Deuvane Santos Rosa foi preso pelo Grupo Tático Operacional - GTO e apresentado na delegacia por volta das 23h50min, de quarta-feira, 03, acusado de tráfico de entorpecente. Com o mesmo os PMs encontraram 4 tabletes de maconha prensada, totalizando cerca de 3 kilos.

A prisão do acusado ocorreu quando a guarnição do GTO realizava ronda ostensiva pelo bairro Apoema, instante em que os policiais perceberam a movimentação estranha de um indivíduo conduzindo um veículo modelo corsa classic de cor prata, que ao perceber a presença da viatura, o condutor arrancou em alta velocidade.

O acusado está preso a disposição da justiça

O condutor vendo que o veículo seria interceptado parou e tentou empreender fuga em direção ao matagal, momento em que a GU desembarcou da viatura e fez o acompanhamento a pé e logo em seguida conseguindo capturar o mesmo.

Na hora da abordagem o suspeito apresentava sinais de nervosismo e agressividade, diante disso foi necessário o uso de algemas e técnicas de imobilização para conte-lo. O nacional confessou que estava de posse de certa quantidade de entorpecentes, fato confirmado ao fazer uma revista veicular.

No veículo do acusado foi encontrado uma grande quantidade de uma substância análoga a maconha, sendo perguntado ao nacional sobre a quantidade de drogas, o mesmo disse que se tratava de 3kg. A GU diante da materialidade do crime conduziu o mesmo até a delegacia de polícia para procedimentos cabíveis.

(Neide Folha)

Ronda Ostensiva Com Apoio de Motos (ROCAM), prendeu por volta das 20h de quarta-feira, 22, e apresentou na 20ª Seccional Urbana de polícia Civil de Parauapebas os nacionais Marlon Brando de Sousa Lima e Lucas Elias de Carvalho, ambos de 24 anos de idade, acusados de tráfico de entorpecente. Com eles a polícia flagrou 45 gramas de maconha, material plástico para o embalo da droga e 306,00 reais em espécie o que caracterizava a venda do entorpecente.

Segundo a polícia a dupla foi pega quando a GU realizava patrulhamento na área, momento em que passava próximo à praça do bairro, observou dois indivíduos em atitude suspeita na rua Marcos Freire em uma moto Honda Broz, abordados e revistados os PMs encontraram a droga com os mesmos.

Mediante o flagrante os dois foram encaminhados para a delegacia onde foram apresentados ao delegado plantonista. Procurados pela reportagem nenhum dos dois quiseram falar sobre a acusação.

(Neide Folha)

Humberto Alves Diniz, de 54 anos, foi preso nesta quinta-feira, 12, após ser flagrado furtando material nos trilhos da Vale, o acusado foi pego pela Guarda Florestal da Prosegur e entregue a Polícia Militar.

Na delegacia, o acusado ainda tentou enganar os investigadores, dizendo que se chamava Francisco, mas não deu muito certo, pois o mesmo já tinha registro no sistema da polícia. Na 20° Seccional Urbana de Polícia de Parauapebas, foi descoberto que Humberto tem um mandado de prisão expedido em 1997, no qual é acusado e homicídio, o crime teria sido cometido na cidade de Catolé do Rocha, estado da Paraíba.

Humberto confessou o crime de furto, mas negou o de homicídio, o advogado Tiago Aguiar afirmou que irá entrar com pedido de habeas corpos. “Foi feito um levantamento minucioso pelo investigador, onde verificou-se que o mesmo possuía um mandado de prisão em aberto pelo crime do qual teve uma denúncia a partir de 1997. A defesa posteriormente irá entrar com uma petição pedindo a sua liberdade e comunicando assim a cidade de Catolé na Paraíba no qual ocorreu o delito”, declarou.  

(Texto Samara Guimarães com informações de Ronaldo Modesto)

Mais um policial militar lotado no 23° Batalhão da Polícia Militar, em Parauapebas foi preso. O sargento da PM Sandro Daniel Mota Pantoja se apresentou na manhã desta quarta-feira (31) na delegacia de Parauapebas, no sudeste paraense.

Ele é o terceiro policial preso em uma operação conjunta realizada pela Delegacia de Crimes Funcionais (DECRIF), Superintendência de Polícia Civil do Sudeste do Pará, Corregedoria Regional da Polícia Militar, Corregedoria Regional da Polícia Civil e 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, que já prendeu até agora mais dois soldados  da PM: Cosme Neto Sousa Medeiros e Arthur Sampaio Pinheiro Martins, ambos presos no último dia 24/07. Um homem identificado por Marcelo Silva Cardoso também foi preso.

Sobre os envolvidos pesa a acusação de formação de homicídio, lesão corporal, formação de bando e associação criminosa e todos teriam participação na morte de Lucas Sampaio de Oliveira, de 18 anos de idade encontrado morto a tiros, no dia 11 de março deste ano. Um grupo de jovens que estaria no cemitério da cidade e logo depois foram localizados no hospital do município também teriam sido vítimas dos acusados. Há suspeitas de que mais duas pessoas tenham participação nos crimes.

A advogada, de Sandro, Lorrana Rosa, afirmou que no dia do crime, o PM estava em uma chácara, participando de uma caçada com amigos, inclusive um dos amigos vai servir de testemunha. “Vamos apresentar esse álibi durante a audiência de custódia e esperamos que ele seja liberado, porque não cometeu nenhum crime”, disse a advogada.

(Os soldados Arthut Martins e Cosme Medeiros foram presos no último dia 24/07 em Parauapebas: Foto Divulgação) 

 

 

Da Redação com informações do Correio de Carajás.

 

A Polícia Civil solicitou na manhã desta sexta-feira (20) à Superintendência do Sistema Penitenciário (Susipe) a transferência de homens que estão presos na delegacia de Mãe do Rio, no sudeste do Pará. Um grupo armado atacou os policiais de plantão na delegacia durante a madrugada na tentativa de resgatar tais presos. Ninguém ficou ferido durante a ação.

De acordo com a Polícia Civil, era por volta de 4h quando três homens armados chegaram em duas motos e efetuaram vários disparos contra a equipe policial de plantão. Houve troca de tiros entre bandidos e policiais.

O grupo tentava invadir o prédio para resgatar quatro homens e dois adolescentes que foram detidos em uma operação policial realizada na quinta-feira (19). Sem sucesso, os três criminosos fugiram nas motos após o ataque. Na fuga, eles atiraram nas viaturas policiais e perfuraram pneus dos veículos para evitar que houvesse perseguição.

Logo após o ocorrido, a equipe de plantão acionou a Superintendência Regional da Região Capim, em Paragominas, que deslocou efetivos para reforçar o policiamento em Mãe do Rio e evitar o resgate.

Uma moto usada na ação criminosa foi apreendida no município. Equipes das polícias Civil e Militar estão protegendo o prédio em Mãe do Rio até que o procedimento de transferência dos presos para presídios da região metropolitana de Belém seja concluído. A delegacia de Mãe do Rio vai investigar a tentativa de resgate.

(Fonte: G1)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016