Polícia Civil reforça efetivo da Operação Carnaval e fecha estabelecimentos no Marajó

A Polícia Civil do Pará vai reforçar o efetivo policial em diversos municípios durante a “Operação Carnaval 2022”, coordenada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup). O objetivo é garantir maior segurança para quem vai passar o feriado prolongado do  Carnaval em localidades do interior, além de cumprir as determinações do Decreto nº 2.044, que estabelece a Política de Vacinação em combate à Covid-19.Policiais civis estão em praias e outros locais mais procurados durante os feriados prolongadosFoto: Rafaela Silva /PCPA

Serão empregados durante a ação 101 servidores, entre delegados, escrivães, investigadores, peritos, motoristas, papiloscopistas, administrativos e técnicos em informática, que vão reforçar o efetivo em oito delegacias do interior do Estado e quatro da Região Metropolitana de Belém, para registros, apurações, procedimentos e tipificações penais. 

A ação da Polícia Civil se concentra nos principais municípios turísticos e balneários do Pará, por receberem maior fluxo de visitantes. O objetivo é reprimir crimes e garantir a segurança das pessoas, além de oferecer proteção aos patrimônios públicos e privados. 

A operação reforça o policiamento civil nos municípios com balneários, como Benevides, Belém (ilhas de Cotijuba e Mosqueiro), Santa Bárbara do Pará, Bragança, Marapanim (distrito de Marudá), Salinópolis, Barcarena, Cametá, Curuçá e Vigia de Nazaré. Também há reforço em municípios de outras regiões do Estado, como Altamira, Itaituba, Marabá, Paragominas, Redenção, Santarém e Tucuruí, além do Arquipélago do Marajó.

Delegado-geral Walter Resende: trabalho integradoFoto: Rafaela Silva /PCPA

Sincronia - Segundo o delegado-geral de Polícia Civil, Walter Resende, a instituição está atuando em plena sincronia com os demais órgãos de segurança do Estado na Operação Carnaval.

“Estaremos atuando na fiscalização para o cumprimento do decreto e na repressão de delitos em geral. Vamos percorrer estabelecimentos em funcionamento, especialmente aqueles que tradicionalmente concentram uma aglomeração maior de pessoas. As superintendências regionais também estarão fazendo operações, e a capital estará funcionando, sem prejuízo. Vamos deslocar mais de 100 servidores para o interior do Estado, a fim de garantir maior tranquilidade durante o Carnaval”, informa o delegado geral.

Início no Marajó - Já no início da operação, equipes da Polícia Civil, Polícia Militar e Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Soure, no Arquipélago do Marajó, fiscalizaram na noite desta sexta-feira (25) bares, festas e estabelecimentos comerciais com venda de bebida alcoólica. Dois bares e um depósito foram fechados por falta de licença de funcionamento.A moradora Taires Flor aprova o reforço no policiamentoFoto: Rafaela Silva /PCPA

Para moradores do interior, o reforço da segurança nos municípios é muito importante. A vendedora Taires Flor, moradora do município de Salinópolis, na região Nordeste, diz que “ações como essa são muito importantes, principalmente aqui nessa região do Porto Grande, onde existem muitos comércios. Durante o feriado a segurança é beleza. A gente percebe policiamento e segurança no trânsito. Fica tudo muito bacana”, afirma a moradora.

Por Matheus Rocha (PC)
Avalie este item
(0 votos)
Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Novo_Projeto_-_2021-07-05T111350990gk-is-100.jpglink