Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

A atriz paraense Nilza Maria morreu, aos 97 anos, em Belém. A informação confirmada na tarde desta sexta-feira (15) pelo Sesi Pará. A causa da morte ainda não foi informada.

Nilza dedicou mais de 70 anos de vida ás artes cênicas. A atriz iniciou sua trajetória artística em rádio novelas, sendo uma das pioneiras da arte entre os anos 40 e 50. Depois da rádio, Nilza migrou para o cinema e para o teatro.

Em nota, o Governo do Pará lamentou a morte da atriz. De acordo com o Governo, Nilza foi aluna da Escola de Teatro da Universidade Federal do Pará (UFPA), participou de produções do cineasta Líbero Luxardo e, no teatro, fez parte do Grupo Experiência.

 

Fonte: Por G1 PA — Belém

A pandemia de coronavírus deixou a economia global de joelhos, mas medidas de confinamento que restringem nossos movimentos também ajudaram algumas empresas a prosperar.

No entanto, mesmo nas histórias de sucesso, é preciso interpretar os dados com cuidado.

Por exemplo, muitos estão usando a internet para fazer compras, o que pode ser uma notícia boa para o comércio eletrônico.

Sem dúvida, isso favoreceu algumas empresas, mas os números da gigante americana Amazon contam uma história diferente.

Pertencente ao homem mais rico do mundo, Jeff Bezos, a empresa ganhou as manchetes em meados de abril como uma das vencedoras claras da crise dos coronavírus, com hordas de clientes entrando em seu site e gastando cerca de US$ 11 mil (R$ 63 mil atualmente) por segundo.

Em resposta, as ações da Amazon registraram um aumento histórico.

Mas duas semanas depois, os contadores do grupo se viram diante de uma situação diferente. Dizem que a empresa poderá sofrer perdas pela primeira vez em cinco anos, quando seus dados financeiros forem divulgados entre abril e junho.

 

Despesas em tempos de coronavírus

Apesar de ter gerado muito mais dinheiro entre janeiro e março, a Amazon enfrenta custos crescentes para lidar com o aumento de pedidos, forçando-a a contratar 175 mil trabalhadores a mais.

A empresa diz que terá que gastar US$ 4 bilhões para lidar com a disseminação da Covid-19, que inclui fornecer a seus trabalhadores equipamento de proteção individual e realizar operações de desinfecção em seus gigantescos armazéns.

Esse valor excede os ganhos da Amazon durante o primeiro trimestre de 2019 (US $ 2,5 bilhões).

A Amazon tem resistido há muito tempo aos sindicatos, argumentando que prefere falar diretamente com seus funcionários sobre quaisquer preocupações que eles tenham.

Antes de seu anúncio sobre o custo dos custos da Covid-19, a Amazon havia sido criticada por razões de segurança pela forma como trata sua força de trabalho durante a pandemia.

 

O boom do streaming

O setor de entretenimento doméstico tem sido um vencedor claro na quarentena, mantendo uma tendência crescente que já vinha de antes.

Nos últimos anos, o streaming vem se tornando cada vez mais popular.

Apesar do número de pessoas que foram ao cinema em todo o mundo ter crescido 18% nos últimos dois anos, as assinaturas da Netflix aumentaram 47% no mesmo período.

Não é de surpreender que o setor de entretenimento doméstico prospere quando tantas pessoas não têm escolha a não ser ficar em casa.

"Na Itália e na Espanha, por exemplo, as novas instalações de aplicativos da Netflix aumentaram 57% e 34% durante o confinamento (respectivamente)", disse à BBC o analista de tendências Blake Morgan.

"As pessoas precisam de entretenimento e escapismo agora mais do que nunca."

A Netflix anunciou em 22 de abril que ganhou quase 16 milhões de novos clientes entre janeiro e abril.

 

Produções paralisadas e câmbio desfavorável

Mas, mesmo em um caso tão bem-sucedido, há aspectos negativos. As condições de confinamento paralisaram a produção de novas séries e filmes.

Além disso, muitas moedas nacionais perderam valor devido à pandemia, o que significa que os mais novos clientes internacionais da Netflix não estão trazendo tanto dinheiro para a empresa americana.

Outra grande empresa de entretenimento americana que teve lucro mas também perdas durante a pandemia é a Disney.

A empresa teve que fechar seus parques de diversões quando as medidas de contenção foram implementadas. Isso custou à Disney pelo menos US$ 1,4 bilhão, de acordo com o CEO Bob Chapek.

Mas, ao mesmo tempo, a demanda pelos serviços de streaming da Disney explodiu.

A plataforma Disney+, lançada em novembro, agora tem quase 55 milhões de assinantes, número que a Netflix levou cinco anos para obter.

 

Problemas de logística durante o confinamento 

Poderíamos esperar que o crescente comércio eletrônico também trouxesse lucros para as empresas de entrega que deixam pacotes à sua porta, mas também nesse caso há problemas.

Duas das maiores empresas de entrega do mundo, Fedex e UPS, com sede nos Estados Unidos, pediram ao governo dos EUA apoio para lidar com problemas logísticos causados ​​por restrições impostas pelo confinamento.

Embora tenha havido um aumento no número de clientes particulares comprando online, as operações mais lucrativas são entre empresas, e a demanda dessas empresas caiu porque muitas tiveram que fechar suas portas ou reduzir suas atividades durante a pandemia.

Até agora, os lucros da UPS caíram mais de 26% neste ano.

 

Sexo vende, mas não traz tanto lucro aos profissionais

Da Colômbia à Dinamarca, houve um aumento na venda de brinquedos sexuais durante o confinamento.

É um ótimo negócio, com um mercado que movimentou quase US$ 27.000 milhões em 2019.

A Covid-19 parece ter dado um impulso à indústria de brinquedos sexuais, com empresas especializadas em dispositivos de alta tecnologia que oferecem "experiências de longa distância" se beneficiando do distanciamento social.

Mas o coronavírus gerou perda de renda - e aumentou os riscos à saúde - para profissionais do sexo.

Em muitos países, as trabalhadoras do sexo não têm direitos trabalhistas e não são elegíveis para programas de ajuda do governo, colocando-as na pobreza e deixando algumas sem moradia durante a pandemia.

O Japão é uma exceção, sendo um país que ofereceu ajuda financeira a profissionais do sexo durante esta crise.

 

Exercício em confinamento

As restrições de movimento e viagens foram má notícia para as academias, mas a venda de equipamentos de treinamento para quem faz exercício em casa aumentou.

Na Austrália, por exemplo, houve uma corrida por itens de fitness, de pesos a tapetes de ioga.

As vendas do Smartwatch cresceram 22% no início de 2020, em comparação com o mesmo período de 2019, de acordo com um relatório da consultoria Strategy Analytics.

"Muitos clientes usam relógios inteligentes para monitorar sua saúde e exercícios durante o confinamento", disse à BBC Steven Waltzer, analista da empresa.

Os personal trainers tentam usar a internet para substituir as sessões tradicionais, mas essa situação é difícil para muitos profissionais do setor e várias academias tiveram que fechar suas portas.

 

Comunicação online e trabalho remoto

Com milhões de pessoas em todo o mundo trabalhando em casa, as ferramentas de comunicação online ganharam popularidade.

A empresa que lidera o negócio de videoconferência é a Zoom; o aplicativo teve mais de 131 milhões de downloads em todo o mundo em abril, segundo a empresa de pesquisa Sensor Tower, 60 vezes mais que o mesmo período do ano anterior.

Mais de 18% desses downloads foram feitos na Índia, e o segundo país da lista são os Estados Unidos, com 14%.

O Zoom tornou-se a escolha preferida de muitas empresas e membros do público.

Embora a maioria das pessoas use a versão gratuita do aplicativo, que possui restrições como limites de tempo em uma chamada, o Zoom ganha dinheiro com usuários que pagam por seus recursos premium. Nos primeiros três meses de 2020, a empresa ganhou US$ 122 milhões, dobrando o que alcançou no mesmo período do ano passado.

Outro vencedor da tendência do "teletrabalho" foi o Slack.

A plataforma de mensagens instantâneas usada pelas empresas para comunicações internas disse que seus assinantes quase dobraram de número entre janeiro e março.

 

Ações do PayPal

Uma das maiores empresas de pagamento digital do mundo, o PayPal, foi severamente afetada pela covid-19. Seu lucro líquido nos primeiros três meses de 2020 caiu para US$ 84 milhões, quase oito vezes menos que no mesmo período do ano passado.

Mas, ao mesmo tempo, as ações do PayPal atingiram seu valor mais alto em 7 de maio.

 

Como os analistas de mercado explicam isso?

Muitas pessoas enfrentam dificuldades financeiras e podem estar menos dispostas a gastar durante o confinamento, mas a mesma situação também pode incentivá-las a migrar para serviços de pagamento digital, um sinal potencialmente positivo para o futuro do PayPal.

O PayPal registrou 10 milhões de novas contas entre janeiro e março e processou até US$ 199 bilhões, um aumento de US$ 161,5 bilhões em relação ao mesmo período em 2019.

"Acreditamos que estamos alcançando um ponto de inflexão em todo o mundo, onde as pessoas estão vendo como é simples e fácil usar pagamentos digitais para serviços", disse Dan Schulman, CEO do PayPal, a investidores em uma teleconferência em 6 de maio.

"Pesquisas mostram que agora as pessoas estão mais inclinadas a comprar online do que a voltar à loja", acrescentou.

 

Fonte: Por BBC

Um dia antes de completar um mês no cargo e em meio à explosão de casos e mortes pela epidemia do coronavírus no país, o ex-ministro da Saúde Nelson Teich afirmou nesta sexta-feira (15), em pronunciamento no Ministério da Saúde, que "escolheu" deixar a pasta.

Ele fez a afirmação durante um rápido pronunciamento no auditório do ministério ao lado do secretário-executivo, general Eduardo Pazuello, e de técnicos – até a nomeação de um novo ministro, Pazuello responderá interinamente pela pasta.

"A vida é feita de escolhas. E eu hoje escolhi sair", afirmou o ex-ministro.

Até esta sexta-feira (15), segundo levantamento exclusivo do G1 junto às secretarias estaduais de saúde, o Brasil acumulava 14.455 mortes provocadas pela covid-19 e 212.198 casos confirmados da doença.

O ex-ministro não explicou o motivo que o levou a tomar a decisão. Em entrevista no Palácio do Planalto, após a fala de Teich, o ministro Braga Neto (Casa Civil) disse que ele saiu por "questão de foro íntimo".

Nelson Teich teve divergências com o presidente Jair Bolsonaro sobre a condução do enfrentamento à epidemia de coronavírus. Bolsonaro defende flexibilizar o isolamento social e oferecer o medicamento cloroquina a pacientes desde as primeiras manifestações da covid-19, doença provocada pelo coronavírus. O ex-ministro tem restrições às duas propostas. Na última segunda-feira (11), ele foi surpreendido durante uma entrevista coletiva com a informação de que o presidente havia publicado um decreto que classificou como "essenciais" as atividades de salões de beleza, barbearias e academias.

Teich disse que não aceitou o convite para ser ministro em razão do cargo. "Eu aceitei porque achava que poderia ajudar o Brasil e ajudar as pessoas", afirmou.

Pela manhã, ele teve um encontro com Bolsonaro no Palácio do Planalto. Em seguida, a assessoria da pasta anunciou a demissão. É a 11ª mudança em ministérios em pouco mais de 14 meses de governo.

Ao deixar o auditório do Ministério da Saúde logo após após o pronunciamento, sem dar entrevista, o ex-ministro foi questionado se o motivo da saída era a insistência de Bolsonaro em relação ao uso da cloroquina. Teich não respondeu.

Em sua fala, o ex-ministro agradeceu a Bolsonaro pela oportunidade de ter comandado o ministério e elogiou a dedicação da equipe que trabalhou com ele.

"Eu agradeço ao presidente Jair Bolsonaro a oportunidade que ele me deu de fazer parte do Ministério da Saúde. Isso era uma coisa muito importante pra mim. Seria muito ruim na minha carreira não ter tido a oportunidade de atuar no ministério pelo SUS [Sistema Único de Saúde]. Eu escrevi uma vez que eu sou uma pessoa formada. Eu nasci graças ao serviço público. Sempre estudei em escola pública. Minha faculdade foi pública, minhas residências foram em hospitais federais. Eu fui criado no sistema público.", declarou.

Ele disse que deixou pronto para governadores e secretários estaduais um plano de combate ao coronavírus. Segundo o ministro, um programa de testagem também está pronto para ser aplicado.

 

Trajetória no ministério

Teich deixou o cargo antes de completar um mês à frente da pasta. Apesar de uma nota oficial do ministério dizer que ele pediu demissão, assessores da Saúde afirmaram que o ministro foi demitido.

Nelson Teich tomou posse em 17 de abril. Essa é a segunda saída de um ministro da Saúde em meio à pandemia do coronavírus. Teich havia substituído Luiz Henrique Mandetta.

Assim como Mandetta, Teich também acumulou divergências com o presidente Jair Bolsonaro sobre as medidas para combate ao coronavírus.

Nos últimos dias, o presidente e Teich tiveram desentendimentos sobre:

  • o uso da cloroquina no tratamento da covid-19 (doença causada pelo vírus). Bolsonaro quer alterar o protocolo do SUS e permitir a aplicação do remédio desde o início do tratamento.
  • o decreto de Bolsonaro que ampliou as atividades essenciais no período da pandemia e incluiu salões de beleza, barbearia e academias de ginástica
  • detalhes do plano com diretrizes para a saída do isolamento. O presidente defende uma flexibilização mais imediata e mais ampla.

Fonte: Por Gustavo Garcia, G1 — Brasília

 

Luan Santana vai fazer uma live no dia 13 de junho, para comemorar o dia dos namorados, no Allianz Parque, em São Paulo. A apresentação será sem público presente, mas será transmitida por TV Globo, Multishow e Globoplay, e também pelo Youtube do cantor e do Multishow.

A previsão é que o público possa curtir até 3 horas de show. A TV Globo irá exibir a primeira hora do show, ao vivo, logo após "Fina Estampa". A apresentação completa será transmitida pelo Multishow, no canal de TV por assinatura e em suas plataformas digitais, pelo Globoplay, aberto para não assinantes, e pelas redes sociais de Luan Santana.

"Sonho com o som quebrando o silêncio de um cenário marcado pelo ruído rítmico das grandes torcidas, das grandes plateias, e bem onde entra em campo a paixão nacional desta nação tão castigada neste momento. E tudo com a parceria da Globo, que tão bem entende de um milhão de uns querendo se conectar com o nosso jeito tão brasileiro de ser", diz Luan em comunicado divulgado à imprensa.

 Fonte: Por G1

A Polícia Civil do Estado de Goiás realizou na manhã de sexta-feira (15) a prisão de ISAEL DE OLIVEIRA FERREIRA, conhecido no submundo do crime como ESPARTANO, em cumprimento ao mandado de prisão preventiva expedido pelo juízo da 2ª Vara Criminal de Parauapebas, dado o envolvimento dele na morte de CARLOS EDUARDO FERREIRA MIRANDA ocorrida em 2019.

A prisão na capital goiana se deu após a realização de levantamentos pela equipe de investigadores da 20ª Seccional Urbana de Parauapebas que deu conhecimento à Polícia Civil daquela localidade sobre o paradeiro de ESPARTANO.

As diligências que terminaram na prisão do criminoso também contaram com a participação da Polícia Civil do Rio de Janeiro que descartou os indícios que mostravam a presença do procurado naquela cidade.

Em relação ao crime praticado, os autos apontam que no dia 27 de outubro do ano passado, a equipe de Polícia Civil de Parauapebas tomou conhecimento acerca de um corpo em avançado estado de decomposição que surgiu nas margens do Rio Parauapebas, nas proximidades de um balneário localizado na VS10, cuja identificação apontou para CARLOS EDUARDO FERREIRA MIRANDA, de 19 anos de idade, membro da facção criminosa Comando Vermelho, que havia desaparecido dois dias antes.

Durante a lavratura do inquérito, a autoridade Policial, DPC Yanna Kaline, está convencida de que um dos participantes da ação criminosa foi ISAEL DE OLIVEIRA FERREIRA, membro da facção criminosa Primeiro Comando da Capital – PCC, e que a morte de CARLOS EDUARDO se deu em razão de disputas dos criminosos das facções rivais.

ISAEL, enquanto em Parauapebas, exercia função de liderança na organização criminosa e era considerado elemento de alta periculosidade.

(Neide Folha)

O estúdio especializado em animações biomédicas Visual Science criou um modelo 3D que mostra as estruturas ampliadas do vírus Sars-Cov-2, o coronavírus. Segundo os pesquisadores, o projeto é o mais preciso até o momento, contendo as descobertas mais recentes sobre o organismo.  

No modelo, a parte verde mais clara representa o centro do vírus. Ali dentro, as partes vermelhas são o material genético do vírus (RNA) e, em verde mais escuro, as proteínas que protegem essa estrutura. 

No vídeo abaixo, as legendas explicam, em inglês, como o coronavírus ataca as células hospedeiras do corpo das vítimas, usando-as para se multiplicar e as eliminando em seguida, e como o organismo humano reage para se defender. 

As partes com cores brilhantes correspondem às proteínas codificadas pelo genoma, e os tons de cinza mostram as estruturas que o vírus “rouba” da célula hospedeira.  Os pesquisadores enfatizam, com o vídeo, a natureza parasitária do coronavírus, que invade a célula e faz com que ela mesma produza as proteínas dele. Isso, no fim, faz com que a célula hospedeira morra.

“Essas imagens deslumbrantes melhorarão nossa compreensão da partícula do vírus e, para os não cientistas, tornarão ainda mais palpável o vírus que está infectando milhões de pessoas”, elogiou Vincent Racaniello, Professor do Departmento de Microbiologia and Immunologia da Universidade Columbia, de New York.

 

Fonte: https://gauchazh.clicrbs.com.br

Marcela (Suzana Pires) descobriu o grande segredo de Tereza Cristina (Christiane Torloni). Desde então, a jornalista tem irritado a milionária ao exigir uma grana alta em troca do seu silêncio. Mas a dondoca não vai entregar o dinheiro de mãos beijadas. Saiba o que vai acontecer em mais um capítulo emocionante da edição especial de Fina Estampa!

 

EMBOSCADA

Querendo colocar um fim nas chantagens de Marcela, Tereza Cristina prepara uma armadilha. Ela marca um encontro com a jornalista e promete entregar a grana que ela está exigindo para ficar de bico fechado.

socialite busca a inimiga de carro e entrega a grana que prometeu. Na espreita, Ferdinand (Carlos Machado) assiste a tudo, esperando a hora certa de agir. Afinal, ele topou participar do plano de Tereza Cristina, ficando com a parte do servicinho sujo.

Três médicos e um piloto morreram na queda de um avião de pequeno porte no município de São Benedito, a 317 quilômetros de Fortaleza, na noite desta sexta-feira (15). A aeronave estava retornando da cidade de Sobral com destino a Teresina, no Piauí. As informações foram confirmadas pelo Corpo de Bombeiros.

A queda da aeronave aconteceu em uma mata entre o Sítio Santa Tereza e o Sítio Meio do Topo. Houve uma explosão, os destroços do veículo pegaram fogo na mata e papéis ficaram espalhados no solo.

De acordo com o tenente- coronel Roberto Moraes, comandante da Companhia de Sobral, entre as vítimas está o médico infectologista Pedro José Ferreira de Meneses, que atendia no Hospital Regional Norte.

O doutor Pedro estava internado há dois dias em um hospital particular de Sobral, após ter sido diagnosticado com Covid-19. A vítima apresentava estado de saúde delicado, fazia tratamento com oxigênio e pediu para ser transferido para um hospital em Teresina, onde mora a família.

Diante do desejo do marido, a mulher de Pedro contratou uma empresa de táxi aéreo para fazer o translado dele e seguiu viagem de carro para Teresina.

Conforme um funcionário do Hospital Municipal de São Bendito, foram deslocadas para o local três ambulâncias, entre elas uma UTI móvel. Agentes do Corpo de Bombeiros de Tianguá e Sobral foram acionados para a ocorrência.

Fonte: Por G1 CE

A juíza Priscila Faria da Silva, da 12ª Vara Cível de Brasília, ordenou nesta sexta-feira (15/5) que a secretária especial da Cultura, Regina Duarte, seja citada para apresentar a sua defesa em uma ação movida pelos herdeiros da ex-primeira-dama Marisa Letícia. A contestação deve ser feita em um prazo de até 15 dias. 

O processo foi ajuizado pela família do ex-presidente Lula depois que a secretária publicou imagem no Instagram afirmando que foram encontrados R$ 250 milhões em uma conta da ex-primeira-dama.

Além de Regina Duarte, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) também é alvo de ação e foi intimado no final do abril para apresentar a sua defesa.

Os herdeiros de Marisa pedem reparação de R$ 131 mil por danos morais e que a secretária publique em sua conta no Instagram a íntegra da sentença condenatória.

“A requerida maculou publicamente a memória da senhora Marisa Letícia Lula da Silva, que sempre foi uma pessoa correta, dedicada à família, sendo a afirmação contida na imagem publicada pela requerida — de que teria sido achado R$ 250 milhões em uma conta de D. Marisa — uma clara tentativa de subverter essa imagem da falecida, levando os requerentes à dolosa contingência de defender a memória de D. Marisa diante do ataque espúrio realizado”, afirma a ação. 

O documento destaca, ainda, que Regina Duarte “é atriz com grande notoriedade e atualmente está investida em relevante função pública”. “Com efeito, apenas na rede social Instagram — onde foram divulgadas as ofensas — a requerida possui 2,3 milhões de seguidores, de modo que suas publicações são acessadas por um número significativo de pessoas."

A peça é assinada pelos advogados Cristiano ZaninValeska MartinsMaria de Lourdes Lopes e William Gabriel Waclawovsky. A ação foi protocolada no dia 27 de abril. 

Confusão
A confusão a respeito do patrimônio da ex-primeira-dama começou depois que o juiz Carlos Henrique André Lisboa, da 1ª Vara de Família e Sucessões de São Bernardo do Campo (SP), pediu esclarecimentos sobre uma aplicação de Marisa no Bradesco. 

O juiz confundiu o valor de cada Certificado de Depósito Bancário com o valor unitário de debêntures (R$ 100 cada) de outra natureza, estimando uma quantia em investimentos dez mil vezes maior que a real.

Os advogados de Lula prestaram esclarecimentos, comprovando que Marisa possuía R$ 26 mil em investimentos no Bradesco. No último dia 6, o magistrado reconheceu a confusão. 

Ao comprovar o valor, a defesa de Lula aproveitou para afirmar que o equívoco do juiz serviu para fomentar uma série de notícias falsas que atentaram contra a memória da ex-primeira-dama.

"Tentou-se atribuir a ela, a partir de tal associação, um patrimônio imaginário de R$ 256 milhões (resultado da descabida multiplicação do número de CDBs pelo valor nominal de determinadas debêntures), o que é incompatível com a realidade e com as informações disponíveis nestes autos. Até mesmo membros do Parlamento Nacional, dentre outras autoridades, recorreram a esse reprovável expediente da criação de notícias falsas nas redes sociais", diz o esclarecimento. 

Sobre essa questão, o juiz afirmou que “o uso da decisão anterior para a produção de notícias falsas é questão a ser tratada, caso haja interesse, em ação própria”.

 

Fonte: https://www.conjur.com.br

Arthur Virgílio Neto chamou Jair Bolsonaro de “assassino indireto”, por “incitar as pessoas a saírem às ruas, violando o isolamento social”.

Ele o chamou também, segundo Josias de Souza, de “covarde”, “cretino”, “nojento”, “imbecil”, “analfabeto” e “primata”.

Foi uma resposta à frase que Jair Bolsonaro teria dito no encontro ministerial de 22 de abril:

“Aquele vagabundo do prefeito de Manaus está abrindo cova coletiva para enterrar gente e aumentar o índice da Covid.”

Arthur Virgílio Neto concluiu:

“Ele tem olho de peixe morto, uma cara assustada, típica de pessoa que não sabe ficar quieta. Não sei que outras moléstias esse sujeito tem além da mental. Mas há algo no seu coração perverso, capaz de tocar em feridas que estão sepultadas.”

 

Fonte: https://www.oantagonista.com

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016