Secult lança editais de fomento à cultura durante pandemia da Covid-19

Secult lança editais de fomento à cultura previstos na Lei Aldir Blanc no Pará — Foto: Secretaria de Estado de Cultura do Pará Secult lança editais de fomento à cultura previstos na Lei Aldir Blanc no Pará — Foto: Secretaria de Estado de Cultura do Pará

A Secretaria de Estado de Cultura (Secult) abre neste segunda-feira (19) sete editais que prevê apoio ao setor cultural como medida de enfrentamento à pandemia de Covid-19. Secretaria espera gastar R$ 45 milhões distribuídos para mais de 2 mil prêmios, divididos em 18 editais para fomentar a cultura no estado.

Inicialmente, serão abertos editais voltados às linguagens e expressões da música, teatro, circo, dança, cultura urbana periférica e artesanato, além das práticas desenvolvidas por pontos e pontões de cultura, totalizando 721 prêmios. As inscrições iniciam na segunda-feira (19) e prosseguem até 3 de novembro de 2020.

O segmento de Artesanato será dividido nas modalidades Artesanato Vivo e Artesanato Paraense – Trajetória, totalizando 130 prêmios e benefício total de R$ 1.300.000,00.

O segmento de Música é composto pelas modalidades Festivália 1; Festivália 2; O Som das Cidades 1; O Som das Cidades 2; O Som das Cidades 3; Curta a Música 1; Curta a Música 2; Curta a Música 3; Luz, Câmera e Clipes, e Por Dentro do Som, somando 137 prêmios e benefício de R$ 2.800.000,00.

Já o edital para Pontos e Pontões de Cultura abrange a modalidade Cultura Viva, para a qual serão direcionados 130 prêmios, no valor total de R$ 1.950.000.000,00.Para a linguagem do Teatro serão direcionados

R$ 2 milhões, divididos em quatro modalidades: Memória da Cena Paraense; Memória da Coxia Paraense; Espetáculos Solo e Criação de Espetáculos diversos, totalizando 105 prêmios. O segmento de Circo receberá fomento no valor de R$ 700 mil, divididos em 25 prêmios para as modalidades Circo Vivo 1 e Circo vivo 2.

Já para a linguagem da Dança serão destinados R$ 2 milhões, distribuídos em 90 prêmios para quatro modalidades: Fomento à memória; Festivais de Dança; Criação e Produção Artística e Dança Inclusiva.

Por fim, para o segmento Cultura Urbana Periférica os investimentos totalizam R$ 1,5 milhão, voltados para as modalidades de Cultura Hip-Hop – Grafite; Vozes da Periferia; Cultura Hip-Hop: Rap/MC e Cultura Hip-Hop: Break, que receberão 104 prêmios de fomento.

Fonte G1 PA

Avalie este item
(0 votos)
Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink