Desde julho de 2018, ou seja, há quase três anos, Stipe Miocic só teve diante de si um único adversário: Daniel Cormier. Foi uma trilogia que durou bastante tempo, e que terminou com duas vitórias do atual campeão peso-pesado (até 120kg). Neste sábado, no UFC 260, em Las Vegas, Miocic enfrentará mais um rival conhecido, o camaronês Francis Ngannou, mas dessa vez promete que não haverá um terceiro encontro.

- Não vai haver trilogia dessa vez porque vou ser o cara que vai sair com a mão erguida - disparou o americano de origem croata, em entrevista exclusiva ao Combate.

Miocic enfrentou Ngannou em janeiro de 2018, na luta que antecedeu a trilogia com DC, e venceu com domínio ao longo de cinco rounds, no UFC 220. Para este novo encontro, o americano acredita que terá um rival mais evoluído, mas lembra que ele também não parou no tempo.

- É como enfrentar alguém novo, porque seu adversário melhorou e você melhorou. Você trabalha nos seus pontos fracos, no que pode fazer diferente desde a última luta. Há vários aspectos diferentes. Ele definitivamente melhorou, mas também melhorei (...). Olho mais para o quanto ele mudou hoje, porque o soco dele é o mesmo, mas com certeza melhorou o jogo de chão e o jiu-jítsu. Também acho que ele tentou melhorar ainda mais os socos e a trocação, mas nada que não tenha visto antes. Acho que ele vai vir pronto, aprendeu a lição na nossa última luta, vamos descobrir. Mas ouça, não vou a lugar nenhum. Ele vai descobrir muito rápido que eu não vou cair em dois minutos.

No primeiro “reinado” de Miocic, ele defendeu o cinturão três vezes seguidas e bateu o recorde da categoria no quesito. Vindo de defesa contra DC, ele tenta iniciar um novo reinado emendando duas defesas seguidas.

- Tem sido ótimo, eu só queria que não tivesse perdido o título da primeira vez (risos), mas essas coisas acontecem e isso me fez um lutador e uma pessoa melhor. Acho que nada mudou, continuo melhorando sempre, sou como vinho: quanto mais velho melhor. Adoro quebrar recordes e por que não bater o meu próprio recorde de defesas?

Morador de Cleveland, no estado americano de Ohio, Miocic garantiu que a pandemia da Covid-19 não afetou seu treinamento, e ressaltou que montou sua própria bolha em casa.

- Não afetou minha preparação porque treino em casa metade do tempo, e foi a melhor coisa que fiz. Acho que muitos treinadores gostaram também porque não precisavam se preocupar com outras pessoas. Parecia o clube do bolinha, nós passávamos o dia juntos, treinávamos, falávamos besteira. Mas treinamos também na academia, usando máscara e tudo.

Aos 38 anos e dono de um cartel com 20 vitórias e apenas três derrotas, Stipe Miocic pode colocar seu nome na história como o maior peso-pesado de todos os tempos no UFC. No entanto, ele acredita que seu maior legado será a criação dos filhos.

- Essa é uma pergunta que respondi muito hoje, sobre meu legado. É óbvio que quero ter um legado de peso no esporte, que as pessoas lembrem: ah, aquele cara era durão, Deus o abençoe. Mas o que mais penso é nos meus filhos, tenho mais um chegando e quero que eles saibam que sou uma boa pessoa. Prefiro ser lembrado como uma boa pessoa, me preocupo em ser gentil com todo mundo, em criá-los assim e a ensiná-los a merecer o que querem. Para ganhar alguma coisa, eles precisam conquistar. Quero que eles entendam que conquistar algo é sempre mais precioso do que ganhar algo de mão beijada. Claro que gosto de coisas gratuitas, mas quando falamos do meu trabalho, do cinturão, é preciso trabalhar muito para conquistar. Você não entra lá e recebe de presente - completou Miocic, pai de Mila, de 2 anos e meio, e de um menino que vai nascer este ano.

Serviço do UFC 260

Combate transmite o UFC 260 ao vivo e com exclusividade neste sábado a partir das 20h (horário de Brasília). O SporTV 3 e o Combate.com mostram o "Aquecimento Combate" e as duas primeiras lutas ao vivo no mesmo horário; o site acompanha todo o evento em Tempo Real.

UFC 260
27 de março de 2021, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):
Peso-pesado: Stipe Miocic x Francis Ngannou
Peso-meio-médio: Tyron Woodley x Vicente Luque
Peso-galo: Sean O'Malley x Thomas Almeida
Peso-mosca: Gillian Robertson x Miranda Maverick
Peso-leve: Jamie Mullarkey x Khama Worthy
CARD PRELIMINAR (20h, horário de Brasília):
Peso-meio-pesado: Alonzo Menifield x Fabio Cherant
Peso-meio-médio: Jared Gooden x Abubakar Nurmagomedov
Peso-meio-pesado: Modestas Bukauskas x Michal Oleksiejczuk
Peso-pena: Shane Young x Omar Morales
Peso-médio: Marc-André Barriault x Abu Azaitar

 

Fonte: Por Evelyn Rodrigues — Las Vegas, EUA

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016