Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

A equipe da coordenação de imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) realiza a campanha de vacinação contra o Papiloma Vírus Humano (HPV) nas escolas municipais. O objetivo é alcançar as meninas de 9 a 11 anos pela primeira vez e aplicar a segunda dose naquelas que foram imunizadas no ano passado.

 “Vacinamos mais de 200 meninas na escola Milton Martins, semana passada, e nesta semana imunizamos outras 400 na escola Antônio Matos”, informou a coordenadora de imunização, Aline Neves, adiantando que a programação nas unidades de ensino vai continuar durante todo o mês.

 A vacina pode ser encontrada também em todas as unidades de saúde, tanto da zona urbana, quanto da rural. A campanha de imunização é voltada para meninas de 9 a 11 anos, mas, aquelas que estão na faixa etária de 12 a 13 anos e que não receberam a primeira dose no ano passado, podem se vacinar agora.

 Para tomar a vacina, basta apresentar o cartão de vacinação e o documento de identificação. Cada adolescente deverá tomar três doses para completar a proteção. A segunda deve ser tomada seis meses depois, e a terceira, cinco anos após a primeira dose.

 

Sobre o HPV

 O vírus HPV é a principal causa do câncer do colo de útero, o terceiro tipo mais frequente entre as mulheres, atrás apenas do câncer de mama e de cólon e reto. Por isso, a incorporação da vacina no calendário nacional tem o objetivo de prevenir o câncer do colo do útero.

Com a disponibilização da vacina no SUS, espera-se a redução da incidência e da mortalidade por esta doença grave, que se caracteriza pelo crescimento anormal de células do colo do útero. Cerca de metade das mulheres diagnosticadas com câncer de colo do útero tem entre 35 e 55 anos de idade. Muitas provavelmente foram expostas ao HPV na adolescência ou na faixa dos 20 anos de idade.

É importante ressaltar que a imunização não substitui a realização do exame preventivo e nem o uso do preservativo nas relações sexuais. O Ministério da Saúde orienta que mulheres na faixa etária dos 25 aos 64 anos façam o exame preventivo, o Papanicolau, a cada três anos, após dois exames anuais consecutivos negativos.

 

 

Ascom/PMP

 

Não é a primeira vez que madeira de procedência desconhecida e ilegal é apreendida em Parauapebas, fato que, segundo o delegado Tiago Carneiro, acontece com certa frequência e só não tem dado publicidade para não atrapalhar as investigações.

Desta vez, por força de denúncia, foi preso em flagrante Geraldo Pires Lima por crime ambiental. De acordo com informações colhidas na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, o suspeito estava trafegando na rodovia Faruk Salmem com uma carga de madeira ilegal e sem autorização dos órgãos competentes.

Apresentado o flagrado disse não ser dono da mercadoria e ter apenas sido incumbido do transporte. Outros detalhes são mantido em sigilo de justiça para não atrapalhar as investigações.

O veículo com a madeira, agora objeto do crime, estão à disposição no pátio da 20ª Seccional e Geraldo Pires detido na cadeia pública local, enquanto se conclua as investigações que deverá incriminar todos os envolvidos no esquema.

Flagrante recente – Em abril do ano passado sete caminhões com 28 toras de madeira sem licença para transporte foram apreendidos no município de Parauapebas, sudeste do Pará. A apreensão foi realizada por policiais civis de Belém, que realizam operações na região de prevenção e combate a crimes, e da Seccional Urbana de Parauapebas.

Os veículos foram apreendidos em duas estradas vicinais conhecidas como Garimpeiros das Pedras e do Rio Preto, situadas a 10 km da rodovia principal. A apreensão aconteceu no momento em que a equipe de investigadores de Parauapebas levantava informações sobre um crime ocorrido na cidade. Eles descobriram que havia caminhões posicionados estrategicamente nas estradas, com toras de madeira. Diante disso, duas equipes, coordenadas pelo delegado Marcos Lemos, se deslocaram ao local e descobriram, inicialmente, um caminhão abandonado com três toras de madeira. Mais adiante, os policiais encontraram outros quatro caminhões e uma caminhonete, onde estavam cinco pessoas, que, segundo a polícia, tomavam conta dos veículos.

Outros dois caminhões surgiram logo em seguida no local e também foram apreendidos com madeira da essência castanheira, que é protegida por Lei. Cada veículo transportava uma média de 3 a 5 toras de madeira. Enquanto os policiais estavam na estrada, apareceu o madeireiro conhecido por Macarrão, que se identificou como dono de quatro dos caminhões apreendidos. Os veículos com as madeiras foram levados, em comboio, para a Seccional Urbana da Polícia Civil, em Parauapebas. 

foi preso em flagrante Geraldo Pires Lima por crime ambiental.

 

Francesco Costa

A Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi), comunica que a partir da próxima segunda-feira (16), a Central das Cooperativas de Transporte Coletivo de Parauapebas estará realizando o cadastramento de estudantes da rede pública de ensino que desejam aderir ao benefício da meia passagem.

O cadastramento ocorrerá de segunda à sexta-feira, das 8 às 18 horas, no Centro de Controle Operacional (CCO), localizado na Rua Sol Poente, 442, no Bairro da Paz. Para atender melhor a demanda de alunos, a Central também estará realizando o cadastro na Secretaria Municipal de Cultura (Secult), na Rua E (a antiga Câmara), Bairro Cidade Nova, no período de 16 de março até o final do mês de abril.

 Para o cadastro é necessário a presença de um responsável (no caso de menores de 18 anos), além do próprio aluno para registro fotográfico no ato da adesão ao benefício. De acordo com dados da cooperativa, no primeiro momento, deverão ser cadastrados mais de 34 mil alunos do ensino fundamental e médio da rede pública.

 O cartão possui chip eletrônico, é recarregável e permite que o usuário tenha direito à meia passagem. No ato da inscrição deverá ser paga uma taxa de apenas R$ 2,00.

 A Prefeitura ressalta que é importante que os estudantes fiquem atentos ao cronograma estimado para atendimento de cada escola e que os mesmos podem obter mais informações na diretoria de cada instituição de ensino.

 Os alunos que não estiverem contemplados no início do cadastro poderão adquirir o bilhete de papel, que dá direito a meia passagem, na sede Coocatur, na Rua Sol Poente, 442, Bairro da Paz. Caso algum estudante perca o período das inscrições, deverá se dirigir até o CCO para fazer o cadastramento.

 A lista com a relação das unidades de ensino será divulgada por etapas. Acompanhe a relação das primeiras escolas e os locais para cadastro:

 

SECULT – RUA E, CIDADE NOVA (das 8 às 18 horas)

16/03- Escola Carlos Drummond de Andrade (alunos do 2º ciclo)

20/03- Escola Carlos Drummond de Andrade (alunos do 6º ciclo)

20/03- Escola Cecília Meirelles (alunos do 6º ciclo)

23/03- Escola Chico Mendes (alunos do 2º ciclo)

24/03- Escola Chico Mendes (alunos do 3º ciclo)

24/03- Escola Crescendo na Pátria (alunos do 3º ciclo)

25/03- Escola Domingos Cardoso (alunos do 4º ciclo)

25/03- Escola Domingos Cardoso (alunos do 4º ciclo)

26/03- Escola Eunice Moreira (alunos do 5º ciclo)

26/03- Escola Eunice Moreira (alunos do 5º ciclo)

27/03- Escola Eduardo Angelim (alunos do 6º ciclo)

 

CCO – RUA SOL POENTE, 442, BAIRRO DA PAZ (das 8 às 18 horas)

 

16/03- Escola Antônio Matos Filho (alunos do 2º ciclo)

17/03- Escola Antônio Matos Filho (alunos do 3º ciclo)

18/03- Escola Benedito Monteiro (alunos do 4º ciclo)

19/03- Escola Carlos Henrique II (alunos do 5º ciclo)

20/03- Escola Carlos Henrique II (alunos do 6º ciclo)

23/03- Escola Dorothy Stang (alunos do 2º ciclo)

24/03- Escola Dorothy Stang (alunos do 3º ciclo)

25/03- Escola Eurides Santana (alunos do 4º ciclo)

26/03- Escola Faruk Salmen (alunos do 5º ciclo)

27/03- Escola Faruk Salmen (alunos do 6º ciclo)

 

Ascom/PMP

É preciso fortificar todos os músculos da região para ficar com um legítimo "tanque"

Ir à academia perder a barriga para o verão parece não ser uma tarefa complicada. Para ficar com a barriga definida basta fazer abdominais, certo? Errado. Antes, é preciso acabar com a camada de gordura que se acumulou na parte abdominal, chamada gordura central. "O abdominal busca o fortalecimento e a tonificação dos músculos, e não queimar calorias. Quem começa a fazer esse exercício buscando perder peso, está perdendo tempo. Para ficar com os músculos da barriga definidos e aparentes, é preciso primeiro perder a camada de gordura acumulada na região da barriga", diz o personal trainer Ivaldo Lorentis. 

O especialista avisa que os exercícios abdominais não devem ser feitos todos os dias. Segundo ele, isso sobrecarrega a musculatura, causando dores e lesões que prejudicam o programa de exercícios. Normalmente, pessoas que tentam fazer todos os dias com pressa de ficar com a barriga definida passam semanas lesionadas. 

Também é preciso variar os tipos de abdominal para ter uma barriga bem definida por completo. "Cada tipo de abdominal trabalha uma parte da barriga. Desde o clássico até o feito com as pernas elevadas, todos têm um benefício para um músculo determinado da barriga", conta o personal trainer.

Abdominal tradicional

Para quem está começando, esse sem dúvida é o tipo de abdominal mais indicado. Como o movimento é simples e intuitivo, é mais difícil se movimentar errado e não ter resultados positivos. "O primeiro passo é ficar deitado com as costas encostadas no chão, e com as pernas flexionadas, com os joelhos apontando para o teto e como os pés apoiados no chão. Depois, basta levantar a parte superior do corpo apenas com a força dos músculos abdominais, sem ter pressa ou sem tentar encostar o peito nos joelhos flexionados", diz Ivaldo. Seguindo essas dicas, é mais provável que só o abdômen esteja sendo trabalhado. O abdominal tradicional trabalha principalmente a parte superior do abdômen, tanto por causa da respiração quanto pelo movimento do corpo. 

Fonte: http://www.minhavida.com.br

Foi no dia seis de agosto de 2010 que várias famílias de integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) caminharam rumo à Fazenda Marambaia, de propriedade de José Ulisses, que fica à margem da Rodovia PA 275, entre Parauapebas e Curionópolis. A intenção era ocupar aquela propriedade, mas por saber que se ocupada a fazenda não poderia ser vistoriada pelo INCRA (instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) decidiram ocupar a Fazenda Fazedinha, de propriedade de Darlon Lopes, onde tempos depois ganharam da justiça seis alqueires, cujo acampamento recebeu o nome de “Frei Henri des Roziers,  onde até hoje vivem plantando alimentos para a subsistência de pelo menos 150 famílias que aguardam área definitiva para PA (Projeto de Assentamento).

Aparentemente tudo vinha correndo normal, mas na verdade, segundo Darlon Lopes, os acampados no local vem cortando o arame da fazenda e furtando gado para a alimentação e outros fins ignorados. “Não tenho a quantia exata de quantas vacas já foram roubadas e isso é feito à luz do dia”, denuncia Darlon, reclamando de ter registrado vários Boletins de Ocorrências e nada foi feito pela Polícia Civil, o que, ainda segundo ele, motivou a interdição da PA 275 na manhã de hoje, 10, terça-feira, na expectativa de chamar a atenção da DECA (Delegacia Especial de Conflitos Agrários) ato que até agora é mantido e já causou muito transtorno com congestionamento quilométrico enquanto se aguarda a presença de representantes da DECA.

Ouvido pela nossa equipe de reportagem, o coordenador do acampamento Frei Henri des Roziers, identificado apenas como “NEGUINHO”, nega as acusações e explica que as famílias acampadas ali vivem da pequena área cultivada onde plantam: milho, feijão, mandioca e hortaliças. “Temos duas casas de farinhas, e aqui produzimos para vier. Não temos necessidade de roubar nada”, afirma o coordenador, lamentando essas acusações plantadas para desestabilizar o movimento.

Francesco Costa

O edital de leilão no 001/2013 – ANEEL – Anexo 6I – Lote I

Lt 500kv Xingu – Parauapebas C1 e C2; LT 500kv Parauapebas – Miracema C1 e C2; LT 500kv Parauapebas – Itacaiúnas e subestações associadas, foi vencida pelo grupo ABENGOA (Até XXl Transmissora de Energia), responsável pela implantação do Projeto ao longo dos seus quase 1000 (mil) Km de extensão, iniciando no Xingú e finalizando em Miracema –TO.

Montagem da 1ª Mesa

Fizeram parte da mesa inicial, o Promotor Público Franklin Gomes Vieira, o prefeito municipal de Curionópolis, Wenderson Azevedo Chamon (O Chamonzinho), O representante do IBAMA, Walace Rafael, a representante da Bourshaid Engenharia e Meio ambiente, Rosana Nogueira, (Responsável pelo estudo dos impactos ambientais), o representante do empreendedor, Fábio Spier, e a representante do IBAMA, Secretária Executiva da Audiência Pública, Antonia Lúcia Mendes.

Após a execução do Hino Nacional foi desfeito a mesa e montada a mesa para a apresentação, discussão e propostas da viabilização da implantação do Projeto, a audiência foi dirigida pelo representante do IBAMA, Walace Rafael, onde a população pode opinar, cobrar e sugerir mudanças dentro da proposta de instalação do empreendedor.

Apresentação do Projeto

A empresa em vogue apresentou o projeto para a população, neste último 04/03, no Teatro Municipal de Curionópolis, iniciou por volta das 19:00 e findou ás 23:45, com a participação maçante da população com perguntas de dúvidas sobre o projeto.

O Projeto foi apresentado por Francisco Renato, (ABENGOA), que explicou para o povo os locais por onde passarão à rede, todas as dúvidas foram respondidas, caso seja aprovado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e recursos Naturais Renováveis—IBAMA.

Curionópolis terá uma subestação

A Cidade de Curionópolis será beneficiada com uma subestação, segundo Fábio Spier, este empreendimento gerará uma média de 500 á 1000 empregos direto durante a sua execução, e a maioria da mão de obra será captada na urbe.

A subestação será construída a 15 km de Curionópolis e já existem várias áreas em estudo, sendo que uma já está praticamente definida, a extensão da linha será de 110 Km dentro do município.

O prefeito Chamonzinho aproveitou e falou da experiência que tem no município de empresas quando chegam à cidade e prometem empregos para a população e depois se esquecem de suas promessas, “Eu quero fazer um pedido a vocês da ABENGOA, que vindo para o município executar esta obra, absorvam o máximo possível à mão de obra do nosso município, pois temos muita gente capacitada aqui, então que boa parte dos lucros da empresa seja repartida com a nossa população, e ainda parabenizou o Governo Federal pela obra na nossa região”, finalizou Chamonzinho.

  Uma das questões do debate foi sobre as indenizações das áreas por onde passará o linhão, então Fábio Spier esclareceu que no caso de linhões, não há indenizações e sim Reposição Patrimonial, e foi além, “na desapropriação da área o proprietário não poderá mais usufruir a mesma,  quando na Reposição Patrimonial não há remanejamento, o que existe é o uso de determinada área de interesse do empreendimento e o proprietário recebe uma compensação por isso e continua usando o seu espaço, porém seguindo algumas normas e regras do empreendedor”, Terminou Spier.

O cálculo do valor da Reposição Patrimonial é calculados pelas normas das NBRs, 146531, 146532 e 146533 que tratam especificamente desses casos, e procede respeitando os impactos na área, a alteração na renda do proprietário do imóvel afetado, quais benefícios.

Após todos os assuntos serem debatidos, o representante do IBAMA, deu por encerrada a audiência Pública e falou dos prazos para as devidas reclamações por parte dos interessados, contando da data da Audiência Pública serão 30 dias, após este prazo o IBAMA emitirá ou não a Licença Prévia(LP), estando nas conformidades emitirá a Licença Instalação (LI) e logo após cumprirem os trâmites emitirão a Licença de Operação (LO). 

Edson Luiz

O gesto de solidariedade de dezenas de doadores resultou na coleta de 301 bolsas de sangue durante a campanha realizada neste final de semana, pela Agência Transfusional do Hemopa em Parauapebas. A ação contou com apoio total da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

 “Eu sou doador há 14 anos e o que me motiva é saber que posso ajudar alguém, salvar uma vida” disse o servidor público Rodrigo Souza de Araújo. Já a professora Jeane Cavalcante da Silva fez a doação de sangue pela primeira vez, “eu decidi vir doar por que recentemente meu pai precisou de sangue e graças a Deus tinha em estoque”.

 A biomédica da Semsa, Ana Valéria Elias Amorim, coordenadora da campanha, diz que toda semana Parauapebas recebe bolsas de sangue do Hemopa de Marabá. “A realização dessa campanha é uma forma de nós também contribuirmos com esse estoque que nos abastece”, acrescenta a biomédica.

 Para alcançar a meta de coleta estabelecida, 300 bolsas, um conjunto de ações foi realizado pela equipe organizadora do evento, dentre elas, o envio de mensagens por telefone para doadores já cadastrados e a sensibilização de pessoas em Ongs, empresas e repartições públicas.

 A mobilização gerou tantos resultados que mais de 500 pessoas compareceram ao Hospital Municipal Dr. Teófilo Soares de Almeida Filho, durante a campanha. Todos os que realizaram coleta também fizeram os seguintes exames: HIV/Aids, Hepatites B e C, Sífilis, HPVL1, HPVL2 e para identificar a Anemia Falciforme, além de tipagem sanguínea.

 Os resultados dos referidos exames ficarão prontos em 40 dias e serão encaminhados para a residência do doador, caso não cheguem dentro desse prazo, poderão ser obtidos na Agência Transfusional, que funciona no laboratório do hospital municipal.

 

Ascom/PMP

Texto: Karine Gomes

Fotos: Anderson Souza

 

 

 

O Residencial Alto Bonito, um dos mais completos projetos habitacionais do Estado do Pará, recebeu na manhã desta sexta-feira, 06, a visita de secretários municipais, vereadores, conselheiros de habitação e imprensa local. Os visitantes conheceram o avançado estágio das obras do empreendimento, que prevê a construção de 2.400 unidades habitacionais nas fases I e II.  

A visita foi organizada pela Secretaria Municipal da Habitação e conduzida por uma equipe de profissionais da Construtora QualyFast, responsável pela obra. Os visitantes utilizaram vans para percorrerem o canteiro de obras do empreendimento. Em seguida, desceram no local de implantação de uma torre que já está na fase de acabamento e conheceram um apartamento modelo.

 Para o vereador Maridé Gomes, a gestão Valmir Mariano está promovendo a mudança de vida de muitas famílias que viviam em risco social. “Parabenizo ao prefeito pela realização desse grande projeto, que traz um significado muito grande para a nossa cidade: que é transformar uma favela em um local digno para moradia. É uma grande mudança - da água para o vinho. A magnitude desse projeto aumenta ainda mais a nossa perspectiva em relação ao governo municipal”, observou.

 Segundo o presidente do Conselho Municipal de Habitação, Edvaldo Pereira da Silva, o projeto está sendo executado com muita qualidade e perfeição. “Fiquei muito feliz em ver o avanço das obras e o apartamento modelo. As famílias que vão morar aqui, com certeza, também ficarão muito felizes e satisfeitas, porque trata-se de uma obra completa”, avaliou.

 O presidente da Câmara de Vereadores, o vereador Ivanaldo Braz, frisou que a questão habitacional é um problema crônico no município e vem combatendo veementemente a partir de projetos habitacionais que vão beneficiar milhares de famílias. “O governo está trabalhando em prol dos menos favorecidos”, declarou.

 A secretária municipal de Habitação, Maquivalda Barros, disse que as emoções e sensações são muitas em relação ao projeto. “Na primeira vez que estive aqui, o sentimento foi de terror, ao ver o quanto as famílias que viviam no morro necessitavam do amparo do poder público. Hoje, quando encontro moradores daqui do morro e que estão trabalhando na obra, me emociono. O que me deixa satisfeita é acreditar que com o trabalho a gente consegue mudar uma sociedade e a realidade de muitas pessoas”, destacou.

 A Secretaria Municipal de Habitação, juntamente com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, estruturam um planejamento que visa apresentar o empreendimento a outros públicos. As próximas visitas serão realizadas com os futuros moradores do Residencial Alto Bonito.

 

Jéssica Borges | Ascom/PMP

Fotos: Irisvelton Silva

Situada a 700 quilômetros de Belém, capital do estado, Parauapebas que fica em meio a maior província mineral do planeta também é privilegiada por outros quesitos como o nome de várias Ruas e Avenidas que são de pessoas famosas que fizeram história no Brasil e no mundo. Nesse Loteamento encontramos a Rua Ana Karina, que surgiu em homem a uma jovem grávida que foi assassinada e corpo dela jamais foi encontrado.

Já no Bairro Guanabara encontramos a Rua Daniela Perez, uma atriz famosa que foi assassinada do auge de sua carreira.

 

No Bairro da Paz tem a Rua Olga Prestes, nome de uma mulher que foi enviada para o Brasil em 1934 e por ser comunista acabou sendo assassinada dentro de uma câmara de gás com mais 199 prisioneiras. O fato ficou na história.

 

No Bairro Liberdade avistamos e também registramos a Avenida Princesa Isabel. Trata-se da última princesa imperial do Brasil que assinou a Lei Áurea que aboliu a escravidão no Brasil.

 

Ainda no Liberdade encontramos a Rua Cora Coralina, nome de uma das principais escritora do Brasil, que faleceu aos 76 anos de idade deixando grandes obras que até hoje são lembradas pelos críticos leitores da literatura brasileira.

 

Mas foi clara Nunes uma cantora brasileira que foi considerada uma das maiores intérpretes do país, pesquisadora da música popular brasileira, de seus ritmos e de seu folclore. A cantora viajou várias vezes para África representando o nosso país com o seu jeito irreverente e peculiar de expor a música brasileira. Ela na época conseguiu vender 100 mil cópias derrubando um tabu segundo qual na época mulheres não vendiam discos. Por isso essa Rua denominada Clara Nunes é tão especial.

 Marcelo Duarte

 

 

Sobre a representação administrativa que pede o afastamento do prefeito Valmir Queiroz Mariano por 180 dias, por iniciativa de um advogado, a prefeitura de Parauapebas esclarece que a representação feita, no dia (03/03), na câmara municipal de vereadores (e não no ministério público) configura uma jogada política.

O governo municipal lamenta mais esse golpe contra a democracia, de adversários que tentam impedir o prefeito Valmir Mariano de governar este município com o objetivo de trabalhar em prol da melhoria de vida do povo Parauapebas, desrespeitando, assim, a vontade das urnas em 2012.  Em rede social o prefeito Valmir Mariano postou vídeo e que dizia a todos que não foi afastado do cargo de prefeito e continua trabalhando normalmente para o povo de Parauapebas, que o elegeu com mais de 49 mil votos, nas últimas eleições!

“No últimos dias a sociedade de Parauapebas, tem assistindo um verdadeiro lixamento público nunca visito na história desse município. Grupo políticos sedentos de Poder, tentar antecipar as eleições de 2016, desrespeitando os resultados das urnas nas últimas eleições. Meus adversários tentam manipular a opinião pública, no gesto mesquinho que devem ser repudiado por todos.

Será que me persegui por tem inaugurado 14 escolas em dois anos, enquanto os que me acusam tiveram 8 anos para fazer e não fizeram. Será que acusam de ser mal prefeito, por tem ampliando mais de 100% a distribuição de agua, eliminando o problema da falta de agua que atormentava tanto a nossa população, talvez me acusam por tem adquirido 100 novos ônibus escolares para o transporte dos nossos alunos melhorando a qualidade de vida deles, será que acham pouco a duplicação da rodovias PA 160, 275, estrada Faruk Salmen obras que deram mobilidade urbana e contribuíram para a redução dos acidentes de trânsito, as realizações são muitas serão 108 apartamentos entregue no primeiro semestre de 2015, no morro alto bonito, além de 3736 moradias de outros projetos em andamento.

Meus amigos como em todo governo comentemos erros, a cidade não está limpa, tivemos que encerrar o contratos com a empresa que coletava lixo, mais estamos resolvendo isso, assim como estamos trabalhando para melhorar a saúde que tem sido alvo de reclamações, estamos trabalhando com afinco para levar adiante o desenvolvimento do nosso município. A partir de agora iremos estabelecer um canal de comunicação, com você dona de casa e com você trabalhador”, declarou o prefeito Valmir Mariano. Vamos em frente!

 

Também quem deu nota de esclarecimento, sobre o ocorrido foi o presidente Ivanaldo Braz Silva Simplício (SDD)

A Câmara Municipal de Parauapebas, considerando os últimos acontecimentos, vem a público esclarecer que a Sessão Ordinária realizada na terça-feira, 03/03/2015, transcorreu normalmente com a apreciação de toda a matéria da pauta, sem nenhuma intercorrência no pequeno e no grande expediente. E já nas explicações pessoais, houve uma situação de insegurança na Casa que poderia comprometer a realização do restante dos trabalhos, motivo pelo qual o presidente decidiu declarar encerrada a sessão. 

Após encerrada a sessão, ao arrepio do Regimento Interno, os vereadores Eliene Soares da Silva (PT), Luzinete Rosa Batista (PV), Moacir Charles Agnelo Borges Segundo (SDD), José Francisco Amaral Pavão (SDD), José Arenes Silva Souza (PT), Bruno Leonardo Araújo Soares (PP), Josineto Feitosa de Oliveira (SDD) e João Assi (SDD) iniciaram uma sessão, onde compuseram uma mesa diretora, com o fim de analisar e votar uma representação tratando do possível afastamento do prefeito Valmir Mariano. 

Ressalta-se que a Mesa Diretora da Câmara, composta pelos vereadores Ivanaldo Braz Silva Simplício (presidente), Antônio Chaves de Sousa (vice-presidente), Maridé Gomes da Silva (primeiro secretário) e Luzinete Rosa Batista (segunda secretária), eleita democraticamente para comandar a Câmara no biênio 2015/2016, não foi em momento algum destituída.

Por último, os atos de presidir, abrir, encerrar, suspender e prorrogar sessões são de competência do Presidente da Câmara, nos termos do art. 19, inciso III, alínea “a” do Regimento Interno.

Ivanaldo Braz Silva Simplício - Presidente da Mesa Diretora

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016