À frente da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) há quase dois anos, Wandernílson Santos da Costa (Popó) foi exonerando do cargo. De acordo com o ex- secretário, Popó Costa, com é conhecido, ele pediu demissão do cargo de secretário para cuidar de assuntos pessoais e de saúde. Com vasta experiência, liderou a pasta desde janeiro 2017, onde realizou grandes trabalhos, entre eles a organização de dois carnavais entre outros.

O pedido de exoneração foi solicitado na última segunda-feira (26), durante uma reunião, porém o pedido de exoneração foi publicado hoje, quarta-feira (28) através do Decreto N° 899. Quem assume a pasta agora é o secretário adjunto, José Alves de Lima.

Em entrevista à nossa reportagem, Popó afirmou que a sensação é de dever cumprido, pois em sua gestão “muitas coisas que estavam paradas voltaram a funcionar”. Entre os principais pontos citados pelo então secretário foi a “Organização do calendário de cultura, leis do sistema de cultura e o plano municipal de cultura”.

“No geral, nós quanto secretaria conseguimos dar um avanço muito importante na politica de cultura da cidade”, disse. Ele parabenizou o trabalho do Conselho Municipal de Cultura e de toda equipe da SECULT . “Os frutos da parceira que foram colhidos nestes dois anos de trabalho foram muito passivos. A SECULT tem uma equipe muito comprometida, que logo de inicio entendeu sobre o nosso propósito e a estrada que percorríamos até alcança-lo”, concluiu.

Popó também afirmou que continuará apoiando o governo de Darci. Ele também destacou que desempenha um papel muito importante em seu partido político (Rede Sustentabilidade) e que este motivo teve grande peso em sua decisão de pedir exoneração do cargo.

Veja documento na íntegra: 

(Reportagem: Fernando Bonfim)      

Oficinas, bate-papo, troca de experiência e oficinas. Foram essas ações que a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) já realizou como parte da programação dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim Violência contra a Mulher. Nos dias 21 e 23 deste mês, foi a vez da Coordenação da Rede Cegonha realizar o I Workshop de Atenção à Gestante com o tema “Protagonismo da Mulher: da gestação ao nascimento.

A campanha 16 Dias de Ativismo é liderada pela Secretaria da Mulher (Semmu) e tem o apoio não apenas da Semsa, mas também das secretarias municipais de Assistência Social (Semas), Cultura (Secult), Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi), da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), do Instituto Federal do Pará (IFPA) e da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam).

No workshop, realizado na Câmara Municipal, a secretária municipal da Mulher, Ângela Silva, falou sobre a importância de a mulher sempre ser bem informada sobre o parto, para que este seja cada vez mais saudável e seguro. “Essa fase de gestação ao nascimento de um bebê é uma das fases mais significativas e importantes na vida de qualquer mulher”, observou a gestora. 

De janeiro a novembro deste ano, a rede municipal de Saúde de Parauapebas realizou mais de quatro mil partos, segundo a coordenadora da Rede Cegonha, Cleice Reis. Daí, ela considerar importante o workshop para melhorar o atendimento às gestantes. “Uma vez que aprimoraremos atendimentos das gestantes, através das equipes de saúde, esclarecendo sobre violência obstétrica com o foco na humanização do parto”, ressaltou Cleice Reis. 

OFICINAS

Como parte integrante dos 16 Dias de Ativismo, entre os dias 22 e 23 deste mês foram realizadas diversas oficinas no Hospital de Parauapebas (HGP,) no Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e em Unidade Básica de Saúde (UBS), destinadas aos médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem da rede municipal de saúde. 

Os principais tópicos abordados durante as oficinas foram parto humanizado e medidas não farmacológicas para alívio da dor; hemorragia pós-parto; métodos de identificação de sinais de alerta precoce e impacto nos resultados (Meows); orientações profissionais sobre a condução dos grupos de gestantes na atenção; fundamentos para práticas humanizadas e estratégias de alimentação e amamentação. 

“As oficinas vão contribuir para a melhora da prestação da assistência obstétrica ao parto. Estamos trazendo informações mais atualizadas, baseadas em evidências científicas, e no que também é preconizado pelo Ministério da Saúde”, explicou a enfermeira Michele Pinho.

As técnicas modernas são bem-vindas, mas para a enfermeira Caroline Farias é preciso respeitar a liberdade e a decisão da mulher na hora do parto, para que ela se sinta segura. E tem mulher que prefere tudo, digamos, à moda antiga. “Não são bens técnicas de parto, são técnicas que a gente utiliza durante o trabalho de parto como exercícios da mulher andar sozinha, e não estar presa numa cama”, pontuou Caroline Farias.

A enfermeira arrematou: “Esses métodos são utilizados há milhares de anos, e trazemos essa reformulação, deixando pra trás as intervenções médicas. Atualmente, trabalhamos com uma didática mais natural como banhos, chás, exercícios, massagens e velas”.  

 

Texto: Janaina Ravanelli | Semsa
Fotos: Gilberlan Atrox
Assessoria de Comunicação - Ascom | PMP

Centenas de pessoas voltaram a protestar contra a Celpa – Centrais Elétricas do Pará, na manhã desta terça-feira (27), na Câmara Municipal de Parauapebas. O motivo da manifestação é os altos valores cobrados pela concessionária na conta de energia, que em alguns estabelecimentos, chega a mais de R$8 mil.

O grupo deu início logo pela manhã em frente à sede da concessionária, em seguida se reuniram no plenário da câmara municipal, onde gritavam as palavras de ondem: “Não é mole não; dormir com fome para pagar a iluminação”, durante quase toda a sessão.

A aposentada Maria Oneide, de 56 anos, tem um pequeno bar que funciona em sua própria residência. Ela disse que mesmo tendo apenas um freezer, uma geladeira, televisão e ventilador, não se surpreende mais com as contas de quase R$ 400.

No ano passado ela foi surpreendida com uma conta de mais de R$ 8 mil. Ela contou à nossa reportagem que por várias vezes a Celpa deixou de realizar a leitura de seu medidor e a mesma tinha que tirar a fatura em Lan House. Quando ela foi notificada do valor exorbitante, procurou a concessionária, onde foi informada que apenas poderiam realizar o parcelamento do valor. “Eu recorri às Pequenas Causas e  a um juiz  da Cidade de Barcarena deu a causa como ganha para a Celpa. Hoje, se eu quiser recorrer novamente, terei que pagar um advogado e não tenho condições”, disse Maria Oneide.

Durante a sessão, o vereador Rafael Ribeiro apresentou uma Moção em repúdio aos atos praticados pela Celpa em todo o Estado. O Legislador solicitou à mesa diretora da câmara municipal que encaminhe o documento à Celpa em Belém, ANEEL, ao Governo do Estado, Ministério Público Estadual, Procon, e a Defensoria Pública do Pará.

No documento o parlamentar expôs que, “O Estado do Pará possui a maior hidrelétrica genuinamente brasileira (Tucuruí)”, e que o estado “exporta energia para todo o resto do País, algo entorno de 75%. Mas, os recursos oriundos destes impostos não ficam no Pará e não beneficiam a população paraense”, informa.

Ainda em conformidade com o documento o legislador destacou que, “não pode a população paraense ser penalizada pela falta de compromisso de grupos privados que visam somente o lucro e tarifa elevada” e acrescentou que “desde a privatização da Celpa, a tarifa de energia no Pará subiu cifras alarmantes”, concluiu Rafael Ribeiro.

Em nota, as Centrais Elétricas do Pará (Celpa) informou que está à disposição dos clientes para prestar todos os esclarecimentos necessários e que os representantes da empresa no município dialogaram para realizar uma reunião com as pessoas que participaram do movimento para tomar as providências necessárias de acordo com as solicitações que surgirem.

Confira a nota na íntegra

“A Celpa informa que está à disposição dos clientes para prestar todos os esclarecimentos necessários a respeito dos valores cobrados na conta de energia elétrica”.

Os representantes da empresa no município dialogaram para realizar uma reunião com as pessoas que participaram do movimento e tomar as providências necessárias, de acordo com as solicitações que surgirem.

A empresa também esclarece que de uma conta de energia de R$ 100, R$ 39,21 são para tributos como ICMS, PIS, COFINS, e encargos setoriais. Já R$ 38,37 são para transporte e compra de energia. E apenas R$ 22, 42 é o valor que fica com a Celpa para operar, manter e expandir a rede de distribuição, e atender o cliente”. 

A aposentada Maria Oneide, ficou surpreendida com uma conta de energia de mais de R$ 8 mil.

 

 

Dona tem uma bar que funciona em sua própria residência. 

 

 

Alunos do 2º período do curso de administração da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) aproveitaram a tarde de folga deste domingo (25) para realizar uma ação no Aconchego do Idoso de Parauapebas. Na Oportunidade foram doados kits de higiene pessoal para os abrigados na instituição.

Ao todo mais de 50 kits de higiene pessoal, com sabonete, escovas de dente e creme dental foram entregues aos abrigados.

A líder de sala, Jaqueline Correa explicou que esta não é a primeira ação da turma e que a ideia surgiu em uma ação anterior,  de doação de sague, realizada na cidade de Marabá/PA. Na sala de espera, eles discutiram meios de promover a interação com os colegas. “Nós queríamos realiza um evento, que além de juntar o pessoal para comemorar, pudéssemos fazer uma boa ação. Foi quando surgiu a ideia de coletarmos, dentro da faculdade, kits de higiene pessoal para a ação”, disse Jaqueline.

Para colocar em prática o projeto, os discentes colocaram dentro do campus, uma caixa para a coleta dos materiais. Em seguida realizaram a divulgação interna e nas redes sociais. Todos os dias eles recolhiam os donativos para realizar a confecção dos kits. 

Uma das organizadoras da ação, Dhieily Lany Silva Vaz disse que da ideia à execução foram cerca de um mês de planejamento. Ela destacou a participação das outras turmas que contribuíram com as doações afirmou a importância deste tipo de evento para toda a comunidade acadêmica. “Nós promovemos a ideia a para a turma e eles abraçaram de bom grado. É algo que sai daquele conceito de aprendizagem sala de aula e passa a interagir mais com a sociedade. Nós entendemos que este trabalho promove um aprendizado não somente acadêmico, mas também de solidariedade”, disse a aluna.

 

A líder de sala, Jaqueline Correa explicou que esta não é a primeira ação da turma.

Uma das organizadoras da ação, Dhieily Lany Silva Vaz disse que da ideia à execução foram cerca de um mês de planejamento. 

(Reportagem: Fernando Bonfim)

Quando o assunto é ficar bonita (o) e cuidar da sua saúde você precisa escolher muito bem, pois está diretamente relacionado com a sua qualidade vida e bem estar. Pensando nisso, além dos serviços de odonto, estética corporal e facial o Studio Dara Cristina e Clínica Bachour Odontologia agora passa a contar com mais uma novidade: um super salão de beleza para deixar você, mulher, muito mais bonita.

Doutoras Camila Bachour e Dara Cristina inauguram salão de beleza. 

Clinica odontológica, studio de estética corporal e facial e Salão de Beleza. 

Um amplo espaço totalmente climatizado com profissionais altamente qualificados e treinados para atender você nos procedimento de escova progressiva, reconstrução capilar, botox orgânico, cortes; manicure e pedicure com mais de 200 opções de cores e alongamento de unhas em gel.

Um delicioso Buffet foi servido aos clientes e visitantes do espaço. 

O Studio Dara Cristina e clínica Bachour Odontologia fica localiza na Rua 16, N° 213, Bairro União, Parauapebas/PA.

 

Cerca de 400 alunos do 1º e 2º ciclo da Escola Municipal Ferrando Pessoa, no Bairro dos Minérios, participaram na manhã desta sexta-feira (23) do “Leitura é Cultura”. O projeto que reúne leitura e apresentações teatrais é uma culminância do trabalho realizado em sala de aula durante o ano, com os alunos.

O Projeto teve início no ano passado com o objetivo de motivar e incentivar a leitura nos alunos. O Leitura é Cultura, também propõe diversas atividades, como levar os pequenos alunos para realizarem leitura em diversos pontos da cidade, como postos de saúde e outros.

A diretora da instituição, Noélia Vieira dos Santos, afirmou que o projeto irá promover bons leitores no futuro. “Tendo bons leitores teremos bons candidatos nos vestibulares, concursos e demais desafios que tiverem pela frente. Não foi fácil, mas a força de vontade dos professores e dos próprios alunos foi fundamental para a execução do projeto”, disse a diretora.

As alunas Maria Catarina e Melvila Mayane tiveram a grande responsabilidade de apresentar uma peça teatral juntos com os demais colegas de sala. “Eu fiquei com um pouco de vergonha, mas eu respirei fundo e falei”, disse a pequena Maria Catarina. Já Melvila afirmou que foi divertido interpretar e está ansiosa para o próximo.

Noélia Vieira dos Santos, A diretora da instituição.

As alunas Maria Catarina e Melvila Mayane tiveram a grande responsabilidade de apresentar uma peça teatral juntos com os demais colegas de sala.

 

 

 

 

(Reportagem: Fernando Bonfim)

Realizado com recursos do fundo municipal de cultura, a Secult (Secretaria Municipal de Cultura) lança edital para o 9º Festival de Música de Parauapebas (FEMPA). As inscrições iniciam na próxima segunda-feira (26) e ficarão abertas até o dia 10 de dezembro.

O Fempa, evento de música mais esperado pelos músicos de Parauapebas, ocorrerá nos dias 20, 21 e 22 de dezembro, no Centro de Desenvolvimento Cultural (CDC).

As inscrições são gratuitas e poderão ser realizadas via ficha de inscrição, conforme modelo disponibilizado aqui no site da prefeitura ou na Secretaria Municipal de Cultura, localizada na rua F, quadra especial, bairro Cidade Nova, de segunda à sexta-feira, no horário de 8h as 12h e 14h as 18h.

Ao todo, serão selecionadas 24 músicas para as eliminatórias, das quais 12 irão para a grande final. Entre os critérios para participação no Fempa, está o tempo de moradia em Parauapebas: os candidatos – compositores e intérpretes – devem residir há no mínimo dois anos no município.

PREMIAÇÃO

O grande vencedor do Fempa irá receber R$ 8 mil. O 2º lugar irá ganhar R$ 6 mil e o 3º lugar, R$ 4 mil. A melhor Letra será premiada com R$ 2 mil assim como o (a) Melhor Intérprete. Haverá prêmio extra, de R$ 3 mil, para a Voz da Nossa Gente. Além da premiação em dinheiro, os vencedores irão receber troféu.

Conforme o artigo 26° do regulamento, o critério de avaliação da premiação para a Voz da Nossa Gente será por voto popular, sendo que os participantes serão somente os artistas classificados para final. 

O Fempa tem como proposta fortalecer, valorizar e incentivar a criação musical dos artistas de Parauapebas, como também descobrir novos talentos, despertar o interesse da população e valorizar o repertório dos artistas. 

Acesse os links abaixo para ver o regulamento e ter acesso à ficha de inscrição e ao formulário de agente cultural:

REGULAMENTO

FICHA DE INSCRIÇÃO

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO DE AGENTE CULTURAL PESSOA FÍSICA

(Ascom/PMP-Editado por redação)

“Andar por aqui é complicado porque a calçada é muito irregular: é um sobe e desce de degrau sem fim. Mas com esse serviço vai ficar bem melhor pra gente”, diz a dona de casa Joilma Pimentel, que anda frequentemente pela rua Sol Poente, referindo-se aos serviços de regularização e construção de calçadas padronizadas, que vêm sendo executados no local pela prefeitura, por meio da Secretaria de Obras (Semob). 

Os serviços que começaram em outubro deverão ser concluídos em abril do ano que vem. Entretanto, o contrato é de 12 meses. Inicialmente, a obra está gerando 22 empregos diretos, incluindo um vigia. Mas já há previsão de mais 11 contratações para a semana que vem. Duas empresas locais estão fornecendo o material utilizado na obra que está sendo executada pela empresa MCS Manutenção Construções e Serviços LTDA – ME e está orçada no valor de R$ 2,185 milhões. 

A obra seria realizada na extensão que vai da Sol Poente, esquina com a rua Aracaju no bairro da Paz, até a esquina da rua do Comércio, no bairro Rio Verde. Contudo, depois de uma avaliação técnica foi definido que os serviços serão ampliados chegando na ponte da rua Sol Poente sentido Loteamento Paraíso, num total de aproximadamente dois quilômetros de calçadas padronizadas. 

Para o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, José Monteiro, este é um grande passo para a melhoria da acessibilidade no bairro. “Os desafios são muitos neste sentido, mas a gente vê com otimismo em saber que a prefeitura está buscando trazer mais estrutura em relação à mobilidade urbana porque isso implica diretamente na qualidade de vida”, avalia Monteiro, que por ser cadeirante sente no dia a dia as dificuldades em transitar pelas vias. 

A Semob esclarece que a obra somente contemplará a área conhecida como Baixada Fluminense depois que forem executados os serviços do Projeto de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap), o Projeto da Macrodrenagem.  

A padronização das calçadas da rua Sol Poente vai garantir a humanização da locomoção de idosos e portadores de necessidades especiais. "A Secretaria de Obras tem adotado em todas as obras em execução na cidade os procedimentos que garantem, de maneira efetiva, os direitos desses cidadãos", afirma a titular da Semob, Silvana Faria.

(Texto: Anne Costa/Ascom-PMP)

Foi inaugurada nesta quarta-feira (21), a “Sala do Empreendedor”. O objetivo central do mais novo espaço da Prefeitura de Parauapebas é atuar na redução do prazo de formalização dos micro e pequenos empreendedores, além favorecer um ambiente de negócio e facilitar a competitividade das empresas.

O local passa a ser o mais novo ponto de atendimento e auxílio aos empreendedores, nos processos de abertura, alteração e baixas de empresas; bem como serviços exclusivos aos Microempreendedores Individuais da cidade, além de auxiliar juridicamente, quem tem ou deseja de abrir seu próprio negócio. A sala localiza-se na Rua C, número: 471, bairro Cidade Nova. 

A Sala do Empreendedor de Parauapebas contempla os serviços: Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (SESCOOP/PA); Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/PA), Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB/PA), Serviço de Análise Técnica (SAT), Consultoria jurídica, Consultoria Contábil, Licença Ambiental, Licença Sanitária, COOTER, Departamento Municipal de Arrecadações (DAM) e Junta Comercial do Estado do Pará (JUCEPA).

O prefeito de Parauapebas, Darci Lermen falou que o local é apenas um passo rumo à desburocratização, “uma semente que precisa ser regada”, acrescentando que o próximo passo é trazer para a Sala do Empreendedor, um posto avançado da Receita Federal, tendo em vista que, o posto mais próximo, fica na cidade vizinha, Marabá, cerca de 160 km de distancia. “2019 será um ano de grandes projetos em nossa cidade e no empreendedorismo, ganha quem está preparado. Aqui é o local para preparar as empresas do município e abrir as portas para as novas que surgirem”, disse o prefeito.

Em discurso, Isaias Queiroz (Isaías da Pioneira), Secretário de Desenvolvimento de Parauapebas disse: “A sala do empreendedor vai ser um local de acolhimento ao  futuro empreendedor da cidade ,  vamos ter todo o tipo de assessoria contábil e jurídica e tudo de graça, para poder dar suporte para estas pessoas. Aqui contaremos com profissionais qualificadas para acompanhar esses empreendedores nos primeiros seis meses de  desenvolvimento do seu negócio. Este é mais um projeto de grande importância para o município que  está sendo colocado em prática pelo Governo de Darci Lermen”, finalizou.

O prefeito de Parauapebas esteva na inauguração do local.

Isaias Queiroz (Isaías da Pioneira), Secretário Municipal de Desenvolvimento.

 

 

(Reportagem : Fernando Bonfim)

Iniciou hoje às 09h na Praça dos Metais, em Parauapebas, mais um Festival das Flores. O evento é uma organização da instituição religiosa União do Vegetal, e tem como finalidade, além de embelezar e perfumar a cidade, a causa social, onde toda a verba arrecadada será revestida em cestas básicas para serem distribuídas entre famílias carentes do município.

O Festival é esperado anualmente por milhares de munícipes, amantes de plantas e flores ornamentais e frutíferas, que veem no evento uma grande oportunidade de adquirir um pouco desta beleza natural das plantas por um preço especial.

Se você também é um amante de plantas, não perca esta grande oportunidade de comprar um produto de qualidade, vindo direto da cidade de Holambra, a capital nacional das flores, a um preço acessível e, além disso, ajudar na causa social a qual o evento é designado. 

Vanderlei Siega um dos organizadores do evento, falou á reportagem um pouco sobre a variedade de espécies de plantas disponíveis. “Trouxemos bastantes espécies de plantas, entre frutíferas para sítios e quintais; plantas ornamentais para jardinagem; rosas do deserto e outras, além de húmus e adubos”, disse.

Vânia Ozório foi uma das primeiras clientes a ser atendida pela equipe de voluntários do Festival das Flores. Em entrevista ela conta que ficou surpresa com a estrutura, variedade e preço das plantas. “Fiquei surpresa em ver o festival aqui, sempre compro plantas para ornamentar a Igreja e com um valor bem mais caro. Por isso aproveitei para conferir e levar diversas plantas, já que aqui além da grande variedade, os valores estão bem mais acessíveis”, disse a cliente.

O festival conta com a parceria da transportadora Daniluz e estará em Parauapebas de 22 de novembro a 02 de dezembro, de 09h às 21h, na Praça dos Metais, bairro Cidade Nova. Participe.

 

(Reportagem: Fernando Bonfim /Texto: Ingrid Cardoso)

 

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016