Centenas de crianças lotaram o Ginásio Poliesportivo de Parauapebas na manhã deste sábado (19), na ação Natal Luz realizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Municipal de Assistência Social (Semas). Uma programação diversificada foi preparada especialmente para as crianças com distribuição de brinquedos, pipoca, picolé, pirulito, pintura de rosto e pula-pula.

A dona de casa, Marlice Gomes, 37 anos, levou seus filhos e afilhado para receberem o brinquedo e contou que os presentes chegaram em boa hora.  “Não teria como comprar presentes para meus filhos. Achei muito boa essa ação de solidariedade da Prefeitura. Todos estão felizes com seus presentes”, declarou a mãe.

O pequeno Renan Gomes, demostrou sua alegria quando ganhou o brinquedo. “É um carro grande, agora vou brincar com meu irmão”, disse o menino de 8 anos. 

Que participou da ação pela primeira vez ficou satisfeito, esse é o caso da auxiliar de serviços gerais, Elisângela da Silva, moradora do bairro Betânia. Ela levou os três filhos e mais dois sobrinhos na tentativa de conseguir presenteá-los.   

“Estou desempregada e assim não teria como comprar nenhuma lembrancinha para os meus filhos. Quando soube que a Prefeitura ia distribuir brinquedos, fiquei feliz porque só assim eles ganhariam presente neste natal”, destacou Elisângela.

As crianças receberam os brinquedos das mãos do prefeito Valmir Mariano, do secretário de Assistência Social, Alex Fontenele e voluntários. O prefeito aproveitou a ocasião para desejar feliz natal a todos os presentes. “Muita saúde, paz, amor e uma mesa farta todos os dias. Feliz Natal”, disse o prefeito.  

“A ação superou nossas expectativas. Distribuímos 7 mil brinquedos e ficamos satisfeitos de ver a alegria no rosto de cada criança que foi presenteada”, ressaltou o secretário de Assistência Social, Alex Fontelene. 

 

Fonte: PMP 

Um grupo de mães de crianças especiais atendidas pela Associação de Pais e Amigos de Excepcionais (APAE) de Parauapebas estão apreensivas e temem que a falta de verbas deixe indisponíveis serviços extremamente fundamentais para os assistidos pela instituição.

Uma das funcionárias, que não quis gravar entrevista e pediu para não ser identificada, disse que por falta de recursos, todos os funcionários estão cumprindo aviso prévio e será dada baixa em todas as carteiras para que sejam desligados do trabalho na entidade.

Diante da real situação, a funcionária declara que, caso a APAE consiga convênios no próximo ano, os funcionários serão recontratados, porém, como prestadores de serviços. Cerca de 20 pessoas trabalham na APAE nas mais diversas funções: terapeutas, psicólogos, fisioterapeuta, nutricionista, neurologista etc.

“A APAE não vai fechar. Fazemos parte de uma federação, tudo pode mudar, mas o futuro ainda é incerto”, garante a funcionária, esclarecendo que apenas o serviço passará para responsabilidade do município, como já estabelece o Estatuto da Criança e do Adolescente, o ECA. Ainda de acordo com a funcionária, a instituição continuará com as portas abertas até mesmo porque mantêm convênio com empresas privadas, mas os serviços serão direcionados para maiores de 18 anos.

Em documento assinado pelo prefeito de Parauapebas, Valmir Mariano, e pelo presidente da Câmara Municipal, Ivanaldo Braz, o poder público se comprometeu em assumir a prestação de serviços a partir de janeiro do próximo ano, garantindo a reabilitação de crianças de 0 a 18 anos.

A estudante de serviços sociais e mãe de uma das crianças atendidas pela APAE, Kelly Lima, não aceita que os serviços sejam transferidos da APAE para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). “Lá não tem nada pronto. Não tem terapeuta, não tem transporte. Se o tratamento for interrompido, nossas crianças vão regredir. Meu filho usa sonda, já está quase comendo pela boca, mas se os estímulos pararem a gente volta ‘à estaca zero’”, desabafa Kelly.

A sugestão dada por Kelly é que os serviços sejam mantidos e aprimorados na própria APAE custeados pela administração pública. “Se um dia nossas crianças forem transferidas, que seja para um lugar onde tenha estrutura de um centro de reabilitação.

 O filho de Kelly tem dois anos de idade, nasceu com lesão hipóxia por causa de um erro médico na hora do parto. “Consegui o atendimento na APAE depois que ele já tinha um ano, foi muito difícil conseguir por causa da lista de espera das crianças que precisam desses estímulos é muito grande”, finaliza.

 

Por: Stáfani Ribeiro 

 

A Prefeitura Municipal de Parauapebas divulgou no Diário Oficial do Pará desta quarta-feira (9) a homologação do Concurso Público nº 01/2014, referente ao preenchimento de vagas e formação de cadastro de reserva para o cargo de guarda municipal.

A relação está organizada por ordem de classificação, número de inscrição, nome do candidato, data de nascimento, nota final e resultado. Ao todo, 106 homens e 30 mulheres foram classificados no certame. Vale destacar que outras seis candidatas do sexo feminino foram aprovadas no concurso.

Quase 6.500 pessoas se inscreveram para concorrer as 150 vagas ofertadas. Os candidatos passaram por avaliações física e psicológica. Depois disso, ingressarem no Curso de Formação da Guarda Municipal, que aconteceu no Centro Universitário de Parauapebas e Ginásio Poliesportivo.

A edição do Diário Oficial com a lista completa pode ser encontrada no site da Imprensa Oficial do Estado neste link http://www.ioe.pa.gov.br/

 

Fonte: Ascom/ PMP

 

 

Desde sua inauguração, ocorrida no dia 17 de abril de 2013, o IDHJDS (Instituto de Desenvolvimento Humano JD Soares), tem contribuído para a formação de pessoas dando prioridade para as de menor renda. O IDHJDS é uma entidade sem fins lucrativos que tem como missão realizar a inclusão social com uma série de cursos de capacitação profissional visando a inserção do cidadão parauapebense no mercado de trabalho formal.

Neste dois anos e oito meses o IDHJDS proporcionou GRATUITAMENTE a inúmeras pessoas a formação nos cursos de corte e costura, Informática, vendas, gestão administrativa, inglês e artesanato.

José Lessa, está à frente da coordenação do Instituto e conta que a sede deste foi transferida para o bairro Casas Populares com o objetivo de ficar mais perto dos usuários já que eles tinham dificuldade de se deslocar até o antigo endereço, que era na esquinas das Ruas 4 com a C, bairro Cidade Nova.

Lessa detalha que neste novo endereço, este ano, foram atendidas 440 pessoas nos diversos cursos oferecidos. As atividades foram encerradas no mês de novembro devendo retornar a partir do mês de fevereiro de 2016, quando deverão ser abertas as inscrições para novas turmas.

O Instituto JD Soares tem como patrono o vereador Bruno Leonardo Soares que diz encontrar nele a possibilidade de auxiliar as pessoas de menor renda que após receber qualificação conseguem a independência financeira e assim mudam o roteiro de sua história.  “O que todos querem é a oportunidade, mas quando ela chega muitas vezes faltam-lhes a qualificação; e é isso que entendemos necessário ser dado”, explica Bruno Soares que mensura quando melhor paga ver essas pessoas alçando voos independentes.

 

Por: Francesco Costa

Um valor que deverá garantir aos comerciantes a certeza de vendas no varejo além do recebimento de dívidas contraídas em compras a créditos. O montante repassado aos trabalhadores é a certeza também da manutenção de empregos e a geração de outras vagas, pois com dinheiro na mão a população sai às compras no comércio varejista local.

Essa conta foi fechada graças ao acordo coletivo feito entre a mineradora Vale S. A. e os mais de 13 mil trabalhadores das minas nos municípios de Parauapebas, Canaã dos Carajás, Curionópolis e Ourilândia do Norte, representados pelo Sindicato METABASE CARAJÁS, que possibilitará o recebimento de R$ 7.100,00 (Sete mil e cem reais), valor que deverá ser pago no dia 18 deste mês, mesma data em que os trabalhadors recebem o 13º salário.

O montante foi detalhado da seguinte forma: R$ 4.660,00 abondo extraordinário; R$ 1.200,00 valor compensatório; R$ 620,00 depósito de 13º de Vale Alimentação; R$ 620,00 depósito de 14º de Vale Alimentação extraordinário.

O abono significa um aquecimento de R$ 92 milhões que somados aos R$ 15 milhões referentes ao 13 salário ultrapassa a marca dos R$ 100 milhões. Além dos trabalhadores efetivos da Vale receberão os mesmos abonos os jovens recém contratados no Projeto S11D no município de Canaã dos Carajás.

Outros benefícios – Além do abono foram garantidos outros direitos, entre eles, o reembolso de cursos técnicos, tecnólogos e superiores; o atendimento médico e o vale alimentação. Trata-se das garantias sociais que garantem o funcionamento de clínicas e hospitais além de escolas e universidades. Já a garantia financeira ampara o comércio varejista, pois os salários e vales fomenta as vendas nas lojas e supermercados. Há ainda a garantia de segurança e a esta inclui os EPI’s e uniformes disponibilizados aos trabalhadores.    

Trocando em miúdos – O abono foi aprovado pelos trabalhadores das minas da Vale em todo o Brasil reunidos em assembleias. Em Parauapebas as assembleias aconteceram no clube Docenorte em Carajás e no Clube Sossego em Canaã dos Carajás nos dias 7, 8 e 9 de dezembro, onde os trabalhadores entenderam que o abono, se dividido pelos 12 meses, significa uma fatia de R$ 591,80, que será recebido de uma só vez podendo assim ser ainda melhor aplicado. “Para a Vale não é um bom momento para se falar em reajuste; e para o trabalhador assusta falar em demissões. Por isso, esta foi a melhor medida, pois assim todos os empregos são mantidos e a Vale não se sente sufocada com um aumento nos gastos”, explicou Raimundo Amorin (O Macarrão), presidente do METABASE CARAJÁS, entidade que representa a categoria nos municípios do Pará onde se pratica a mineração industrial.    

 

Por: Franceso Costa

Um evento ocorrido no Teatro Municipal de Curionópolis, na noite de sexta-feira, 11, que marca a história do Município. Trata-se da Certificação de 538 alunos formados pelo SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) que receberam das mãos dos instrutores e da vereadora Edilei Lopes, a garantia de um futuro melhor ali representados pelos seus certificados dos respectivos cursos:

  • Ferreiro Armador;
  • Eletricista predial;
  • Eletricista industrial;
  • Pintor de obras;
  • Pedreiro;
  • Encanador instalador predial;
  • Carpinteiro de obras
  • Panificação 

Tendo como anfitriã a vereadora Edilei Lopes, responsável pela articulação e implantação dos cursos no Município, o ato contou com a presença de várias autoridades entre elas: o diretor do SENAI em Parauapebas, Luiz Pinto; a ex-prefeita de Parauapebas, Bel Mesquita;  além de diversos instrutores do Senai e convidados que lotaram o local do evento para prestigiar o momento tão importante na vida de estudante.

Gente como Enoques João de Oliveira que aos 63 anos concluiu o curso de Eletricista Predial e agora faz planos para o futuro; ou ainda como Jhekson de Sousa Silva que aos 19 anos já está qualificado para o mercado de trabalho; E Iracema de Sousa Ferreira diz se sentir feliz com a oportunidade que teve sua filha, Ângela Maria, que fez o curso de panificação.

Antecedendo o ato de certificação, a vereadora Edilei Lopes, se pronunciou e antes de qualquer assunto enfatizou a boa vontade do diretor do SENAI no Pará, Gerson Peres. “Fui diversas vezes a Belém, enfrentei o pessimismo de muita gente que dizia que isso não seria possível, mas contei com as Benção de Deus e a boa vontade de

meu amigo Dr. Gerson Peres; e eis aqui o resultado”, disse a vereadora Edilei Lopes, dando ainda a boa notícia de que está tudo encaminhado para o início do próximo ano, 2016, a implantação do Pronatec no Município.

 

Por: Francesco Costa

 

Mais de 300 atletas divididas em 12 times de Parauapebas, Curionópolis, Eldorado dos Carajás e Marabá participaram da V Copa Intermunicipal Maria da Penha de futebol Feminino de Campo, que aconteceu no sábado, 21 e domingo, 22.

Foram 34 partidas divididas em fases eliminatórias, que aconteceram durante todo o dia de sábado, no Complexo Esportivo Rio Verde e semifinal e final, disputadas no Estádio Rosenão, na tarde de domingo, 22.

As atletas da Associação Clube Atlético de Parauapebas (Acap) conquistaram o primeiro lugar. Além do título de melhor seleção, levaram como prêmio R$ 1.900,00. A segunda colocação ficou com o time Império Fenix, também de Parauapebas (R$ 1.200,00). Já as atletas da seleção União Esporte Clube de Marabá, ficaram em terceiro lugar (R$ 700,00).

A Copa premiou ainda a melhor Goleira, Keilane da Acap, de Parauapebas e Melhor Artilheira, Carla, do União de Marabá, com 4 gols.

De acordo com a jogadora do União Esporte Clube de Marabá, Jeiciene Simara dos Santos, 25 anos, a Copa Maria da Penha é uma grande oportunidade para atletas da região. Seu time marcou presença pela segunda vez na Copa. Ano passado foram campeãs invictas e este ano ficaram na terceira colocação.  “Precisamos de apoio assim como a Copa Maria da Penha. Tudo muito bem organizado, sempre nos recebem muito bem. Nota 10, desde a logística até a arbitragem”, disse.

Realizada pela Prefeitura por meio da Secretaria Municipal da Mulher (Semmu), este ano, a Copa Maria da Penha entrou em sua quinta edição. O evento marca a luta contra o preconceito e abraça a causa da inclusão da mulher no esporte. “Com muita determinação e respeito”, afirma a secretária da Semmu, Cimeire Silva.

Ativismo - A Copa Maria da Penha marca as comemorações do aniversário de nove anos da criação da Lei Maria da Penha e acontece dentro da programação da campanha 16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher, que começou na sexta-feira, 20, com a ação Semmu Itinerante, na Praça do Bairro dos Minérios.

Centenas de mulheres, homens e crianças participaram da ação que ofereceu palestra sobre os direitos da mulher, debate com o grupo de jovem “Me Gritaram Negra!”, oficina de maquiagem, curso de artesanato com balões, apresentações culturais com roda de samba e carimbó.

A programação da campanha continua esta semana com a Blitz do Laço Branco, que acontecerá dia 25, quarta-feira, Dia Internacional da Não violência Contra a Mulher. Dia 1º de dezembro, Dia Mundial da Luta Contra a Aids, serão realizadas palestras, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), no auditório da Prefeitura, a partir das 17h.

A campanha dos 16 Dias de Ativismo termina no dia 10 de dezembro, data que marca o Dia Internacional dos Direitos Humanos, com blitz e ações de conscientização pelas ruas de Parauapebas.

 

 

A equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar recebeu a denúncia do internauta Igor Marcelo que se diz totalmente insatisfeito e triste com o atendimento da agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Parauapebas.

De acordo com Igor, os funcionários da previdência tratam os beneficiários com desprezo e inferioridade, inclusive com ausência constante de peritos e número altíssimo de remarcação de perícia médica.

“Pedi antecipação no meu retorno ao trabalho dia 8 de setembro deste ano e ainda não conseguir alta médica. Já remarcaram por três vezes com os mesmos peritos. Na agência reina uma equipe de que trabalha somente em benefício próprio”, desabafa, lamentando a situação.

Na porta do órgão há avisos de que o sistema está inoperante e a agência está sem refrigeração (ar condicionado) e que por isso o atendimento é restrito aos agendados.

Entramos em contato com a responsável pela agência na cidade, ela não quis se identificar nem gravar entrevista. Em uma conversa extraoficial disse apenas que o sistema está fora do ar porque a central de atendimento requer um resfriamento. Ainda de acordo com a responsável, e-mails estão sendo enviados para Belém, Marabá e Brasília para que mandem uma equipe da central de prevenção predial e manutenção para fazer os reparos necessários nos aparelhos, mas que não tem data definitiva de quando os problemas serão solucionados.

 

Texto e fotos: Stéfani Ribeiro

 

 

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (19) a solenidade em alusão ao aniversário de 29 anos do 23º Batalhão de Polícia Militar, em Parauapebas.

A cerimônia contou a presença de autoridades municipais e das cidades vizinhas, dentre eles Sandro Queiroz, Tenente-coronel; Valmir Marino, prefeito de Parauapebas; Divino Campos, prefeito de Eldorado do Carajás; Jeová Andrade, prefeito de Canaã dos Carajás; Líbio Moura, juiz de Direito; dentre outros.

Foram entregues condecorações para as autoridades em reconhecimento aos relevantes trabalhos prestados e a vários policiais que se destacaram dentro do ofício de zelar pela segurança.

O prefeito Valmir Mariano, em seu discurso, disse que Parauapebas é uma região de conflitos. “O Batalhão nasceu antes mesmo da emancipação da cidade. Apesar da dificuldade, estamos melhorando a segurança exatamente por perceber que é um dos pontos cruciais de uma sociedade. O resultado é uma consequência do que já vínhamos fazendo.”, destaca o gestor.

O Juiz Líbio Moura enfatizou o trabalho que é realizado pelo Poder Judiciário para manter a tranquilidade e a pacificação social. Em seu discurso, ele citou o momento em que a cidade vive. “Este ano de 2015, por uma crise institucional, é um ano perdido. É preciso que ele sirva para mostrar que é preciso separar o joio do trigo. É preciso mostrar que são os bons servidores públicos e quais são os que não prestam. Não basta apenas sermos honestos, temos que provar”, disse o juiz.

O magistrado disse ainda que um ano foi perdido por uma crise de vaidade e sentimento pessoal de enriquecimento ilícito. “Perdemos um ano por um ‘pirotecnia’ de pessoas que nem neste município vivem”, destacou, repetindo em seu discurso a frase que costuma falar: “Parauapebas não é terra para criar lobista, não é terra para crime organizado mandar e não pode ter pistoleiro exercendo poder público”, frisou Dr. Líbio.

O Tenente-coronel, Sandro Queiroz, destacou a importância da data e ócio do ofício militar. “Nossa finalidade é preventiva, mas quando é necessário atuamos também de forma repreensiva, dentro dos rigores da lei”, ressaltou o tenente-coronel.

O oficial declarou que o 29º aniversário do Batalhão é motivo de grande satisfação. “O que inicialmente foi concebido como a primeira Companhia Independente de Policiamento Ambiental acompanhou a evolução social e o crescimento da região de Carajás e hoje se denomina 23º Batalhão, que nada mais é do que uma unidade operacional da Polícia Militar do Pará.

O 23º BPM atua nos municípios de Eldorado do Carajás, Curionópolis, Canaã dos Carajás e Parauapebas com um efetivo de 271 policiais.

 

Texto: Stéfani Ribeiro

Faltando menos de um mês para o prazo final do recadastramento biométrico em Parauapebas e devido ao baixo índice de eleitores regulares, a Justiça Eleitoral do Pará está realizando atendimentos itinerantes, aproximando assim os serviços do Tribunal à população.

A unidade móvel do TER já visitou os bairros mais afastados do centro, como Palmares Sul e Palmares II, além de vilas da zona rural. No último dia 16 o atendimento itinerante foi dedicado aos moradores dos bairros Liberdade I e II. Ao todo, 6.446 eleitores fizeram a revisão eletrônica nos dois bairros.

Esta semana o ônibus está fazendo a biometria dos moradores do Bairro Jardim Canadá. De acordo com Érica Edimilia, chefe de cartório da 75ª Zona Eleitoral, são realizados cerca de 900 atendimentos diários no posto do Bairro Beira Rio I, mas que mesmo assim o número ainda é pequeno quando se depara com o eleitorado total do município, que é de 137.535 eleitores.

“Quem não recadastrar terá o título cancelado e poderá perder benefício social. Nos procure no posto de atendimento ou faça o agendamento pela internet. É importante que não deixem para última hora”, recomenda Érica.

Do dia 30 de novembro a 5 de dezembro, o ônibus do TRE estará no Bairro Rio Verde. Em seguida é a vez do Bairro Guanabara, do dia 07 a 12 de dezembro, na praça ao lado da Escola Faruk Salmen.

O prazo para o recadastramento encerra no dia 19 de dezembro. Até lá, cerca de 45 mil pessoas ainda precisam regularizar seus títulos.

 

 

Texto: Stéfani Ribeiro

 

 

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016