Governo do Estado estuda abrir o comércio após o lockdown com a contribuição dos representantes do setor Destaque

Foto: Felipe Borges Foto: Felipe Borges

O Governo do Estado publicou no diário oficial um edital de chamamento público aos representantes da área comercial e de prestadores de serviço, afetados pela suspenção total das atividades não essenciais e pelo funcionamento restrito de atividades essenciais, feito pelo decreto n°729/2020. 

Para contribuir com o plano de reabertura do comércio, representantes das entidades de classes e sindicado de cada setor do comércio ou serviço considerados essenciais ou não, devem enviar para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. até o dia 25/05, um plano contendo proposta de horário adaptado, medida de prevenção, tratamento especial à pessoas do grupo de risco, medidas de proteção à funcionários, previsão da capacidade de atendimento de cada setor do comércio ou serviço, considerados essenciais ou não.

As sugestões passarão por uma análise da equipe técnica e as aprovadas serão incorporadas no ato que regerá a abertura do comércio.

Avalie este item
(0 votos)
Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink