Procon de Parauapebas autua oito estabelecimentos por abuso de preço Destaque

Procon de Parauapebas autua oito estabelecimentos por abuso de preço Fotos: Irisvelton Silva

Em época de coronavírus, muitos estabelecimentos comerciais aproveitam a alta procura por alimentos e produtos de higiene, como máscaras e álcool em gel, para aumentar os preços. Para coibir esta prática, o Procon de Parauapebas está atento, tanto que intensificou as fiscalizações nos últimos dez dias, com o apoio da Polícia Civil.

Até o momento, foram fiscalizadas 45 farmácias, sete supermercados e uma loja de cosméticos. Destes, oito estabelecimentos foram autuados. As irregularidades variam, mas em geral, trata-se de aumento abusivo e até super abusivo nos preços.

Em uma farmácia, no bairro Cidade Jardim, a equipe do Procon encontrou caixa de máscaras de proteção individual sendo comercializada a R$ 300, quando o valor de mercado é de aproximadamente R$ 25. Em um outro estabelecimento, no bairro Jardim Canadá, o Procon encontrou um galão de álcool em gel de cinco litros sendo vendido por R$ 170, mais que o triplo do valor médio, que é de R$ 50.

Alimentos

Na última quinta-feira, 26, os fiscais estiveram em um supermercado para fiscalizar os valores dos itens da cesta básica e da cartela de ovos diante de denúncias, nas redes sociais, de que haveria casos de preço abusivo de produtos alimentícios.

Após análise, os fiscais concluíram que não houve diferença significativa de valores dos produtos em comparação com a última cotação. Os ovos brancos também sofreram reajuste, mas ao avaliar a nota fiscal constatou-se que o aumento é justificável.

“As denúncias são checadas minuciosamente, até por conta das fake news. A maioria das reclamações que chegam até nós é de estabelecimentos que aumentaram, de forma significativa, o valor de muitos produtos. E nós estamos fiscalizando para garantir o direito do consumidor e reforçamos a recomendação aos estabelecimentos para que não pratiquem o aumento abusivo se aproveitando deste momento”, explica Evellyn Melo, coordenadora do Procon de Parauapebas.

O trabalho de fiscalização continua e a população está sendo uma grande aliada. O Procon suspendeu o atendimento presencial, em cumprimento ao decreto municipal de prevenção e enfrentamento ao coronavírus, mas recebe as denúncias da população pelo telefone 3346-7252 ou pelo e-mailEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

Fonte: texto - Anne Costa

 

Avalie este item
(0 votos)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016