O ajudante de pedreiro José Alves Silva, 56 anos de idade, natural de Nazaré (GO), morreu por volta das 21h30, do último sábado (10), o mesmo estava em uma moto Honda C-100 Biz de cor azul, quando colidiu numa caminhonete, a vítima morreu no local. O acidente aconteceu na Rua Marabá, esquina com São Francisco no Bairro da Paz.

Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência tentaram reanimar a vítima. A Polícia Militar isolou a área até a chegada dos investigadores da Polícia Civil, para realizar os levantamentos e liberar o corpo da vítima. Após análise do acidente, o Instituto Médico Legal (IML) conduziu os restos mortais para o Centro de Perícia Científica Renato Chaves.

Quanto ao condutor da caminhonete, o mesmo permaneceu no local do acidente e se apresentou a guarnição da PM que o conduziu para delegacia, após ser ouvido o motorista foi liberado.

 

 

Com informações: Neide Folha

Robson Santos Martins, 22 anos de idade e seu colega Oziel da Conceição Carneiro, de 20 anos, estavam em uma Honda, Bros de cor preta, quando por volta das 22h45, do último sábado (10) os dois trafegavam na Rodovia Faruk Salmen nas proximidades do prédio do Detran, os mesmos apresentaram atitudes suspeitas, momento depois a polícia seguiu atrás e constatou a atividade ilícita dos traficantes.

Com eles a polícia apreendeu três papelotes de substância semelhante a Cocaína, além dos entorpecentes, um celular Samsung e 294 reais em espécie. No bolso de Robson Santos a Polícia ainda encontrou dois pacotes de cocaína. Com Oziel da Conceição, nada foi encontrado, mas, um embrulho com a mesma droga foi achado pelos policiais a poucos metros da rodovia.

Mediante ao flagrante, a dupla foi conduzida à 20 a Seccional de Polícia Civil de Parauapebas. Na delegacia foi comprovado que os dois já tinham passagem pela polícia pelo mesmo crime de tráfico.  

 

Com informações: Neide Folha

Investigadores da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas foram acionados via Centro de Controle Operacional (CCO), dando conta de um acidente de trânsito com vítima fatal, tendo como vítima o agricultor da zona rural de Parauapebas

 

Por volta das 22h40, do último sábado (10), Nerisnaldo Marques da Silva, 42 anos de idade, natural de Presidente Dutra, no estado do Maranhão, morreu instantaneamente quando foi parar debaixo de uma caminhonete. O acidente aconteceu na Rua Brilho do Sol, Vila Palmares II, zona rural de Parauapebas, distante a 22 do centro da Cidade.

De acordo com informações populares, o condutor do carro é Arnaldo Franca Pimentel da Silva, de 20 anos de idade, o mesmo se evadiu do local e abandonou o carro em cima da moto.

Depois dos levantamentos realizados pela Polícia Civil e de um perito do Centro de Perícia Científica Renato Chaves, o corpo foi removido do local pelos técnicos de remoção do Instituto Médico Legal.

A vítima morta ainda não foi identificada, caso parentes não façam a procura, o corpo será enterrado como indigente. A polícia Civil segue com as investigações para localizar o paradeiro do motorista que atropelou o agricultor. 

 

Com informações: Neide Folha

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (Settran), em parceria com a Polícia Militar, recuperou 12 motocicletas com registro de roubo e furto em Canaã dos Carajás. Todos os veículos foram abordados, avaliados e removidos para o pátio do órgão após operações fiscalizatórias.

As fiscalizações aconteceram em vários bairros da cidade e também na zona rural. Os veículos foram apresentados na Delegacia de Polícia na manhã desta segunda-feira (18), mas continuam retidos no pátio da Settran, visto que a delegacia, atualmente, está sem espaço para armazenamento das motocicletas.

Conforme esclareceu a Settran, os proprietários das motocicletas devem procurar a Delegacia de Polícia em posse dos documentos pessoais e do veículo para o procedimento de recuperação. Logo após isso, o usuário será encaminhado para a Settran e poderá retirar o seu veículo no pátio do órgão.

Uescley Amorim, secretário municipal de trânsito e transporte, falou sobre as fiscalizações realizadas. “As operações conjuntas são fundamentais para que a gente promova um trânsito mais seguro e também para recuperar veículos que foram roubados. A ideia é que as fiscalizações continuem a acontecer em todo o município.”

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink