos e 2.575 mortes no país.

 

Sistema de saúde no limite

Dados da Associação Brasileira Médica apontam que, em um mês, médicos registraram 3.181 denúncias sobre falta de equipamentos de proteção individual (EPI) no atendimento a pacientes com Covid-19. São Paulo, Rio e Porto Alegre são as cidades com mais registros de reclamações.

 
No estado do Rio de Janeiro, em quatro semanas, mais pessoas foram internadas por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) que em todo o ano de 2019, segundo levantamento do G1 com base em dados da Fiocruz. Os dados, segundo especialistas, apontam para a subnotificação dos casos do novo coronavírus.

Em São Paulo, por outro lado, a fila de testes de Covid-19 que aguardam análise caiu de mais de 20 mil na semana passada para 4,1 mil nesta nesta segunda-feira (20), segundo informações do Instituto Butantan.

As unidades de terapia intensiva (UTI) de Manaus já chegavam ao seu limite de atendimento. Por falta de vagas e de pessoal, os hospitais já não conseguem atender todos os pacientes. O governo do estado declarou que o sistema de saúde do Amazonas está entrando em colapso.

“O vale é melhor para podermos escolher os produtos realmente necessários para alimentar as crianças”. A afirmação é da dona de casa Carla Costa, dada logo após receber o cartão do vale-alimentação escolar do filho de 6 anos, que estuda  na Escola Estadual Paracuri II, em Icoaraci.

Ela é uma das mães dos quase 400 alunos da escola que chegaram cedo, na sexta-feira (17), à escola para buscar os cartões no valor de R$80 oferecidos pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Educação. (Foto: Pedro Guerreiro / Ag. ParáEla)

A diretora, Sônia Azevedo, era quem fazia a entrega aos pais. Ela afirma que a iniciativa do Governo foi bem aceita pela comunidade. “Com toda certeza dar a oportunidade deles escolherem o que comprar é bem melhor. Os pais vêm buscar com satisfação e já saem fazendo planos”, comenta.

Para quem enfrenta dificuldades nesse período de pandemia como o mototaxista Cleiton Oliveira, o cartão veio em boa hora. “As corridas diminuíram bastante. Quase não tem gente nas ruas. Fica difícil juntar dinheiro pra comprar comida”, afirmou o trabalhador que tem um filho no segundo ano estudando na escola.

Na Escola Benjamin Constant, no bairro do Reduto, em Belém, o primeiro dia de entrega foi de tranqüilidade. A escola orientou os pais a usarem máscaras e obedecerem a marcação no chão para evitar aglomeração. “Recebemos muitos elogios, em especial pela praticidade no uso do cartão”, afirma a diretora Márcia Lopes. A escola continuará entregando os cartões no fim de semana para agilizar o atendimento. 

Foto: Pedro Guerreiro / Ag. ParáOrganização

A Escola Celina Del Teto, no bairro do Icuí, em Ananindeua, também começou hoje a distribuição dos cartões de Vale-alimentação aos 924 alunos matriculados. Desde às 8h já havia pais em busca do benefício, que foi entregue sem aglomeração, obedecendo às normas de segurança recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

O diretor da escola, Kleber Lopes, explica que organizou, junto com sua equipe, os turnos e salas que os pais devem buscar o cartão. “Pela manhã fizemos a distribuição para alunos com nomes das letras A a E. À tarde outro grupo e no sábado (18) o restante. Cada letra em uma sala distinta. Tudo para manter a ordem e evitar aglomeração”, detalha o diretor.

Quem foi à escola logo pela manhã para garantir o benefício para os dois filhos foi a dona de casa, Ana Karina Maia, de 33 anos. Ana voltou para casa satisfeita. Ela tem um casal de filhos matriculados na escola. “Vai ajudar e muito esse benefício, principalmente num momento difícil como esse que estamos passando”. 

Foto: Pedro Guerreiro / Ag. ParáCronograma

Os vales serão entregues em todas as escolas estaduais dos 144 municípios do Pará. A rede estadual é composta por 566 mil alunos, matriculados em cerca de 900 escolas de ensino fundamental, ensino médio, educação de jovens e adultos (EJA) e educação profissionalizante. Todo o cronograma de entrega nas outras regiões será divulgado no site da Seduc.

 

Fonte: Agência Pará 

 

Veio a óbito na tarde desta quinta-feira, 16, o médico que atendia na rede pública e particular de saúde em Parauapebas. Segundo informações o Dr. Carlos Storari estava internado em estado grave na rede particular de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Intensecare, com Covid-19.

Nota de Pesar da AMC

 

Nota de pesar da PMP

É com profundo pesar que a Prefeitura de Parauapebas comunica o falecimento do médico Carlos Augusto Estorari, servidor público do município de Parauapebas desde 2007. Ele atendia no Pronto Socorro Municipal e também no Hospital Geral de Parauapebas (HGP).

O servidor estava internado desde o dia 6 de abril em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e veio a óbito nesta quinta-feira (16) depois de lutar bravamente contra a Covid-19. O resultado positivo para a doença foi divulgado no Boletim Epidemiológico do município publicado no dia 10 de abril.

Carlos tinha 48 anos e era noivo. O governo municipal lamenta a perda do profissional, cidadão, filho e amigo que Carlos era e se solidariza com familiares e amigos neste momento de luto.

Assessoria de Comunicação – Ascom PMP

Na noite desta quarta-feira, 15, Parauapebas contabiliza mais 4 casos confirmados, entre os quais a confirmação do segundo óbito por Covid-19 no município.

O falecimento do paciente foi informado na segunda-feira, 13, mas na ocasião o que havia era apenas suspeita da Covid-19. A vítima foi um idoso de 73 anos, com diabetes, hipertensão e cardiopatia. Ele foi atendido na rede particular com o quadro de Síndrome Aguda Respiratória Grave (SRAG).

O paciente procurou o Pronto Socorro Municipal já bastante debilitado e foi atendido na ala exclusiva para pacientes com síndrome gripal. Foi coletado o material para realização do exame no Laboratório Central (Lacen), em Belém, mas infelizmente o paciente faleceu.

Já o segundo caso confirmado deste boletim extra é um homem de 52 anos, sem histórico de doenças, que começou a apresentar sintomas no dia 06 deste mês. Ele procurou a UPA no dia 12, quando realizou a coleta do exame. O paciente está internado na UTI em rede particular de saúde.


Com os 4 resultados de hoje, sobe para 16 o número de casos confirmados de coronavírus e 2 óbitos.

O prefeito Darci Lermen torna obrigatório o uso de máscaras em Parauapebas, esta é uma das medidas para diminuir o contágio pelo novo coronavírus no município. Um campanha de produção em massa de máscaras foi iniciada pela prefeitura.

O decreto segue até o dia 26 de abril

O novo decreto também expande as barreiras sanitárias para as estradas de acesso aos projetos de mineração e ainda estabelece o fechamento temporário do comércio a partir do dia 16 até dia 26 de abril.

Baixe o decreto no topo da página e confira as demais medidas tomadas pelo gestor municipal

Página 15 de 15

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/00.Novo_Projeto_-_2021-09-24T142218530gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016